Galo volta a vencer o La Equidad, faz história e se classifica para a semifinal da Sul-Americana

Bruno Cantini / Divulgação / Atlético
Hoje em Dia - Reportagem: Henrique André

BOGOTÁ – Sob baixas temperaturas do estádio El Campín, em Bogotá – que chegaram a 9ºC –, Atlético e La Equidad protagonizaram um primeiro tempo “frio”, mas uma segunda etapa quente, na noite desta terça-feira (27). Por mais que os colombianos tenham esbanjado valentia, o Galo se mostrou cirúrgico e impiedoso, ganhou por 3 a 1 e, pela primeira vez em sua história, carimbou o passaporte para as semifinais da Copa Sul-Americana.

Se o gol de Réver, aos 19 minutos, deu ainda mais tranquilidade à equipe comandada por Rodrigo Santana, que já havia vencido a ida, por 2 a 1, no Horto, o tento de empate da La Equidad, marcado por Mier, aos 2 minutos do segundo tempo, provocou um susto nos mineiros. Coube à dupla Chará, três minutos depois, e Elias, aos 30, sacramentar a vaga a um time que foi melhor nos dois jogos e, agora, está a três partidas de abocanhar mais um inédito troféu para sua galeria.

Depois de eliminar um clube chileno (La Calera), um brasileiro (Botafogo) e um colombiano (o La Equidad), o Atlético baterá de frente com um argentino, o Colón. A primeira partida será disputada em 18 ou 19 de setembro, na casa dos hermanos, e a segunda, no dia 25 ou 26 do mesmo mês, em Belo Horizonte.

Antes, o Galo volta suas atenções para a disputa do Campeonato Brasileiro. Em sexto lugar, com 27 pontos, o time terá um confronto direto na parte de cima da tabela, contra o Corinthians, no domingo (1), às 19h, na Arena Corinthians, pela 17ª rodada.

O jogo

Os primeiros minutos davam indícios do que seria a etapa inicial: o Atlético mais preocupado em se defender do que atacar, e o La Equidad sem qualidade suficiente para abrir o placar. Nessa batalha, o Galo saiu na frente, com Réver, meio que no susto, aos 19 minutos.

O segundo tempo foi diferente. Logo no comecinho, aos 2 minutos, o time colombiano empatou, após bela troca de passes e um chutaço da entrada da área de Mier. A resposta alvinegra foi imediata. Cazares bateu escanteio, Jair escorou de cabeça, e Chará completou para as redes, aos 5 minutos. Elias também deixou o dele, aos 30 minutos, liquidando o La Equidad.

FICHA DO JOGO

La Equidad 1 X 3 Atlético

Motivo: Jogo de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana

Local: Estádio El Campín, em Bogotá

Arbitragem: Esteban Ostojich, auxiliado por Gabriel Popovits e Martín Soppi. (Todos do Uruguai)

Var: Leodan González (Uruguai).

Gols: Réver, aos 19 minutos do primeiro tempo, Chará, aos cinco minutos e Elias, aos 30 minutos do segundo tempo para o Atlético; Mier, aos dois minutos do segundo tempo para o La Equidad

Cartões amarelos: Chará, Jair e Vinícius (Atlético); Pacheco e Riquett (La Equidad)

La Equidad

Novoa; Pacheco, Arboleda, Riquett e Torralvo; Pablo Lima, Motta (Mier) e Vargas; Barona (Jesús González), Camacho (De Alba) e Peralta. Técnico: Humberto Sierra

Atlético

Cleiton; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Jair e Elias; Vinicius (Geuvânio), Cazares (Otero) e Chará (Zé Welison); Ricardo Oliveira. Técnico: Rodrigo Santana

Postar um comentário

0 Comentários