sábado, 3 de outubro de 2020

Ipatinga vence o Nacional de Muriaé fora de casa em partida amistosa

Foto: Breno Mendes/IFC

Com gols de Vitinho e Paulinho na etapa final, o Ipatinga venceu o segundo jogo-treino seguido, desta vez contra o Nacional, em Muriaé, por 2 a 1. A partida foi a última antes da volta do campeonato Mineiro do Módulo II.

Neste sábado, o time teve que mesclar o time principal devido o fato de alguns atletas terem sido poupados. Entre as ausências estava o meia Tchô, os zagueiros Talis e Zé Leandro e o atacante  Paulo Rangel.

No próximo sábado, o Tigre enfrenta o Democrata SL, às 15h30, no Ipatingão.

Botafogo-SP, CRB e Figueirense vencem na abertura da 13ª rodada da Série B

Foto: Itawi Albuquerque/AGIF

Quatro duelos abriram nesta sexta-feira (2) a 13ª rodada da Série B do Brasileirão. Em Florianópolis (SC), o Figueira goleou o Oeste-SP por 4 a 1 e deixou a zona de rebaixamento. Já em Maceió (AL), no Rei Pelé, o CRB bateu o Avaí por 3 a 1 e entrou no G-4 da competição. Enquanto que, em Ribeirão Preto, o Botafogo-SP venceu o vice-líder Paraná por 1 a 0. O único empate do dia foi o 1 a 1 entre Operário-PR x Vitória.

CRB 3 x 1 Avaí

Deu CRB no Rei Pelé. Partindo para cima, o Galo abriu o placar aos 21 da etapa inicial: Iago Dias aproveitou bola alçada na área e, de cabeça, mandou para o fundo das redes. Mais tarde, na segunda etapa, Iago Dias apareceu de novo na área e marcou o segundo.

Três minutos depois, aos 19, o Avaí descontou com Diego Torres, quando o meia recebeu na intermediária e soltou a bomba. Golaço. Mas a reação da equipe catarinense parou por aí. Aos 35, Rildo se antecipou na área após cobrança de escanteio e fez o terceiro do CRB, decretando o 3 a 1 no Rei Pelé.

Com o resultado, o CRB entra no G-4 da Série B, aparecendo agora em quarto, com 20 pontos. Já o Leão é o 10º, somando 16 pontos.

Figueirense 4 x 1 Oeste-SP

Goleada importante do Figueira em Santa Catarina. No Orlando Scarpelli, a equipe do técnico Elano recebeu o Oeste-SP, venceu por 4 a 1 e deixou a zona de rebaixamento da Série B.

O primeiro gol aconteceu logo aos quatro minutos de jogo. Bem posicionado na área, o jovem Brunetti subiu e foi certeiro em bola que veio de escanteio: 1 a 0 Figueira. Logo mais, aos 12, o time da casa ampliou. Dudu cobrou pênalti com categoria e fez o segundo. Na marca dos 30 se deu o único gol do Oeste na partida, quando o zagueiro Renan Fonseca aproveitou vacilo da defesa e guardou.

Já no segundo tempo, aos 17, Marquinho cobrou escanteio e Sidimar mandou contra o próprio gol, fazendo o terceiro do Figueirense. Mais tarde, na casa dos 34 minutos, Diego Gonçalves bateu falta venenosa e deu números finais ao placar: Figueira 4 a 1. Com o resultado, a equipe catarinense sobe para a 14ª colocação, com 13 pontos. O Rubrão segue em 20º, com seis somados.

Operário-PR 1 x 1 Vitória

Um gol pra cada lado no Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR). As emoções ficaram todas para a etapa final. Logo aos oito, Carleto cruzou na área e Ewandro abriu o placar para o Rubro-Negro. O duelo parecia terminar com triunfo do Leão. Mas, aos 46 minutos, Jefinho aproveitou bom cruzamento e, de cabeça, fez o gol do Fantasma.

Com o resultado, o Operário-PR fica em nono1 , com 18 pontos. O Vitória aparece logo à frente, em oitavo, também com 18 somados.

Botafogo-SP 1 x 0 Paraná

Primeiro tempo de vantagem e gol relâmpago do Botafogo-SP em Ribeirão Preto (SP). Logo no primeiro minuto de jogo, Rafinha aproveitou sobra dentro da área e, de cabeça, mandou para o fundo das redes. E o time da casa ainda poderia ter feito o segundo na etapa inicial, não fosse o goleiro Alisson defender pênalti cobrado por Matheus Anjos.

Atrás no placar, o Paraná tentou ficar mais com a bola, chegando a ter 61% de posse. Mas o abafa acabou esbarrando na grande atuação da defesa botafoguense. O resultado deixa o Botafogo-SP na 12ª posição, com 14 pontos. O Tricolor da Vila segue em segundo, com 22 somados.

CBF

sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Federação Mineira de Futebol transmitirá todos os jogos restantes do Módulo II 2020

FMF/Divulgação

Por meio de seu site oficial, a Federação Mineira de Futebol destaca que firmou parceria com a TVN Sports para desenvolvimento de uma nova plataforma de streaming, que será o canal oficial do retorno do Módulo II.

Serão transmitidas todas as partidas restantes após a paralisação do futebol, de forma gratuita, para que a torcida mineira não perca os jogos dos 12 clubes participantes.

O endereço futebolmineiro.tv.br é de fácil memorização e promete mudar a forma como o torcedor acompanha futebol pela internet.

A iniciativa reforça a importância do Módulo II para a manutenção da identidade do futebol mineiro, com a presença de clubes de grande tradição e o surgimento de novas forças no cenário estadual.

FMF

Confira a agenda de jogos restantes do Elite de Córrego Novo até o fim do ano de 2020

Elite de Córrego Novo

Setembro 

19/fora - Caratinga 4 x 0 Elite 

26/casa - Elite 3 x 1 Litrão

Outubro

3/casa - Elite x São Lourenço 

10 /fora - Holanda x Elite 

17 /fora - Ipabinha x Elite 

24/casa - Elite FC x Íbis 

31/fora - Barcelona x Elite

Novembro

7/fora - Disponível

14/casa - Elite x Palmeiras do Adão Bento

21/fora - São Lourenço x Elite 

28/casa - Elite x Barcelona 

Dezembro

5/fora - Palmeiras Adão Bento x Elite 

12/casa Elite x Ipabinha 

19/casa - Disponível 

Fecha o ano 2020

Volta dia 19 de janeiro de 2021

Brusque e Londrina: em jogo adiado da sexta rodada, equipe catarinense vence por 2 a 1 e sobe para o topo da chave

Foto: Gustavo Oliveira/Londrina

Nesta quinta-feira (1), Brusque e Londrina entraram em campo para disputar partida adiada da sexta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. No Augusto Bauer, a equipe mandante levou a melhor e venceu por 2 a 1, com dois gols de Maurício Garcez. Carlos Henrique descontou para o time paranaense.

Com a vitória, o Brusque se garantiu na liderança isolada do Grupo B, com 19 pontos. O Tubarão, com 11, ocupa o quinto lugar.

O jogo

Brusque e Londrina fizeram um primeiro tempo movimentado no Augusto Bauer. Mesmo jogando fora de casa, o Tubarão foi quem começou pressionando e dificultando a saída dos mandantes. Matheus Bianqui e Adenílson levaram perigo pelo lado dos visitantes, mas não balançaram as redes. Depois, a partir dos 17 minutos, a equipe quadricolor passou a chegar mais ao ataque e acabou abrindo o placar logo depois. Após cobrança de falta, Claudinho desviou, e Dalton espalmou. A bola sobrou para Maurício Garcez fazer 1 a 0. O Londrina tentou reagir, tendo chances com Matheus Bianqui e Rafael Rosa, mas viu os donos da casa ampliarem aos 27. Thiago Alagoano recebeu na área e finalizou para boa defesa de Dalton. Mas, no rebote, Garcez mostrou oportunismo e completou para a rede. O time paranaense acabou descontando três minutos depois, após Danilo cruzar pela direita na medida para Carlos Henrique marcar de cabeça: 2 a 1.

Na volta do intervalo, o Londrina quase empatou aos dois minutos, quando Zé Pedro cabeceou na rede, mas pelo lado de fora. Matheus Bianqui também levou perigo, em chute forte de fora da área, mas que foi defendido por Zé Carlos. Segurando a pressão e administrando a vantagem, o Brusque acabou voltando a atacar mais nos minutos finais. Aos 34, após cruzamento pela direita, Zé Mateus pegou de primeira e quase marcou o terceiro. Depois, o meia chegou novamente, mas finalizou na rede pelo lado de fora. As jogadas de bola parada ainda rondaram os dois lados nos instantes finais, mas o placar seguiu o mesmo até o apito final.

CBF

Sport vence o América-MG e assume liderança do Brasileirão Sub-20

Foto: Mourão Panda/América

Fora de casa, Leão derrotou a equipe mineira por 1 a 0. Outros três jogos completaram a terceira rodada da competição nesta quinta-feira. Confira!

A terceira rodada do Campeonato Brasileiro Sub-20 chegou ao fim nesta nesta quinta-feira (1) com um novo líder! Jogando fora de casa, o Sport bateu o América-MG por 1 a 0 e assumiu o topo da tabela. O Palmeiras venceu o clássico diante do Corinthians por 3 a 0, e as outras duas partidas do dia terminaram com empate sem gols entre São Paulo e Flamengo, e em 1 a 1 entre Vasco e Atlético-MG.

Confira os detalhes de todos os jogos desta quinta-feira:

América-MG 0 x 1 Sport

No Sesc Alterosas, em Belo Horizonte, o Sport bateu o América-MG por 1 a 0 e assumiu a liderança isolada do Brasileirão Sub-20, sendo o único time com 100% de aproveitamento. O único gol da partida saiu logo aos quatro minutos de bola rolando, quando o Coelho tentava organizar a saída de bola. Ítalo tirou do adversário no meio do campo e partiu para o ataque, finalizando de longe e marcando para o Leão.

Agora com nove pontos, o Sport contou com os demais resultados da rodada para ficar isolado na liderança da competição. O América, com quatro, ocupa o oitavo lugar.

São Paulo 0 x 0 Flamengo

O equilíbrio ditou o ritmo da partida entre São Paulo e Flamengo no Estádio Marcelo Portugal, em Cotia (SP), que terminou empatada em 0 a 0. Destaque para as boas atuações dos goleiros das equipes. No primeiro tempo, o Tricolor chegou com perigo duas vezes com Galeano. Em uma, o atacante cabeceou para fora, na outra, finalizou da entrada da área e obrigou João Fernando a fazer uma defesa incrível. Depois foi a vez do time rubro-negro arriscar com Richard, que mandou de fora da área e colocou Arthur para trabalhar. O goleiro do time mandante ainda defendeu dois chutes de Rodrigo Muniz, enquanto João Fernando salvou o Fla mais uma vez de Galeano. No segundo tempo, os dois paredões seguiram salvando suas equipes. Aos 27 minutos, Lázaro fez boa jogada individual, invadiu a área e chutou para Arthur defender e evitar o gol rubro-negro. Depois, aos 33, João Fernando pegou o chute de Vitinho e manteve o zero no marcador.

Com o empate, o São Paulo desperdiçou a chance de se manter na liderança e aparece em segundo lugar, com sete pontos. O Flamengo, que ainda não venceu, soma um ponto e ocupa a 18ª posição.

Corinthians 0 x 3 Palmeiras

No clássico paulista disputado no Parque São Jorge, o Palmeiras levou a melhor diante do Corinthians e venceu por 3 a 0. No primeiro tempo, a equipe alviverde pressionou o tempo todo, apertou a marcação desde a saída de bola dos mandantes e dominou as ações. Apesar disso, os dois times criaram boas chances claras de gol. No entanto, o Verdão aproveitou o controle do jogo e acabou largando na frente. Aos 41 minutos, o Timão saiu jogando errado, Vitinho ficou com a sobra, aplicou um chapéu no marcador e chutou de primeira para fazer 1 a 0. Logo aos cinco minutos da volta do intervalo, Gabriel Silva cobrou pênalti e ampliou para os visitantes. O Corinthians respondeu em seguida, com Du acertando o travessão. Cauê ainda pegou o rebote, mas chutou em cima do goleiro Mateus. A equipe alvinegra buscava uma reação quando, aos 22, o Verdão chegou ao terceiro tento. Matheus Donelli, goleiro do Timão, acabou dando rebote nos pés de Aníbal, que não desperdiçou a chance de ampliar. Depois, o Verdão foi administrando bem o resultado, e o placar não foi mais alterado.

Com a vitória, o Palmeiras chegou aos seis pontos e subiu para o sexto lugar na tabela de classificação. O Corinthians, com quatro, desceu para a 12ª posição.

Vasco 1 x 1 Atlético-MG

No Nivaldo Pereira, em Nova Iguaçu (RJ), o visitante Atlético-MG foi quem largou na frente diante do Vasco. Aos 13 minutos, Echaporãn recebeu na ponta esquerda, avançou, tabelou com Guilherme e tocou na saída do goleiro para fazer 1 a 0. O time da casa chegou ao empate aos 18 da etapa complementar. Caio Lopes recebeu na entrada da área, se livrou de três marcadores e chutou sem chances para Jean: 1 a 1.

Com o empate, a equipe cruzmaltina aparece na décima posição da tabela, com quatro pontos. O Galo, que ainda não venceu, está no 16º lugar, com três.

CBF

Série D: Floresta-CE, ABC, Atlético-BA, Caxias-RS e Joinville vencem

Foto: Ronaldo Oliveira / ASCOM Floresta EC

Confira os resultados dos oitos jogos da terceira rodada da competição realizados nesta quinta-feira (1)!

Nesta quinta-feira (1), oito jogos foram disputados pela terceira rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. Destaque para a primeira vitória do Floresta-CE, que derrotou o Atlético de Cajazeiras-PB pelo Grupo A-3, e para o triunfo do ABC diante do Vitória da Conquista-BA, que o colocou na liderança do Grupo A-4. As outras equipes que também garantiram três pontos foram: Atlético Alagoinhas-BA, Caxias-RS e Joinville-SC.

Confira os detalhes dos oitos jogos da Série D desta quinta-feira:

Grupo A-1

A Arena da Floresta foi palco para o clássico acreano entre Rio Branco-AC e Atlético-AC, que terminou empatado em 0 a 0. Jogando em casa e de olho na liderança do Grupo A-1, o Estrelão até que criou boas chances – mesmo jogando com um a menos desde os 28 minutos do primeiro tempo. Em uma delas, aos 42 da etapa inicial, Bruce levou perigo em finalização da entrada da área, que explodiu no travessão de Dida. Pelo lado do Galo Carijó, uma das melhores oportunidades foi logo no primeiro minuto de bola rolando, quando Americano pegou cruzamento dentro da área e finalizou na frente do goleiro Bruno, que acabou fazendo a defesa. Depois, o Atlético não criou muitas chances, tentando aproveitar as jogadas de bola parada, mas sem conseguir balançar as redes. E, aos 34 do segundo tempo, também teve um jogador expulso. Nos instantes finais, o Rio Branco passou a pressionar mais, enquanto o Atlético segurou a pressão, e o placar acabou mesmo inalterado.

Com o resultado, o Rio Branco agora tem cinco pontos e ocupa o terceiro lugar da chave. O Atlético, com três, está na sétima posição.

Grupo A-3

No Domingão, em Horizonte (CE), Floresta-CE e Atlético de Cajazeiras-PB entraram em campo buscando a primeira vitória nesta edição da Série D. E quem levou a melhor foi o Verdão do Vale, que bateu os visitantes por 1 a 0. O único gol da partida saiu logo aos sete minutos de bola rolando, quando Deysinho aproveitou cruzamento de Lito e mandou para dentro das redes.

Agora com quatro pontos, o Floresta subiu para o quinto lugar do Grupo A-3. Já o Trovão Azul, que ainda não pontuou, está na lanterna da chave.

Grupo A-4

Mesmo jogando fora de casa nesta rodada, o ABC garantiu a vitória que o colocou na liderança do Grupo A-4, com sete pontos. No Lomanto Júnior, a equipe potiguar bateu o Vitória da Conquista-BA por 3 a 0. João Paulo, de cabeça, abriu o placar aos 32 minutos do primeiro tempo. Na volta do intervalo, Felipe Alves ampliou aos 39, também de cabeça, e Kesley liquidou a fatura já aos 45. A equipe baiana, com seis pontos, agora é a segunda colocada da chave.

O outro jogo pelo Grupo A-4 nesta quinta-feira terminou com empate sem gols entre Potiguar-RN e Central-PE. No Estádio Leonardo Nogueira, em Mossoró (RN), as equipes fizeram um primeiro tempo sem chances claras de gol. Na volta do intervalo, o time alvinegro até teve mais volume, mas sem efetividade. Já nos minutos finais, o time da casa teve sua melhor chance, quando a bola sobrou para Alyson, livre, não dominou e desperdiçou a oportunidade. Com o resultado, os dois times seguem fora do G-4 da chave. O Central é o sexto colocado, com três pontos, seguido pelo Potiguar, com dois.

Grupo A-6

No Estádio Antônio Carneiro, o Atlético Alagoinhas-BA fez valer o mando de campo e venceu o Palmas-TO por 3 a 0. O primeiro gol saiu aos 35 minutos do primeiro tempo, quando Emerson recebeu cruzamento e mandou para dentro da rede. Aos 25 da etapa complementar, o zagueiro fez o segundo após aproveitar escanteio e subir mais que a defesa do time visitante. O último saiu dos pés Mailson, que acertou mandou no ângulo para liquidar a fatura na marca dos 36 minutos. Com o resultado, o Carcará agora soma seis pontos e segue na terceira posição do Grupo A-6. Já o Tricolor da Capital, que ainda não pontuou, está na lanterna.

No outro confronto válido pelo Grupo A-6, Bahia de Feira-BA e Brasiliense-DF se enfrentaram na Arena Cajueiro, em Feira de Santana (BA), e empataram em 1 a 1. A equipe da casa saiu na frente com Bruninho, aos 15 minutos do primeiro tempo. Depois, aos 38, Marco Aurélio cobrou pênalti e deixou tudo igual. O resultado deixa os dois times com os mesmos quatro pontos, com o Jacaré ocupando o quarto lugar, seguido pelo Bahia de Feira.

Grupo A-8

Jogando fora de casa, o Caxias-RS se manteve na liderança do Grupo A-8 ao vencer o Pelotas-RS por 2 a 1 e chegar a nove pontos. Giovane Gomes abriu o placar no Estádio Boca do Lobo, em Pelotas (RS), aos 38 minutos do primeiro tempo. Na volta do intervalo, Claudinho ampliou, aos sete. Depois, Moisés descontou para o Pelotas, que ocupa o quinto lugar da chave, com três pontos.

Na Arena Joinville, a equipe da casa fez valer o mando de campo e venceu o São Luiz-RS por 2 a 0. Renan Guedes inaugurou o marcador aos 35 minutos do segundo tempo. E, aos 43, Kaynan ampliou para o JEC, que é o terceiro colocado do Grupo A-8, com cinco pontos. O time gaúcho, com quatro, aparece logo atrás, na quarta posição.

CBF

Brey não joga sem renovação, e Cruzeiro deixa atleta livre para decidir caminho

Foto: Divulgação/Cruzeiro

Vinculado ao Cruzeiro até março do ano que vem, o lateral-esquerdo Patrick Brey já pode assinar um pré-contrato com qualquer clube. Deivid, novo diretor de futebol celeste, foi questionado sobre a situação do jogador, que vem treinando em separado após não concretizar uma negociação com o futebol alemão, e também não ter recebido uma sinalização positiva por parte da Raposa sobre uma proposta de renovação contratual nos moldes apresentados por seus representantes. A oferta contraria a política atual celeste.

O dirigente do Cruzeiro foi claro sobre o posicionamento do clube em relação ao lateral, o deixando também livre para acertar com outra equipe caso uma proposta melhor seja apresentada.

“No caso do Patrick Brey, você tem uma negociação em que o empresário puxa para o lado dele, e o clube achando que é melhor fazer para o clube. A proposta que recebemos achamos que não é de acordo com o que queríamos. Preferimos ficar em stand-by. Se o jogador tiver uma proposta melhor que a do Cruzeiro, estamos dispostos a negociá-lo”, declarou Deivid.

Em conversa com representantes de Patrick Brey, a reportagem ouviu que o atleta vem trabalhando todos os dias na Toca da Raposa II. Todavia, ele não vai jogar pelo clube celeste sem contrato, mesmo com o vínculo se encerrando no dia 31 de março do próximo ano. Os empresários de Brey seguem buscando melhores opções para o atleta, que também teria tido sondagens de clubes da Itália.

Desde que retornou de empréstimo após passagem pela Ferroviária, no Campeonato Paulista, Brey chegou a ser cotado como um potencial titular da lateral-esquerda do Cruzeiro. Ele atuou em apenas quatro partidas, sendo duas pelo Campeonato Mineiro e mais duas pelo Brasileirão da Série B. Desde que comunicou que estava negociando com um clube alemão, nunca mais Brey voltou a ser utilizado pelo Cruzeiro. A lateral-esquerda, inclusive, passou a ser dominada pelo garoto Matheus Pereira.

O TEMPO/Super FC

Programação da Seleção Brasileira para a estreia nas Eliminatórias

Foto: CBF

Serão três dias de treinamentos em Teresópolis. Na segunda-feira (5), a primeira atividade está marcada para as 16 horas. Já nos dois dias seguintes, o técnico Tite comanda o treino a partir das 15h30

A Seleção Brasileira começa a se apresentar neste domingo (4) na Granja Comary, em Teresópolis, no Rio de Janeiro. Como de praxe, a comissão técnica será a primeira a chegar e se instalar no Centro de Treinamento. Até terça-feira (6), o grupo de jogadores estará completo para os treinamentos visando a estreia nas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022. O Brasil pegará a Bolívia, no dia 9 de outubro, em São Paulo, e depois enfrentará o Peru, no dia 13, em Lima.

Serão três dias de treinamentos em Teresópolis. Na segunda-feira (5), a primeira atividade está marcada para as 16 horas. Já nos dois dias seguintes, o técnico Tite comanda o treino a partir das 15h30.

Na quarta-feira (7) à noite, a Seleção Brasileira deixa a Granja Comary e embarca em direção a São Paulo, onde ficará concentrada no Hotel Marriot Guarulhos. No dia seguinte, às 17h30, a equipe treinará na Neo Química Arena, palco da partida do dia seguinte contra os bolivianos. Brasil e Bolívia se enfrentam na Neo Química Arena às 21h30 do dia 9 de outubro.

Nos três dias seguintes os treinos da Seleção serão realizados no CT Joaquim Grava, do Corinthians, em São Paulo. Sábado e domingo as atividades estão marcadas para as 15h30, enquanto na segunda-feira será às 10 horas.

A delegação brasileira embarca para Lima, capital peruana, às 17 horas de segunda-feira (12). Por lá, ficará concentrada no Hotel Hyatt Centric San Isidro. No dia seguinte, no Estádio Nacional, os comandados de Tite enfrentam os donos da casa, em partida válida pela segunda rodada das Eliminatórias.

Por conta do protocolo estabelecido pela FIFA para o início das Eliminatórias Sul-Americanas, não haverá cobertura presencial da imprensa nos treinamentos e jogos da Seleção Brasileira. A CBF TV disponibilizará diariamente imagens das atividades da equipe e entrevistas com os jogadores. Também haverá coletiva de imprensa virtual durante todo o período, com perguntas feitas em tempo real pelos jornalistas. Para participar das entrevistas é preciso solicitar credenciamento pelo endereço imprensa@cbf.com.br.

CBF

Motivado e honrado com convite: Brunoro é o novo consultor do departamento de futebol do Cruzeiro

Foto: Divulgação

Paulista nascido em Santo André, José Carlos Brunoro foi anunciado nesta quinta-feira como novo reforço do Departamento de Futebol do Cruzeiro. O profissional prestará uma consultoria permanente na pasta e trabalhará diretamente com Deivid, Diretor de Futebol, e com a comissão técnica comandada por Ney Franco, além dos atletas.

Medalhista olímpico, ex-atleta, preparador físico, auxiliar e técnico de vôlei, com passagem pela Seleção Brasileira, Brunoro possui vasto currículo em diversos setores do esporte nacional. Além de ter sido CEO do Palmeiras, é co-fundador do Osasco Audax, e foi também presidente do Desportivo Brasil.

Ao longo de uma respeitável carreira de quase cinco décadas, Brunoro também já foi Diretor Técnico da Confederação Brasileira de Basquete, Executivo da F1, Diretor Esportivo de marcas como Parmalat e Pão de Açúcar, membro do Conselho Nacional do Esporte (CNE) do Ministério do Esporte, além de já ter prestado consultoria estratégica de futebol em clubes como Deltas S. Francisco (EUA), Goiás, Chapecoense e, mais recentemente, Fortaleza. Sua empresa, a BSB, foi fundada no final dos anos 1990 e tem em seu portfólio a organização e realização de eventos como o Tour de France na América do Sul.

“Quando recebi o convite do Cruzeiro, fiquei bastante entusiasmado, pois há muito tempo eu me imaginava trabalhando em um clube com tanta estrutura, tanta história, tanta grandeza, com uma torcida gigante. Encaro essa oportunidade como uma grande responsabilidade, e com a seriedade e convicção de algo bom que possa ser desenvolvido pela estrutura, pela tradição e pela gestão que o Cruzeiro possui hoje”, destacou Brunoro.

O executivo atuará também no alinhamento de planejamento estratégico do futebol e terá como algumas de suas responsabilidades a aproximação dos departamentos envolvidos nos fluxos e a realização de pequenos diagnósticos que resultem em uma aceleração de processos. Brunoro também oferecerá seu conhecimento em discussões de um recém criado grupo de estudos sobre clube-empresa dentro do Clube.

“Estou bastante motivado, muito honrado mesmo. Apesar de tudo aquilo que eu já aprendi, que eu já realizei, tenho a certeza que vou crescer muito ainda com toda essa equipe de trabalho que o Cruzeiro possui hoje. Será muito legal o trabalho, acontecerão muitas coisas boas. Chego para somar nessa grande equipe, para que tudo aconteça de maneira positiva para o Clube. Vamos nos doar ao máximo para recolocar o Cruzeiro na Série A do ano que vem”, complementou Brunoro.

Presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues comentou a chegada de Brunoro e elogiou o perfil do novo consultor celeste.

“Brunoro tem uma vasta experiência, em várias modalidades e em grandes clubes do Brasil, tanto no futebol como na parte de gestão. Eu pude conhecê-lo melhor quando ele deu aula no Curso de Gestão e Negócios do Esportes que eu promovia aqui em Belo Horizonte e, para mim, o Brunoro sempre foi uma referência. Ele irá nos ajudar muito no planejamento e na estratégia do nosso esporte e também no desenvolvimento de um estudo de clube-empresa que acontece no Cruzeiro. Certamente será uma parceria de muito sucesso”, destacou o presidente.

José Carlos Brunoro tem chegada prevista em Belo Horizonte para esta sexta-feira, dia 2 de outubro, quando será apresentado à diretoria e aos atletas e comissão técnica.

Site oficial

quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Sorteio define confrontos das oitavas da Copa do Brasil

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Os jogos da próxima fase da Copa Continental do Brasil estão definidos. Na manhã desta quinta-feira (1), em sorteio realizado na sede da CBF, foram decididos os confrontos das oitavas de final do torneio nacional. Tem duelo regional, confronto entre campeões, reedição de final... Confira os duelos sorteados nesta quinta:

Santos x Ceará*
Grêmio x Juventude*
Botafogo x Cuiabá*
Fortaleza x São Paulo*
Athletico Paranaense x Flamengo*
Atlético-GO x Internacional*
Red Bull Bragantino x Palmeiras*
Corinthians x América-MG*

*decidem o confronto como mandantes

O sorteio foi apresentado por Fred e Chico, do canal Desimpedidos, e pelo ex-jogador Roger Flores, comentarista dos canais Sportv. Inicialmente, a próxima fase está marcada para os dias 28 de outubro e 4 de novembro, com horários ainda não definidos.
Saiba um pouco mais sobre cada um dos confrontos


Santos x Ceará

O duelo de alvinegros reúne dois clubes em um bom momento no futebol brasileiro. O Santos vem embalado pela boa fase do atacante Marinho, que terá um reencontro especial com o Ceará. Foi pelo Vozão que ele começou a se destacar nacionalmente. Os cearenses apostam na boa fase de Vina e o bom comando de Guto Ferreira para tentar a classificação.

Fortaleza x São Paulo

Se o assunto é reencontro, não haverá nada igual a esse duelo nas oitavas de final da Copa do Brasil. Mais uma vez, Rogério Ceni, técnico do Fortaleza, enfrentará o São Paulo, clube que defendeu por mais de 20 anos como jogador e onde jogou por toda sua carreira. A Copa do Brasil, aliás, é praticamente o único título que Ceni não conquistou com a camisa do Tricolor Paulista.

Grêmio x Juventude

Dois gaúchos, dois campeões da Copa do Brasil. O copeiro Grêmio, clube que mais tem títulos da competição entre os classificados, medirá forças com um adversário regional. O Juventude, que vive boa fase na Série B, tenta fazer a história se repetir para surpreender o Brasil mais uma vez.

Botafogo x Cuiabá

Tanto Botafogo quanto Cuiabá buscam o primeiro título na Copa do Brasil. O Fogão, que conta com um elenco recheado de reforços estrangeiros, como Honda e Kalou, enfrenta o Dourado, que garantiu sua vaga nesta fase com a conquista da Copa Verde em 2019. O Cuiabá promete ser páreo duro, já que vive grande momento na Série B, liderando a competição.

Athletico x Flamengo

Este confronto reeditará alguns dos duelos mais emblemáticos dos últimos anos da Copa do Brasil. Atual campeão, o Athletico Paranaense eliminou o Flamengo na campanha do título em 2019. O Fla, por sua vez, foi campeão sobre o Furacão na Copa do Brasil de 2013 e voltou a derrotá-los na Supercopa do Brasil deste ano.

Atlético-GO x Internacional

Na estreia do técnico Eduardo Coudet na Copa do Brasil, o Internacional terá pela frente o Atlético-GO, que vem surpreendendo o país com vitórias categóricas sobre adversários fortes dentro de casa. No Brasileirão, o Dragão derrotou o Flamengo por 3 a 0. Na Copa do Brasil, o Fluminense foi superado na fase anterior. Vice-campeão em 2019, o Inter aposta no bom trabalho do argentino para chegar novamente na decisão neste ano.

Red Bull Bragantino x Palmeiras

Mais um duelo estadual nesta fase da Copa do Brasil, o confronto entre Red Bull Bragantino e Palmeiras é simbólico para o atacante Artur. Principal estrela do ataque do Massa Bruta, o jovem foi revelado nas categorias de base do Palmeiras, e enfrentará alguns de seus companheiros dos tempos de Academia do Futebol, como Patrick de Paula, Gabriel Menino e Gabriel Veron.

Corinthians x América-MG

Tricampeão da Copa do Brasil, o Corinthians terá o América-MG pela frente nas oitavas de final da Copa do Brasil. O Timão não vive um bom momento na temporada, está próximo da zona de rebaixamento no Brasileirão e tem na Copa do Brasil sua grande esperança de título no ano. Em uma fase melhor, o Coelho briga pelo acesso na Série B.

CBF

Tombense: equipe mineira fez o dever de casa e venceu o Tigre por 1 a 0, com gol de Gabriel Lima

Foto: Divulgação

Em jogo adiado da quarta rodada do Grupo B da Série C, o Tombense recebeu o Criciúma, no Antônio Guimarães de Almeida, e fez valer o mando de campo para conquistar o triunfo por 1 a 0. Com o resultado desta quarta-feira (30), os mineiros chegaram aos dez pontos e ocupam a sexta posição. Já o Tigre segue no G-4, com 12 pontos conquistados. 

O jogo

O Criciúma até tentou pressionar o time da casa no início do jogo e teve boas chances com Maurício e Carlos Alexandre. Mas foi só. Do outro lado, o Tombense demorou a levar perigo, mas quando chegou montou uma verdadeira blitz no ataque. Aos 35, Gabriel Lima recebeu de Rubens e já dentro da área mandou para o fundo das redes: 1 a 0. Os mineiros ainda assustaram em outros três oportunidades com Rubens, mas em todas o camisa 9 viu o goleiro Agenor salvar o Tigre.

Depois das conversas nos vestiários, o Tombense parecia que ia manter o ritmo do final do primeiro tempo. Logo aos quatro minutos, após bola alçada na área, Maycon Douglas testou rente à meta adversária. Na sequência, os visitantes também chegaram pelo alto, em cabeçada de Carlos Alexandre, que passou tirando tinta da trave, aos sete. Só que o volume de jogo dos dois lados desacelerou e a etapa complementar seguiu sem outras grandes chances. Já aos 41, o Criciúma tentou uma última vez com Thiago Henrique, mas sem sucesso.

CBF

Bahia e Botafogo: depois de nove jogos seguidos sem vencer, equipe baiana bateu o Glorioso fora de casa e respira no Brasileirão

Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

O Bahia fez as pazes com o Brasileirão Assaí na noite desta quarta-feira (30). Em jogo adiado da primeira rodada, o Tricolor foi até o Rio de Janeiro e encerrou o jejum de vitórias diante do Botafogo. No Nilton Santos, a equipe baiana venceu por 2 a 1 com gols de Gilberto e Élber.

Com o triunfo fora de casa, o Esquadrão de Aço chegou aos 12 pontos e pulou para a 16ª posição. Já o Glorioso segue na zona de rebaixamento, com 11 pontos. 

O jogo

O jogo começou movimentado no Nilton Santos, mas com poucas chances claras de gol. O Botafogo teve sua melhor oportunidade aos 11 minutos. Bruno Nazário fez o cruzamento e Kanu testou rente à meta tricolor. Do outro lado, o Bahia chegou com mais perigo. Gilberto, aos 16, tentou completar cruzamento de Clayson, mas parou na defesa. Na sequência, em mais uma jogada pelo alto, Ernando foi quem finalizou e viu Diego Cavalieri salvar o time da casa. Até que, já aos 41, Gilberto enfim desencantou no Brasileirão. Marco Antônio cobrou falta na área e o camisa 9 aproveitou para estufar as redes e abrir a contagem: 1 a 0.

Depois das conversas nos vestiários, a partida seguiu em ritmo intenso. Nos primeiros dez minutos, um susto para cada lado. O Glorioso ameaçou com Bruno Nazário, enquanto Ramires respondeu para o Esquadrão de Aço. Tentando uma pressão, os cariocas foram para cima e quase marcaram com Foster, aos 12, e Babi, aos 16. O primeiro parou em Douglas Friedrich e o segundo errou o alvo. O Bahia também reapareceu no ataque, dessa vez com Danielzinho. Aos 33, Rentería criou mais uma chance para o Botafogo. Mas foram os visitantes que voltaram a marcar. Juninho Capixaba recebeu na esquerda e cruzou para Élber ampliar para o Tricolor, aos 38. E nos minutos finais do confronto, Pedro Raul diminuiu para o Alvinegro: 2 a 1.

CBF

Corinthians e Atlético-GO: Paulistas e goianos não saem do 0 a 0 nesta quarta-feira em São Paulo

Foto: Ettore Chiereguini/AGIF

Placar zerado na noite desta quarta-feira (30) na Neo Química Arena. Em jogo válido pela primeira rodada do Brasileirão Assaí, Corinthians e Atlético-GO empataram por 0 a 0 em São Paulo. Com o resultado, o Timão fica na 14ª posição da tabela, com 13 pontos. O Dragão aparece logo à frente, em 13ª, com 14 somados.

O jogo

Primeiro tempo sem gols na Neo Química Arena. Mesmo com posse de bola bastante equilibrada, acabou sendo o Dragão quem chutou mais ao gol. Foram quatro finalizações contra uma do Timão. Mas, ainda assim, o placar não foi alterado antes do intervalo.

Apesar do 0 a 0 no placar, o segundo tempo foi mais animado em campo. Aos nove minutos, Jô recebeu cruzamento na grande área e chutou de primeira. Jean fez grande defesa para salvar o Atlético-GO. Mais tarde, aos 24, foi a vez do Dragão assustar: Chico apareceu na área, livre, e bateu rasteiro. A bola até passou por Cássio, mas Danilo Avelar tirou em cima da linha.

Logo na sequência, aos 31, o Atlético-GO ainda acertou uma bola no travessão, em cobrança de falta feita por Nicolas. Mas as redes insistiram em não balançar no estádio. O 0 a 0 predominou.

CBF

Série D: Vinte equipes vencem na abertura da terceira rodada

Foto: Raphael Santos/Bangu

Nada menos que 23 jogos movimentaram a terceira rodada da Série D durante toda esta quarta-feira (30). Destaque para Bragantino-PA, Ji-Paraná-RO, Galvez-AC, Altos-PI, River-PI, Santos-AP, Baré-RR, Guarany de Sobral-CE, Afogados-PE, Salgueiro-PE, Frei Paulistano-SE, Itabaiana-SE, Operário-MT, União-MT, Águia Negra-MS, Gama-DF, Bangu-RJ, Cabofriense-RJ, Mirassol-SP e Novorizontino-SP, que venceram seus jogos.

Grupo A-1

No duelo entre o vice-líder e o líder, o Bragantino-PA fez valer o mando de campo para vencer o Fast Clube-AM por 3 a 1. No Diogão, em Bragança (PA), Paulo de Tárcio, Edicleber e Mauro Praia marcaram para o Tubarão, enquanto Dadá descontou para os visitantes. Com o triunfo, o Bragantino assumiu a liderança do grupo, com sete pontos somados. Já o Fast, que perdeu a invencibilidade, tem quatro pontos e ocupa a terceira posição.

Já no confronto da parte debaixo da tabela, o Ji-Paraná-RO foi até o Navegantão, em Tucuruí (PA), e venceu o Independente-PA por 2 a 1. Nos 45 minutos iniciais, Watthimen abriu o placar para os visitantes e Joãozinho deixou tudo igual. Mas, já no segundo tempo, Lídio garantiu o primeiro triunfo da equipe rondoniense na Série D, que soma agora quatro pontos e está no quinto lugar. Já o Independente segue sem somar pontos na competição.

Na Arena da Floresta, em Rio Branco, o Galvez-AC levou a melhor diante do Vilhenense-RO e conquistou o triunfo por 2 a 1. Radames e Pablo (contra) fizeram os gols do time da casa, enquanto Edilson diminuiu para os visitantes. Com a vitória, o Galvez assumiu a vice-liderança, com seis pontos. Já o Vilhenense tem três e é sexto colocado.

Grupo A-2

Em Altos (PI), no Estádio Felipe Raulino, o Moto Club-MA largou na frente com um gol relâmpago de Ramon, logo no primeiro minuto. Mas reação do Altos-PI começou cinco minutos depois com Tiaguinho: 1 a 1. A virada veio já na etapa complementar com Betinho, de pênalti, e mais um de Tiaguinho. Com a vitória por 3 a 1, o Jacaré chegou aos seis pontos e está na vice-liderança, enquanto o Moto Club tem um jogo a menos na competição, soma um ponto e ocupa a sétima colocação.

Sinop-MT e Santos-AP entraram em campo em busca dos primeiros pontos na competição. Melhor para o Peixe, que fora de casa venceu de virada por 2 a 1. No Gigante do Norte, em Sinop (MT), os mandantes saíram na frente com Diego Alan, aos quatro da etapa inicial. Mas em dez minutos de bola rolando no segundo tempo, os visitantes chegaram a virada com gols de Fabinho e Evandro. O resultado deixa o Santos com três pontos e tira a equipe da lanterna do grupo, que passa a ser ocupada pelo Galo do Norte.

Em mais um confronto entre vice-líder e líder, o River-PI bateu o Sociedade Esportiva Juventude-MA por 1 a 0 e assumiu a ponta do grupo, com sete pontos somados. Em Teresina, no Albertão, o gol do time da casa foi marcado pelo zagueiro Lucas Bahia, aos 23 minutos do segundo tempo. A derrota a equipe maranhense segue com quatro pontos e caiu para a quarta posição.

Com gol no último minuto de jogo, o Baré-RR venceu o São Raimundo-RR por 1 a 0. Edinho Canutama marcou o gol salvador no Canarinho, em Boa Vista. O resultado deixa o Baré na terceira posição, com cinco pontos conquistados. Já o São Raimundo tem quatro e ocupa o quinto lugar.

Grupo A-3

No Estádio do Junco, em Sobral (CE), o Guarany-CE conquistou seus primeiros pontos na Série D com uma vitória por 1 a 0 diante do Campinense. Nilo marcou o único gol do jogo, aos 15 minutos do segundo tempo. A equipe cearense pulou para a quinta colocação, com três pontos e um jogo a menos. Já o Campinense é o quarto e soma quatro pontos.

Jogando fora de casa, o Salgueiro-PE venceu o América-RN por 1 a 0 com a ajuda da Lei do Ex. Na Arena das Dunas, em Natal, Ciel, logo aos seis minutos de jogo garantiu o triunfo pernambucano e manteve a equipe com 100% de aproveitamento. Com o resultado, o Carcará chegou aos seis pontos e assumiu a vice-liderança, com um jogo a menos. Já o Alvirrubro tem dois pontos e é o sexto colocado.

Em duelo de cinco gols, o Afogados-PE venceu o líder Globo-RN por 3 a 2. No Vianão, o time da casa marcou com Rodrigo, Edivan e Dennis, enquanto Gabriel Silva, de pênalti, e Érick Silva anotaram para a equipe potiguar. A vitória deixou a equipe pernambucana no terceiro lugar, com seis pontos. Já o Globo tem a mesma pontuação e segue na ponta da tabela.

Grupo A-4

Jogando em casa, no Titão, o Frei Paulistano-SE se impôs diante do Jaciobá-AL e conquistou uma importante vitória por 3 a 0. Abner, abriu a contagem ainda no primeiro tempo, enquanto na etapa final Anselmo e Welton Heleno fecharam a conta. Com o triunfo, a equipe sergipana soma agora quatro pontos e ocupa a quarta posição. Já os alagoanos têm apenas um ponto e seguem na lanterna no grupo.

No outro jogo do grupo mais um triunfo dos mandantes sergipanos. No Etelvino Mendonça, o Itabaiana-SE derrotou o Coruripe-AL por 2 a 0. Os gols da equipe tricolor saíram já no segundo tempo e foram marcados por Thiago Santos, de pênalti, e Fagner. O resultado deixa o Itabaiana na vice-liderança, com cinco pontos. Já o time alagoano tem três pontos e ocupa a quinta posição.

Grupo A-5

No Hailé Pinheiro, o duelo goiano entre Aparecidense e Goiânia, terminou 1 a 1. Os gols saíram ainda no primeiro tempo. Du Gaia, aos 14, marcou para o Goiânia, enquanto Alex Henrique, aos 40, empatou para o Aparecidense. O equilíbrio entre as equipes se faz presente também na pontuação, cada uma soma quatro pontos dentro do Grupo A-5.

Em Várzea Grande (MT), no Dito Souza, o Operário-MT resolveu o jogo diante do Real Noroeste-ES logo aos sete minutos de bola rolando. Gil Bahia marcou o gol do time da casa e garantiu a vitória por 1 a 0. Com o resultado, o Operário chegou aos seis pontos e assumiu a vice-liderança do grupo. Já os capixabas têm quatro pontos e ocupam a sexta posição.

O União-MT recebeu o Vitória-ES, no Luthero Lopes, em Rondonópolis, e não quis saber de ser um bom anfitrião. O Colorado goleou os visitantes por 4 a 1, com gols de João Manoel (x2), Andrezinho e Lucas Bahia, enquanto Toni Galego marcou para o time capixaba. O triunfo deixa o União no quinto lugar, com quatro pontos. Já o Vitória segue sem pontuar na competição.

No último jogo da rodada do Grupo A-5, uma chuva de gols. Fora de casa, o Águia Negra-MS venceu o Goianésia-GO por 3 a 2, chegou aos cinco pontos e pulou para a terceira posição. Já equipe goiana perdeu a invencibilidade, mas segue na ponta da tabela, com seis pontos. No Waldeir José de Oliveira, em Goianésia (GO), Jonatan e Kareca (x2) marcaram para os visitantes, enquanto Franklin e Márcio Luis descontaram para o time da casa.

Grupo A-6

Com um triunfo fora de casa diante do Villa Nova-MG, o Gama-DF assumiu a ponta do grupo, com nove pontos e 100% de aproveitamento. No Castor Cifuentes, em Nova Lima (MG), Vitor Xavier logo aos quatro minutos de bola rolando marcou o gol da vitória do Verdão por 1 a 0. A derrota manteve o time mineiro na sexta posição, com três pontos.

Em Juiz de Fora, no Estádio Mário Helênio, o duelo mineiro entre Tupynambas e Caldense terminou zerado. A igualdade deixou o Tupynambas na segunda posição, com sete pontos. Enquanto a Caldense somou seu primeiro ponto na competição e deixou momentaneamente a lanterna do grupo.

Grupo A-7

No primeiro jogo do grupo, Portuguesa-RJ e Bangu-RJ se enfrentaram no Luso Brasileiro. Melhor para o Alvirrubro, que jogando fora de casa conquistou a vitória por 2 a 0 com gols de Anderson Lessa e Caio Cezar. O triunfo colocou o Bangu no topo da tabela, com sete pontos. Enquanto a Lusa segue com quatro pontos e ocupa a quinta colocação.

A Cabofriense-RJ foi mais um visitante a vencer na rodada. No Erich Georg, em Rolândia (PR), o Tricolor venceu o Nacional-PR de virada por 2 a 1, com gols de Vander e Gama, enquanto João marcou para o time da casa. Com o resultado, a equipe do Rio de Janeiro chegou aos sete pontos, segue invicta e ocupa a vice-liderança. Já os paranaenses somam três pontos e estão na sexta colocação.

Mirassol-SP queria sua primeira vitória na Série D e conseguiu. Mas não foi qualquer triunfo. Jogando no José Maria de Campos Maia, a equipe paulista goleou o Toledo-PR por 6 a 0. Anota aí: Fabrício Daniel, Gustavo e Daniel marcaram na etapa inicial, enquanto Minho, Morelli e França fecharam a conta no segundo tempo. O triunfo deixa o Mirassol com quatro pontos e na quarta colocação. Já os paranaense continuam sem pontuar na Série D.

Em jogo que encerrou a rodada do Grupo A-7, Ferroviária-SP e Cascavel-PR não saíram do 0 a 0 na Fonte Luminosa, em Araraquara (SP). Com o resultado, a equipe paulista chegou aos cinco pontos e caiu para terceira posição. Já os paranaenses têm dois pontos e ocupam o sétimo lugar.

Grupo A-8

No único jogo do grupo realizado nesta quarta-feira, o Novorizontino-SP venceu o Tubarão-SC por 1 a 0. No Jorge Biasi, em Novo Horizonte (SP), Guilherme Queiróz, aos 47 minutos do primeiro tempo, marcou o gol do time da casa. O resultado coloca o time paulista momentaneamente na ponta da tabela, com sete pontos conquistados. Enquanto os catarinenses ainda não pontuaram na competição.

CBF

Flamengo e Palmeiras se classificam para segunda fase da Libertadores

Foto: Conmebol/Divulgação

A noite foi de goleada e classificação para dois times brasileiros na CONMEBOL Libertadores. Palmeiras e Flamengo garantiram suas vagas nas oitavas de final da competição ao derrotar Bolívar (BOL) e Independiente del Valle (ECU), respectivamente, por 4 a 0 e 5 a 0, nesta quarta-feira. Já o São Paulo foi derrotado pelo River Plate e não tem mais chances de classificação.

Jogando no Allianz Parque, o Palmeiras precisava apenas de um empate para garantir sua vaga na próxima fase. Mas isso não fez o clube economizar nos gols. Pressionando os visitantes bolivianos desde o começo da partida, o Verdão viu a porteira abrir no segundo tempo e construiu seu melhor resultado na Libertadores até aqui.

No primeiro tempo, Willian abriu o placar, que foi completo na segunda etapa com gols de Wesley, Viña, Raphael Veiga e Rony. O atacante, por sinal, balançou as redes pela primeira vez com a camisa do Palmeiras. O Verdão espera agora o resultado de Tigre x Guaraní, nesta quinta-feira, para saber se garantirá também a liderança antecipada no grupo.

Jogando no Maracanã após duas rodadas como visitante, o Flamengo aplicou um categórico 4 a 0 sobre o Independiente del Valle, do Equador. A goleada foi construída com gols de Lincoln, Pedro e Bruno Henrique (2). Para o Rubro-negro, o triunfo ainda teve gosto de revanche, já que o clube sofrera uma derrota por 5 a 0 para os equatorianos em Quito.

Com o triunfo do Barcelona sobre o Júnior Barranquilla (COL), o Mengo não pode mais ser alcançado pelos colombianos e está nas oitavas. O resultado ainda alçou o Flamengo à primeira posição no grupo A, com 12 pontos. Na última rodada, contra o Júnior, em casa, basta um empate para que o Fla garanta a liderança da chave.

A noite só não foi perfeita para o futebol brasileiro porque o São Paulo foi derrotado pelo River Plate e deu adeus às chances de classificação. Precisando vencer no Cilindro de Avellaneda, em Buenos Aires, o Tricolor acabou superado por 2 a 1 e não pode mais avançar na Libertadores. O gol são-paulino foi marcado por Diego Costa. Na próxima rodada, o São Paulo recebe o Binacional (PER) e precisa de um empate para garantir a disputa da Sul-Americana.

CBF

Com uma volta e duas baixas, Guarani deve ter estreia de reforço diante do América-MG

Foto: Guarani/Divulgação

Ricardo Catalá já sabe que terá que mexer no time do Guarani mais uma vez na partida contra o América-MG, marcada para as 11h de sábado no Independência.

O técnico conta com o retorno de Cristovam, que cumpriu suspensão após acumular três amarelos e voltará à equipe no lugar de Pablo na lateral-direita. Mas o problema dessa vez é na outra lateral, onde Bidu é quem está fora por suspensão.

O jogador só não foi titular em um jogo nesta Série B, quando Thiago Carpini optou por improvisar Cristovam na esquerda diante da Chapecoense na 5ª rodada. Mesmo assim, entrou no segundo tempo da partida.

A sequência no time contava também com o fato de que Bidu não tinha um reserva considerado à altura para disputar a posição, já que o jovem Eliel, formado na base do clube, ainda está em fase de amadurecimento e não chegou a ganhar oportunidades no time principal.

Agora o lateral deve dar lugar a Erick Daltro. Recém-chegado ao clube, o jogador ficou pela primeira vez no banco no jogo contra o Sampaio Corrêa, mas vai ter pouco tempo para conhecer os companheiros antes de estrear de fato com a camisa alviverde.

O outro desfalque bugrino fica por conta de Marcelo. O volante tem sido bastante utilizado por Catalá no segundo tempo e foi opção após Deivid receber o amarelo, mas acabou expulso após duas punições e agora cumpre suspensão automática.

Enquanto isso, jogadores como Giovanny e Júnior Todinho devem ser avaliados mais uma vez pela comissão técnica e pelo departamento médico. O primeiro, em especial, já foi liberado e tem mais chances de ser relacionado para o confronto com o América-MG, segundo o próprio treinador.

Com pouco tempo para treinar, Ricardo Catalá tem a missão de encaixar o Guarani para uma série considerada mais dura, contra adversário na metade superior da tabela. O Bugre é o 18º colocado, com 10 pontos em 12 jogos.

Globo Esporte 

Com treino pela manhã, Coelho segue se preparando para enfrentar o Guarani

Foto: João Zebral/AFC

O América treinou, na manhã desta quinta-feira, no CT Lanna Drumond. De olho na partida contra o Guarani-SP, neste sábado, às 11h, na Arena Independência, o time americano treinou sob forte calor e está focado na vitória dentro de casa para retornar ao G-4 do Campeonato Brasileiro da Série B. O duelo contra o time do interior paulista será válido pela 13ª rodada da competição.

Com 19 pontos, o América é momentaneamente o sexto colocado na tabela de classificação. O Guarani-SP ocupa a 18ª posição e soma 10 pontos.

As atividades desta quinta iniciaram-se com os exames protocolares de detecção da Covid-19. Com o suporte dos profissionais do Laboratório São Marcos e do Departamento Médico do Clube, os atletas e comissão técnica fizeram os testes do tipo RT-PCR que serão válidos para a partida deste sábado.

Depois, os jogadores de linha fizeram uma série de exercícios de mobilidade, estabilidade e ativação, primeiramente sem bola e depois com uso de bola. Enquanto isso, os goleiros trabalhavam pesado com os preparadores em campo, exercitando vários tipos de defesas.

Na sequência, o técnico Lisca comandou um treinamento focado em questões táticas. Primeiramente, houve um trabalho em espaço reduzido com o intuito de ajustar o posicionamento com e sem a bola, além das movimentações entre os setores. Depois, houve um coletivo tático em espaço maior, onde foram treinadas as situações orientadas pela comissão técnica.

Por fim, houve um trabalho específico com o setor de ataque, com aprimoramento em variações de jogadas, tomadas de decisão no último passe e também o aproveitamento das finalizações.

Nos treinos desta quarta e quinta, participaram dois atletas da base americana: o zagueiro Heitor, da categoria Sub-17, e o atacante Mario Victor, do Sub-20.

O atacante Felipe Augusto e os laterais Daniel Borges e João Paulo participaram do treino desta quinta. O volante Renan Gomes segue evoluindo sua recuperação e faz trabalhos de transição física. O atacante Rodolfo, que teve diagnosticada uma lesão muscular na coxa direita, faz tratamento.

Nesta sexta, a partir das 9h, o América fecha sua preparação para a partida contra o Guarani-SP.

Site oficial

Franco destaca importância de manter aproveitamento em casa

Foto: Bruno Cantini

Com 100% de aproveitamento em casa, o Atlético lidera o Campeonato Brasileiro e o meio-campista Alan Franco destaca a importância de manter o desempenho como mandante.

“Estamos passando por um bom momento, aproveitando o fator casa, que é algo muito importante. Para ganhar campeonatos, tem que ser muito forte dentro de casa e também conseguir a maior quantidade de pontos como visitante. Então, estamos fazendo isso muito bem e esperamos seguir pelo mesmo caminho”, afirma o equatoriano.

No próximo domingo, diante do Vasco, no Mineirão, Franco acredita que o Atlético precisa ampliar a concentração para continuar vencendo em seus domínios.

“São duas equipes grandes que estão nos primeiros lugares. Todos que a gente enfrentar vão querer nos tirar pontos, mas vai depender de nós. Agora, que somos líderes, temos que seguir muito mais focados e tratar de continuar ganhando. Não sei como será o jogo no final de semana, mas a gente foca mais no nosso trabalho, no que podemos fazer, como podemos ganhar as partidas, e veremos como será domingo”, comenta.

O jogador finaliza revelando que, antes da vitória sobre o Grêmio, ficou impressionado com a manifestação da torcida, que recebeu o time com uma rua de fogo na chegada ao Mineirão.

“A verdade é que foi algo muito bonito, algo novo para mim. Eu não havia vivido essa situação no meu país, no meu clube anterior, então, foi uma coisa muito linda, que me emocionou e me alegrou muito, saber que a torcida está com a equipe, nos apoiando. Cabe a nós continuar conquistando vitórias dentro de campo para que a torcida siga nos apoiando”, diz o camisa 21.

Globo Esporte 

Ney Franco vê noite "perfeita" do Cruzeiro, atuação como referência e traça meta para 1º turno

Foto: Gustavo Aleixo

Nesta quarta-feira, no Mineirão, o Cruzeiro venceu a Ponte Preta por 3 a 0 e deixou a zona de rebaixamento da Série B. Além da vitória por um placar folgado, a atuação celeste também foi digna de elogios. O técnico Ney Franco viu uma evolução completa no time e descreveu a noite como "perfeita".

- Fomos merecedores (da vitória). O jogo era preocupante pelo nosso posicionamento na tabela, pela pressão emocional e pelo adversário. Enfrentamos a Ponte Preta, que iniciou a rodada em segundo (lugar), com o ataque mais positivo da competição. Além de trabalharmos nossa equipe com a posse de bola, ofensivamente, a gente fez o trabalho de ajuste de marcação. A gente comemora a vitória e a forma como a gente conseguiu. A gente jogou bem defensivamente, ofensivamente e nas bolas paradas.

"Foi uma noite perfeita. O torcedor sai feliz, esse é o grande desafio. O significado de um clube é seu torcedor. A gente deu essa felicidade ao torcedor. Mais do que isso, demos felicidade pra nós também, internamente, que estamos trabalhando muito pressionados" - Ney Franco.

Para o treinador, a exibição do Cruzeiro, nesta quarta, tem de servir de referência para os próximos jogos.

- Acho que esse resultado, além da pontuação, vai trazer um reflexo direto no emocional. Lembrando que é apenas uma vitória. Temos pela frente muitos jogos difíceis, e esse jogo passa a ser uma referência da forma como a gente espera ver o Cruzeiro na competição. Tomara que a gente tenha competência. Eu, como treinador, pra montar equipes nesse perfil para os próximos jogos, que nossos jogadores comprem a ideia e consigam, durante a partida, ter esse retorno técnico, físico, tático e emocional, de envolvimento com o jogo.

Desafio: aparecer no retrovisor dos líderes ainda no 1º turno

Ney Franco revelou que fez um desafio aos jogadores do Cruzeiro: que o time consiga terminar o primeiro turno da Série B aparecendo no mínimo no retrovisor do pelotão de cima da tabela.

- Tomara que seja uma vitória que nos coloque em um outro rumo. O grande objetivo nosso é subir, e a gente traçou agora uma meta curta com os atletas. Nesses sete jogos finais (do turno), a gente tem que terminar essa primeira fase do campeonato próximo do G-4. A gente tem que virar o turno com as equipes que estão na liderança olhando o retrovisor. Temos que ter essa capacidade de aproximar, pra que eles vejam o Cruzeiro chegando no retrovisor. Esse é o grande desafio.

Para que o objetivo seja cumprido, um bom resultado na próxima rodada é fundamental. A Raposa encara o líder Cuiabá, fora de casa, às 22h (de Brasília), no próximo sábado.

- Jogo dificílimo. Além da qualidade técnica do adversário, o Cuiabá está liderando o campeonato. É uma cidade complicada pra jogar. Todas as equipes que estão jogando lá estão tendo problemas, principalmente na parte física. (...) Na minha avaliação, é um jogo-teste: enfrentar o líder. Enfrentamos o vice-líder, agora é enfrentar o líder e jogar com essa mesma competência, pra tentar somar o sexto ponto em duas partidas, que vai nos colocar aos poucos numa condição melhor na tabela.

Outras respostas de Ney Franco

Atuação de Ramon, Henrique e ajuda de Sassá na defesa

- O sistema defensivo fez um jogo muito bem posicionado, com a proteção do Henrique. O Henrique ficou um tempo sem jogar, trabalhou na semana passada, a gente fez um trabalho na parte física com ele. Essa semana entramos no trabalho com bola. Ele deu uma proteção. O Ramon, o Henrique, a própria entrada do Sassá, que aperta a marcação na frente, o que acaba tendo um reflexo no sistema defensivo, porque fica mais protegido. O Ramon já tinha entrado no jogo contra o Avaí, muito bem, jogando como volante. É um atleta que eu conheço desde as categorias de base do Vitória. Tem uma formação de volante e de zagueiro. Fez, no coletivo, um jogo seguro. Individualmente, foi muito bem. Mais uma opção que a gente tem no elenco para os próximos jogos. Mostrou não só para o torcedor, mas pra comissão técnica que a gente tem um jogador pra nos atender na competição. Lembrando que a gente não monta uma equipe competitiva apenas analisando os 11 jogadores titulares.

Evolução no decorrer dos jogos

- (Tivemos) capacidade e tranquilidade para chegar no terço final do campo, fazer a jogada certa, as escolhas certas. Nesse jogo a gente conseguiu fazer três gols, como a gente poderia ter feito diante do Avaí, que foi no nosso gol apenas uma vez e teve a capacidade de fazer o gol. Acho que nossa equipe vem evoluindo. Falando dos três jogos em casa: jogamos bem diante do Vitória, conseguimos a vitória, jogou melhor contra o Avaí, mas não ganhamos, e (contra a Ponte) a gente deu um passo à frente. Além de jogar bem, a gente conseguiu fazer os três gols. (...) A gente conseguiu traduzir em gols as oportunidades que a gente fez, o que mostra que a equipe deu uma evoluída na parte ofensiva.

Jovens em campo

- A gente tem que, aos poucos, construir essa equipe. Foi legal terminar o jogo com alguns jogadores abaixo de 21 anos. Hoje entrou o Caio (Rosa), que estava nos juniores. Finalizamos o jogo com o Maurício, que tem menos de 21 anos, finalizamos o jogo com o Rafael (Luiz), com o Matheus (Pereira), o Jadsom, junto com jogadores experientes, como o Fábio, o Daniel (Guedes), o Manoel, o Ramon. Aos poucos, vamos construir essa equipe, dentro da realidade de um clube que não tem condição de inscrever jogadores na competição. Estamos em um momento muito difícil no Cruzeiro, de construção, e essa construção passa pela utilização de jogadores de base e pelo posicionamento dos jogadores mais velhos, pra dar uma sustentação.

Sassá e chances perdidas

- Em relação ao Sassá, poderia ter coroado a atuação as duas oportunidades de gol que ele teve. Uma bola que a gente fez uma marcação alta, roubamos a bola, fizemos o adversário errar, e o Sassá chegou na cara do gol, não entrou. Depois, um cruzamento que ele entrou na área, mas estava próximo de um zagueiro. Mas, como falei: é um jogador que, embora seja da parte ofensiva, auxilia muito a tirar a qualidade da saída de bola do adversário. Ele marca forte, tromba no zagueiro, ele toma pancada, dá pancada. Não deixa os zagueiros trabalharem com facilidade, ficarem penteando a bola. Ele faz esse abafa, a gente trabalhou isso muito. Ele teve uma boa reestreia com a camisa do Cruzeiro, e tenho certeza que é um jogador que vai nos ajudar muito na Série B.

Reflexo dos treinos no jogo

- Contra o Avaí, não conseguimos transferir para o jogo o que a gente tinha treinado. Contra a Ponte, a gente conseguiu. Treinamos bem, transferimos pro jogo. E no jogo, que é o mais importante, tivemos competência em todas as áreas - técnica, tática, emocional, física, para enfrentar essa grande equipe e conseguir essa vitória. A gente sai comemorando, porque tem um aspecto positivo na pontuação, mas também tem um impacto enorme no lado emocional do nosso trabalho.

Globo Esporte 

quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Com sete gols sofridos, América tem segunda melhor defesa da Série B

Foto: Mourão Panda/América

O setor defensivo do América tem se destacado positivamente no início desta Série B do Campeonato Brasileiro. Com sete gols sofridos em 12 rodadas, a defesa alviverde é a segunda melhor da competição, ao lado do Brasil de Pelotas.

Apenas a Chapecoense é melhor nesse quesito. O Verdão do Oeste sofreu apenas quatro gols na Segundona até aqui. Há de se ressaltar que o time do interior catarinense tem dois jogos a menos.

Ataque precisa de evolução

Se a defesa do América se destaca pelo baixo número de gols vazados na competição, o ataque, por sua vez, tem enfrentado problemas. A equipe alviverde marcou apenas nove gols nesta Série B - um a menos do que o Sampaio Corrêa, na zona de rebaixamento, com oito pontos.

“O nosso número de gols é baixo. [...] Nós temos o ataque menos eficaz das 14 equipes da frente, mas mesmo assim estamos brigando na ponta de cima da tabela. É uma situação que precisamos melhorar muito, senão vamos ficar ali sempre entrando e saindo (do G4), enquanto alguns times já estão desgarrando. Temos que melhorar muito e discutir como vamos resolver essa situação que está nos incomodando e nos fazendo perder alguns pontos”, analisou Lisca após o empate sem gols com o CRB, em Maceió, pela 12ª rodada.

No entanto, o aproveitamento ofensivo do Coelho na competição não faz jus ao volume de jogo apresentado pelo Alviverde durante as partidas. De acordo com a plataforma SofaScore, o América é o time que mais criou oportunidades nesta Série B ao lado da Ponte Preta: 19.

A equipe americana, porém, não conseguiu aproveitar as boas chances criadas nos últimos três jogos da Segundona. O Coelho foi superado por 1 a 0 pelo Figueirense, na 10ª rodada, e ainda soma dois empates sem gols com a Chapecoense e o CRB, na 11ª e 12ª rodadas, respectivamente.

Lesões atrapalham rendimento

O alto número de lesões é outro fator que tem atrapalhado o rendimento ofensivo do América. A última delas foi a do atacante Rodolfo, artilheiro do time alviverde no ano, com 10 gols. Ele sentiu um incômodo na coxa direita durante o empate sem gols com a Chape, em jogo válido pela 11ª rodada da Série B.

“A gente está buscando a solução, trabalhando muito para buscar uma melhor alternativa, perdemos muitos jogadores no ataque por conta de lesão e por necessidade, ainda não conseguimos achar essa eficácia para termos um melhor aproveitamento das nossas oportunidades, o que nos daria uma pontuação mais tranquila e fidedigna da nossa produção", completou Lisca.

Na tentativa de se recuperar na Série B, o América voltará a campo contra o Guarani, no sábado (3), às 11h, no Independência, pela 13ª rodada da competição.

Superesportes

Galo inicia preparação para enfrentar o Vasco

Foto: Bruno Cantini/Atlético

Líder do Brasileirão, o Atlético iniciou, na tarde desta terça-feira (29), na Cidade do Galo, a preparação para o jogo contra o Vasco, pela 13ª rodada. A partida será realizada às 20h30 do próximo domingo, no Mineirão.

Destaque nos dois últimos jogos, com três gols em cada partida, o atacante Keno comenta o momento positivo.

“Estou indo muito bem, minha forma física está voltando, então, meu futebol também é o mais esperado, de 2016, 2018, todo mundo estava esperando isso. Então, é questão de tempo, estou me adaptando muito bem nos treinamentos. Tenho companheiros que me apoiam bastante e, com eles me apoiando o tempo todo, tenho mais confiança dentro das partidas. É isso que eles me passam, estou muito confiante nos jogos e, com fé, vai dar tudo certo”, afirmou o camisa 11.

“A gente treina bastante. Tivemos duas semanas cheias para treinar saída de bola, contra-ataque, linha alta, linha baixa. Então, estamos preparados para tudo. No momento do jogo, temos que pensar rápido, saber ler o que está acontecendo no jogo para, no momento certo, poder atacar e fazer o gol. Contra o Atlético-GO, a gente conseguiu, consegui dar uma arrancada e fazer o gol. E, agora, contra o Grêmio, o Everson fez o lançamento e consegui fazer o gol. Isso tudo é treinamento e o que o Sampaoli pede a gente faz dentro de campo”, acrescentou.

Questionado se teria lugar garantido no time que entrará em campo para enfrentar o Vasco, em razão das duas grandes atuações diante do Atlético-GO e do Grêmio, o atacante afirmou que não pode se acomodar.

“Tem que treinar. Com o Sampaoli, não tenha essa, a gente sabe. Temos que nos dedicar bastante nos treinamentos. Não é porque fiz seis gols em dois jogos que vou relaxar, tenho que treinar mais ainda, meus companheiros também, para quem for entrar poder dar conta do recado. Não tem moleza com ele não”, disse.

Para o jogador alvinegro, o Brasileirão é extremamente difícil e é preciso manter os pés no chão e encarar todos os jogos como verdadeiras decisões.

“A gente sabe que o Campeonato Brasileiro é muito difícil, não tem só o Atlético brigando pelo título, tem muitas equipes se preparando. Então, a gente vem jogando cada jogo como se fosse uma final, um correndo pelo outro e se dedicando bastante porque, a cada três pontos que a gente conquista nas partidas, vamos colher coisas boas no final. Então, temos que continuar lutando e batalhando porque, no final do ano, vai ter coisas boas”, observou.

Keno destacou que o técnico Jorge Sampaoli sempre lhe transmitiu confiança, mesmo quando não vinha rendendo tudo que pode.

“Desde quando cheguei, ele sempre vem passando confiança para mim, sabia que eu estava vindo de uma competição, lá fora, que era muito abaixo do futebol brasileiro, um futebol que não tinha intensidade, poucos treinamentos. Ele conversou bastante comigo, que é muito tenso, tem que trabalhar muito, correr muito, sempre me apoiando quando eu não estava vivendo um momento bom, no começo das competições. Mas eu estava tranquilo porque sabia que, uma hora, tudo voltaria ao normal e eu voltaria a me dar bem porque conheço meu corpo e meu futebol. Então, toda conversa que tenho com o Sampaoli e com o grupo é só me apoiando. É isso, confiança que ele passa para mim e para os meus companheiros, meus companheiros passam para mim, e as coisas vão dando certo como estão dando agora”, concluiu o atacante atleticano.

Site Oficial

Sem acordo por renovação com o Cruzeiro, Patrick Brey não avança em negócio com clube alemão e treina separado

Foto: Gustavo Aleixo 

A situação de Patrick Brey segue indefinida no Cruzeiro. Na última segunda-feira, o jogador completou um mês afastado dos treinamentos com o grupo principal, agora comandado por Ney Franco, por conta do interesse de equipes do futebol europeu. A situação não avançou, nem a negociação para renovação contratual com o clube. Por isso, o jogador passou a treinar separado do grupo principal.

No dia 28 de agosto, véspera do clássico contra o América-MG, pela Série B do Campeonato Brasileiro, o staff do atleta procurou a diretoria cruzeirense para sinalizar que havia recebido uma proposta da Alemanha, além de sondagens de outros países.

Naquele momento, Patrick Brey, que havia acabado de se recuperar de lesão na panturrilha, não foi relacionado para o jogo, já que o staff do jogador, assim como o Cruzeiro, manifestou interesse em dar andamento às negociações.

Acontece que as tratativas não evoluíram, mas o atleta também não foi reintegrado aos trabalhos com o grupo principal. Justamente porque as partes não entraram em acordo para a renovação do contrato, que termina no primeiro trimestre de 2021. Segundo a assessoria do jogador, a partir disso, Brey foi comunicado que deveria treinar separado do grupo principal. O clube mineiro foi questionado sobre o impasse na renovação, mas não retornou ainda os questionamentos da reportagem.

Atualmente, Matheus Pereira e Giovanni são as opções de Ney Franco para a lateral esquerda. Brey mantém a rotina de treinamentos no clube, que disponibiliza estrutura e profissionais para auxilia-lo.

Patrick Brey foi contratado pelo Cruzeiro após o Campeonato Mineiro de 2018, quando se destacou com a camisa do Tupi. Chegou a ganhar algumas chances com Mano Menezes, mas acabou emprestado ao Coritiba, no ano passado, onde conseguiu acesso à Série A. Este ano, foi cedido à Ferroviária-SP, retornando ao Cruzeiro durante a pandemia, a pedido de Enderson Moreira.

O lateral-esquerdo era titular do Cruzeiro no retorno do futebol brasileiro, mas perdeu esta condição com a chegada de Giovanni. Mesmo assim, seguiu ganhando oportunidades enquanto esteve à disposição. No total, Patrick tem 12 jogos com a camisa estrelada, somando as passagens de 2018 e a atual.

Globo Esporte

CBF desmembra rodadas de 16 a 20 do Brasileirão Assaí 2020

Divulgação

Foi divulgada, nesta terça-feira (29), pela Diretoria de Competições, a Tabela Detalhada das rodadas 16 a 20 do Brasileirão Assaí 2020. A novidade fica para o encerramento da 16° rodada com um jogo na sexta-feira, entre Goiás e Bahia, às 20h, no Hailé Pinheiro, em Goiânia (GO). Mas antes disso, o Palmeiras enfrenta o Coritiba, na terça-feira 13/10, às 19h, no Allianz Parque, em São Paulo (SP). Na quarta-feira 14/10 estão agendados a maioria dos confrontos. Às 19h15, o Grêmio recebe o Botafogo, na Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS). Logo mais, às 20h30, é a vez do Santos ser o anfitrião contra o Atlético-GO, na Vila Belmiro, em Santos (SP). No mesmo horário, o Corinthians visita a Arena da Baixada, em Curitiba (PR), e disputa os três pontos com o Athletico-PR.

Ainda no dia 14/10, às 21h30, três partidas agitam a noite pelo Brasil. O Atlético-MG joga em casa contra o Fluminense, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). A bola rola também para Sport e Internacional, na Ilha do Retiro, em Recife (PE). E Ceará x São Paulo encerram a noite na Arena Castelão, em Fortaleza (CE). No dia seguinte, 15/10, duas partidas no Rio de Janeiro marcam a rodada: Vasco recebe o Fortaleza, em São Januário, às 19h e, uma hora mais tarde, às 20h, o Flamengo duela com o Red Bull Bragantino, no Maracanã.

A vigésima rodada está marcada para começar no sábado 07/11 e terminar no domingo 08/11.

Confira os detalhes da 16° rodada do Brasileirão Assaí:

13 de outubro, terça-feira

19h - Palmeiras x Coritiba, Allianz Parque

14 de outubro, quarta-feira

19h15 - Grêmio x Botafogo, Arena Grêmio

20h30 - Santos x Atlético-GO, Vila Belmiro

20h30 - Athletico-PR x Corinthians, Arena da Baixada

21h30 - Atlético-MG x Fluminense, Mineirão

21h30 - Sport x Internacional, Ilha do Retiro

21h30 - Ceará x São Paulo, Arena Castelão

15 de outubro, quinta-feira

19h - Vasco da Gama x Fortaleza, São Januário

20h - Flamengo x Red Bull Bragantino, Maracanã

16 de outubro, sexta-feira

20h - Goiás x Bahia, Hailé Pinheiro

CBF

Atlético-GO e Red Bull Bragantino se enfrentam no domingo 11 de outubro

Divulgação

A Diretoria de Competições divulgou, nesta terça-feira (29), uma modificação na tabela do Brasileirão Assaí 2020. O jogo entre Atlético-GO e Red Bull Bragantino, antes marcado para a segunda-feira 12/10, foi antecipado para o domingo 11/10. Os times entram em campo às 18h15, no estádio Pedro Ludovico, em Goiânia (GO). O motivo da mudança foi um ajuste no intervalo dos jogos do Atlético-GO para que esteja de acordo com o regulamento.

Confira os detalhes da mudança:

Atlético/GO x Red Bull Bragantino/SP
De: 12/10, segunda-feira às 20h
Para: 11/10, domingo às 18h15
Local: Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia/GO (mantido)
Solicitante: CBF/DCO
Motivo: Preservar intervalo regulamentar entre partidas do Atlético/GO

CBF

Hugo Souza, do Flamengo, é eleito o Cara da Rodada em sua estreia no Brasileirão

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Em sua primeira partida como jogador profissional, o goleiro Hugo Souza, do Flamengo, já deixou sua marca. A excelente exibição do arqueiro diante do Palmeiras no Allianz Parque rendeu a ele o título de Cara da Rodada, em eleição feita com os votos dos torcedores nas redes sociais do Brasileirão.

Formado na base do Flamengo, Hugo ficou nove meses sem entrar em campo e assumiu a meta Rubro-Negra, no domingo, para suprir os desfalques do elenco titular. E não poderia ter feito estreia melhor. O arqueiro efetuou seis defesas, 44 ações com a bola e executou o lançamento de 20 bolas longas. Com o resultado do empate por 1 a 1 com o Palmeiras, o Flamengo somou 18 pontos e se encontra na sexta posição da competição.

A Seleção do Torcedor reuniu atletas de Flamengo, Atlético-MG, Sport Recife, Red Bull Bragantino, Ceará, Internacional e São Paulo. Ao fim da eleição pelos internautas, o time ficou assim: Hugo; Guga, Igor Rabello, Iago Maidana e Ramon; Jair, Lucas Evangelista, Vina e Thiago Galhardo; Keno e Luciano. Técnico: Jorge Sampaoli.

A Seleção da Rodada é escolhida por meio dos votos dos internautas no Twitter do @brasileirao. A 13° rodada começa neste final de semana. Siga as redes sociais do Brasileirão e fique atento para votar na próxima Seleção da Rodada.

CBF

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

No Allianz Parque, Patrick de Paula abriu o placar para o Verdão, e Pedro empatou para o Rubro-Negro: 1 a 1

Foto: Marcello Zambrana/AGIF

A 12ª rodada do Brasileirão Assaí ficou marcada com um empate em 1 a 1 para Palmeiras e Flamengo, no Allianz Parque. Após um confronto equilibrado neste domingo (27), com boas chances e defesas para os dois lados, os times saíram de campo com um ponto cada. Patrick de Paula balançou as redes para o Verdão, e Pedro deixou tudo igual para a equipe carioca.

Com o resultado, o Palmeiras agora soma 19 pontos, na quarta posição da tabela da Série A. O Rubro-Negro, com 18, ocupa o sexto lugar.

O jogo

O primeiro tempo no Allianz Parque foi marcado pelo equilíbrio entre as equipes. O Palmeiras, apesar de mais posse de bola, encontrou dificuldades para chegar ao ataque. O Flamengo, com domínio melhor no meio de campo, acabou criando as melhores chances. Em uma delas, Pedro recebeu na entrada da área, ajeitou e mandou uma bomba para Weverton voar e fazer a defesa. O goleiro alviverde ainda salvou o time novamente após boa finalização de Arrascaeta pela esquerda. A melhor oportunidade criada pelo time da casa foi nos acréscimos. Zé Rafael recebeu na intermediária e entrou na área chutando rasteiro, mas viu Hugo Souza se esticar e também fazer uma boa defesa na partida.

A busca pelo gol seguiu intensa na volta do intervalo. Com postura ofensiva desde o início, o Palmeiras abriu o placar aos nove minutos. Após bola trabalhada na área adversária, Raphael Veiga passou para Luiz Adriano, que ajeitou para trás. Patrick de Paula chegou finalizando com uma bomba, que ainda desviou em Thiago Maia antes de entrar: 1 a 0. O Flamengo não deu muito tempo para o adversário comemorar. Dois minutos depois, Arrascaeta recebeu pela direita, foi para a linha de fundo e cruzou a meia altura. A bola chegou em Pedro, que só completou: 1 a 1. Após o empate, a partida seguiu movimentada até o apito final. O Verdão ainda chegou com perigo com Luiz Adriano, parado em boa defesa de Hugo, e no cruzamento de Rony, que por pouco não terminou na conclusão de Luiz Adriano. Já as chegadas do Rubro-Negro saíram com Arrascaeta, que tabelou com Lincoln e Pedro, mas finalizou para fora, e com Lincoln, que arriscou da esquerda e viu Weverton espalmar para escanteio. Mesmo com a boa movimentação entre as equipes, o marcador não foi mais alterado em São Paulo.

CBF

Brasileirão Feminino A-1 é marcado por goleadas na tarde deste domingo

Twitter/Kindermann

Na 11ª rodada do Campeonato Brasileirão Feminino A-1, o favoritismo se confirmou. Santos, Internacional, Kindermann, Palmeiras e São Paulo venceram seus duelos e se mantêm na briga pelo topo da tabela.

A tarde deste domingo (27) foi marcada por goleadas. O Santos venceu a Ponte Preta no Estádio Ulrico Mursa por 6 a 0. Analuyza, Amanda Gutierres, Gaby Soares, Thaisinha e Ketlen (2x) foram as autoras dos gols. Com a vitória, as Sereias da Vila mantiveram seus 100% de aproveitamento em casa. O Santos soma agora 27 pontos no Brasileirão e ocupa a segunda posição na tabela. Enquanto isso, a Ponte segue na lanterna da competição e sem vitórias até aqui.

Quem conquistou a terceira vitória consecutiva no campeonato foi o Internacional. As Gurias Coloradas derrotaram o Cruzeiro por 4 a 1. Fabi, aos 14 minutos do primeiro tempo, ficou sozinha com a goleira e abriu os trabalhos para as mandantes. Seis minutos depois foi a vez da Isabela, do Cruzeiro, para deixar tudo igual em Porto Alegre. Apesar do empate, o Inter impôs seu ritmo de jogo e Byanca Brasil, Fabi (de novo) e Belinha confirmaram os três pontos para o Inter. Com isso, a equipe do Sul ocupa a terceira posição com 24 pontos, enquanto o Cruzeiro permanece no 11º lugar.

Outro time que não desperdiçou a partida em casa foi o Kindermann. A equipe de Santa Catarina recebeu o Minas Brasília em casa e goleou por 6 a 1. Com a vitória, as comandas por Jorge Barcellos seguem na quarta posição com 23 pontos acumulados. Já o Minas ocupa o 11º lugar na competição.

A última goleada do dia ficou por conta do Palmeiras. O Verdão derrotou o Audax por 4 a 0, no Estádio José Liberatti. Em quinto lugar, o Alviverde registra a sétima vitória e soma 23 pontos. Já o Audax permanece na 14ª posição da tabela com quatro pontos.

A 11ª rodada do Brasileiro Feminino A-1 ainda foi marcada pela vitória de 2 a 0 do São Paulo em cima do São José, no Estádio Martins Pereira e do empate de 1 a 1 entre Ferroviária e Iranduba, na Fonte Luminosa.

Confira os resultados dos jogos da oitava rodada:

Santos-SP 6 x 0 Ponte Preta
Gols: Analuyza, Amanda Gutierres, Gaby Soares, Thaisinha e Ketlen (2x)

Internacional-RS 4 x 1 Cruzeiro-MG
Gols: Fabi Simões (2x), Byanca Brasil e Belinha; Capelinha

Kindermann-SC 6 x 1 Minas Brasília-DF
Gols: Lelê (3x), Catyellen (2x) e Duda; Robinha

Audax-SP 0 x 4 Palmeiras-SP
Gols: Rosana (2x), Camila e Isabella

São José-SP 2 x 0 São Paulo-SP
Gols: Fernanda e Carol

Ferroviária-SP 1 x 1 Iranduba-AM
Gols: Chú; Paula

CBF 

Sub-20 empata com o Corinthians pelo Brasileiro

Site oficial/Atlético 

A equipe Sub-20 do Atlético empatou por 1 a 1 com o Corinthians, neste domingo (27), no estádio das Alterosas, no Sesc Venda Nova. O jogo foi válido pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da categoria.

O time paulista abriu o placar aos nove minutos do primeiro tempo e Guilherme Santos, quatro minutos depois, empatou para o Galinho.

O técnico Marcos Valadares escalou o time com Jean, Talison (Iury), Isaque, Micael, Iago (Guilherme Silva), Kevin, Luciano (Gabriel Chagas), Cláudio (Vinícius Nogueira), Guilherme, Wesley (Hiago) e Echaporã.

Na próxima rodada, o adversário será o Vasco, dia 1º de outubro, às 15h, no estádio Nivaldo Pereira, em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro.

Na estreia, o time alvinegro empatou por 3 a 3 com o Botafogo, em Niterói, no Rio de Janeiro.

A competição é disputada pelos 20 times melhores colocados no Ranking Nacional de Clubes de 2019.

Fórmula de disputa - Na primeira fase, os clubes se enfrentam em turno único, em módulo de pontos corridos. Os oito primeiros colocados se classificam para as quartas de final, no sistema de mata-mata, em partidas de ida e volta.

A finalíssima do torneio está marcada para 23 de janeiro (sábado) de 2021.

Confira a tabela do Galinho:

1ª rodada – 23/09 – 15h - Botafogo 3 x 3 Atlético – CEFAT

2ª rodada – 27/09 – 11h - Atlético 1 x 1 Corinthians – SESC Venda Nova

3ª rodada – 01/10 – 15h - Vasco x Atlético – Nivaldo Pereira

4ª rodada – 04/10 – 17h - Atlético x Ceará – SESC Venda Nova

5ª rodada – 10/10 – 15h - Sport x Atlético – Arena Pernambuco

6ª rodada – 15/10 – 17h - Atlético x Grêmio – SESC Venda Nova

7ª rodada – 18/10 – 15h - Athletico-PR x Atlético – CT do Caju

8ª rodada – 24/10 – 17h - Atlético x Chapecoense – SESC Venda Nova

9ª rodada – 31/10 – 15h - América x Atlético – SESC Venda Nova

10ª rodada – 04/11 – 15h - Atlético x Vitória – SESC Venda Nova

11ª rodada – Palmeiras x Atlético

12ª rodada – Atlético x Santos

13ª rodada – Bahia x Atlético

14ª rodada – Atlético x Flamengo

15ª rodada – Atlético x Goiás

16ª rodada – Internacional x Atlético

17ª rodada – Atlético x Fluminense

18ª rodada – São Paulo x Atlético

19ª rodada – Atlético x Cruzeiro