sexta-feira, 13 de março de 2020

Coronavírus: Brasil tem primeiros casos de transmissão comunitária

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil 

O número de casos confirmados do novo coronavírus chega 98


O Brasil teve os primeiros casos de transmissão comunitária de coronavírus. De acordo com a última atualização do Ministério da Saúde, essa nova situação foi registrada nas cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro. Transmissão comunitária ocorre quando as equipes de vigilância não conseguem mais mapear a cadeia de infecção, não sabendo quem foi o primeiro paciente responsável pela contaminação dos demais.

No total, quatro pessoas adquiriram o vírus por essa modalidade de transmissão. Outras 79 são casos importados (que foram contaminadas no exterior) e 15 foram infectadas por transmissão local (por meio de contato com pessoas de casos importados).

“Não temos evidência de aumento de internação por síndrome respiratória aguda grave”, comentou o secretário de vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira.

No balanço do ministério disponibilizado hoje (13), o número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) chegou 98. Foram 21 pessoas infectadas a mais do que o último dado, anunciado ontem (12). Os casos suspeitos aumentaram para 1.485. Os descartados ficaram em 1.344.

Os estados de São Paulo e Rio de Janeiro são os epicentros do surto no país, respectivamente com 56 e 16 casos confirmados. Em seguida vêm Paraná (seis), Rio Grande do Sul (quatro), Goiás (três) e Minas Gerais, Santa Catarina, Bahia, Distrito Federal e Pernambuco (dois casos cada um). Completam a lista Alagoas e Espírito Santo (um caso).

Nos casos suspeitos, São Paulo também lidera (753), seguido de Minas Gerais (116), Rio Grande do Sul (81), Santa Catarina (77), Rio de Janeiro (76) e Distrito Federal (75). Apenas Roraima e Amapá não possuem casos confirmados ou suspeitos.

Do total, 15% dos casos confirmados demandam maior nível de atenção, podendo evoluir para agravamento. Há 12 pessoas hospitalizadas.

Transmissão comunitária

A transmissão comunitária ocorre quando há maior difusão do vírus e as equipes de vigilância não sabem mais quem originou os casos. Neste caso, as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde se tornam mais complexas, conforme conjunto de iniciativas divulgado hoje pela equipe da pasta.

Saiba tudo sobre coronavírus

A Agência Brasil reuniu as principais dúvidas e perguntas sobre Covid-19. Veja o que se sabe sobre a pandemia e sobre o vírus até agora. O novo coronavírus (SARS-Cov-2) causa a doença denominada Covid-19, que teve início na China, em dezembro de 2019. Os sintomas do Covid-19 envolvem febre, cansaço e tosse seca. Parte dos pacientes pode apresentar dores, congestão nasal, coriza, tosse e diarreia. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a estimativa é que o período de incubação seja de 1 a 14 dias. Os públicos mais vulneráveis são idosos e pessoas com doenças crônicas (diabetes, pressão alta e doenças cardiovasculares). A transmissão pode ocorrer por gotículas de saliva, espirro, tosse ou catarro, que podem ser repassados por toque ou aperto de mão, objetos ou superfícies contaminadas pelo infectado. As principais formas de prevenção são: lavar frequentemente as mãos por 20 segundos com sabonete ou usar álcool gel; evitar contato próximo com pessoas doentes; usar um lenço de papel para cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, e descartá-lo no lixo após o uso; não compartilhar copos, talheres e objetos de uso pessoal.

Rio de Janeiro vai suspender aulas

As escolas municipais do Rio de Janeiro terão as aulas suspensas na semana que vem como medida de prevenção à circulação do novo coronavírus. A decisão foi anunciada hoje (13) pela Secretaria Municipal de Educação e entra em vigor na próxima segunda-feira (16).

A partir de hoje (13) Procon de São Paulo disponibiliza em seu aplicativo um botão específico para consumidor registrar reclamações sobre prejuízos causados após pandemia do coronavírus, como problemas para cancelar viagens, abusividade de preço e falta de produtos. Segundo o Procon-SP, até hoje, já foram registrados 1.150 atendimentos, dos quais 900 são reclamações e 250 são consultas.

(Jonas Valente – Repórter Agência Brasil)

Coronavírus faz Uefa adiar jogos da Liga dos Campeões

Reprodução/Twitter/FC Barcelona

Entidade também interrompe a Liga Europa


A Uefa, entidade que comanda o futebol europeu, anunciou nesta sexta (13) que foram adiados todos os jogos de competições de clubes, como Liga dos Campeões e Liga Europa, programados para a próxima semana por conta do avanço do coronavírus no Velho Continente.

Segundo a organização, a decisão foi tomada “à luz dos desenvolvimentos devidos à propagação do Covid-19 na Europa e das decisões relacionadas tomadas por diferentes governos”.

Estão incluídos nesta decisão as partidas de volta "da Liga dos Campeões da Uefa, marcadas nos dias 17 e 18 de março de 2020, todos os jogos de volta das oitavas de final da Liga Europa da Uefa, agendados para 19 de março de 2020, todas as partidas das quartas de final da UEFA Youth League, agendadas para 17 e 18 de março de 2020”.

Agora as atenções se concentram na reunião que a Uefa realiza por videoconferência na próxima terça (17) “para discutir a resposta do futebol europeu ao surto”. Um dos principais assuntos deve ser a manutenção ou não da próxima edição da Eurocopa, programada para começar no dia 12 de junho, e que terá 12 sedes.

(Agência Brasil)

Por causa do coronavírus: jogos de futebol terão portões fechados a partir do fim de semana

Foto: Portal do Corinthians 

RS terá rodada sem torcida; SP e RJ terão clássicos sem público


Os jogos de futebol de vários campeonatos no país serão realizados com portões fechados a partir do próximo final de semana. As decisões seguem orientação do Ministério da Saúde, que, nesta sexta (13), orientou que eventos com concentração próxima de pessoas fossem cancelados, adiados ou, se não fosse possível suspendê-los, que ocorram sem público. A razão é o surto do novo coronavírus (Covid-19), que desde a última quarta é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma epidemia global.

Segundo o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, “não há regra única, cada local deve avaliar com as autoridades locais. Não temos o Brasil inteiro na mesma situação. O que não impede que tenhamos que adotar alguma medida geral em algum momento”.

Desta forma, a Federação Gaúcha de Futebol confirmou nesta sexta que os jogos da primeira e segunda divisões do estadual serão realizados sem torcida. "A medida segue as orientações do governo do Estado em relação ao risco de contágio do coronavírus", informa a entidade.

Já a CBF emitiu uma nota no início da tarde desta sexta informando que todas as partidas de futebol marcadas para as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro acontecerão com portões fechados.

“A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em sintonia com as orientações da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde, determina que, a partir desta sexta-feira (13), todas as partidas de futebol marcadas para as cidades de São Paulo (SP) e do Rio de Janeiro (RJ) sejam realizadas sem a presença de público. A CBF já comunicou as Federações Estaduais de futebol de São Paulo e do Rio de Janeiro para que tomem as medidas necessárias em relação às competições disputadas nas respectivas cidades. Essa medida tem prazo indeterminado e está sendo tomada por conta do estágio de transmissão comunitária do coronavírus, já identificado pelo Ministério da Saúde nestes centros urbanos, situação que gerou a recomendação expressa de restrição do contato social nestes eventos”, diz a nota.

Antes, a Federação do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) já havia suspendido a venda de ingressos para todas as partidas da terceira rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, marcadas para o fim de semana.

Com a orientação do Ministério da Saúde de que os confrontos agendados para a capital ocorram sem a presença de torcedores, serão afetados o clássico entre Vasco e Fluminense, no próximo domingo (15) no Maracanã, além dos compromissos de Flamengo e Botafogo pela competição.

Outro clássico brasileiro que será disputado com portões fechados envolve São Paulo e Santos, no próximo sábado no Morumbi, assim como o embate entre Corinthians e Ituano no domingo na Arena. As partidas são válidas pela 10ª rodada do Campeonato Paulista. Outros duelos marcados para a cidade de São Paulo por torneios de divisões inferiores, masculinos e femininos, terão o mesmo procedimento por tempo indeterminado. Por enquanto, conforme circular da Federação Paulista de Futebol (FPF), os compromissos agendados para o interior do estado seguem sem alterações.

Impacto no futebol

Na última quinta, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou a suspensão dos jogos da próxima semana, de 15 a 21 deste mês, pelas Copas Libertadores e Sul-Americana. No mesmo dia, a federação uruguaia informou que as partidas do fim de semana serão disputadas, mas com portões fechados. Já nesta sexta, a associação de futebol do Paraguai paralisou o futebol local até o próximo dia 24. Na Europa, a Bundesliga (Campeonato Alemão) cancelou a rodada do fim de semana, e a Premier League (Campeonato Inglês) não terá compromissos até 4 de abril após o técnico do Arsenal, Mikel Arteta, e o atacante do Chelsea Callum Hudson-Odoi serem diagnosticados com o novo coronavírus.

(Lincoln Chaves - Repórter da TV Brasil)

ProUni: candidatos ganham mais tempo para entregar documentos

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil


Por causa do coronavírus, o prazo passou de 16 para 20 de março


Os candidatos interessados em participar da lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até 20 de março para comparecer às instituições superior de ensino e entregar a documentação. O calendário foi divulgado na edição desta sexta-feira (13) do Diário Oficial da União.

O prazo definido no edital era de 13 a 16 de março. Com o fechamento temporário de diversas instituições por conta do coronavírus (Covid-19), o Ministério da Educação (MEC) decidiu dar mais tempo para os estudantes.

De acordo com o edital, os documentos precisam ser entregues para que seja possível a comprovação das informações fornecidas no momento da inscrição e também a participação em eventual processo seletivo próprio da instituição, quando for o caso.

“O registro no sistema do ProUni da aprovação ou reprovação do candidato pré-selecionado na lista de espera e a emissão do Termo de Concessão de Bolsa ou Termo de Reprovação deverão ser realizados pelas instituições no período de 23 a 27 de março”, informou o MEC.

Divulgada nessa quinta-feira (12), a lista de espera é mais uma oportunidade para candidatos que não foram pré-selecionados na primeira e segunda chamadas conseguirem uma bolsa pelo programa. Os estudantes são classificados por curso e turno, seguindo as notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019.

ProUni
O ProUni é o programa que oferece bolsas integrais e parciais em instituições particulares de educação superior. A oferta de 252.534 bolsas este ano é recorde para um primeiro semestre. O sistema registrou mais de 1,5 milhão de inscrições.

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as parciais, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Só pode se inscrever no ProUni o estudante que não possuir diploma de curso superior, que tenha participado do Enem mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas, bem como não ter zerado a redação.

(Agência Brasil)

*Com informações do Ministério da Educação

Termina hoje campanha de vacina contra sarampo para crianças e jovens

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil


Imunização é principal medida de controle da doença


A campanha de vacinação contra o sarampo voltada para crianças e jovens com idade entre 5 e 19 anos termina nesta sexta-feira (13). Este é o público-alvo da Campanha Nacional de Vacinação contra a doença, iniciada em 10 de fevereiro, com a convocação de 3 milhões de pessoas dessa faixa etária.

O Ministério da Saúde informou que, até o início do mês, 28.783 pessoas dessa faixa etária foram vacinadas. Outras 99,6 mil pessoas já tinham sido vacinadas entre janeiro e o início da campanha.

A pasta lembra que a principal medida de prevenção e controle do sarampo é a vacinação, que está disponível durante todo o ano nos 42 mil postos de saúde do país. Para viabilizar a ação, o ministério encaminhou neste ano 3,9 milhões de doses da vacina tríplice viral, 9% a mais que o solicitado pelos estados.Este quantitativo é destinado à vacinação de rotina, às ações de interrupção da transmissão do vírus e à dose extra chamada de dose zero para todas as crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias.

A campanha de vacinação faz parte de uma estratégia nacional para interromper a transmissão do sarampo e eliminar a circulação do vírus. As duas primeiras etapas ocorreram no ano passado. “As duas primeiras etapas já ocorreram em 2019, com a realização de campanha de vacinação nacional, em outubro, de crianças de seis meses a menores de 5 anos de idade. A segunda etapa aconteceu em novembro para a população de 20 a 29 anos”, informou o ministério.

Ainda segundo a pasta, duas outras etapas de mobilização darão continuidade às ações em 2020, além da prevista para fevereiro: entre junho e agosto, para o público com idade entre 20 a 29 anos; e em agosto, para a população de 30 a 59 anos de idade.

Casos em 2019
Segundo o Ministério da Saúde, em 2019 foram registrados 18,2 mil casos de sarampo em 526 municípios. Em São Paulo, foram registradas 14 mortes e uma em Pernambuco. O maior número de casos também foi registrado em São Paulo, 16 mil.

Com o retorno da doença, o Brasil perdeu o status de país livre do sarampo em 2019, concedido pela Organização Mundial da Saúde em 2016.

Sarampo

O sarampo é uma doença altamente contagiosa, transmitida por meio da fala, da tosse e do espirro. Os principais sintomas são mal-estar geral, febre, manchas vermelhas que aparecem no rosto e vão descendo por todo o corpo, tosse, coriza e conjuntivite. A vacina é fornecida pelo Ministério da Saúde e está disponível gratuitamente em postos de saúde de todo o país.

Quem apresentar doenças agudas febris moderadas ou graves recomenda-se adiar a vacinação até modificação do quadro com o intuito de não se atribuir à vacina as manifestações da doença. Também não é indicado o imunizante a quem recebeu imunoglobulina, sangue e derivados, transplantados de medula óssea, e também a quem apresenta alergia ao ovo e gestantes.


(Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil )

Fachin amplia licença-maternidade de mães de bebês prematuros

Agência Brasil 


Benefício tem início após criança e mulher receberem alta hospitalar


A partir de agora, a licença-maternidade de mães de bebês prematuros e que precisam de internação só começará a contar após a criança e a mulher receberam alta hospitalar e puderem estar juntas em casa.

A determinação é do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que concedeu ontem (12) uma liminar (decisão provisória) pedida pelo partido Solidariedade em uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI). Segundo a legenda, há por ano no Brasil mais de 279 mil partos prematuros que ensejam internações que podem durar meses.

O efeito da decisão é imediato para todas as gestantes e mães que possuem contrato de trabalho formal, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Na decisão, Fachin destacou que o início da contagem da licença somente a partir do momento da alta é um direito não apenas da genitora, mas também do próprio recém-nascido, que precisa ver assegurado o dever da família e do Estado de afastá-lo de qualquer negligência e de lhe prover saúde, alimentação, dignidade, respeito e convivência familiar. “Há uma unidade a ser protegida: mãe e filho”, afirmou.

O ministro citou dispositivos da Constituição e dos estatutos da Primeira Infância e da Criança e do Adolescente para concluir que a lei é omissa, uma vez que a antes de sua decisão a CLT previa uma ampliação máxima de somente duas semanas, mediante apresentação de atestado médico, mesmo nos casos de parto antecipado.

Além do mais, Fachin destacou que é a partir do momento em que tanto a criança quanto a mãe encontram-se em casa que o direito a licença de fato passa a ser necessário e exercido.

"O período de internação neonatal guarda as angústias e limitações inerentes ao ambiente hospitalar e à fragilidade das crianças. Ainda que possam eventualmente amamentar e em alguns momentos acolher nos braços seus filhos, é a equipe multidisciplinar que lhes atende, de modo que é na ida para casa que os bebês efetivamente demandarão o cuidado e atenção integral de seus pais", escreveu o ministro.

Pela legislação atual, a licença-maternidade tem duração de 120 dias, período no qual a mulher tem direito ao salário-maternidade, cujos custos devem ser arcados pela Previdência Social. A decisão de Fachin ordena que o Estado também arque com os rendimentos da mãe do bebê prematuro durante o período de ampliação da licença por motivo de internação.

A decisão liminar tem validade até que o assunto seja julgado em plenário pelo Supremo, o que não tem prazo para acontecer. Encontra-se em tramitação no Congresso, desde 2015, uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que visa inserir na Constituição o direito à ampliação da licença-maternidade no caso de bebês prematuros.

(Felipe Pontes - Repórter da Agência Brasil)

quinta-feira, 12 de março de 2020

Belo Oriente vai contar com base descentralizada do SAMU Regional e recebe visita do superintendente

Divulgação


Belo Oriente teve mais uma importante conquista na área da Saúde. O município vai contar com uma base descentralizada do Samu Regional Leste/Vale do Aço.


O objetivo é que a base comece a funcionar no município a partir do dia 31 de março. Na manhã desta quinta-feira, 12, o superintendente regional de Saúde, Ernany de Oliveira, juntamente com a equipe técnica da Secretaria Estadual de Saúde veio ao município escolher o melhor ponto para a instalação da base no município. O prefeito Hamilton Rômulo, o vice Geci Gomes e o secretário municipal de Saúde, Ranieri Prado, acompanharam o superintendente. Juntamente com eles, estiveram representantes do legislativo municipal.

A área escolhida fica ao lado do Hospital Jaques Gonçalves Pereira, no distrito de Perpétuo Socorro (Cachoeira Escura). O chefe do executivo se comprometeu a realizar as adaptações necessárias no local a tempo do início da operacionalização do Samu no município.

O Samu Regional contará com uma central de regulação, que ficará localizada em Governador Valadares. Belo Oriente foi escolhida para sediar uma das quatro bases da região atendida pela Superintendência Regional de Saúde do Vale do Aço. Os outros municípios escolhidos foram Coronel Fabriciano, Timóteo e Caratinga.

A base descentralizada do Samu Regional que será instalada no município contará com uma ambulância de suporte básico e uma equipe 24 horas de prontidão e treinados para atuarem em casos de urgência e emergência, composta por um socorrista, um técnico de enfermagem e o motorista da ambulância.

Segundo o superintendente regional de Saúde, Ernany de Oliveira, a escolha de Belo Oriente para ser sede de uma das bases descentralizadas se deve ao município possuir um hospital e a boa localização da cidade.

“Belo Oriente tem uma representatividade muito grande em nossa região, teve também o hospital inaugurado recentemente que vem prestando atendimento satisfatório e isso vai ajudar muito na condução do Samu, além de ser próximo a BR, o que facilitará o atendimento as outras localidades”, destaca.

De acordo com o Chefe do Poder Executivo Municipal, a implantação da base do Samu é um importante avanço para a saúde em Belo Oriente. “É um grande avanço na saúde pública poder contar com a base do SAMU. O Município possui um hospital aberto 24 horas, oferta de serviço da central da ambulância e agora o SAMU, que irá atender a população de Belo oriente e região. Até o início de abril este atendimento do SAMU vai estar em funcionamento”, disse o Chefe do Executivo.

Choque: domingo tem duelo de artilheiro contra paredão na finalíssima da Intermunicipal

Fotomontagem - Futblog do Sorriso


No domingo, teremos um duelo dos mais interessantes em campo, pela grande final da Copa Intermunicipal 2020. 


A bola rola na tela do FUTBLOG DO SORRISO, a partir de 14h30. Jogão AO VIVO. Pelos lados do Vila Bráz, o atacante e artilheiro Woshin, de Braúnas, merece toda a atenção dentro das quatro linhas.

O jogador mostrou a que veio na competição e balançou pra valer a rede dos times adversários, sendo um dos principais artilheiros. Peça fundamental no time comandado pelo técnico Vanderlei.

Já pelos lados do Boa Vista, de Naquinho, vale atenção para o goleiro Juninho "Aladin", que foi o heroi do time na classificação para a final, quando brilhou nas penalidades, no jogo contra o Ipabinha. Será o choque do goleador contra o paredão.

Em Belo Oriente: vem aí, o 1º Seminário de Música

Divulgação

Em Cachoeira Escura: sábado é dia de evento beneficente. Haverá praça de alimentação e muita música

Divulgação


Início programado para às 14h


Sábado haverá em Cachoeira Escura, um evento beneficente para arrecadar alimentos para famílias carentes. Haverá inclusive, praça de alimentação. A entrada é 1 KG de alimento não perecível.

O evento será realizado no Salão de Festa do Paulinho do Diro, a partir de 14h, e contará com a participação de vários conjuntos musicais.

Brasil registra 60 casos de coronavírus nesta quinta

Foto: Valter Campanato


Ministério da Saúde divulgou atualização durante coletiva de imprensa


O Ministério da Saúde divulgou na manhã desta quinta(12), durante coletiva de imprensa, oito novos casos confirmados do coronavírus no Brasil. Subiu de 52 para 60. Os novos registros são do Paraná (seis casos) e no Rio Gande do Sul (mais dois pacientes).

Atualmente são monitorados 930 casos suspeitos. Outros 947 foram descartados. Do total de casos confirmados, 9 (15%) são por transmissão local, quando é possível relacionar o doente a um caso confirmado; e 51 (85%) dos casos são importados, ou seja, de pessoas que viajaram ao exterior.

Os casos confirmados no Brasil estão divididos em nove estados: São Paulo (30), Rio de Janeiro (13), Bahia (2), Minas Gerais (1), Distrito Federal (2), Rio Grande do Sul (4), Paraná (6), Alagoas (1), Espírito Santo (1).

Pandemia

Ontem (11), A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou pandemia de coronavírus. O termo é utilizado quando uma epidemia – grande surto que afeta uma região – se espalha por diferentes continentes com transmissão sustentada de pessoa para pessoa. Atualmente, há mais de 115 países com casos declarados da infecção.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, pediu para os países redobrarem o comprometimento conta a doença.

"Encontrar um bom equilíbrio entre proteger a saúde, impedir pertubações econômicas e sociais e respeitar os direitos humanos", disse Tedros.

Transmissão local no Rio de Janeiro

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES) confirmou hoje (12) os primeiros casos de transmissão local de coronavírus no estado. Eles envolvem um homem de 72 anos, morador da capital, e a mulher dele, de 68 anos. Os dois apresentam quadro estável de saúde e estão em isolamento domiciliar. O casal não viajou ao exterior.

Decreto suspende aulas no Distrito Federal

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, publicou na noite de hoje (11) um decreto suspendendo as aulas na rede de ensino público e privado em escolas, universidades e faculdades durante cinco dias. Também estão suspensos os eventos com público superior a 100 pessoas e que exijam licença do Poder Público. A suspensão poderá ser prorrogada pelo mesmo período.


Investimentos para combater coronavírus

Na comissão geral realizada ontem (11), na Câmara dos Deputados, sobre a situação do novo coronavírus, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta defendeu a liberação R$ 5,1 bilhões do orçamento, oriundo de emendas da relatoria da casa. A demanda por mais verbas foi apoiada por diversos deputados presentes na comissão. O valor será utilizado na Atenção Primária e hospitalar para reforçar as ações contra o vírus.

O ministro avaliou que a letalidade do vírus é baixa, mas que seu principal impacto é a sobrecarga do sistema de saúde, que demandará mais profissionais, mais leitos, mais insumos e mais recursos para o custeio dessa estrutura adicional.

“Você tem uma espiral de casos. Isso leva pessoas a procurar unidades de saúde. Se o vírus não tem uma letalidade individual elevada, ele tem letalidade ao sistema de saúde. Quanto mais agudo o ângulo de crescimento, mais pessoas ao mesmo tempo acionam o sistema”, comentou.

*Alex Rodrigues - Repórter da Agência Brasil - Brasília

(*Com a colaboração de Jonas Valente - Repórter da Agência Brasil)

Produção industrial cresce em 13 dos 15 locais pesquisados em janeiro

Foto: EBC

Taxas são as maiores desde junho de 2018


A produção da indústria nacional cresceu em 13 dos 15 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na passagem de dezembro para janeiro, quando o setor registrou alta de 0,9% depois de dois meses de quedas consecutivas.

As taxas positivas, divulgadas hoje (12) na Pesquisa Industrial Mensal Regional, são as maiores desde junho de 2018, quando a indústria começou a se recuperar da greve dos caminhoneiros, iniciada em maio daquele ano.

O destaque no mês foi o estado de São Paulo, maior parque industrial do país, que cresceu 2,3% e puxou a alta do indicador. “A indústria paulista vem de dois meses negativos, em que acumulou queda de 3,7%. O resultado de janeiro foi o mais alto desde agosto de 2019 (3,2%). Essa alta foi impulsionada pelos setores de veículos automotores, máquinas e equipamentos e metalurgia”, disse, em nota, o analista responsável pela pesquisa, Bernardo Almeida.

Segundo o IBGE, o Rio de Janeiro teve a segunda maior influência positiva sobre o índice, com alta de 3,9%, impulsionada pelos setores de veículos e derivados de petróleo. “Com isso, a indústria fluminense eliminou o recuo registrado em dezembro (-3,9%)”, afirmou Almeida, acrescentando que o resultado foi o maior desde julho do ano passado.

O analista destacou também o crescimento de 10,3% na produção industrial na Bahia. “O resultado teve a terceira maior influência no índice, e é o maior desde junho 2018, quando chegou a 16,3%. A indústria baiana conseguiu, com a alta de janeiro, eliminar as perdas dos três meses anteriores, quando acumulou recuo de 5,5%. Os principais setores foram os produtos químicos, veículos automotores e derivados do petróleo”, disse Almeida.

Em contrapartida, as indústrias do Pará (-4,2%) e de Mato Grosso (-2,3%) recuaram em janeiro. “No Pará, a queda foi a mais intensa desde setembro de 2019, devido ao setor extrativo, e eliminou o crescimento de 2,7% em dezembro. Já Mato Grosso registrou a segunda taxa negativa consecutiva, acumulando nesse período perda de 7,2%”, informa o IBGE.

(Agência Brasil)

Diego Landis revela rotina no Porto B após surto de coronavírus

Divulgação/Porto B 


Zagueiro conta que em alguns lugares, houve orientação para cancelar os treinos


O surto do Covid-19 está afetando todo o mundo, inclusive, no futebol. Assim como alguns lugares da Europa, a cidade de Porto, em Portugal, as partidas nacionais serão todas com portões fechadas a partir desta semana, assim conta Diego Landis, zagueiro do Porto B, equipe secundária do FC Porto que disputa a Liga Pro, 2ª divisão do Campeonato Português.

“As pessoas estão bastante preocupadas, e como uma forma de evitar que o vírus se espalhe ainda mais, a partir desta semana, as partidas serão com portões fechados, sem torcida, infelizmente. Fiquei sabendo que em Braga, cidade com aproximadamente 60 quilômetros daqui de Porto, a Associação de Futebol da cidade suspendeu todas as atividades esportivas oficiais”, comenta.

Com relação aos treinos, Diego diz ainda não ter afetado, mas que, pela manhã, os noticiários já informavam o aumento de casos e suspensão de aulas em algumas cidades.

“Por enquanto estamos treinando normalmente, não nos passaram nenhuma orientação, apenas os jogos mesmo que serão sem torcida, mas pela manhã, vi nos noticiários que o surto tem afetado, inclusive, as universidades, pois a Universidade Católica suspendeu as aulas presenciais a partir de hoje, aqui em Porto e também em Braga”, conclui.

A partida de portões fechados será já no próximo sábado (14), às 12h (horário de Brasília), contra o Académico de Viseu.


quarta-feira, 11 de março de 2020

Amador 2020: Liga de Desportos de Belo Oriente convoca clubes para o Pré-Arbitral

Competição tem previsão de começar no início do mês de maio 

Divulgação/Liga de Desportos de Belo Oriente 

Confira: como Vila Bráz e Boa Vista chegaram na final da Copa Intermunicipal 2020

Futblog do Sorriso 


Campanha dos clubes 


Vila Bráz (Belo Oriente) e Boa Vista (Naquinho) tiveram toda uma trajetória para chegar a grande final da Copa Intermunicipal. Em jogo único, domingo, 14h30, irão brigar pela taça de campeão.

Confira rodada por rodada, a campanha das equipes, até a grande decisão.

Primeira fase 

1ª rodada
Sete de Setembro 1 x 2 Boa Vista
Travessão 1 x 4 Vila Bráz

2ª rodada
Boa Vista 3 x 2 Fundão
Vila Bráz 1 x 0 Ruinha

3ª rodada
Boa Vista 1 x 2 Cachoeiro
Vila Bráz 1 x 2 Ipabinha

Semifinal 
Ida
Boa Vista 3 x 2 Ipabinha
Vila Bráz 3 x 1 Cachoeiro

Volta
Ipabinha 3 x 2 Boa Vista
(Nas penalidades: Boa Vista 6 a 5)
Vila Bráz x Cachoeiro
Obs: o Vila Bráz avançou sem precisar de entrar em campo para a segunda partida, após o Cachoeiro ter sido julgado pela Comissão Julgadora da competição (composta pelos dirigentes dos próprios clubes participantes), por uso de atleta irregular.

Final (Jogo único)
Domingo (15 de março de 2020)
14h40
Campo do Aluvaeira (Belo Oriente)
Vila Bráz x Boa Vista
TRANSMISSÃO AO VIVO do FUTBLOG DO SORRISO


Domingo tem jogão na tela do FUTBLOG DO SORRISO: vale taça

Futblog do Sorriso 


Veja como assistir 


No próximo domingo, o FUTBLOG DO SORRISO - a maior mídia esportiva e informativa da região - vem no embalo com a super decisão da Copa Intermunicipal de Futebol Amador 2020.

Um duelo que promete muito. Vila Bráz e Boa Vista irão correr atrás da bola, a partir de 14h30, na Aluvaeira, em Belo Oriente.

Assista em seu Celular, Tablet, PC convencional, SmartTV. Só acessar: FUTBLOG DO SORRISO.

Assista a partida em seu celular, tablet, PC, notebook e SmartTV - Acesse a página do FUTBLOG DO SORRISO no FACEBOOK

Arbitragem definida: confira o trio para a grande final da Intermunicipal, entre Vila Bráz e Boa Vista

Fotomontagem: Futblog do Sorriso/Álbum pessoal - Fernando Oliveira, Obina e Sérgio Teixeira

Jogão de domingo no campo do Aluvaeira 


No domingo (15) será realizada a grande final da Copa Intermunicipal de Futebol Amador 2020. A final será em partida única, entre Vila Bráz (Belo Oriente) e Boa Vista (Naquinho - Distrito de Açucena). Um jogo que já está sendo muito falado nas determinadas localidades. A competição que vem se tornando tradição, chegando a sua 2ª edição.

A 1ª edição ocorreu em 2017, quando o Unidos, de Cachoeira Escura, ficou com o título. O trio de arbitragem para a grande final de domingo, no campo do Aluvaeira, em Belo Oriente, já está definido. O Vila Bráz decide em casa devido ter feito melhor campanha.

O jogo terá Fernando Oliveira como árbitro central. Seus assistentes serão Ailson Soares "Obina" e Sérgio Teixeira. Uma arbitragem de vasta experiência para comandar o espetáculo. Há toda uma expectativa de campo lotado para esta decisão programada para às 14h30.

Covid-19: MPF recomenda cancelamento de passagens aéreas sem ônus

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Para o MPF, a cobrança de taxas de cancelamento é pratica abusiva


O Ministério Público Federal (MPF) recomendou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que expeça ato normativo que assegure aos consumidores a possibilidade de cancelamento sem ônus de passagens aéreas nacionais e internacionais para destinos atingidos pelo novo coronavírus (Covid-19).

No entendimento do MPF, a cobrança de taxas e multas, em situações de emergência mundial em saúde, é prática abusiva e proibida pelo Código de Defesa do Consumidor.

A medida deve atender clientes de companhias aéreas que tenham adquirido passagens até 9 de março (data de assinatura da recomendação), tendo como origem os aeroportos do Brasil. Além disso, deve garantir também a possibilidade de remarcação de viagens para a utilização de passagens no prazo de até 12 meses.

O MPF quer ainda que as companhias aéreas devolvam valores eventualmente cobrados a título de multas ou taxas a todos os consumidores no Brasil que já solicitaram o cancelamento de passagens em função da epidemia. A recomendação foi expedida com base em inquérito civil que tramita no Ministério Público Federal no Ceará para acompanhar a propagação do coronavírus.

Titular da investigação, a procuradora da República Nilce Cunha Rodrigues argumenta que o Código de Defesa do Consumidor prevê, como direito básico do consumidor, a revisão de cláusulas contratuais devido a fatos supervenientes, como é o caso da situação atual de enfrentamento da emergência de saúde pública. “Mesmo não sendo de responsabilidade das empresas o fato extraordinário, a vulnerabilidade do consumidor nessas relações de consumo autoriza tal medida”, disse.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou, em 30 de janeiro, Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII), dado o grau de avanço dos casos de contaminação pelo Covid-19. O Brasil seguiu o mesmo caminho. Em 3 de fevereiro, o Ministério da Saúde decretou Estado de Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional com a publicação da Portaria MS nº 188.

Situação do Covid-19 no Brasil

No país, de acordo o Ministério da Saúde, dados divulgados nessa terça-feira (10), ao todo, são 34 casos confirmados em todo o país, sendo seis por transmissão local, cinco em São Paulo e um na Bahia, e 28 casos importados. Atualmente, são monitorados 893 casos suspeitos e outros 780 já foram descartados. De acordo com a pasta, os dados foram repassados pelas Secretarias Estaduais de Saúde.

*Com informações do Ministério Público Federal no Ceará

Em ofício ao Congresso, Guedes pede reformas para conter crise

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil


Segundo ministro, aprovação ajudará a blindar Brasil de crise externa


Diante do agravamento da crise econômica internacional, o ministro da Economia, Paulo Guedes, enviou ontem (10) à noite aos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbe (DEM-AP), ofício em que pede a aprovação de propostas consideradas prioritárias pela equipe econômica. Ao todo, Guedes listou 14 projetos de lei, três propostas de emenda à Constituição e duas medidas provisórias em tramitação no Congresso.

No documento, o ministro ressaltou a importância da aprovação das propostas até a metade do ano. “O esforço para a aprovação, neste semestre, das matérias listadas tem a capacidade de proteger o Brasil da crise externa”, destacou. Segundo Guedes, somente com a continuidade de reformas estruturais que reduzam os gastos obrigatórios, o governo terá espaço no orçamento para estimular a economia.

“Com a continuidade de reformas estruturais que o país precisa, será possível recuperar espaço fiscal suficiente para a concessão de outros estímulos à economia”, diz o ofício. O texto, no entanto, não detalha quais seriam esses estímulos. No texto, Guedes pediu aprovação rápida das propostas para facilitar a “blindagem” da economia brasileira em meio à crise econômica internacional.

Nos últimos dias, diversos economistas têm pedido o aumento dos investimentos públicos para fazer frente a uma possível recessão econômica mundial, provocada pela disseminação do coronavírus e pela guerra entre Arábia Saudita e Rússia pelo preço internacional do petróleo. Para aumentar os investimentos, no entanto, o governo precisaria flexibilizar o teto federal de gastos. Nessa terça-feira, o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, descartou mudanças no limite de gastos.

A resposta do Ministério da Economia ocorreu depois de Maia ter cobrado o envio das propostas de reforma tributária e administrativa. Na segunda-feira (9), Guedes prometeu enviar a reforma administrativa ainda nesta semana e a tributária nesta semana ou na próxima.

No ofício, Guedes reiterou que as reformas administrativa e tributária serão enviadas em breve, mas pediu que o Congresso agilize a tramitação das propostas do governo. “Considerando o agravamento da crise internacional em função da disseminação do coronavírus e a necessidade de blindagem da economia brasileira, o Ministério da Economia propõe acelerar a pauta que vem conduzindo junto ao Congresso Nacional”, destacou.

O documentou listou as três PECs enviadas no fim do ano passado: reforma do pacto federativo (que descentraliza recursos da União para governos locais), PEC emergencial (com gatilhos para cortar temporariamente salários de servidores em momentos de crise fiscal) e PEC dos fundos (que extingue fundos considerados desnecessários). No entanto, também cita projetos como a autonomia do Banco Central, a liberação do mercado de gás e o Plano de Equilíbrio Fiscal, que permite a ajuda a estados com dificuldades de caixa em troca de medidas de ajuste. As medidas provisórias mencionadas são a do emprego verde-amarelo (que cria um programa especial para trabalhadores jovens) e a que autoriza a quebra do monopólio da Casa da Moeda.

Confira a lista das propostas que o Ministério da Economia considera prioritárias:

Na Câmara

• PL 6407/2013: nova Lei do Gás
• PLP 149/2019: Plano de Equilíbrio Fiscal
• PLP 200/1989: autonomia do Banco Central
• PL 5877/2019: privatização da Eletrobras
• PL 6229/2005: recuperação judicial
• PL 5387/2019: simplificação da legislação de câmbio
• PL 3443/2019: governo digital
• PL 7316/2019: certificação digital
• PLP 295/2016: nova Lei de Finanças Públicas
• PL 7063/2017: Lei de Concessões

No Senado

• PEC 188/2019: reforma do pacto federativo
• PEC 197/2019: reforma dos fundos públicos
• PEC 186/2019: PEC emergencial
• PLS 232/2016: Marco Legal do Setor Elétrico
• PLS 261/2018: Novo Marco Legal de Ferrovias
• PL 3261/2019: Marco Legal do Saneamento Básico
• PL 3178/2019: alteração do regime de partilha

No Congresso

• MP 902/2019: quebra do monopólio da Casa da Moeda
• MP 905/2019: Programa Emprego Verde-Amarelo

(Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil)

Bolsa sobe 7,1%, e dólar cai para R$ 4,64 em dia de recuperação

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil


Preço do petróleo sobe 10,4% após queda de 30% na segunda-feira


Depois de um dia de perdas históricas e pânico global, a Bolsa de Valores recuperou parte das perdas, e o dólar teve a maior queda diária em seis meses. O dólar comercial encerrou esta terça-feira (10) vendido a R$ 4,646, com recuo de R$ 0,08 (-1,69%). Em termos percentuais, foi a maior queda diária desde 4 de setembro do ano passado, quando a divisa tinha caído 1,79%.

Pelo segundo dia seguido, o Banco Central (BC) vendeu dólares das reservas internacionais para acalmar o mercado. A autoridade monetária vendeu US$ 2 bilhões no mercado à vista. Para amanhã (11), o BC anunciou a venda de US$ 1 bilhão em contratos de swap cambial, que funcionam como venda de dólares no mercado futuro. O dólar acumula alta de 15,77% em 2020.

Depois de ter recuado 12,17% ontem (9), o índice Ibovespa fechou o dia com alta de 7,14%, aos 92.214 pontos, maior alta para um único dia desde janeiro de 2009. As ações da Petrobras, que caíram quase 30% ontem, também se recuperaram. Os papéis ordinários (com voto em assembleia de acionistas) fecharam o dia com alta de 8,51%. Os papéis preferenciais (com preferência na distribuição de dividendos) valorizaram-se 9,41%.

As cotações do petróleo internacional também subiram. O barril do tipo Brent, que caiu cerca de 26% ontem, valorizaram-se 9,84% hoje, para US$ 37,84.

Petróleo

Os mercados de todo o planeta, que nas últimas semanas têm atravessado momentos de instabilidade por causa dos receios de uma recessão global provocada pelo coronavírus, enfrentam a disputa de preços entre Arábia Saudita e Rússia em torno do petróleo. Membro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), a Arábia Saudita aumentou a produção de petróleo depois que o governo de Vladimir Putin decidiu não aderir a um acordo para reduzir a extração em todo o mundo.

Para o Brasil, a queda no barril de petróleo afeta as ações da Petrobras, a maior empresa brasileira capitalizada na bolsa. Segundo a própria Petrobras, a extração do petróleo na camada pré-sal só é viável quando a cotação do barril está acima de US$ 45.

Consequências

A queda nas cotações do barril de petróleo traz outras consequências para a economia brasileira. Caso os preços baixos se mantenham, a Petrobras repassará a queda do preço internacional para a gasolina e o diesel. Se, por um lado, a queda beneficia os consumidores; por outro, prejudica o setor de etanol, que perde competitividade.

Os preços mais baixos diminuem a arrecadação de royalties do petróleo e a arrecadação de Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o principal tributo estadual, em um momento em que diversos estados enfrentam dificuldades financeiras.

(Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil)

terça-feira, 10 de março de 2020

Após ação conjunta da PM, MP e Judiciário: infrator de Belo Oriente é preso em Manhuaçu

Divulgação/Polícia Militar 


O que evadiu-se segue sendo procurado pela Polícia 



O infrator R.A. S. S, de Belo Oriente, que estava na companhia de um outro, após atentar contra a vida de um homem, de 31 anos, ferindo-o com um disparo de arma de fogo, próximo ao nariz, foi preso na cidade de Manhuaçu. A vítima foi medicada e liberada. O fato havia ocorrido próximo à igreja do Bom Jardim. O infrator tentou evadir, porém deparou com uma guarnição da Polícia Militar do 3° Pelotão de Belo Oriente, que imediatamente iniciou a perseguição.

Quando os infratores perceberam que iriam ser alcançados, um deles pulou da moto, e fez um disparo contra os policiais, que de forma imediata, responderam a agressão com disparos de arma de fogo. O infrator R.A.S.S embrenhou-se em um matagal e conseguiu apoio para evadir-se, sendo que o outro infrator evadiu-se em uma motocicleta Honda CG Titan, de cor preta, segundo informações da Polícia Militar.

Nesta terça-feira, graças a uma ação planejada da Polícia Militar, Ministério Público e Judiciário, o infrator R.A.S.S, foi preso na cidade de Manhuaçu, sendo que foi constatado, que ele foi alvejado com dois disparos de arma de fogo.

Agora, o autor ficará à disposição da Justiça.

Balanço dos Estaduais: confira os resultados e classificação do Campeonato Mineiro (Módulo I e II)

Futblog do Sorriso - Estádio Ipatingão


A bola rolou em Minas 


O Campeonato Mineiro da primeira divisão viveu a sua oitava rodada no último final de semana. Destaque da rodada foi para o clássico em que o Atlético derrotou a equipe do Cruzeiro pelo placar de 2 a 1, no Estádio Mineirão. O jogo foi realizado no último sábado. Ainda no sábado, a equipe do Patrocinense goleou Tupynambás por 4 a 0. No domingo, outras quatro partidas, com destaque para vitória do Tombense sobre o Villa Nova pelo placar de 2 a 1, em Nova Lima. Em Uberlândia, o Uberlândia derrotou URT por 2 a 0. Em Poços de Caldas, a Caldense derrotou o Coimbra por 2 a 0 e o América no Independência empatou com o Boa Esporte por 1 a 1.

Foto: Reprodução/Federação Mineira de Futebol


Já no Campeonato Mineiro do Módulo II, tivemos a realização da quinta rodada da primeira fase. O destaque ficou para a goleada do Ipatinga sobre o Betim por 4 a 1. Jogo que teve a transmissão do FUTBLOG DO SORRISO, AO VIVO, direto do estádio Ipatingão, no último sábado. Os gols do Ipatinga foram marcados Tchô, Marcos Vinícius, Chris e Flávio Carvalho; para a equipe do Betim, descontou o jogador Andrei - gol esse que foi inclusive de abertura do placar. O Ipatinga conseguiu uma bela virada na reestreia do técnico José Ângelo "Preca". O Guarani empatou com o Democrata de Governador Valadares, em Divinópolis, por 0 a 0. O CAP Uberlândia derrotou o Mamoré por 2 a 0, em Uberlândia. O Serranense foi derrotado pelo líder, Pouso Alegre, pelo placar de 1 a 0. O Democrata de Sete Lagoas empatou com o Nacional de Muriaé por 1 a 1. Já o Tupy, derrotou o Athletic, por 2 a 1.


Foto: Reprodução/Federação Mineira de Futebol

segunda-feira, 9 de março de 2020

Minas: Governo lança programa MG Mulher, que conta com app de suporte às vítimas de violência doméstica

Foto: Pedro Gontijo/Imprensa MG


Programa atuará com aplicativo para suporte às vítimas; monitoração 24h dos agressores pelo Centro Integrado de Comando e Controle e criação do Núcleo Integrado de Monitoramento à Violência contra a Mulher


O governador Romeu Zema participou, nesta segunda-feira (9/3) – semana em que se celebra o Dia Internacional da Mulher -, do lançamento de mais uma ferramenta de enfrentamento ao ciclo da violência contra a mulher no estado: o programa MG Mulher. Coordenado pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por meio de três eixos de atuação, o projeto irá garantir o monitoramento exclusivo e 24 horas dos homens investigados pela Lei Maria da Penha que utilizam tornozeleira eletrônica, fortalecerá e ampliará a rede de apoio às vítimas e estudará este fenômeno criminal.

Zema afirmou que o programa é mais um importante passo para a garantia da igualdade de direito das mulheres e na luta contra a violência doméstica. “O programa é mais um passo de muitos outros que ainda serão dados. Isso acaba criando uma cultura em que nós vamos começar a perceber, entender e sentir que as mulheres precisam ser valorizadas, que elas precisam ter tantos direitos quanto qualquer cidadão. Temos que criar estas ferramentas que inibam e, principalmente, punam exemplarmente quem faz isso”, disse o governador.

O secretário de Justiça e Segurança Pública, general Mario Araujo, reforçou que esta é mais uma das ações integradas das Forças de Segurança do Estado para reduzir a criminalidade. “O programa MG Mulher é um marco para a proteção da mulher e combate à violência doméstica. Temos avançado na redução das estatísticas, entre elas o feminicídio, mas queremos muito mais. Acreditamos que essas três novas estratégias que lançamos agora são mais e novas ferramentas que poderão auxiliar as forças de segurança nesse desafio”, afirmou.

Eixos

O primeiro eixo de atuação do programa é o aplicativo MG Mulher. O novo app foi desenvolvido pela Polícia Civil de Minas Gerais, com apoio da Sejusp, e consiste em uma ferramenta voltada para a mulher, especialmente a que está sendo vítima de violência. No aplicativo, disponível gratuitamente para download tanto para o sistema operacional Android quanto para o IOS, a mulher encontrará os endereços e telefones dos equipamentos mais próximos da sua localização que podem auxiliá-la em caso de emergência, como delegacias da Polícia Civil, unidades da Polícia Militar e Centros de Prevenção à Criminalidade, por exemplo. Todos os endereços são mostrados com a indicação de proximidade de onde a mulher está.

Além disso, ela encontrará, disponível no app, conteúdos multimídia repletos de informações relativas à temática da violência doméstica. São vídeos, textos e áudios que poderão auxiliá-la no enfrentamento do problema, ampliando o seu conhecimento e fortalecendo as suas tomadas de decisões. O aplicativo permite, ainda, que a mulher possa criar uma rede colaborativa de contatos confiáveis que ela poderá acionar de forma rápida, caso sinta que está em situação de perigo.

O chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, delegado-geral Wagner Pinto, destacou a importância do aplicativo no fortalecimento da rede de proteção à mulher. “O aplicativo é uma ferramenta de extrema importância, tendo em vista que a mulher poderá fazer uma rede colaborativa, ou seja, associar amigos e familiares para auxiliá-la caso ocorra algum tipo de violência. Mas ela não exclui as demais medidas protetivas, como a procura pela delegacia e o trabalho de orientação. Portanto, é uma medida agregadora”, afirmou.

Essa rede de amigos e familiares poderá ser acionada via SMS e a sua localização será enviada ao destinatário. De posse da localização, o destinatário poderá acionar a Polícia Militar que, de forma mais rápida, chegará até a vítima. O principal objetivo é mostrar para a mulher que sofre violência que ela não está sozinha e que existe uma rede de apoio para ampará-la. As mulheres que comparecerem nas delegacias especializadas para prestar queixa e registrar a ocorrência logo serão orientadas a baixar o aplicativo e receberão as instruções para sua utilização.

O segundo eixo do programa trouxe para dentro do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da Sejusp, que fica na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, uma equipe de policias penais da Unidade Gestora de Monitoração Eletrônica (UGME) – responsável pelo monitoramento dos usuários de tornozeleiras eletrônicas. Este grupo irá monitorar, de forma exclusiva e ininterrupta, os agressores que utilizam tornozeleira eletrônica e foram enquadrados na Lei Maria da Penha. Antes da instituição do programa, os agressores eram acompanhados pela UGME, porém não havia uma equipe específica para analisar somente este grupo dentro do CICC, espaço onde, devido à integração com as demais forças de segurança, as tomadas de decisões são mais céleres.

Concomitantemente ao monitoramento do agressor, a vítima também recebe um aparelho que ela pode carregar na bolsa, semelhante a um celular, que emite sinais luminosos, sonoros e vibratórios. O aparelho emite as notificações quando o agressor se aproxima ou quando a UGME necessita entrar em contato com a mulher monitorada para orientá-la sobre novas decisões judiciais ou qualquer outro tema pertinente à sua ocorrência.

Com o monitoramento, a ideia é que o indivíduo usuário de tornozeleira eletrônica seja alertado sempre que se aproximar do perímetro estipulado de distanciamento obrigatório da vítima estipulado pelo Poder Judiciário. Caso ele não atenda ao chamado de recuo, que será feito via contato telefônico, e, entendendo que a atitude dele possa colocar em risco a integridade física e a vida da vítima, o policial penal acionará a coordenação do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), que fica no mesmo ambiente da monitoração das tornozeleiras. Este, por sua vez, providenciará o pronto deslocamento de policiais militares para o local.

O comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais, coronel Giovanne Silva, explicou que a Polícia Militar é a única instituição da América Latina que estabeleceu um protocolo após um primeiro atendimento às vítimas”. Nós temos hoje, na capital mineira, uma companhia independente e especializada na prevenção à violência doméstica. Instalamos, no início de 2020, a segunda companhia em Contagem. Trazendo resultado para uma política estabelecida pelo governador Romeu Zema, quando ele nos orientou a dar uma atenção especial à prevenção da violência doméstica, nós estamos com uma projeção para o ano de 2020 de estendermos todo este serviço para mais 100 municípios”, disse.

No terceiro e último eixo do programa, foi criado o Núcleo Integrado de Monitoramento à Violência contra a Mulher, onde instituições estarão reunidas para estudar e discutir o fenômeno criminal da violência contra a mulher. O objetivo é que esta estrutura multidisciplinar - composta por Sejusp, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Penal, Poder Judiciário, Defensoria Pública, Ministério Público e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) - possa analisar indicadores, mapear áreas com alto índice de ocorrências e propor soluções conjuntas em todas as esferas a fim de reduzir cada vez mais as ocorrências desta tipificação criminal em Minas Gerais.

É importante ressaltar que a violência contra mulheres se dá de muitas formas, indo muito além da física, geralmente a mais expressiva. A violência contra a mulher é qualquer conduta - ação ou omissão - de discriminação, agressão ou coerção, ocasionada pelo simples fato de a vítima ser mulher, que cause danos, morte, constrangimento, limitação, sofrimento físico, sexual, moral, psicológico, social, político, econômico ou perda patrimonial. A violência pode acontecer tanto em espaços públicos como privados.

Demais ações de enfrentamento do Governo de Minas

As forças de Segurança Pública do Estado trabalham em diversas frentes para prevenir e enfrentar a violência contra a mulher. Em 2019, por exemplo, foi criado o Núcleo Especializado de Investigação de Feminicídios, com objetivo de dar mais agilidade e eficiência às investigações da Polícia Civil em relação aos crimes de feminicídio consumado. No Estado há, ainda, 73 Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher (Deams), unidades da Polícia Civil, voltadas ao atendimento humanizado das vítimas que se deparam com qualquer espécie de violência doméstica.

Em Belo Horizonte a Deam atende em escala de plantão 24 horas por dia. Além disso, conta com profissionais capacitados para realizarem acolhimento qualificado da mulher em situação de violência. Trata-se de um atendimento multidisciplinar, com psicólogos e assistentes sociais que tem por objetivo atender às mulheres com olhar individualizado para cada uma de suas demandas.

A Polícia Civil possui, também, o Dialogar – núcleo de facilitação ao diálogo, criado em 2011. Por meio dele são realizadas práticas restaurativas de convivência, valorização da vida e dos direitos humanos, por meio de oficinas de reflexão e responsabilização dos autores de violência doméstica. O programa atua em parceria com o Tribunal de Justiça, que realiza os encaminhamentos compulsórios dos autores. Além disso, há o atendimento aos homens que comparecem voluntariamente ou são encaminhados por outras instituições.

A Patrulha de Prevenção à Violência Doméstica, serviço da Polícia Militar lançado em 2010, foi o primeiro serviço preventivo policial militar da América Latina, encontrando-se atualmente em 50 municípios de Minas Gerais e com duas Unidades Especializadas para atendimento às mulheres na cidade de Belo Horizonte (1ª Cia PM Ind PVD) e outra na cidade de Contagem (2ª Cia PM Ind PVD). O serviço é composto por um conjunto de procedimentos a serem executados após a identificação pela triagem das ocorrências registradas dos casos reincidentes e de maior gravidade de violência doméstica, que orienta o atendimento às vítimas reais e/ou potenciais, realiza visitas aos autores e faz os encaminhamentos da vítima à rede de atendimento que abrange as ações e serviços de setores como a assistência social, da justiça, da segurança pública e da saúde.

Buscando prevenir a violência, existe o Programa Mediação de Conflitos (PMC), da Sejusp, no qual os atendimentos às mulheres são maioria, totalizando aproximadamente 70% do público atendido. Em 2019, o Programa realizou cerca de 32.900 atendimentos. Entre os casos de violência atendidos, 45,2% envolvem violência doméstica e familiar contra a mulher e 17,1%, violência intrafamiliar. Ao intervir de forma preventiva e/ou no enfrentamento à violência contra a mulher, o programa esclarece direitos, media conflitos e intervém em busca da proteção da mulher que relata risco à sua vida. Esclarece, ainda, junto às mulheres, direitos relacionados ao ciclo da violência, como reivindicações de paternidade, pensão de alimentos etc.

Para além do trabalho de prevenção e enfrentamento realizado com as mulheres, a Sejusp também atua com homens agressores. Por meio do programa Central de Acompanhamento de Alternativas Penais (Ceapa), homens processados e julgados por crimes relacionados à Lei Maria da Penha são encaminhados pela Justiça para participar de grupos reflexivos de responsabilização sobre os atos cometidos. Durante os encontros, várias temáticas são discutidas e experiências trocadas, a fim de que os participantes se reconheçam como autores responsáveis pela violência praticada e possam, assim, modificar seu comportamento. Em 2019, um total de 1.449 homens passaram pelo programa, participando das ações de responsabilização.

Em novembro último, o governo capacitou 500 profissionais homens da segurança que trabalham com a temática violência contra a mulher. A ideia foi qualificar o atendimento prestado às vítimas, a partir da sensibilização destes homens responsáveis, muitas vezes, pelo primeiro contato e atendimento das mulheres após o crime. A capacitação contou com profissionais da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) que estudam a temática e contribuirão com o treinamento dos profissionais da segurança pública, policiais militares e civis. Ainda este mês, outra capacitação similar será realizada pela Subsecretaria de Prevenção à Criminalidade, da Sejusp. Desta vez, a temática será feminicídio.

Também participaram do evento de lançamento do programa o comandante-geral do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, coronel Edgard Estevo, a subsecretária de Prevenção à Criminalidade, Andreza Gomes, e o diretor-geral do Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG), Rodrigo Machado.


Coordenação: Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp).

Atores da Sejusp envolvidos: Subsecretaria de Inteligência e Atuação Integrada (Suint), Subsecretaria de Prevenção à Criminalidade (Supec) e Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen MG).

Demais atores envolvidos em pelo menos um dos três eixos do programa: Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Defensoria Pública de Minas Gerais, Polícia Civil de Minas Gerais, Polícia Militar de Minas Gerais, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese).

 Agência Minas

Melhorias: pesquisa aponta inovações em tratamento ocular

Foto: Juraj Varga/Pixabay


Funed apresenta novidades para tratar a uveíte, terceira maior causa de cegueira no mundo


A Fundação Ezequiel Dias (Funed) apresenta pesquisas que podem trazer melhorias para pacientes que realizam tratamentos oculares para a uveíte e para a degeneração macular relacionada à idade. A inovação é o diferencial de estudos de doenças sérias e que podem levar à cegueira.

Uma das pesquisas prevê o uso do medicamento Talidomida para tratamento da uveíte. Já a outra novidade consiste em um implante biodegradável para administração intraocular de fármacos, cuja patente é a mais recente registarada pela fundação.

Pesquisa

A uveíte é uma doença inflamatória que acomete especificamente as regiões da íris, corpo ciliar e coroide do olho. Em alguns casos, pode também atingir a retina e o nervo óptico. Trata-se da terceira maior causa de cegueira no mundo e apresenta importante impacto socioeconômico devido às complicações, que encurtam a capacidade produtiva dos indivíduos, prejudicam a qualidade de vida dos pacientes e oneram os serviços de Saúde Pública.

Pesquisadores da Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD) da Funed, em parceria com pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), realizaram estudo sobre o uso da Talidomida - medicamento produzido com exclusividade pela Funed - para o tratamento da uveíte. “Embora os corticoides sejam considerados os fármacos de escolha para o tratamento da doença, seu uso prolongado causa sérios efeitos adversos, independentemente da via de administração utilizada”, explica Sílvia Fialho, diretora da DPD e uma das responsáveis pelo estudo, junto com as também pesquisadoras da Funed, Luciana Silva e Maria Carolina Guerra.

Na pesquisa, o fármaco com atividades anti-inflamatória e antiangiogênica - agente que inibe ou reduz a formação de novos vasos sanguíneos a partir de vasos preexistentes - foi aplicado com nova proposta. “No trabalho, um modelo efetivo para o estudo de inflamações oculares de baixo custo foi desenvolvido. A Talidomida, após administração intravítrea, constitui uma potencial terapia para o tratamento de uveítes em substituição ao uso de corticoides”, ressaltou a pesquisadora Sílvia Fialho. A pesquisa realizada está relatada em artigo publicado no jornal International Immunopharmacology. Para ler o artigo, clique aqui.

Nova patente

Também na área de inovações em tratamento ocular, a Funed acaba de depositar a patente “Implante biodegradável revestido por nanofibras poliméricas para administração intraocular de fármacos” no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi). A nova tecnologia pode ser usada para induzir o medicamento para tratar e controlar doenças oculares associadas à angiogênese - processo de crescimento de novos vasos sanguíneos a partir dos já existentes - tal como a degeneração macular relacionada à idade. A doença ocular crônica causa danos à área central da retina e é considerada a principal causa mundial de cegueira irreversível em adultos.

Como funciona?
No tratamento atual com maior índice de melhora da acuidade visual, recomenda-se a administração mensal de injeções intraoculares de agentes anti-VEGF (fator de crescimento vascular endotelial), que ocasionalmente podem ser combinadas com outros fármacos para obtenção de um melhor resultado.

A frequência de injeções intravítreas, no entanto, pode causar sérios efeitos adversos.

Já a nova tecnologia desenvolvida pela Funed prevê o uso de sistemas de liberação prolongada, alternativa importante para a eficiência no tratamento de doenças que acometem o segmento posterior do olho, com redução de efeitos adversos.

Segundo a equipe envolvida na pesquisa, os implantes biodegradáveis podem ser usados no tratamento da degeneração macular relacionada à idade com o diferencial de reduzir os riscos relacionados às frequentes injeções intraoculares.

(Agência Minas)

Confira: inscrições para os Jogos Escolares de Minas Gerais estão abertas

Foto: Tiago Ciccarini/Divulgação


Municípios têm até 27/3 para garantir vaga no maior evento esportivo escolar do estado


Estão abertas as inscrições para os Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg) 2020. Municípios interessados em participar da competição deverão se inscrever pelo site jogosescolares.esportes.mg.gov.br até 27/3. A competição é realizada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), por meio da Subsecretaria de Esportes, e pela Secretaria de Estado de Educação (SEE). A execução é de responsabilidade da Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (FEEMG).

Participam do Jemg jovens de 12 a 17 anos das escolas públicas e particulares do estado. No ano passado, 839 dos 853 municípios mineiros participaram da maior competição escolar de Minas Gerais.

As modalidades disponíveis no Jemg 2020 são: atletismo, atletismo para pessoas com deficiência (PCD), badminton, basquete em cadeira de rodas, basquetebol, bocha, ciclismo, futsal, futebol de 5 (masculino), futebol de 7 (masculino), ginástica artística, ginástica rítmica (feminino), goalball, handebol, judô, judô PCD, natação, natação PCD, parabadminton, taekwondo, tênis de mesa, tênis de mesa PCD, tênis em cadeira de rodas, voleibol, voleibol de praia, voleibol sentado e xadrez (masculino e feminino).

Os Jogos Escolares de Minas Gerais buscam fomentar a prática do esporte para fins educativos e contribuir para o desenvolvimento integral do estudante, estimulando o pleno exercício da cidadania e a prática esportiva nas instituições de ensino fundamental e médio das redes públicas e particulares.

A seletiva mineira também indica representantes do estado nos Jogos Escolares da Juventude e Paralimpíadas Escolares, competições nacionais promovidas pelo Comitê Olímpico do Brasil e pelo Comitê Paralímpico Brasileiro, respectivamente

(Agência Minas)

Uma delas em Belo Oriente: Polícia registra duas tentativas de homicídio no Vale do Aço

Reprodução

Crimes foram em Braúnas e Belo Oriente nesse domingo (8) e até o momento, ninguém foi preso; vítimas foram baleadas no rosto e no tórax.


A polícia procura os suspeitos de envolvimento em duas tentativas de homicídio no Vale do Aço, nesse domingo (8). Os crimes foram em Braúnas e em Belo Oriente, e as duas vítimas foram baleadas no rosto.

Em Braúnas, um homem de 28 anos foi baleado no rosto e no tórax na Rua Professora Josina Alves Barroso. Ele estava consciente e disse à polícia que suspeita que o mandante do crime foi um traficante da cidade, que lhe devia R$ 150.

Segundo a PM, o homem foi socorrido por terceiros para o posto de saúde municipal e depois, foi encaminhado ao Hospital em Ipatinga.

Belo Oriente

Em Belo Oriente, um homem de 31 anos foi baleado no rosto na Rua Primeiro de Março. A PM fazia um patrulhamento quando encontrou a vítima ferida pedindo socorro. Ele foi levado para o Pronto Socorro em Ipatinga, onde foi constatada uma perfuração próxima do nariz. O estado de saúde é estável.

Enquanto a vítima era socorrida, os militares iniciaram rastreamento em busca dos autores e visualizaram dois suspeitos em uma motocicleta. Houve perseguição e os autores não obedeceram as ordens de parada da polícia.

Posteriormente, um deles saltou da motocicleta e atirou contra os policiais, que revidaram. Em seguida, ele deixou a arma cair no chão e fugiu por um matagal. A PM informou que o armamento foi apreendido e não sabe se o autor foi atingido.

(G1 dos Vales)

No campo do Tatu: Limoeiro se reabilitou com vitória sobre o Valencia

Foto: Divulgação/Limoeiro 


A rede balançou em duas oportunidades 


O Limoeiro se reabilitou em seus compromissos pelos amistosos do futebol regional. O time ipatinguense bateu o Valencia por 2 a 0, na tarde do último sábado, no conhecido campo do Tatu.

Os gols da vitória foram anotados por Robson e Douglinhas.