A mais completa cobertura. Informação com credibilidade. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS: FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

domingo, 22 de março de 2020

Coronavírus: CeasaMinas restringe acessos e permite somente serviços essenciais

A CeasaMinas restringirá, a partir desta segunda-feira (23), o funcionamento e o acesso do público à unidade de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. 


Futblog do Sorriso 
O objetivo é aumentar a prevenção contra o coronavírus e garantir o abastecimento alimentar. Segundo a Ceasa, todas as atividades serão adequadas visando reduzir o fluxo de comerciantes, produtores rurais, carregadores e demais trabalhadores.

Dessa forma, a partir desta segunda, fica proibida a entrada de menores de 14 anos e maiores de 60, e de pedestres. Segundo a central, terão acesso à unidade de Contagem somente os produtores rurais, os consumidores ou compradores dos entes ligados ao abastecimento, além de movimentadores de mercadoria, motoristas de veículos utilitários e caminhões, sócios e empregados das empresas concessionárias, bem como os empregados públicos da CeasaMinas.

Por essa razão, a CeasaMinas recomenda a organização de revezamentos das equipes de trabalho, de forma a reduzir o número de pessoas no entreposto, privilegiando escalas reduzidas e o trabalho remoto.

Para ter acesso ao entreposto, os pedestres deverão apresentar, nas portarias existentes na unidade de Contagem, documento credencial ou Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), registrada por empregador concessionária legalmente estabelecida e em operação na unidade.

Acesso de veículos

De acordo com a Ceasa, todos os motoristas de veículos leves ou não utilitários somente poderão estacionar nas áreas específicas, não sendo permitido que esses veículos fiquem parados ou estacionados nas vias internas, em todos os canteiros e em frente a todos os estabelecimentos localizados na unidade.

Os veículos leves e/ou não utilitários não poderão ficar parados ou estacionar, bem como caminhões que não estejam prestando serviços diretos aos produtores rurais ou às empresas concessionárias estabelecidas na unidade de Contagem. O estacionamento destinado a motocicletas e afins permanecerá com suas atividades inalteradas, mas seus usuários deverão cumprir as normas previstas nesta mesma norma.

Funcionamento de empresas

Conforme a Ceasa, somente poderão funcionar de forma aberta nesta unidade as empresas concessionárias diretamente ligadas aos seguintes ramos: hortifrutigranjeiros, abastecimento alimentar de pessoas e animais, bebidas, higiene e limpeza, farmácias/drogarias, fornecimento de insumos para produção agrícola, embalagens para produtos alimentícios, postos de combustíveis e agências bancárias para atendimento exclusivamente interno. Os demais segmentos poderão funcionar a partir das 11 horas.

Ainda segundo a Ceasa, os estabelecimentos que fornecem gêneros alimentícios para consumo imediato, como restaurantes e lanchonetes, somente poderão funcionar mediante pronta-entrega dos produtos ou retirada dos alimentos prontos e embalados (marmitex) para consumo fora do estabelecimento. Nesse último caso, a Ceasa recomenda que sejam evitadas filas e aglomerações de pessoas.

Mercado Livre do Produtor (MLP)

Outra medida da Ceasa trata-se do Mercado Livre do Produtor (MLP). Nele, está suspensa a comercialização de todas as mercadorias que não sejam produtos hortifrutigranjeiros. A CeasaMinas vai definir também nova forma de demarcação das áreas (módulos) delimitadas para comercialização no MLP, também como forma de se evitar aglomerações e manter distanciamento entre as pessoas.

A Ceasa autorizará a comercialização de hortifrutigranjeiros sobre caminhões e veículos utilitários no entorno do MLP, nas áreas a serem demarcadas pela central.

Edifício Minas Bolsa

Outra medida é a suspensão de todas as atividades não essenciais realizadas no interior do Edifício Minas Bolsa e no Pavilhão Ceasa Shopping. Poderão funcionar os Correios, Posto Ambulatorial de Saúde, farmácias, restaurantes e lanchonetes.

Todas as alterações vão durar enquanto existir o estado de emergência de saúde pública - calamidade pública decretado pelo Governo Federal, podendo ser revistas a qualquer tempo.

(Hoje em Dia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.