Faleceu em Naque um ícone do esporte regional: Sr. Tuniquinho era um amante da bola

Divulgação
Um ícone do futebol regional. Um nome que fica cravado na memória de todos que o conheciam e sabiam de seu amor pelo esporte. Naque e região ficou triste com a partida do Sr. Tuniquinho. Resta, agora, as excelentes lembranças dele em campo, sempre presente, acompanhando os jogos. Nunca perdia um jogo do Naque Veterano. Um torcedor "doente" do Cruzeirinho.

Ele tinha 77 anos e era aposentado. Uma das coisas que se tornou um marco em sua vida era a venda de amendoim torrado na cidade e em especial no campo. No jogo entre Cruzeirinho e AERC, no último domingo, pelo Amador Ipatinguense Unificado, foi solicitado pelo desportista Fernando Aguiar junto ao árbitro do jogo, Fernando Oliveira, um minuto de silêncio.

"Ontem levei o caixote onde ele vendia o amendoim que ficou no banco de reservas do Cruzeirinho o jogo todo. Solicitei ao amigo Fernando Oliveira 1 minuto de silêncio que foi o mais comovente e silencioso que já tivemos aqui. Pessoa humilde, alegre, lutador, flamenguista e amante dos times do Naque. Assim que terminou o jogo contra o AERC, todos os atletas e comissao técnica do Cruzeirinho, foram a pé e uniformizados até o velório. Vários atletas choraram", disse Fernando Aguiar, ao FUTBLOG DO SORRISO.

Foi observado 1 minuto de silêncio no jogo entre Cruzeirinho e AERC

Postar um comentário

0 Comentários