Remanescentes da sub-17, Duda e Júlia destacam o novo aprendizado com a Seleção Feminina Sub-20

Foto: Thais Magalhães/CBF

Elas podem até serem novas na idade, mas o peso de vestir a Amarelinha já é antigo. A volante Duda Batista (17) e a meio-campista Júlia Daltoé (18) são remanescentes da geração Sub-17 da Seleção Feminina. Juntas, elas participaram do Campeonato Sul-Americano e o Mundial da categoria, em 2018. Hoje, as atletas estão sendo vivendo a primeira experiência no elenco Sub-20, sob o comando de Jonas Urias.

Voltar a representar a base feminina resgatou uma emoção para as duas jogadoras. Mesmo já conhecendo a rotina da Seleção, essa nova convocação reservou um marco na carreira profissional de ambas. Segundo Júlia, é a recompensa de um trabalho árduo antes realizado.

“É um sentimento muito gratificante estar de volta, porque a gente vê que o nosso trabalho está sendo recompensado. A minha última passagem pela sub-17, incluindo o que eu fiz pelo meu clube e os trabalhos extras que fiz na quarentena, tudo isso foi importante para eu ter retornado bem e ter tido essa primeira oportunidade na sub-20 com o Jonas”, revelou Júlia.

CBF

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/futblogdosorriso/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.