Em uma semana, Flamengo arrecadou quase o mesmo que Atlético e Cruzeiro no ano todo

Reprodução/Twitter
Hoje em Dia (Por Alexandre Simões)

No último domingo, na vitória por 1 a 0 sobre o CSA, no Maracanã, o Flamengo completou o ciclo de três jogos seguidos como mandante entre 20 e 27 de outubro, sendo dois pelo Campeonato Brasileiro e um pela Copa Libertadores. No confronto, o rubro-negro estabeleceu o novo recorde de público pagante da Série A (65.649) e alcançou uma arrecadação que evidencia a necessidade de Atlético e Cruzeiro pensarem em soluções para não verem a diferença financeira entre eles e os cariocas aumentar ainda mais.

A divisão das cotas de TV aparece como “desculpa” para o momento flamenguista, mas num aspecto que todo clube pode competir com a equipe da Gávea, proporcionalmente a vantagem dela, em relação à dupla mineira, é ainda maior que no dinheiro da televisão.

O ótimo momento do time de Jorge Jesus ajuda, mas pelo investimento, a tendência é que isso seja uma realidade flamenguista a partir de agora.
Com este cenário positivo, o Flamengo teve renda bruta de quase R$ 14,5 milhões nesses três jogos entre 20 e 27 de outubro. Na temporada inteira, Atlético e Cruzeiro lucraram cerca de R$ 17 milhões.

Total

O grande poder de arrecadação do clube da Gávea nessas três partidas foi impulsionado pela renda de mais de R$ 8 milhões na última quarta-feira, na goleada por 5 a 0 sobre o Grêmio, que garantiu a presença do Flamengo na decisão da Copa Libertadores.

De toda forma, na temporada 2019 inteira, o clube carioca já arrecadou, bruto, R$ 60 milhões a mais que Atlético e Cruzeiro em seus jogos.

Isso dá, em média, R$ 5 milhões a mais em arrecadação bruta por mês. E a tendência é essa diferença aumentar, com a torcida empolgada pela quase certeza do título da Série A e ainda pelos 25% que receberá da renda da final da Libertadores, em 23 de novembro, em Santiago.

O Flamengo disputa mais cinco jogos como mandante neste Brasileirão e ainda tem 25% da renda da final da Libertadores. Com isso, o rubro-negro carioca deve chegar aos R$ 100 milhões arrecadados brutos nas suas partidas em casa neste ano.

O fator motivação dos flamenguistas não pode ser descartado da análise. De toda forma, equilibrar essa disputa é o desafio comum para as diretorias de Galo e Raposa em 2020.

Editoria de arte

Postar um comentário

0 Comentários