sábado, 24 de agosto de 2019

Nos instantes finais, atacante coloca a bola na rede e Oriente vence o Meridional

Oriente venceu o Meridional. No detalhe, Zé Rico
(Meridional) de posse da bola e Cléber (Oriente) autor
do gol da vitória do time
Na tarde ensolarada deste sábado (24) a bola rolou no estádio Menezão, em Belo Oriente-MG, em duelo amistoso. O FUTBLOG DO SORRISO acompanhou tudo do jogo muito pegado com vitória do Oriente por 2 a 1 sobre o Meridional.

O time da casa abriu o placar com gol anotado por intermédio do atacante Livan. Ele bateu cruzado e colocou a bola na rede. Ainda na etapa inicial aconteceu o gol de empate do Meridional. Thiago sacudiu a rede e deixou tudo igual. Os dois times foram assim para o intervalo: 1 a 1. Na etapa final o duelo no Menezão seguiu pegado.

Aquele jogo truncado e por uma bola. Foi o que aconteceu. Quando faltava apenas 2 minutos para o término, o atacante Cléber colocou a bola na rede e garantiu a vitória do time aurinegro belo-orientino pelo placar de 2 a 1. O jogo em Belo Oriente teve a arbitragem de Edmilson Conca.

Na Itália: ex-atacante do Vasco será companheiro de jogador com raízes em São Cândido, distrito de Caratinga

Divulgação - Maxi López fecha com o Crotone 
O atacante argentino Maxi López está de clube novo.

O jogador com passagem por Grêmio, Vasco, River Plate, Barcelona, Udinese, Milan, Sampdoria, entre outros, fechou sua ida para o Crotone - clube que disputa a Segunda Divisão do Campeonato Italiano.

O acerto é por uma temporada. Na equipe italiana, Maxi será companheiro de Junior Messias - atacante com raízes na localidade de São Cândido - Distrito de Caratinga.

Junior chegou ao Crotone após passagem por outros clubes italianos, sendo um deles, o Pro Vercelli.

Divulgação - Junior Messias quando passou pelo Pro Vercelli

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Caminhoneiros planejam parar atividades

Foto: Alex Jesus 
O TEMPO 

Transportadores de combustíveis já estão em estado de greve desde o dia 18 e aguardam reunião com governo federal, na semana que vem, para decidirem se vão cruzar os braços

Os caminhoneiros que transportam combustíveis vão decidir na próxima semana se vão cruzar os braços. A decisão vai depender de uma reunião marcada para semana que vem, em Brasília, com representantes do Ministério da Infraestrutura e das distribuidoras. “Nós iniciamos uma negociação e aguardamos uma definição para ver se vamos suspender o estado de greve ou parar. Se pararmos, pode ter desabastecimento nos postos e nos aeroportos”, afirma o presidente do Sindicato dos Transportadores de Combustíveis e Derivados de Petróleo (Sindtanque-MG), Irani Gomes.

Desde o dia 18, eles estão em estado de greve. Ontem, foram ouvidos por representantes do governo, que intermediaram as negociações com as distribuidoras. O movimento é em protesto contra a nova tabela de piso mínimo do frete, divulgada recentemente pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Segundo a categoria, além de não remunerar corretamente os transportadores, não cobre sequer os custos mínimos do transporte.

A manifestação deve se estender a outras categorias dos caminhoneiros. Os autônomos planejam parar por três dias, a partir do dia 2 de setembro, em protesto contra a tabela de frete. A política de preços, implantada pelo governo Temer em resposta à greve dos caminhoneiros de 2018, terá a constitucionalidade julgada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 4 de setembro.


A Associação do Transporte Rodoviário de Cargas do Brasil (ATR Brasil), a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI) entraram na Justiça contra a tabela. Segundo elas, o piso mínimo do frete desrespeita os princípios da livre iniciativa e da livre concorrência.

Olho nos veteranos: tem bola rolando neste final de semana pelos gramados da região

Divulgação - Campo de São Pedro dos Ferros
Mais um final de semana chegando e a bola rola para todos os lados. Vamos trazer mais uma super rodada pelos amistosos entre clubes veteranos.

Os jogos, locais e horários:

SÁBADO (24) - 15h30 

01. UNIDOS (IPABA) X BEC
C. IPABA

02. VILA CELESTE B X ITAMARATY D
C. VILA CELESTE

03. PALMEIRAS (IPATINGA) X BARCELONA (IAPU)
C. FAMÍLIA

04. CACHOEIRO X AREIA PRETA
C.CACHOEIRO ESCURA - 18h (jogo de fundo)

05. IPABINHA X REAL VALE (VALE VERDE)
C. IPABINHA

06. INDEPENDENTE DO LIMOEIRO X REVÉS DO BELÉM
C. LIMOEIRO

07. MASTER UBAPORANGA X ITAÚNA FC
C. MANCHESTER UBAPORANGA

08. PARAÍSO MASTER X JUVENTUS ÁRICA
C. PARAÍSO

09. PORTO FC X DESPORTIVA
C. CANAÃ

10. OPERÁRIO X INDEPENDENTE
C. RAUL SOARES

11. ITAMARATY A X HOLANDA
C. ITAMARATY

12. ARF X IBBJ
C. AERC

13. LIMOEIRO (CARATINGA) X 1º DE MAIO
C. SANTA EFIGÊNIA

14. ELITE X SHOCK
C. CÓRREGO NOVO

15. INDUSTRIAL PARAÍSO X VILA FORMOSA
C. INDUSTRIAL PARAÍSO

16. SAPO FC X ATLÉTICO MASTER (INHAPIM)
C. UNEC II - CARATINGA

17. BUGRE X SEVALE
C. BUGRE

18. FAIXA AZUL X USIPA
C. INHAPIM

19. CARAVELAS X SIRROSE
C. CARAVELAS

20. CHÁCARA MADALENA X VALENCIA
C. CHÁCARA MADALENA

21. BORUSSIA (IPATINGA) X CHUPA CABRA
C. FORQUILHA

22. VILA NOVA X GUARANI
C. VILA FORMOSA

23. MASTER CALDENSE X BOTAFOGO INHAPIM
C. ENGENHEIRO CALDAS

24. PONTE PRETA X SOCIAL
C. PLANALTO

25. FUSÃO X MANCHESTER
C. OLARIA - TIMÓTEO

26. BONJA MASTER X TRICOLOR DO BARRACÃO
C. SOCIAL - BOM JESUS DO GALHO

27. NAPOLI X BRAÚNAS
C. PERIQUITO

28. CHELSEA X IPABA EC
C. PEDRA BRANCA

29. VILA MARTINS X FLAMENGUINHO (IPATINGA)
C. VILA MARTINS

30. JUNAF X SERVOS (BELO ORIENTE)
C. BOM JESUS DO BAGRE

31. PRIMOS X SERAPIÃO
C. LINDOLFO LOPES DE FARIA - BELÉM

32. AERP X VILA CELESTE A
C. MINAS CAIXA

33. FLORESTA MASTER X MONZA EC
C. CAF - FABRICIANO

34. LONDRINA X LIMOEIRO
C. UNIÃO

35. BOCA RICA X UNIÃO SÃO CÂNDIDO
C. IAPU

36. GALETO X VILA IPANEMA
C. CACHOEIRA ESCURA

37. IGUAÇU X PESQUISA
C. IGUAÇU

38. INTER X IPIRANGA
C. INTER

39. CARATINGA C X DURANDÉ EC
C. ESTÁDIO DR MANINHO - CARATINGA

40. LITRÃO X VALEVERDENSE
C. PINGO D'ÁGUA

41. MINAS X SÃO JOSÉ DO PORTO
C. MINAS - SÃO PEDRO DOS FERROS

DOMINGO (25) - 9h

01. COMUNITÁRIO X BORUSSIA
C. CANAÃ

02. CROÁCIA FC X IBIS SC
SÃO JOÃO DO ORIENTE - 10h

03. BESIKTAS X SERGRAF
C. AÇUCENA

04. AERC X NOVO VALE
C. AERC

Final do Campeonato Amador de Itamarandiba acontece neste sábado. Arbitragem é do Vale do Aço.

Foto: Reprodução / Instagram / AAVA - Deivson
Mendel apita a final em Itamarandiba
Neste sábado (24), às 17h, será realizada a grande final do Campeonato Municipal de Itamarandiba. Um confronto que promete muita emoção do ínicio ao fim. Em campo estarão frente a frente: Atalanta x Nova Geração do Contrato.

O trio de arbitragem é da AAVA (Associação de Árbitros do Vale do Aço). No apito estará Deivson Soares Mendel, sendo auxiliado por Vitor de Souza Nobre e Johnny William de Lima Santos.

O quarto árbitro será de Itamarandiba, Márcio Fernandes. Há toda expectativa de uma grande presença de público para prestigiar o evento.

Dodô exalta início do novo trabalho e projeta evolução da equipe nas próximas partidas

Vinnicius Silva / Cruzeiro / Divulgação
Cruzeiro

Titular no último domingo, tanto no meio-campo quanto na lateral esquerda, o “polivalente” Dodô, embora saiba que ainda é cedo para tirar conclusões sobre a equipe, destaca o início promissor da nova comissão técnica comandada por Rogério Ceni.

Segundo Dodô, apesar da melhora na primeira partida, quando o time celeste mostrou uma grande intensidade e triunfou sobre o Santos, o atual líder da competição nacional, a nova comissão ainda está avaliando o elenco e as peças disponíveis para cada posição.

“No futebol as coisas mudam muito rápido. As oportunidades aparecem e tem que estar preparado para aproveitar. Por enquanto, foi só um jogo e obviamente ao longo dos jogos quem sai na frente é importante para estar no time titular. Mas ele está conhecendo o grupo ainda e tenho que trabalhar muito para permanecer no time titular. As coisas estão melhorando e a tendência é melhorar ainda mais”, disse o lateral.

Muito elogiado pelos jornalistas presentes na coletiva, sobre a sua atuação diante do Santos, Dodô reconhece que fez um bom jogo, mas que pelo próprio clube já teve atuações melhores ou semelhante à do último domingo.

“Sinceramente acho que aqui no Cruzeiro já fiz jogos melhores, mas é claro que o resultado tem um peso nessa avaliação externa. Na avaliação interna também já fiz outros bons jogos, então temos que ter tranquilidade na hora de avaliar, sem ser influenciado pela opinião pública. Nós temos nossos analistas e membros da comissão que nos avaliam diariamente e jogo a jogo também, então temos que estar tranquilos, e trabalhar ainda mais, assim como todo time, já que foi apenas a primeira semana de trabalho”, declarou.

Sobre o próximo compromisso da equipe celeste, contra o CSA, no domingo, no estádio Rei Pelé, em Maceió, Dodô disse que ainda não tem pistas sobre a sua escalação, e que espera uma partida bem complicada, principalmente por enfrentar uma equipe que vem de vitória na competição e que ainda se encontra na zona de rebaixamento da disputa.

“Ainda não sei se vou jogar ou onde vou jogar, importante é que, desde a semana passada, tenho treinado forte e nas duas posições e vamos ver o que ele decide para domingo. Mas, como falei, todo time está se adequando ao modelo de trabalho e adaptando e é importante estarmos concentrados para buscar a vitória e os três pontos para da um salto na tabela”, falou Dodô.

“As dificuldades serão as mesmas de se enfrentar qualquer equipe do Campeonato Brasileiro. É um campeonato muito difícil, óbvio que quando se enfrenta times assim existe uma grande mobilização entre os jogadores e uma grande concentração para sair dessa situação. Então esperamos um time que virá muito concentrado, que vem de vitória fora de casa, então precisamos nos preparar da melhor forma e tentar superá-los dentro de campo durante os 90 minutos”, finalizou.

Idoso estupra sobrinha e irmão portador de paralisia cerebral em Minas

Pxhere / Divulgação
Estado de Minas

Um homem de 68 anos foi preso acusado de estuprar a sobrinha e o irmão dela, portador de paralisia cerebral. O acusado, que respondia ao processo em liberdade, teve a prisão preventiva decretada após pedido do Ministério Público de Minas Gerais.

Segundo a denúncia, os abusos sexuais contra a sobrinha começaram quando ela tinha oito anos e continuaram, constantemente, até os 12 anos. Um depoimento especial da vítima foi colhido por uma psicóloga judicial e ela contou sobre os ataques a que foi submetida e revelou também que o tio estuprou o irmão menor, que é portador de paralisia cerebral. O homem queimava a adolescente com cigarro e a ameaçava com um canivete para que ela não contasse nada a ninguém sobre os ataques.

“Chocante constatar as agruras às quais ele submeteu a própria sobrinha e sobrinho. Desta forma, trata-se de um sujeito sem escrúpulos, não apresenta amarras morais e não poupa nem as pessoas com as quais convive de lhes infligir sofrimento com o mero escopo de satisfazer sua imensurável lascívia”, destacou o Ministério Público.

A juíza da Vara Especializada em Crimes contra a Criança e o Adolescente de Belo Horizonte, Marixa Fabiane Lopes Rodrigues, após relato da vítima, entendeu que a prisão era necessária para que “mais nenhuma adolescente ou pessoa com deficiência fosse por ele estuprada”. O processo tramita em segredo de Justiça.

O acusado respondia ao processo em liberdade e compareceu à audiência após ser localizado em um novo endereço residencial. Ele havia se mudado e não informou seu paradeiro no processo criminal. “É ainda mais provável que ele se sinta motivado a se esconder, como já fez em situações outras”, ressaltou em seu pedido de prisão a promotora Andréa Mismotto Carelli.

Mesmo com a prisão preventiva decretada, o processo criminal continua seu trâmite normal e não tem previsão de data para sentença final. (Com informações do TJMG)

Padre desvia R$ 400 mil de paróquia com homens em aplicativo

Reprodução/Chester Country
District Attorney's Office
Diário On-Line

O padre, Joseph McLoone, de 56 anos, foi preso após suspeita de desviar cerca de R$ 400 mil da paróquia que fazia parte para gastar com homens em um aplicativo de relacionamento, o Grindr. Há cerca de um ano, o clérigo levantava suspeitas de que gastava o dinheiro das doações da igreja com atividades ilícitas.

De acordo com a revista "Philadelphia Magazine", os investigadores de Downingtown, na Pensilvânia, descobriram que Joseph tinha uma conta secreta para o depósito do dinheiro.

O padre bancava uma vida de luxo de homens que conhecia no aplicativo. Ele chegou a alugar uma casa de veraneio em Nova Jersey.

Países usam incêndios para tentar prejudicar o Brasil, diz Bolsonaro

Reprodução / Redes Sociais 
Agência Brasil

Os incêndios florestais na região amazônica podem ser usados para prejudicar o setor do agroneócio do Brasil, disse nesta quinta-feira (22) o presidente Jair Bolsonaro, durante live semanal no Facebook. Ele destacou que o governo trabalha para mitigar o problema e pediu que as pessoas ajudem a denunciar práticas criminosas na área.

"Alguns países aproveitam o momento para potencializar as críticas contra o Brasil para prejudicar o agronegócio, nossa economia, recolocar o Brasil numa posição subalterna", afirmou. O presidente criticou manifestações estrangeiras sobre o assunto. "Um país agora, sem dizer o nome aqui, falou da 'nossa Amazônia', teve a desfaçatez de falar 'a nossa Amazônia', está interessado em um dia ter um espaço aqui na nossa Amazônia para ele", disse.

Minutos após terminar a live, Bolsonaro mencionou, pelo Twitter, postagem do presidente francês, Emmanuel Macron, sobre as queimadas na Amazônia. Segundo Bolsonaro, Macron postou uma foto desatualizada de queimada na região. "Lamento que o presidente Macron busque instrumentalizar uma questão interna do Brasil e de outros países amazônicos para ganhos políticos pessoais. O tom sensacionalista com que se refere à Amazônia (apelando até p/ fotos falsas) não contribui em nada para a solução do problema. O Governo brasileiro segue aberto ao diálogo, com base em dados objetivos e no respeito mútuo. A sugestão do presidente francês, de que assuntos amazônicos sejam discutidos no G7 sem a participação dos países da região, evoca mentalidade colonialista descabida no século XXI", escreveu o presidente brasileiro.

Na publicação no Twitter, o presidente da França classificou os incêndios na Amazônia de "crise internacional" e pediu que os líderes do G7 tratem urgentemente do tema. "Nossa casa está queimando. Literalmente. A floresta amazônica, pulmão que produz 20% do oxigênio do nosso planeta, está em chamas. Isso é uma crise internacional. Membros do G7, vamos discutir essa emergência de primeira ordem em dois dias", tuitou.

O próximo encontro do G7, que reúne os presidentes de EUA, Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Canadá e Japão, será realizado neste fim de semana, em Biarritz.

Queimadas criminosas

Durante a live, o presidente brasileiro admitiu que tem havido incêndios criminosos e que, segundo ele, isso pode significar uma tentativa de afetar a soberania brasileira sobre a Amazônia. Ele comparou os incêndios no Brasil a outros que acontecem anualmente em regiões como a Califórnia, nos Estados Unidos.

"Aqui tem o viés criminoso? Tem. Sei que tem. Quem que pratica isso? Não sei. Os próprios fazendeiros, ONGs, índios, seja lá o que for. Então, existe esse interesse em cada vez mais dizer que nós não somos responsáveis e quem sabe, mais cedo ou mais tarde, alguém decrete uma intervenção na região amazônica e nós vamos ficar chupando o dedo aqui no Brasil", disse.

Bolsonaro também criticou parte da imprensa na cobertura sobre o assunto. Ele reforçou que o problemas decorrentes dos incêndios podem prejudicar a todos no país. "Nossa economia está escorada nas commodities. Se o mundo resolver nos retaliar, e a economia nossa bagunçar, todo mundo, inclusive vocês, repórteres, vai sofrer as consequências."

Por fim, o presidente fez um apelo aos fazendeiros da região que estejam ateando fogo em áreas florestais. "Há suspeita que tem produtor rural que está agora aproveitando e tacando fogo geral aí. As consequências vêm para todo mundo. Se vocês querem ampliar a áreas de produção, tudo bem, mas não é dessa forma que a gente vai conseguir atingir nosso objetivo."

Bolsonaro ainda revelou ter recebido oferta de aeronaves para combater os incêndios por parte do presidente do Chile, Sebástian Piñera, e do Equador, Lenín Moreno.

Amazônia brasileira está segura, diz Mourão

Romério Cunha / PR
Agência Brasil

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, se manifestou na noite desta quinta-feira (22) sobre os incêndios florestais na Amazônia e disse que a região está segura. Em uma postagem no Twitter, ele atribuiu as queimadas ao período de seca.

"A #Amazonia brasileira está segura! Lá morei e sei que incêndios são episódicos em período de seca", escreveu. Na postagem, Mourão criticou o que chamou de uma tentativa de transformar o problema em uma crise internacional. "Transformá-los em crise, esquecendo as tragédias que o fogo causou nos EUA e Europa, é má-fé de quem não sabe que os pulmões do mundo são os oceanos, não a Amazônia", acrescentou.

Mais cedo, também pelo Twitter, o presidente da França, Emmanuel Macron, se posicionou sobre as queimadas na Amazônia, classificando o problema como uma "crise internacional" e pedindo que os líderes do G7 tratem urgentemente do tema. Em resposta, o presidente Jair Bolsonaro rebateu o líder francês, também pela rede social dizendo que Macron busca "instrumentalizar uma questão interna" dos países amazônicos "para ganhos políticos pessoais".

O próximo encontro do G7, que reúne os presidentes de EUA, Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Canadá e Japão, ocorrerá neste fim de semana, em Biarritz. O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, também afirmou nesta quinta-feira que está "profundamente preocupado" com os incêndios na Floresta Amazônica.

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Pazes com o gol! Após saída de Mano, atacantes do Cruzeiro voltam a balançar as redes

Fred e Pedro Rocha voltaram a marcar - Foto:
Divulgação / Vinnicius Silva / Cruzeiro 
Globo Esporte

Setor do time que mais preocupava o torcedor naquela que se tornou a reta final da passagem vitoriosa de Mano Menezes pelo Cruzeiro, o ataque voltou a funcionar. Desde a saída do treinador, em 7 de agosto, os atacantes fizeram as pazes com as redes. Em dois jogos pós-Mano, um sob o comando do interino Ricardo Resende e outro já com Rogério Ceni como técnico, os jogadores de ataque fizeram três dos quatro gols marcados pela equipe. O outro foi marcado pelo meia Thiago Neves, que acabou com um jejum.

No primeiro jogo sem Mano Menezes, o Cruzeiro pôs fim à seca de gols da equipe. Depois da Copa América, a Raposa havia marcado três logo no primeiro jogo disputado, na vitória de 3 a 0 sobre o rival Atlético-MG, no Mineirão, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Depois disso, nada de gol nos oito jogos seguintes. Foram quatro derrotas e quatro empates.

Naquele período, o time cruzeirense colheu dois empates por 0 a 0 com o River Plate-ARG, pelas oitavas de final da Copa LIbertadores, em que acabou eliminado na disputa de pênaltis. Na Copa do Brasil, o time perdeu o duelo de volta para o Atlético-MG por 2 a 0, mas, avançou pelo resultado construído no primeiro jogo. Já na primeira partida das semifinais, contra o Internacional, derrota por 1 a 0, no Mineirão, que resultou na saída de Mano Menezes.

Já pelo Campeonato Brasileiro, foram duas derrotas (para Athletico-PR e Atlético-MG) e dois empates (com Botafogo e Bahia), tudo sem balançar a rede adversária.

Logo no primeiro jogo após a saída de Mano Menezes, o Cruzeiro empatou em 2 a 2 com o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis. Naquele jogo, dois atacantes cruzeirenses marcaram: Pedro Rocha e Sassá. E o fim do jejum de gols da equipe, que não marcava há oito jogos, ocorreu. Já na primeira partida sob o comando de Rogério Ceni, o Cruzeiro impôs o seu ritmo diante do líder Santos, venceu por 2 a 0, com mais um gol de atacante: Fred, que não marcava há 16 jogos.

Fim de outro jejum

Outro jogador que também acabou com um período de seca no Cruzeiro foi o meia Thiago Neves. Contra o Santos, o meia fez o segundo gol da Raposa, e acabou com um jejum de seis partidas sem balançar a rede.

Ibama lança edital para contratar empresa que monitore desmatamento

Valter Campanato / Agência Brasil
Agência Brasil

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) publicou edital no Diário Oficial da União dessa quarta-feira (21) chamamento público de empresas especializadas no fornecimento diário por imagens de satélites de alta resolução espacial para geração de alertas diários de indícios de desmatamento.

O documento, assinado pelo diretor de Proteção Ambiental do Ibama, Olivaldi Alves Borges de Azevedo, diz que a medida justifica-se pela “busca de uma solução viável e operacional para atuação mais eficiente, eficaz, efetiva e com maior celeridade na gestão das ações de fiscalização ambiental no combate ao desmatamento ilegal e exploração florestal seletiva ilegal na região Amazônica”.

O texto do edital diz ainda que o Ibama, por mor meio de sua Diretoria de Proteção (Dipro), objetiva combater o desmatamento ilegal na Amazônia Legal de forma preventiva ou, no mínimo, contemporânea, para que seja possível interromper a ação criminosa, viabilizando uma atuação mais expedita e não permitindo a evolução e consolidação da ocorrência do ilícito.

Nesse sentido, segundo o instituto, faz-se necessário obter alertas de desmatamento diários das áreas mais críticas na Amazônia, em uma área pré-determinada de aproximadamente de 1 milhão de quilômetros quadrados, distribuídos a leste dos estados do Acre e Rondônia, norte de Rondônia e Mato Grosso, sul do estado do Amazonas e meio norte do estado do Pará.

Queimadas

Hoje (22), Bolsonaro voltou a dizer que as queimadas na Amazônia são criminosas e que organizações não governamentais (ONGs) podem estar por trás dos incêndios. “Pode ser fazendeiro, pode, todo mundo é suspeito, mas a maior suspeita vem de ONGs”, disse, ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã desta quinta-feira.

O presidente ressaltou que o governo está investigando o crime, mas que não existem provas de quem está provocando as queimadas. “A Amazônia é maior do que a Europa, como vai combater incêndio criminosos nessa área? E é criminoso, mas você não vai pegar quem está tacando fogo lá, só se for em flagrante”, disse. “É um indício fortíssimo de que são ONGs. Não se tem prova disso, se vocês não pegar em flagrante quem está queimando e buscar quem mandou”, acrescentou.

Colaborou: repórter Andreia Verdélio

Fundão, Braúnas e Talismã se reforçam para a sequência do Campeonato Amador de Belo Oriente

Divulgação - Neném Bailarino (esquerda) fechou com o Fundão. Na foto ele aparece junto com
Ricardo "Gato" - um dos dirigentes do clube

Divulgação
O futebol amador belo-orientino segue movimentado. No domingo acontecerão os jogos da 3ª rodada da competição. Os clubes em busca da classificação para a fase seguinte continuam a movimentar o mercado em busca de jogadores. O formato da competição neste ano obrigou os clubes ficarem em alerta total, onde um vacilo pode custar a temporada. O campeonato ganhou em dinamismo sendo o chamado: "tiro curto". 

Nas últimas horas os clubes foram em busca de reforços. Depois do Santa Tereza anunciar Juninho Xerife, Muller Brenner e Bruno Sebá, foram as vezes de Braúnas, Talismã e Fundão aumentar o elenco. O Braúnas fechou com os jogadores Lin, Luan e Leone - o primeiro é de Ipatinga e os outros dois de Virginópolis. 

O Talismã carimbou a volta do lateral-direito Pretinho. Já o Fundão anunciou o experiente atacante Neném Bailarino. A chegada do atleta ao time de Córrego Fundo foi muito comemorada. Ele que no início da temporada chegou a estar nos planos do Santa Tereza, mas acabou mesmo fechando com o Fundão. O jogador que era um dos desejos da diretoria para a disputa da competição. 

Atlético inicia preparação para enfrentar o Bahia

Agência Galo / Divulgação
Atlético

Motivado pela vitória sobre o La Equidad, da Colômbia, no jogo de ida das quartas de final da Copa Conmebol Sul-Americana, o elenco atleticano se reapresentou na tarde desta quarta-feira, na Cidade do Galo.

Iniciando a preparação para o jogo contra o Bahia, os atletas que atuaram pela competição continental fizeram trabalho regenerativo na academia e os demais participaram de um coletivo contra atletas da categoria Sub-20.

O técnico Rodrigo Santana montou o time com Léo Wall; Guga, Leonardo Silva, Martínez e Hernández; Zé Welisson, Nathan, Luan, Otero, Geuvânio e Alerrandro (Di Santo).

No segundo tempo d atividade, a equipe teve Fernando; Guga, Zé Welisson, Daniel Penha e Hulk; Martínez, Clayton, Bruninho, Terans, Maicon Bolt e Di Santo.

Galo e Bahia irão se enfrentar às 11h deste sábado, na Arena Independência, pela 16ª rodada do Brasileirão.

Nesta quinta-feira, o treino será pela manhã, às 10h, assim como na sexta-feira.

Cruzeiro vence a décima e dispara na liderança do Estadual Sub-15

Rikelme e Gabriel Araxá comemoram -
Gustavo Aleixo / Cruzeiro / Divulgação

Cruzeiro

A campanha celeste no Campeonato Mineiro Sub-15 segue de vento em poupa. Nesta quarta-feira, em duelo adiantado da 14ª rodada, o Cruzeiro alcançou sua décima vitória na competição ao bater o Betim por 2 a 0, disparando ainda mais na liderança.

Na partida realizada na Toca da Raposa I, o técnico Fábio Brostel mandou uma equipe titular diferente, tendo em vista o fato de que a categoria seguirá, nesta quinta-feira, para a Coreia do Sul, onde disputará o KLF International Tournament. Apesar da falta de entrosamento, os jogadores cruzeirenses em campo provaram seu valor, construindo uma vitória tranquila no primeiro tempo.

Aos 29 minutos, após total domínio celeste da partida, o centroavante Rikelmy abriu o placar, aproveitando rebote do goleiro. Quatro minutos depois, Leandro alçou bola na área, e o camisa 11, Gabriel Araxá, ganhou de cabeça da defesa, anotando o segundo e último gol da Raposa na partida.

Na volta do segundo tempo, o técnico Fábio Brostel aproveitou para experimentar atletas da categoria Sub-14 numa categoria acima. Sustentando bem as chegadas do adversário, a equipe celeste também apresentou boas movimentações ofensivas, contudo, o placar acabou ficando mesmo no 2 a 0 para o Cruzeiro.

Diante do Betim, a Raposa entrou em campo com: Iago; Jhosefer (Lucas Eduardo), Victor Ramalho, Gabriel Neri e Zé Elias (João Mendes); Gabriel Gomes, Victor Alex (Conrado), Leandro (Thiago), Matheus (Guilherme Meira) e Gabriel Araxá; Rikelmy (Pedro Balotelli).

Com entrada franca, torcida celeste poderá empurrar "As Cabulosas" na decisão do Brasileiro Feminino Série A2

Vinnicius Silva / Cruzeiro / Divulgação
Cruzeiro

Apresentado oficialmente no fim de fevereiro, o time de futebol feminino do Cruzeiro conquistou em poucos meses o status de uma das principais equipes da modalidade no país. Com campanha de 10 vitórias em 12 partidas no Campeonato Brasileiro Feminino A2, a equipe celeste disputa no próximo domingo, às 14h, no Sesc Venda Nova, o título do torneio nacional contra o São Paulo.

As Cabulosas entram em campo tendo já a vaga na Série A garantida em 2020. E para prestigiar a bela campanha do time estrelado e apoiar as meninas para a busca da vitória, o torcedor cruzeirense terá entrada franca no Sesc para acompanhar de perto a partida.

- O cruzeirense deverá acessar o Sesc Venda Nova através da portaria 2 (Rua Dr. José Felix Martins, 1.246, Mantiqueira – Belo Horizonte/MG), que terá o portão aberto a partir das 12h;

- A entrada é franca. Não será preciso adquirir ingresso ou trocá-lo por alimento;

- O espaço comporta 2.000 pessoas, em que 600 cruzeirenses serão direcionados às arquibancadas e 1.200 às cadeiras. Outros 200 ingressos serão destinados à torcida do São Paulo, que acessará o local pelo setor Brita Sul;

- Bandeiras com mastro de bambu só poderão ser posicionadas no setor Norte do Sesc Venda Nova. Faixas estão liberadas em todos os pontos.

Flamengo vence o Inter por 2 a 0 no jogo de ida das quartas da Libertadores

Comunicação / Flamengo 
Comunicação Flamengo

Deu Flamengo no jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores, no Maracanã: 2 a 0 sobre o Internacional. O atacante Bruno Henrique marcou os dois gols. O jogo de volta será disputado na próxima quarta-feira, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Primeiro Tempo

O Flamengo dominou a partida desde o início. No primeiro tempo, teve três ótimas chances de marcar. Em dois chutes de fora da área, com Everton Ribeiro e Bruno Henrique. E, na chance mais clara, com Gabigol. Nos três lances, o goleiro Marcelo Lomba salvou o Inter.

Segundo Tempo

No segundo tempo, o Flamengo cresceu com a entrada de Gerson. E foi do pé dele que saiu o primeiro gol. Aos 29 minutos, após ótimo contra-ataque, o meia serviu Bruno Henrique que, sem goleiro, empurrou para a rede: 1 a 0. Aos 33 minutos, foi a vez de Gabigol servir Bruno Henrique. O atacante recebeu e bateu de direita no canto de Marcelo Lomba: 2 a 0 e festa da Nação Rubro-negra no Maracanã! O Flamengo ainda poderia ter ampliado minutos depois com Gabigol, mas ficou nisso.

E agora?

O Flamengo volta a jogar no domingo, contra o Ceará, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro.

América empata com o Vitória em Salvador e deixa o Z-4 da Série B

Estevão Germano / América-MG / Divulgação
Hoje em Dia

O América traz um ponto precioso de Salvador, onde enfrentou o Vitória, pela 17ª rodada da Série B do Brasileiro. Contra um adversário direto na luta para escapar do risco de rebaixamento, o time mineiro mostrou personalidade, não se intimidou com a animada torcida do rubro-negro e, acima de tudo, conseguiu segurar o adversário mesmo com um homem a menos por boa parte da segunda etapa. O empate sem gols no Barradão tirou o Coelho do Z-4, com 18 pontos (é o 16º), mesma pontuação do time baiano, que já era o primeiro fora da região da degola.

O Coelho voltou a mostrar, na Boa Terra, uma característica que tem marcado sua campanha na competição este ano: a tranquilidade para atuar fora de casa. Dessa forma, havia superado o CRB em Maceió; a Ponte Preta em Campinas e empatado com Paraná e Vila Nova. Na primeira etapa, a equipe do técnico Felipe Conceição tomou a iniciativa e apostou nas tentativas de longa distância. O treinador contou com Felipe Azevedo, recuperado de contusão e abriu mão do esquema com três volantes, escalando Geovane ao lado de Matheusinho na armação.

Com a marcação defensiva bem postada, o time mineiro dificultou as chegadas do Vitória que, nos primeiros 45 minutos, levou perigo efetivamente apenas em uma ocasião: um chute de Felipe Gedoz pela esquerda que Jori mandou a escanteio.

Na segunda etapa, Carlos Amadeu mandou a campo o meia equatoriano Jordy Caicedo, destaque na sequência de dois triunfos da equipe baiana, e que não tinha condição física para resistir a todo o jogo. Quem levou mais perigo, no entanto, foi o Coelho, com um chute de Giovane que desviou no travessão, logo aos 5min. Com uma passagem pelo rival da noite, o jogador foi um dos destaques americanos na partida, justificando a presença em campo.

Expulsão duvidosa

O panorama de domínio só mudou aos 21 minutos, quando o árbitro Rodrigo Raposo expulsou Zé Ricardo, que já tinha cartão amarelo, num lance discutível com o ex-atleticano Lucas Cândido. A esperada pressão do Leão esbarrou na solidez defensiva americana. Com Neto Berola em lugar de Júnior Viçosa, ainda foi possível criar algumas chances no ataque. A igualdade acabou ficando de bom tamanho para a recuperação do time do Horto, que recebe domingo, às 11h, o Guarani, em mais um duelo direto. O Bugre é o lanterna da competição, com 13 pontos, quatro a menos do que os mineiros.

VITÓRIA 0 x 0 AMÉRICA
Campeonato Brasileiro (Série B): 17ª rodada

Vitória
Martín Rodriguez; Van, Éverton Sena, Ramon e Capa; Baraka, Lucas Cândido, Ruy (Jordy Caicedo) e Felipe Gedoz; Thiaguinho (Marcelo) e Anselmo Ramon (Eron)
Técnico: Carlos Amadeu

América
Jori; Leandro Silva, Paulão, Ricardo Silva e João Paulo; Juninho, Zé Ricardo, Geovane (Willian Maranhão) e Matheusinho; Felipe Azevedo e Júnior Viçosa (Neto Berola)
Técnico: Felipe Conceição

Arbitragem: Rodrigo Batista Raposo, auxiliado por Luciano Benevides de Souza e Lucas Torquato Guerra (todos do DF).
Cartão amarelo: Lucas Cândido (V), Zé Ricardo (A)
Cartão vermelho: Zé Ricardo (A)

Polícia já ouviu 30 testemunhas do sequestro do ônibus no Rio

Reprodução / GloboPlay
Agência Brasil

A Polícia Civil já ouviu mais de 30 testemunhas no inquérito que apura a morte de William Augusto da Silva, de 20 anos, na terça-feira (20), por atiradores de elite do Bope, após sequestrar um ônibus e manter 37 pessoas reféns por três horas e meia, na Ponte Rio-Niterói.

O inquérito foi instaurado na terça-feira (20) mesmo, e a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) já ouviu os reféns e parentes do jovem.

“A DHC realizou perícia no local e o corpo foi encaminhado ao IML [Instituto Médico Legal] para exame de necrópsia. A arma que ele usava – aparentemente de brinquedo - também será periciada, assim como um teaser (equipamento de choque) e outros objetos encontrados com William”, informou a Polícia Civil.

O inquérito vai apurar também se houve a participação de outras pessoas no sequestro. O sequestrador não tinha antecedentes criminais e, segundo a polícia, estava passando por um surto psicótico no momento do sequestro.

O corpo de William foi liberado pelo Instituto Médico Legal pouco depois do meio dia de hoje (21). A família não divulgou o local do velório e do enterro.

A Secretaria estadual de Vitimização e Amparo à Pessoa com Deficiência esteve no IML para garantir a gratuidade do enterro, conforme anunciado pelo governo, porém a família negou o auxílio. Segundo a secretaria, a avó de William tinha um plano funerário e a família optou por utilizá-lo.

Sequestro

Por volta das 6h de terça-feira (20), William obrigou o motorista a atravessar o coletivo na pista, na altura do vão central da Ponte Rio-Niterói. O ônibus faz a linha 2520, do Jardim Alcântara, em São Gonçalo, até o Estácio, no centro do Rio. Willian foi morto por atiradores de elite por volta de 9h.

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, disse que a operação foi um “sucesso” e que os atiradores serão promovidos e condecorados “por bravura”. Segundo a perícia, o corpo de William apresentou seis ferimentos a bala. Ele chegou a ser levado ao Hospital Souza Aguiar, mas não resistiu aos ferimentos.

Ex-aluno invade escola com uma machadinha e ataca estudantes no RS

Meta Notícias
Agência Brasil

Um jovem de 17 anos feriu quatro estudantes com golpes de machadinha em um ataque a uma sala de aula do Instituto Estadual Educacional Assis Chateaubriand, no município de Charqueadas (RS), cidade próxima a Porto Alegre. O agressor era ex-aluno da instituição e foi preso, segundo informações da Polícia Civil da cidade.

Segundo a polícia, o jovem foi ouvido pelos investigadores e confessou o crime. Promotores de Justiça do Ministério Público Estadual também acompanham a investigação.

O ex-aluno atacou quatro estudantes com idades entre 12 e 13 anos. Nenhum deles ficou ferido com gravidade. Dois sofreram cortes e dois apenas escoriações pelo corpo. A ação só não foi mais grave, porque um professor conseguiu tomar a machadinha das mãos do agressor, que fugiu, em seguida. O jovem estava com um líquido inflamável que tirou da mochila e tentou atear fogo em uma sala de aula do 7º ano do ensino fundamental.

Duas alunas desmaiaram durante a ação e foram atendidas no Hospital Municipal de Charqueadas. Por meio de nota, o hospital informou que quatro meninas e dois meninos receberam atendimento na casa de saúde e esclareceu que “todos os estudantes apresentaram ferimentos superficiais e nenhum necessitou de realização de cirurgia”.

O governo do Rio Grande do Sul informou, em nota, que o Instituto Geral de Perícias periciou a sala onde ocorreu o ataque. “Embora as vítimas não tenham sido feridas com gravidade e estejam fora de perigo, o governo reforça extrema preocupação com o ocorrido e não medirá esforços para esclarecer os fatos e responsabilizar os culpados e acompanha com máxima atenção o fato criminoso ocorrido no início da tarde desta quarta-feira, no Instituto Estadual Educacional Assis Chateaubriand, no município de Charqueadas”, diz a nota.

O governo do Rio Grande do Sul informou que a escola atende cerca de 700 alunos dos ensinos fundamental, médio e técnico e funciona nos três turnos (manhã, tarde e noite). Devido ao ataque, o acesso à escola está bloqueado. A instituição informou que não haverá aula nesta quinta-feira (22) nos outros turnos.

O governador Eduardo Leite, que estava em viagem ao Uruguai, foi imediatamente avisado. O vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, o secretário da Educação, Faisal Karam, o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Mario Ikeda, e o subchefe da Polícia Civil, delegado Fábio Motta Lopes, se deslocaram à cidade para acompanhar a apuração dos fatos e prestar o apoio necessário aos alunos, familiares e à comunidade escolar.

A Secretaria da Saúde do Estado fez contato com Secretária da Saúde de Charqueadas colocando-se à disposição para auxiliar no que for necessário.

Câmara aprova projeto que amplia posse de arma em propriedade rural

Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil
Agência Brasil

O Plenário da Câmara aprovou na noite desta quarta-feira (21), por 320 votos a 61, o Projeto de Lei 3.715/19, que autoriza a posse de arma em toda a extensão de uma propriedade rural. A medida garante ao dono de uma fazenda, por exemplo, o direito de andar com uma arma de fogo em qualquer parte de sua propriedade. Atualmente, a posse só é permitida na sede.

Durante a votação, os deputados rejeitaram uma emenda que permitiria incluir no projeto de lei um dispositivo que alteraria o Estatuto do Desarmamento para garantir porte de arma ao proprietário rural.

A segurança no campo foi o elemento central durante as discussões do projeto da proposta. Os defensores da proposta argumentaram que os agricultores precisam ter condições de se defender da criminalidade, enquanto os que se posicionavam contra o PL diziam que a medida poderia agravar a violência no campo.

O relator do projeto, deputado Afonso Hamm (PP-RS), disse a proposta tem o apoio do setor rural e que vai beneficiar os pequenos proprietários. “A arma, que nas mãos dos bandidos é uma ameaça à sociedade, nas mãos do cidadão de bem é garantia da paz social, porque ele vai usá-la em defesa da sua vida e de seus familiares”, disse.

O deputado Jorge Solla (PT-BA) disse que a posse estendida vai fomentar ainda mais a violência no campo – seja contra movimentos sociais, índios ou trabalhadores. “Só quem tem a ganhar são as milícias, são os fabricantes de arma, são os que promovem a violência no campo”, disse.

O projeto segue para sanção presidencial.

* Com informações da Agência Câmara

Sarampo: Começa hoje vacinação preventiva

OMS / ONU
Agência brasil

A partir desta quinta-feira (22), as crianças de seis meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas contra o sarampo em todo o país. Segundo o Ministério da Saúde, a vacinação é preventiva e deve alcançar 1,4 milhão de crianças, que não receberam a dose extra, chamada de dose zero, além das previstas no Calendário Nacional de Vacinação, aos 12 e 15 meses.

“Assim, além dessa dose que está sendo aplicada agora, os pais e responsáveis devem levar os filhos para tomar a vacina tríplice viral (D1) aos 12 meses de idade (1ª dose); e aos 15 meses (2ªdose) para tomar a vacina tetra viral ou a tríplice viral mais varicela, respeitando-se o intervalo de 30 dias entre as doses”, esclarece o ministério.

A pasta enviará 1,6 milhão de doses a mais para os estados. O objetivo é intensificar a vacinação desse público-alvo, que é mais suscetível a casos graves e óbitos. A medida é uma resposta imediata do ministério devido ao aumento de casos da doença.

“Nós estamos preocupados com essa faixa etária porque em surtos anteriores foram as crianças menores de um ano que evoluíram para casos mais graves e óbitos. Por isso, é preciso que todas as crianças na faixa prioritária sejam imunizadas contra o vírus do sarampo, considerando a possibilidade de trânsito de pessoas doentes para regiões afetadas e não afetadas”, disse o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira.

De acordo com o ministério, o país registrou nos últimos 90 dias, entre 19 de maio a 10 de agosto deste ano, 1.680 casos confirmados de sarampo, em 11 estados: São Paulo (1.662), Rio de Janeiro (6), Pernambuco (4), Bahia (1), Paraná (1), Goiás (1), Maranhão (1), Rio Grande do Norte (1), Espírito Santo (1), Sergipe (1) e Piauí (1). O coeficiente de incidência da doença foi de 0,80 por 100.000 habitantes.

Além de vacinar as crianças na faixa etária prioritária, o ministério, por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde, também orienta estados e municípios a realizarem o bloqueio vacinal. Ou seja, em situação de surto ativo do sarampo, quando identificado um caso da doença em alguma localidade, é preciso vacinar todas as pessoas que tiveram ou tem contato com aquele caso suspeito em até 72 horas.

*Com informações do site do Ministério da Saúde

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Definida a escala de arbitragem para a 3ª rodada do Campeonato Amador de Belo Oriente

Arquivo pessoal - Fábio Gomes, Hélio Oliveira, Jelisson Coutinho e Roberto Alexandre

Definida a arbitragem para os jogos da 3ª rodada da primeira fase do Campeonato Amador de Belo Oriente 2019. Duas partidas serão realizadas às 10h10 e outras duas às 15h10.

Os jogos de domingo (25/08) e a arbitragem:

10h10

Santa Tereza x Cachoeiro
Estádio Menezão - Belo Oriente
Apita: Fábio Gomes Pacífico
Assistente 1: Márcio Ferreira
Assistente 2: Hélio Oliveira Pereira
Delegado: Natalino Arruda
Todos da AAVA

Unidos x Vila Bráz
Estádio Jurandir Ferreira - Cachoeira Escura
Apita: Roberto Alexandre
Assistente 1: Jelisson Coutinho
Assistente 2: Jacy Lopes
Delegada: Elisamara R. Andrade
Todos da AAVA

15h10

JUNAF x Fundão
Estádio de Bom Jesus do Bagre
Apita: Hélio Oliveira Pereira
Assistente 1: Fábio Gomes Pacífico
Assistente 2: Márcio Ferreira
Delegado: Natalino Arruda
Todos da AAVA

Talismã x Braúnas
Estádio Jurandir Ferreira - Cachoeira Escura
Apita: Jelisson Coutinho
Assistente 1: Roberto Alexandre
Assistente 2: Jacy Lopes
Delegada: Elisamara R. Andrade
Todos da AAVA

Projeto que obriga agressor a ressarcir SUS é aprovado na Câmara

Luís Macedo / Câmara dos Deputados 
Hoje em Dia (com Agência Brasil)

O projeto de lei que responsabiliza o agressor de violência doméstica a ressarcir o Sistema Único de Saúde (SUS) pelos custos médicos e hospitalares de atendimento à vítima foi aprovado no fim da noite dessa terça-feira (20) pelo plenário da Câmara dos Deputados.

O texto havia sido aprovado pela Câmara, mas sofreu alterações durante a votação no Senado. Por isso, teve que voltar para nova apreciação dos deputados, que rejeitaram as mudanças feitas pelos senadores. A matéria segue agora para sanção presidencial.

Umas das emendas rejeitadas previa que o ressarcimento ao SUS só ocorreria após o processo trânsitar em julgado na instância criminal. A relatora, deputada Rose Modesto (PSDB-MS), entendeu que isso causaria uma demora grande entre o fato e o ressarcimento.

Nos casos como os de uso do abrigo pelas vítimas e de dispositivos de monitoramento, os custos serão também ressarcidos pelo agressor. O texto prevê ainda que os bens da vítima de violência doméstica não podem ser usados pelo agressor para o pagamento dos custos e nem como atenuante de pena ou comutação, de restrição de liberdade para pecuniária.

Lava Jato cumpre mandados de prisão por propina paga a 2 ex-ministros

Arquivo / Agência Brasil 
Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (21) a 63ª fase da Operação Lava Jato, denominada Carbonara Chimica. São cumpridos, em São Paulo, dois mandados de prisão temporária e oito de busca e apreensão. Os policiais também cumprem dois mandados de busca e apreensão na Bahia.

Os presos serão levados para a sede da Polícia Federal em São Paulo e, posteriormente, para a superintendência do Paraná, onde serão interrogados.

A investigação indica que o Grupo Odebrecht fazia pagamento de propina periódica a dois ex-ministros. Os valores eram contabilizados em uma planilha denominada “Programa Especial Italiano”. Os investigados eram identificados como “Italiano” e “pós-Itália”.

Com a propina, eram aprovadas medidas provisórias, como um refinanciamento de dívidas fiscais que permitiria a utilização de prejuízos fiscais das empresas como forma de pagamento.

“Há indicativos de que parte dos valores indevidos teria sido entregue a um casal de publicitários como forma de dissimulação da origem do dinheiro”, informou a Polícia Federal.

Os mandados foram expedidos pela 13ª. Vara Federal de Curitiba. Foi determinada ordem judicial de bloqueio de ativos financeiros dos investigados, no valor de R$ 555 milhões.

Saúde recomenda dose extra contra o sarampo em bebês menores de 1 ano

Marcelo Camargo / Agência Brasil
Agência Brasil

O Ministério da Saúde passou a recomendar a vacinação contra o sarampo em crianças com idade entre 6 meses e 11 meses e 29 dias para combater a disseminação do vírus no país. Nessa faixa etária, segundo a pasta, será ofertada uma dose complementar, chamada de dose zero, como já acontece em campanhas como a de combate à poliomielite. A orientação foi apresentada hoje (20) em entrevista coletiva na sede do órgão, em Brasília.

Entre 19 de maio e 10 de agosto deste ano, foram confirmados 1.680 casos de sarampo no Brasil, além de 7,5 mil casos em investigação. No período, de acordo com o ministério, não houve mortes confirmadas decorrentes da enfermidade.

Após um surto envolvendo estados da Região Norte no início do ano, um novo surto foi registrado no estado de São Paulo, que concentra, atualmente, 1.662 casos em 74 municípios – 98,5% do total de casos. Em seguida aparecem Rio de Janeiro, com seis casos, e Pernambuco, com quatro. Com um caso estão Goiás, Paraná, Maranhão, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Bahia, Sergipe e Piauí.

A recomendação da vacinação adicional de crianças com idade entre 6 meses e 11 meses e 29 dias se deve ao fato deste ser o público com maior potencial de contágio. O coeficiente de incidência em bebês de até 1 ano é de 38,28 casos para cada grupo de 100 mil, enquanto a média de todas as faixas etárias ficou em 4,12. Normalmente, a imunização acontece por meio de duas doses, aos 12 meses e aos 15 meses de vida.

“Temos observado uma incidência elevada em menores de 1 ano. É fundamental estabelecermos estratégia diferenciada para essa faixa etária, olhar para as crianças menores de 1 ano com especial atenção”, declarou o secretário de vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira.

Jovens adultos
Além dos bebês, outro público que preocupa o ministério é o de jovens adultos. A pasta destacou a necessidade de pessoas de 20 a 29 anos regularizarem a vacinação contra o sarampo – o grupo tem coeficiente de incidência de 9 casos para cada grupo de 100 mil, mais que o dobro da média nacional. A orientação vale especialmente para São Paulo, estado com muitos casos e alta densidade populacional.

De acordo com o ministério, pela rotina de imunização estabelecida, pessoas com até 29 anos devem já ter recebido duas doses contra o sarampo. Já quem tem entre 30 e 49 anos deve ter tomado pelo menos uma dose. O secretário ponderou, contudo, que não há necessidade de corrida aos postos de saúde e que a regularização pode ser feita tranquilamente.

Difícil controle
Questionado sobre as razões da propagação do sarampo no país, Oliveira argumentou que a natureza do vírus e de sua transmissão dificultam o controle, especialmente com um surto em uma região como o estado de São Paulo.

“O sarampo é doença de transmissão respiratória. É rastilho de pólvora. Para cada caso, podemos ter 18 pessoas infectadas. É extremamente complexa a contenção da situação viral, principalmente num estado com a densidade demográfica que São Paulo tem”, disse. Entre os principais obstáculos, segundo ele, estão a falta de imunização em adultos jovens e a dificuldade de conscientização desse público.

Estoque
O secretário relatou que já foram disponibilizadas 7,5 milhões de doses da vacina para o estado de São Paulo, além do apoio a campanhas de comunicação para sensibilizar os públicos mais afetados pelo vírus. Ele acrescentou que as vacinas adicionais para bebês devem totalizar cerca de 1,6 milhões de doses e que os estados estão abastecidos, mas que o governo está buscando um estoque complementar com fornecedores externos.

O representante do ministério apontou como problema a atuação de movimentos antivacina que, segundo ele, se alimentam de desinformação e notícias falsas para recusar a imunização necessária. O ministério disponibilizou uma seção em seu site para desmentir notícias falsas e oferecer outras informações.

Sul-Americana: Galo vence de virada o La Equidad e levará vantagem a Bogotá

Agência Galo / Divulgação
Atlético

O Atlético saiu em vantagem na luta por uma vaga na semifinal da Copa Conmebol Sul-Americana. Em jogo bastante movimentado, na noite desta terça-feira, o Galo venceu o La Equidad por 2 a 1, de virada, no jogo de ida das quartas de final.

Os mais de 21 mil Atleticanos que compareceram à Arena Independência, em Belo Horizonte, acompanharam uma partida emocionante e comemoraram muito os gols dos volantes Jair e Elias.

Com o resultado positivo, o Galo elevou para 20 jogos a sua invencibilidade no Horto, onde ainda não perdeu em 2019.

A partida de volta acontecerá às 21h30 (Hora de Brasília) da próxima terça-feira (27/8), no estádio El Campín, em Bogotá, na Colômbia, com transmissão exclusiva do DAZN.

Antes de decidir a classificação no torneio continental, o Galo receberá o Bahia, às 11h deste sábado, novamente na Arena Independência, pelo Campeonato Brasileiro.

O JOGO começou com a equipe visitante se lançando ao ataque. Depois da boa defesa de Cleiton no chute de Ethan González, o árbitro marcou pênalti de Elias sobre Motta. Camacho fez a cobrança e abriu o placar para os colombianos.

O Atlético não se abateu com o gol sofrido no início da partida e tomou conta do jogo a partir desse momento. O empate quase veio aos onze minutos, quando Cazares cruzou pela esquerda e Ricardo Oliveira cabeceou na trave.

No ataque seguinte, Cazares tabelou com Ricardo Oliveira e finalizou no canto direito do goleiro, que fez boa defesa. Aos 20 minutos, Ricardo Oliveira arriscou de fora da área e a bola saiu rente à trave.

Aos 24, o Camisa 9 recebeu passe de Chará e chutou cruzado para o corte da defesa colombiana. O empate alvinegro aconteceu três minutos mais tarde. No lance, Cazares levantou a bola na área, Igor Rabello escorou e Jair acertou chute certeiro para igualar o marcador: 1 x 1.

Depois de receber passe de Fábio Santos, Vinícius tentou de fora da área e foi travado pelo defensor do La Equidad. Logo depois, Ricardo Oliveira foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para o corte da zaga.

Em outra boa chance, aos 37, Cazares cobrou escanteio na segunda trave e Réver conseguiu o cabeceio, mas o goleiro Novoa evitou aquele que seria o segundo gol atleticano. No lance, a bola ainda pegou no travessão depois da defesa do goleiro.

Aos 44, Jair driblou seu marcador na entrada da área, chutou rasteiro e a bola saiu à esquerda do goleiro. No último lance da etapa inicial, aos 47, Mahecha acertou o travessão de Cleiton, após cobrança de escanteio.

A equipe voltou para o SEGUNDO TEMPO com a mesma formação. Na primeira tentativa, Patric avançou livre pela direita e cruzou para o cabeceio de Ricardo Oliveira, defendido por Novoa.

Ethan González foi expulso aos nove minutos, recebendo o segundo cartão amarelo após cometer falta em Réver.

Chará recebeu a bola na grande área e colocou a bola entre as pernas do zagueiro, mas a cobertura chegou e a defesa colombiana conseguiu afastar o perigo.

Fábio Santos foi substituído por Otero, aos 17 minutos. Dois minutos depois, o árbitro marcou pênalti sobre Jair. Cazares cobrou, o goleiro defendeu e, no rebote, Otero mandou para a rede, mas o gol foi anulado porque o venezuelano invadiu a área antes da cobrança.

Aos 27, Otero recebeu passe de Patric pela direita, cortou para o meio e chutou colocado, por cima do gol. Em seguida, Otero cobrou escanteio e Réver cabeceou por cima do gol.

Cazares cruzou rasteiro pela direita, aos 30 minutos, e Ricardo Oliveira desviou para fora. Dois minutos depois, Jair deixou o campo para a entrada de Alerrandro.

Aos 34 minutos, Elias chutou de longa distância para superar o goleiro colombiano e decretar a virada atleticana: Galo 2 x 1.

O Galo seguiu no ataque, Cazares avançou pela direita e tocou para Otero, que foi desarmado. A bola ainda sobrou para o arremate de Ricardo Oliveira, defendido por Novoa.

Aos 39, Luan entrou no lugar de Chará. Aos 46, Elias quase repetiu a dose em novo chute de fora da área, mas a bola saiu rente à trave.

No último ataque, Luan recebeu a bola na grande área pela direita e chutou cruzado, por cima do gol.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 2 x 1 LA EQUIDAD
Competição: Copa Conmebol Sul-Americana
Etapa: Quartas de final (jogo de ida)
Data: 19/08/2019 (terça-feira)
Gols: Camacho (6'/1ºT), Jair (27'/1ºT), Elias (34/2ºT)
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Público: 21.919
Renda: R$522.090,00

Atlético
Cleiton; Patric, Réver, Igor Rabello, Fábio Santos (Otero), Jair (Alerrandro), Elias, Cazares, Vinícius, Chará (Luan) e Ricardo Oliveira.
Técnico: Rodrigo Santana.

La Equidad
Novoa; Pacheco, Arboleda, Riquett, Torralvo, Pablo Lima, Motta, Mahecha, Palomeque (Mier) (Peralta), Camacho (John García) e Ethan González.
Técnico: Humberto Sierra.

Cartões amarelos: Camacho (La Equidad)
Cartão vermelho: Ethan González (La Equidad)

Equipe de Arbitragem
Árbitro: Mario Diaz de Vivar (Paraguai)
Árbitro Assistente 1: Milciades Saldivar (Paraguai)
Árbitro Assistente 2: Roberto Cañete (Paraguai)
4º Árbitro: Ivo Mendez (Bolívia)
Var Daniel Fedorczuk (Uruguai)
AVAR 1: Gery Vargas (Bolívia)
AVAR 2: Christian Lescano (Equador)
Observador VAR: Mauricio Espinosa (Uruguai)
Assessor Internacional: Juan Cardellino (Uruguai)

terça-feira, 20 de agosto de 2019

Um pacotão: zagueiro, meia e atacante ex-Paulista de Jundiaí chegam para reforçar o Santa Tereza

Divulgação - Os mais novos reforços do Santa Tereza: Muller Brenner, Juninho Xerife e Bruno Sebá 

O Santa Tereza promete esquentar a briga com os demais times em busca do título amador belo-orientino 2019. Um dos clubes mais tradicionais e que tem uma das mais fanáticas torcidas do município anunciou nas últimas horas um pacotão de reforços. Fecharam com o clube: zagueiro Bruno Sebá, o meia Juninho Xerife e o atacante Muller Brenner. Bruno chega com a experiência adquirida em outras temporadas.

Já Juninho Xerife vai em busca de seu quarto título amador belo-orientino - ele que levantou a taça quando defendeu as camisas de Fundão, Talismã e Milan. Um jogador de vasta bagagem e que chega para sacudir o "Time do Povão", como carinhosamente o Santa Tereza é conhecido.

Outro que acerta com Santa Tereza, é o atacante Muller Brenner. Um jogador com enorme currículo. Ele tem passagem por Ipatinga, Tupi de Juiz de Fora, Democrata-GV, Trio FC, Cotia-SP, PSTC-PR, Paulista de Jundiaí-SP, Moto Club-MA, Mixto-MT, Desportiva Ferroviária-ES e Costa Rica EC-MS. O Santa Tereza estreou no Campeonato Amador de Belo Oriente com derrota para o JUNAF por 3 a 1.

Visando recuperação, no próximo domingo vai a campo contra o Cachoeiro, às 10h10 da manhã, no Estádio Menezão, em Belo Oriente. Será o primeiro jogo do Santa Tereza diante de seus torcedores.

Cruzeiro é condenado pela Fifa por dívida de Arrascaeta; clube vai recorrer da decisão

Vinnicius Silva / Cruzeiro / Divulgação
Hoje em Dia

O Comitê Disciplinar da Fifa condenou o Cruzeiro a pagar 1,05 milhões de euros (cerca de R$ 4,711 milhões), mais uma multa de 101,5 mil euros (R$ 455,455 mil) ao Defensor, do Uruguai, pela compra do meia Arrascaeta, em 2015. O julgamento ocorreu na semana passada, mas as partes só foram comunicadas da decisão nessa segunda-feira.

A entidade deu um prazo de 30 dias para que o clube celeste quite o débito, sob pena de ser proibido de contratar jogadores nas próximas janelas de transferência enquanto a dívida não for sanada.

Entretanto, a punição não será aplicada de imediato já que a Raposa vai recorrer da decisão na Corte Arbitral do Esporte - última instância em ações internacionais – como revelou Breno Tannure, advogado do Cruzeiro.

“Sim. Vamos recorrer... Enquanto isso, tudo (punição) suspenso. Uma decisão deve ocorrer apenas no final de 2020”, revelou Tannure.

Entenda o caso

Arrascaeta foi comprado pelo Cruzeiro em 2015, em um acordo que previa o pagamento de 2 milhões de euros à vista mais 29 parcelas de 70 mil euros. Entretanto, o clube celeste deixou de pagar 15 dessas prestações, o que, acrescido dos juros e da correção monetária, gerou o montante em torno de 1,05 milhão de euros (R$4.620.315).

Após quatro anos vestindo a camisa celeste, Arrascaeta foi negociado com o Flamengo, em janeiro deste ano, por um valor que girou em torno de R$ 55,2 milhões.

Segundo imbróglio

A novela envolvendo Arrascaeta é a segunda do tipo que o Cruzeiro tem que administrar nos últimos meses. Em julho, o clube foi condenado pela Fifa com a perda de seis pontos no Campeonato Brasileiro caso não pagasse em 90 dias uma dívida em torno de R$ 6 milhões com Zorya, da Ucrânia em relação a compra do atacante Willian Bigode, que defendeu a Raposa entre 2013 e 2016.

Entretanto, os advogados do Cruzeiro agiram rápido e recorreram ao TAS, suspendendo, por ora, a execução da dívida.

Treinador abusou de pelo menos seis crianças em escolinha de futebol de BH, diz polícia

Renata Evangelista / Hoje em Dia 
Hoje em Dia

A Polícia Civil identificou que pelo menos seis crianças e adolescentes foram abusadas sexualmente pelo treinador de futebol de uma escolinha na região da Pampulha, em Belo Horizonte. O crime, conforme a delegada Ana Patrícia Ferreira França, acontecia dentro do campo, no vestiário e em outros locais de um clube no bairro Braúnas, onde as aulas eram ministradas.

Segundo a polícia, o suspeito teria confessado que tocou nos órgãos genitais de uma das vítimas e negou os demais crimes. Entretanto, segundo a delegada, os relatos dos menores indicam que houve, inclusive, conjunção carnal com um dos jovens. Ainda segundo a investigação, para atrair os menores, o suspeito pagava entre R$ 5 a R$ 10, além de usar da influência como treinador.

O homem, que é casado e tem 56 anos, está preso preventivamente. Quando o caso veio à tona, na semana passada, o suspeito já estava sendo investigado pela Polícia Civil. "Poucos dias antes de quatro pais procurarem a Polícia Militar para registrar a ocorrência, a Polícia Civil havia recebido uma denúncia do crime e já tinha iniciado as investigações", contou França.

A investigadora não descarta que o suspeito tenha feito mais vítimas. Por isso, ela pediu que os pais dos jovens que eram alunos do treinador procurem a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), na avenida Nossa Senhora de Fátima, número 2.175, no bairro Carlos Prates, caso desconfiem de que os filhos possam ter sido abusados pelo homem.

Vítimas

As quatro vítimas que denunciaram os abusos foram ouvidas pela Polícia Civil e, após os depoimentos, a corporação identificou os outros dois adolescentes que também teriam sido molestados.

Segundo os menores, os estupros ocorriam desde setembro de 2018, mas o caso só foi descoberto porque um dos jovens mudou o comportamento dentro de casa. "Uma das vítimas estava mais retraída, chorosa e se negou a ir para o campo de futebol. Os pais conversaram com essa criança, e ela acabou contando os fatos".

Como o caso ainda não foi concluindo, a polícia não sabe desde quando o suspeito estuprava os meninos. "Ainda não identificamos todas as vítimas e pode ser que esses fatos vinham ocorrendo a mais tempo", disse a delegada.

Punição

Conforme a delegada, o suspeito será indiciado por três crimes: estupro de vulnerável, que tem pena de 8 a 15 anos; expor pornografia para menores, com pena de 1 a 3 anos; e assédio sexual, que pode render até dois anos de prisão.

Se condenado a pena máxima por cada crime e por cada vítima identificada até o momento, o treinador poderá pegar até 120 anos de prisão. "Mas a legislação só permite que um condenado cumpra pena por 30 anos", explicou. O suspeito não tinha passagem pela polícia.

França relata ainda que aguarda o laudo pericial dos celulares do suspeito e de um jovem. "Há relatos de que ele mostrava vídeos pornográficos para os menores", contou.

A reportagem do Hoje em Dia não conseguiu contato com a defesa do treinador. O clube onde os abusos sexuais supostamente aconteciam também foi procurado e disse estar consternado com o crime. "Manifesta seu mais veemente repúdio aos lamentáveis acontecimentos. Diante do fato a Associação já está tomando as medidas cabíveis, como a demissão por justa causa do funcionário e a proibição de frequentar as dependências da associação", informou o clube, por nota.

Estado prevê fim do parcelamento de salários e pagamento no 5º dia útil a partir de dezembro

Gil Leonardi / Imprensa MG
Hoje em Dia

O governo de Minas poderá voltar a pagar integralmente os salários de todos os servidores públicos do Estado no 5º dia útil a partir de dezembro de 2019. A informação foi divulgada na noite desta segunda-feira (19) por meio de nota, após uma reunião entre o Estado, parlamentares e dirigentes de entidades representativas das forças de segurança pública.

Mas, de acordo com o texto, o cumprimento das promessas dependem do sucesso de uma operação financeira que está sendo negociada pelo Estado e cuja conclusão é esperada para o próximo mês de novembro.

Além de voltar a pagar o funcionalismo público em parcela única no 5º dia útil, o governo se comprometeu a pagar integralmente o 13º salário de 2019 no dia 21 de dezembro do mesmo ano.

Porém, caso a operação financeira não seja concluída em tempo hábil ou não seja bem-sucedida, o governo cumprirá o seguinte cronograma, apenas para os servidores da área de Segurança Pública:

- Pagamento relativo a novembro de 2019 no 10º dia útil de dezembro, em parcela única.

- Pagamento relativo a dezembro de 2019 no 7º dia útil de janeiro de 2020.

- Pagamento relativo a fevereiro de 2020 no 7º dia útil de março de 2020.

- Pagamento relativo a março de 2020 no 7º dia útil de abril de 2020.

- A partir de abril, restabelecimento do pagamento no 5º dia útil.

- Pagamento do 13º de 2019 em três parcelas de valores iguais sendo:

- 1ª parcela em 21 de dezembro de 2019

- 2ª parcela em 21 de janeiro de 2020

- 3ª parcela em 21 de fevereiro de 2020

O governo disse ainda que reconhece a importância de se recompor as perdas salariais inflacionárias e afirma se comprometer “a manter diálogo permanente com as representações dos servidores visando seu atendimento, considerando a atual realidade financeira de Minas Gerais e o Programa de Recuperação Fiscal do Estado”.

Um cronograma de reuniões mensais entre Estado e servidores foi acertado e já foi agendado um encontro no dia 16 de setembro.

As categorias ligadas à segurança pública haviam planejado uma manifestação, em frente à Cidade Administrativa, nesta quinta-feira (22). Ainda não há informações se a manifestação será mantida.

Confira a nota do governo na íntegra:

"Após diálogo com parlamentares e dirigentes de entidades representativas das forças de segurança pública, o Governo de Minas Gerais se comprometeu com as seguintes diretrizes, no sentido de retornar o mais rápido possível à normalidade dos pagamentos dos servidores públicos estaduais:

1) Caso seja bem sucedida a operação financeira que está sendo negociada pelo Estado e cuja conclusão é esperada para o próximo mês de novembro, o Poder Executivo disporá do seguinte cronograma de pagamentos, válido para todos os servidores:

a. pagamento do salário no 5º dia útil a partir de dezembro de 2019; e

b. o pagamento integral do 13º salário de 2019 no dia 21 de dezembro do mesmo ano.

2) Caso a operação financeira não seja concluída em tempo hábil ou não seja bem sucedida, o Governo, comprometido com a transparência e a realidade financeira do Estado, cumprirá o seguinte cronograma, válido para os servidores da área de Segurança Pública:

- Pagamento relativo a novembro de 2019 no 10º dia útil de dezembro, em parcela única.

- Pagamento relativo a dezembro de 2019 no 7º dia útil de janeiro de 2020.

- Pagamento relativo a fevereiro de 2020 no 7º dia útil de março de 2020.

- Pagamento relativo a março de 2020 no 7º dia útil de abril de 2020.

- A partir de abril, restabelecimento do pagamento no 5º dia útil.

- Pagamento do 13º de 2019 em três parcelas de valores iguais sendo:

- 1ª parcela em 21 de dezembro de 2019

- 2ª parcela em 21 de janeiro de 2020

- 3ª parcela em 21 de fevereiro de 2020

Em relação à recomposição de perdas salariais inflacionárias, o Governo do Estado reconhece a existência das mesmas e a legitimidade do pleito. O Governo se compromete a manter diálogo permanente com as representações dos servidores visando seu atendimento, considerando a atual realidade financeira de Minas Gerais e o Programa de Recuperação Fiscal do Estado. Reforçando o compromisso com o diálogo e a transparência nas relações com os servidores, foi acertado um cronograma de reuniões mensais sendo a primeira agendada para o dia 16/9/2019".

Violência atinge mais mulheres que trabalham fora, mostra estudo

Marcos Santos / USP
Agência Brasil

Trabalhar fora e ter independência financeira não é garantia de proteção às mulheres contra a violência doméstica. É o que aponta um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgado nesta segunda-feira (19). De acordo com os dados levantados, o índice de violência contra mulheres que integram a população economicamente ativa (52,2%) é praticamente o dobro do registrado pelas que não compõem o mercado de trabalho (24,9%).

“Uma possível explicação é que, pelo menos para um conjunto de casais, o aumento da participação feminina na renda familiar eleva o poder de barganha das mulheres, reduzindo a probabilidade de sofrerem violência conjugal. Em muitos casos, porém, a presença feminina no mercado de trabalho – por contrariar o papel devido à mesma dentro de valores patriarcais – faz aumentar as tensões entre o casal, o que resulta em casos de agressões e no fim da união”, destacou o Ipea.

“Uma das conclusões é que o empoderamento econômico da mulher, a partir do trabalho fora de casa e da diminuição das discrepâncias salariais, não se mostra suficiente para superar a desigualdade de gênero geradora de violência no Brasil”.

De acordo com o estudo, outras políticas públicas se fazem necessárias "como o investimento em produção e consolidação de bases de dados qualificados sobre a questão, o aperfeiçoamento da Lei Maria da Penha e intervenções no campo educacional para maior conscientização e respeito às diferenças de gênero”.

Conforme o estudo do Ipea, o índice de violência doméstica com vítimas femininas é três vezes maior que o registrado com homens. Os dados avaliados na pesquisa mostram também que, em 43,1% dos casos, a violência ocorre tipicamente na residência da mulher, e em 36,7% dos casos a agressão se dá em vias públicas.

“Na relação entre a vítima e o perpetrador, 32,2% dos atos são realizados por pessoas conhecidas, 29,1% por pessoa desconhecida e 25,9% pelo cônjuge ou ex-cônjuge. Com relação à procura pela polícia após a agressão, muitas mulheres não fazem a denúncia por medo de retaliação ou impunidade: 22,1% delas recorrem à polícia, enquanto 20,8% não registram queixa”, apontou o trabalho do Ipea.

O conteúdo completo da pesquisa, elaborada por Daniel Cerqueira, Rodrigo Moura e Wânia Pasinato, pode ser acessado na página do Ipea na internet.

Na decisão, Cocais vence Lavrinha e fica com a taça do 7º Torneio da Amizade de Futebol

Cocais / Divulgação
COCAIS 3 X 0 LAVRINHA

Cocais e Lavrinha fizeram a grande final do 7º Torneio da Amizade de Futebol na Arena Cocais. A competição que reuniu oito times neste domingo na Arena Cocais teve o time da casa (Cocais) como campeão. Os times participantes foram: Cocais FC, Bertoldos EC, Jamari FC, Footloucos FC, Lavrinha FC, Amigos da Bola, Defenders FC e VRPFC - esse último time de Santana do Paraíso.

O Cocais chegou até a final eliminando Amigos da Bola e VRPFC, do Paraíso, respectivamente. Já o Lavrinha passou por Defenders e Footloucos - respectivamente. A final tão esperada começou pegada com os dois times buscando o placar, mas o primeiro tempo acabou passando em branco. Na segunda etapa ambos os times pressionaram em busca do gol. O time da casa levou a melhor.

O Cocais abriu o placar com um golaço de Alemão - chute cruzado - no ângulo do goleiro adversário. O time do Lavrinha tentava o empate, quando Cocais, aumentou a contagem, dessa vez com Tiago Alves. Fabinho Boi Bandido fechou a conta marcando o terceiro gol da partida. O Cocais chegou ao quinto título em 7 edições do torneio. Ainda foi vice em outras duas oportunidades. A arbitragem foi de Gedeilson. O Cocais na competição ainda teve Gabriel como artilheiro e Wagner como melhor goleiro.