Galo se mantém no G4 com empate no Serra Dourada

Divulgação
Atlético 

Em partida válida pela 12ª rodada do Brasileirão, o Atlético empatou sem gols com o Goiás, na noite deste domingo (28/7), no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Com a igualdade na capital goiana, o Galo chegou a 21 pontos e se manteve em 4º lugar na tabela de classificação.

Na próxima rodada, tem clássico no Independência, às 19h de domingo (4/8).

A delegação alvinegra retornará para Belo Horizonte ainda neste domingo, deixando Goiânia às 23h.

O JOGO

O Galo foi ao ataque com o venezuelano Otero, que foi desarmado ao tentar o drible. Alerrandro recebeu passe de Chará na intermediária pela direita, mas a bola escapou e ficou para a defesa goiana.

Aos 15 minutos, Vinicius tentou enfiada de bola para Alerrandro e Michael tomou a frente para afastar o perigo. No lance, a arbitragem assinalou impedimento inexistente do atacante atleticano.

Patric tentou avançar pela direita, aos 19 minutos, mas parou na marcação do time goiano. Pouco antes, Otero tentou lance de velocidade pela direita, mas o defensor esmeraldino conseguiu tomar a frente e destruir a jogada.

Chará tentou invadir a área pela esquerda, aos 25 minutos, e foi impedido pelo zagueiro do Goiás. Cinco minutos mais tarde, depois de boa troca de passes, Chará recebeu a bola na grande área e chutou cruzado para fora.

Aos 35, Chará cruzou pela direita e Otero quase conseguiu o cabeceio, mas não alcançou a bola. No ataque seguinte, Otero foi travado ao tentar chute de fora da área e, na sequência da jogada, Patric cruzou para o corte da zaga.

Vinicius levantou a bola na área, aos 38 minutos, e Otero cabeceou desequilibrado, por cima do gol. Aos 43, Otero cobrou escanteio pela esquerda e Réver desviou de cabeça, sobre o gol.

Já nos instantes finais da etapa inicial, Otero cobrou falta perto da área e a bola desviou em Rafael Vaz, saindo pela linha de fundo. O próprio Otero fez a cobrança do escanteio e a zaga do Goiás fez o corte pelo alto.

SEGUNDO TEMPO

Sem alterações, o Galo foi ao ataque pela primeira vez com Vinicius, que foi desarmado ao tentar invadir a grande área driblando.

Aos dez minutos, Vinicius tentou encontrar Chará na grande área e o goleiro saiu do gol para interceptar o lançamento.

Otero foi substituído por Geuvânio, aos 15 minutos. No minuto seguinte, Chará recebeu a bola de Alerrandro na grande área e foi travado na hora da finalização.

O técnico Rodrigo Santana fez outra modificação no time aos 23 minutos, quando Vinicius deixou o campo para a entrada de Luan.

Aos 25, após grande jogada de Chará na grande área, Alerrandro teve ótima chance e concluiu no travessão.

O Galo seguiu pressionando e a defesa esmeraldina cortou o cruzamento rasteiro de Patric pela direita.

Em novo ataque pela direita, Geuvânio sofreu falta e a defesa goiana cortou o cruzamento de Patric.

Aos 35, Papagaio entrou no lugar de Alerrandro. Em seguida, Geuvânio arriscou de fora da área e a bola explodiu no zagueiro.

O Galo teve outra oportunidade em cruzamento de Fábio Santos, pela esquerda, mas a bola desviou no defensor e foi para as mãos do goleiro.

Já nos acréscimos, Chará chutou cruzado pela esquerda e a bola explodiu na zaga. O Atlético buscou o gol até o final, mas não conseguiu furar o bloqueio goiano.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 0 x 0 ATLÉTICO
Competição: Campeonato Brasileiro
Rodada: 12ª
Data: 28/07/2019
Estádio: Serra Dourada
Cidade: Goiânia (GO)

Goiás
Tadeu; Daniel Guedes, Yago, Rafael Vaz, Jefferson, Geovane, Léo Sena (Yago Felipe), Marlone (Giovanni Augusto), Michael, Kayke (Rafael Moura) e Leandro Barcia.
Técnico: Claudinei Oliveira.

Atlético
Cleiton; Patric, Réver, Igor Rabello, Fábio Santos, Martínez, Elias, Otero (Geuvânio), Vinicius (Luan), Chará e Alerrandro (Papagaio).
Técnico: Rodrigo Santana.

Cartões amarelos: (Atlético); Yago Felipe (Goiás)

Equipe de Arbitragem
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA-SP)
Árbitro Assistente 1: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA-SP)
Árbitro Assistente 2: Anderson José de Moraes Coelho (AB-SP)
Quarto Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (AB-GO)
Analista de Campo: Vicente de Paula da Silva Moraes (CBF-GO)
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (AB-SP)
Assistente de Árbitro de Vídeo 1: Lucas Canetto Bellote (AB-SP)
Assistente de Árbitro de Vídeo 2: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AB-AL)
Observador de VAR: Paulo Jorge Alves (CBF-BR)

Postar um comentário

0 Comentários