sábado, 18 de abril de 2020

No México, desportistas ignoram distanciamento social e realizam a Copa Covid-19

Foto: Reprodução/Twitter
Ignorando a quarentena e o distanciamento social, em Tuxpec, que fica no Estado de Oaxaca, no México, desportistas realizaram a Copa Covid-19. Exatamente isso. Colocaram na competição em disputa, o nome do coronavírus (COVID-19), que é uma doença infecciosa causada por um novo vírus. Vem assolando os mais diversos países do mundo.

Ele causa problemas respiratórios semelhantes à gripe e sintomas como tosse, febre e, em casos mais graves, dificuldade para respirar. Os amantes da bola da localidade optaram pelo polêmico nome para realizar o evento. Em um dos jogos da competição, entre Jardines del Arroyo e Abogados, um atleta precisou de ser atendido após deslocar o ombro.

Nas redes sociais, no México, a indgnação tomou conta por causa da realização da Copa Covid-19. "Definitivamente será muito difícil sair dessa pandemia no México. Muitos não levam a sério", disse um internauta.

Cemig recebe multa de R$ 13 milhões por cobrança indevida e atraso no atendimento

Divulgação/Cemig
A Cemig foi notificada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de uma multa de R$ 13 milhões. Entre os motivos da punição está cobrança indevida e atraso no atendimento a pedidos de conexão feitos para atividades de micro e mini geração de energia.

Essas pequenas produtoras independentes de energia, principalmente pequenas usinas de energia solar, ficaram na fila aguardando ligação na rede de distribuição de energia da Cemig e não estavam sendo atendidas em tempo hábil, o que geraria atraso no atendimento.

Segundo Walter Froes, que representa a Associação Brasileira de Comercializadores de Energia (Abracel), a demora no atendimento prejudica os consumidores e o desenvolvimento do estado. "Foi uma decisão já aguardada há muito tempo. A Cemig vem se portando de uma maneira negativa, dificultando as conexões. Finalmente a Aneel tomou posição clara sobre ilegalidade da ação da Cemig", destacou.

Os 13 milhões correspondem a 0,078% do faturamento da distribuidora entre os meses de dezembro de 2018 e novembro de 2019.

São três punições. A primeira, no valor de R$ 1,94 milhão, foi aplicada por descumprimento das regras e procedimentos estabelecidos para a implantação ou operação das instalações de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica porque verificou-se que 26% das solicitações não foram atendidas em tempo hábil.

Dentre as cidades prejudicadas, segundo Aneel, Tirantes, Patos de minas, Timóteo, Teófilo Otoni, Três Marias, Governador Valadares, Uberlândia, Juiz de fora, Patos de Minas e Belo Horizonte.

A segunda multa é R$ 5,54 milhões por não estabelecer novas instalações e ampliar as já existentes de indústrias em Minas.

A terceira multa, de R$ 6,13 milhões, foi aplicada por cobranças indevidas repassadas ao consumidor, de acordo com a agência, em casos de obras de conexão. Pela regulamentação da Aneel, a Cemig tem que atender gratuitamente a solicitação de fornecimento para unidade consumidora, cuja carga instalada seja menor ou igual a 50 kW. Além da multa, segundo a Aneel a Cemig terá que devolver, em dobro e corrigido, todos os valores pagos a mais pelos clientes.

Resposta

A Cemig informou que recebeu o auto de infração e que analisa a situação para se posicionar junto à Aneel dentro de prazo estipulado.

Rádio Itatiaia

Na Nicarágua, definidos dois semifinalistas, repescagem e um descenso

Foto: Liga de Primera/Divulgação/Rede social
A bola segue rolando solta em Nicarágua. O Campeonato Nacional teve neste sábado sua última rodada (18ª) da fase de classificação, Torneio Clausura 2020. O Chinandega perdeu em casa para o Ocotal por 3 a 2; o Diriagen bateu o Real Madriz por 3 a 1; o ART Jalapa acabou derrotado em casa pelo Real Estelí por 2 a 1; o Managua FC levou a melhor sobre o Walter Ferretti vencendo por 1 a 0.

Já o duelo entre La Sabanas e Juventus Managua ficou empatado por 1 a 1. Se classificaram diretos para a fase semifinal, Managua e Real Estelí. O Managua terminou na primeira colocação com 42 pontos ganhos. O Real Estelí encerrou com 35.

Já do terceiro colocado ao sexto (quatro equipes) disputam uma repescagem para se saber quais os outros dois classificados para a semifinal. O La Sabanas retornou para a segunda divisão. A equipe ficou na última colocação (10º lugar) e teve queda direta. O penúltimo colocado na classificação geral ainda disputará sua permanência na elite em um play-off contra o vice-campeão da segundona. 

Comércio de Belo Oriente abrirá no feriado de Tiradentes

Divulgação
Em um momento delicado para a economia, todo comerciante busca meios para alcançar suas metas e se recuperar do que podemos chamar de "período de crise". Com o feriado do dia de Tiradentes chegando, no próximo dia 21, comerciantes da cidade de Belo Oriente irão abrir as portas para atender os clientes, segundo nota destacada pela Associação Comercial e Empresarial de Belo Oriente.

Nota abaixo da Associação Comercial:

Em consonância com a Medida Provisória n° 927, de 22 de março de 2020, adotada pelo governo federal para viabilização de medidas de enfrentamento e combate aos impactos sofridos com as paralisações em virtude ao Corona Vírus(Covid-19), a ACE/CDL Belo Oriente informa que há uma possibilidade de compensação do saldo do banco de horas para utilização nos feriados do dia 21 (Tiradentes) e 1º de maio (Dia do Trabalhador).

Diante disso, as entidades convocam os lojistas a abrirem seus estabelecimentos nos horários de 10h às 16h nos próximos feriados para tentarem recuperar o prejuízo causado pelo Covid-19.

Os logistas que optarem por abrir seus estabelecimentos comerciais nos feriados, orientamos que divulguem nas suas mídias sociais, sendo uma forma de atrair mais clientes a fazerem compras no comércio.

O funcionário que for trabalhar deverá ser notificado com antecedência de 48 horas, ou seja, para o feriado do dia 21, até às 10h, do dia 19 de abril (domingo). A notificação poderá ser por escrito, por meio eletrônico ou por WhatsApp, sendo fundamental a confirmação do recebimento.

A ACE/CDL se coloca a disposição para maiores informações!

Romeu Zema sanciona Projeto de Lei que institui uso obrigatório de máscaras de proteção no estado

Foto: Pedro Gontijo/Imprensa MG
Medida deve ser cumprida por profissionais que prestam atendimento a clientes e usuários de serviços públicos e privados

O governador Romeu Zema sancionou, nesta sexta-feira (17/4), o projeto de lei que torna obrigatória a utilização de máscaras de proteção no estado. O texto, aprovado ontem pelo Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), prevê que a medida seja cumprida por profissionais que prestam atendimento ao público em órgãos e entidades públicos, nos sistemas penitenciário e socioeducativo, nos estabelecimentos comerciais, industriais, bancários, rodoviários e metroviários, nas instituições de acolhimento de idosos, nas lotéricas e nos serviços de transporte público e privado de passageiros de competência estadual.

Todos os órgãos, entidades e estabelecimentos contemplados pelo projeto de lei deverão fornecer as máscaras e os demais itens de prevenção e proteção gratuitamente aos seus funcionários. Também deverão ser disponibilizados nesses ambientes outros recursos necessários para a prevenção da pandemia causada pelo coronavírus, enquanto perdurar em Minas Gerais o estado de calamidade pública causado pela doença.

“É uma medida de prevenção muito acertada, que vai contribuir para o combate da pandemia do coronavírus. Até o momento, Minas Gerais está combatendo muito bem esse inimigo. A nossa curva está cada vez menos inclinada, o que demonstra o comprometimento do povo mineiro com a causa. Eu tenho certeza que muitas pessoas estão privadas daquilo que gostariam de fazer, mas o pior está ficando para trás e dias melhores virão. Minas tem feito um trabalho exemplar. E, como disse no dia da inauguração da primeira fase do Hospital de Campanha, construído no Expominas, em Belo Horizonte, eu gostaria muito que ele não fosse utilizado, porque isso vai demonstrar que as nossas medidas de prevenção foram mais do que suficientes para conduzir essa crise”, afirmou Zema, em transmissão ao vivo pelas redes sociais.

A sanção aconteceu durante a coletiva de imprensa para atualização dos dados sobre a pandemia do coronavírus em Minas Gerais, realizada diariamente com a presença do secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral. Nesta sexta-feira, o chefe da pasta ressaltou a importância de seguir as medidas de proteção, para conter a disseminação do vírus.

“É preciso respeitar os cuidados recomendados, como lavar as mãos e usar máscaras de proteção. Precisamos lembrar que, em Minas Gerais, já estamos em condição de contágio comunitário, com o vírus circulando. Pedimos que as pessoas sigam as determinações, pois estamos fazendo o melhor com o conhecimento que temos e dentro do há na literatura”, explicou o secretário.

Também participaram da transmissão o secretário de Governo, Igor Eto, e o secretário adjunto de Saúde, Marcelo Cabral.

Agência Minas

Brasil tem 36,5 mil casos de coronavírus e 2,3 mil mortes registradas

Ministério registrou 2.917 novos casos e 211 mortes

O Ministério da Saúde divulgou hoje (18) novos números sobre a pandemia do novo coronavírus (covid-19) no país. De acordo com levantamento diário feito pela pasta, o Brasil tem 36.599 casos confirmados da doença e 2.352 mortes foram registradas. A taxa de letalidade é de 6,4%.

Nas últimas 24 horas, o ministério registrou 2.917 novos casos e 211 mortes.

O número de recuperados não foi atualizado e permanece em 14.026, que representa cerca de 50% dos infectados. Os últimos dados sobre as pessoas curadas foram divulgados na quarta-feira (15).

A Região Sudeste registra 55,9% (20.466) dos casos confirmados da doença. Em seguida, aparecem as regiões Nordeste (8.507), Norte, (3.416), Sul (2.738) e Centro-Oeste (1472)

No dia 11 de março, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou pandemia de coronavírus em todos os países. O termo é usado quando uma epidemia – grande surto que afeta uma região – se espalha por diferentes continentes com transmissão sustentada de pessoa para pessoa.

Agência Brasil

Homem surta, mata a mulher, persegue filho dela e é preso ao tentar roubar ônibus

Um homem foi preso após matar a esposa, de 56 anos, com uma facada no pescoço, perseguir o enteado de 16 anos, roubar uma motocicleta e tentar roubar um ônibus em uma garagem. O caso aconteceu em Betim, na Grande BH, na noite de sexta (17), sendo finalizado na capital.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito de 36 anos procurou um batalhão da PM alegando que estava sendo perseguido. Em contato com a esposa do suspeito, ela disse que o marido estava em surto, e não tinha ninguém atrás dele.

O homem foi liberado e voltou para casa. Entretanto, lá, atacou a esposa com uma facada no pescoço e foi para cima do enteado adolescente. O jovem saiu correndo para a rua pedindo socorro, enquanto era perseguido.

O suspeito acabou roubando uma moto e seguiu rumo a Belo Horizonte, parando em uma empresa de ônibus. Ele tentava roubar o coletivo quando foi preso pela PM.

A mulher do suspeito chegou a ser socorrida para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Juscelino Kubitschek, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de ser atendida.

A Polícia Civil irá assumir as investigações do caso.

Hoje em Dia

José Dalai Rocha revela cobranças, mas garante que no Cruzeiro, agora, a Justiça é para todos

Foto: Vinnícius Silva/Cruzeiro
Recuperado do coronavírus, o presidente do Cruzeiro, José Dalai Rocha, experimenta neste sábado (18) a repercussão pela assinatura na última sexta-feira (17) do ato proposto pela Comissão de Ética do clube, que resultou na expulsão de cerca de 30 conselheiros, pois eles trabalharam ou receberam do clube na gestão Wagner Pires de Sá, o que é proibido pelo Estatuto.

“Estou recebendo tanta mensagem horrorosa. Perguntando sobre gratidão. Tem de fazer com todos, ou não faço com ninguém. Vamos enfrentar e fazer, enquanto podemos fazer. Foram os atos que mais me doeram assinar. São pessoas de quem gosto, conheço as famílias, em alguns casos, mas o Estatuto é claro que se perde o cargo. Não é uma possibilidade. É uma norma impositiva. Por que essas pessoas fizeram isso?”, revela Dalai.

O dirigente reforça que não cabia a ele participar do processo que resultou nessas expulsões e que tudo correu sem interferências e dentro da lei: “Foi oferecido o direito de defesa a todos eles. Tanto que dois apresentaram argumentos válidos e seguem no Conselho. Inclusive, estou escrevendo agora um artigo e o título dele é: Justiça para todos?”.

O presidente cruzeirense, que foi juiz, conta sua atuação no interior do Estado e sua postura em relação ao cargo. “Quando começava numa cidade, tinha filhos jovens, sempre tomava um café com o delegado e avisava a ele, que qualquer confusão em que eles estivessem envolvidos, queria que fossem os primeiros a ser presos, e os últimos soltos. Graças a Deus, isso nunca aconteceu, pois meus filhos nunca me deram problema, e isso porque aprenderam em casa”, conta o presidente cruzeirense.

Ressarcimento

A expulsão do Conselho é a única punição imposta aos conselheiros que receberam da última diretoria do clube. O ressarcimento dos valores não é possível, pois segundo Dalai “eles, pelo menos teoricamente, prestaram serviços”.

O dirigente revela que é diferente das irregularidades que estão sendo apuradas. “Não é ato de má fé. Para esses, o Estatuto prevê sim o ressarcimento. E isso está sendo investigado. A Kroll deve apresentar resultados em breve. Tem uma cláusula de confidencialidade que não podemos dar informação nenhuma, mas o que a gente mais anseia é o resultado. O Cruzeiro foi assaltado. A Polícia Civil e Ministério Público também estão trabalhando. Agora, tudo está mais difícil, mas teremos resultado”, afirma o mandatário celeste.

Neste momento de crise do Cruzeiro, Dalai relata que tem recebido muitas mensagens, antes mesmo da decisão de assinar a expulsão dos conselheiros. “Recebo e-mails me chamando de velho safado, mandando voltar para o asilo, de onde nunca deveria ter saído. Estamos lutando para deixar o Cruzeiro melhor do que encontramos. Temos várias vertentes. Tudo o que quero é isso. Voltar para o meu asilo. Mas antes precisamos tratar o futuro do Cruzeiro com seriedade”, afirma o dirigente.

Hoje em Dia

sexta-feira, 17 de abril de 2020

Há 15 anos, o Ipatinga batia o Cruzeiro no Mineirão e levantava a taça inédita de campeão mineiro

Foto: Divulgação/IFC
Em 2005, o Ipatinga levantava a taça de campeão mineiro, após bater o Cruzeiro na decisão, por 2 a 1. Um dia histórico e que ficou cravado na mente do mais apaixonado torcedor do Quadricolor do Vale do Aço. Rodrigo Posso; Luizinho, William, Irineu e Beto; Fahel, Leandro Salino, Léo Medeiros e Paulinho; Walter Minhoca e Kanu. Esse foi o time que entrou em campo e colocou a mão no caneco.

O jogo foi realizado no dia 17 de abril. Era uma tarde de domingo. Comandado por Ney Franco, foi só alegria pelos lados do Tigre. Segundo a Cruzeiropédia, o público pagante foi de: 52.816 torcedores. Renda: R$ 44.285,00. O jogo teve a arbitragem de Alício Pena Júnior. Fred anotou o gol do Cruzeiro; William e Léo Medeiros marcaram em favor do Ipatinga.

Além do título do Campeonato Mineiro de 2005, o Ipatinga foi campeão mineiro do interior em quatro oportunidades (2000, 2005, 2006 e 2010), bicampeão da Taça Minas Gerais (2004 e 2011), campeão do Módulo II do Campeonato Mineiro (2009) e campeão do Campeonato Mineiro da Terceira Divisão (2017).

O Ipatinga tem entre outras coisas relacionadas a sua história gloriosa, ter sido vice-campeão brasileiro da Série B 2007, terceiro colocado da Copa do Brasil 2006, vice-campeão mineiro 2002, 2006 e 2010, vice do Módulo II de 1999, vice da Terceira Divisão Mineira em 1998 e vice-campeão Taça Minas Gerais: 2000.

Confira as escalações de Cruzeiro e Ipatinga na final do Mineiro de 2005:

Cruzeiro

1. Fábio
2. Ruy
3. Edu Dracena (Patrick)
4. Marcelo Batatais
5. Athirson
6. Diogo Mucuri (Jean)
7. Maldonado
8. Marabá
9. Kelly (Adriano Gabiru)
10. Lopes
11. Fred
Técnico: Levir Culpi

Ipatinga

1. Rodrigo Posso
2. Luizinho (Léo Silva)
3. William
4. Irineu
5. Beto
6. Fahel (Mancuso)
7. Leandro Salino
8. Léo Medeiros
9. Paulinho
10. Walter
11. Kanu
Técnico: Ney Franco

Cruzeiro anuncia a contratação do meia Régis

Foto: Divulgação/Cruzeiro
Por meio de seu site oficial, o Cruzeiro confirmou a contratação do meia Régis. O jogador estava no Bahia.

Abaixo a informação:

O Cruzeiro Esporte Clube anunciou, na tarde desta sexta-feira, o acerto com o meia Régis, de 27 anos. O novo reforço estava no Bahia e chega à Toca da Raposa II por empréstimo por uma temporada, com opção de renovação por mais um ano.

Natural de Turmalina, interior de São Paulo, Régis foi formado nas categorias de base do São Paulo. Conta ainda com passagens pela Chapecoense, Sport, Palmeiras, Corinthians e Al-Wehda, da Arábia Saudita.

Pelo Bahia, conquistou a Copa do Nordeste em 2017, competição em que foi o artilheiro, com seis gols anotados em 11 jogos, e eleito craque do torneio.

“Muito feliz com a oportunidade de vestir a camisa de um gigante como o Cruzeiro. Desde o começo, nas primeiras conversas, já fiquei honrado com o interesse do clube e agora estou muito feliz que se concretizou. Todo mundo sabe da importância que o Cruzeiro tem no Brasil. Um clube de muita tradição, com uma torcida apaixonada. Chego com muita vontade de colocar o clube no seu devido lugar e fazer história com essa camisa. Estou motivado e preparado para o desafio. Bora, Cabuloso”, comentou o meia.

RÉGIS

Nome completo: Régis Augusto Salmazzo

Data de nascimento: 30/11/1992

Naturalidade: Turmalina-SP

Posição: Meio-campo

Altura: 1,70m

Carreira: São Paulo (2008-2012), Paulista-SP (2013), América-RN (2013), Chapecoense (2014), Sport (2014-2015), Palmeiras (2016), Bahia (2016-2018), Al-Wehda (Arábia Saudita) (2019), Corinthians (2019), Bahia (2020) e Cruzeiro (desde 04/2020).

Títulos: Copa do Nordeste (2017), Campeonato Baiano (2018) e Campeonato Paulista (2019)

Ipatinga tem o sétimo caso de Covid-19 confirmado pela prefeitura

Segundo o município, trata-se de um homem de 49 anos que apresentou sintomas de gripe.

A Prefeitura de Ipatinga confirmou nesta sexta-feira (17) o sétimo caso de Covid-19 no município. Até essa quinta-feira (16), cinco já estavam curados.

Segundo a prefeitura, trata-se de um homem de 49 anos que apresentou sintomas de gripe, no início do mês, e procurou atendimento num hospital da cidade.

O município informou ainda que a coleta do material para exame foi feita no dia 9 de abril. O paciente está em isolamento domiciliar e o período de quarentena dele se encerra no dia 22 deste mês.

G1 dos Vales

Prefeitura de Coronel Fabriciano confirma mais dois casos de Covid-19; três em um dia

Segundo o município, trata-se de dois jovens de 17 e 21 anos. A prefeitura informou que novas medidas restritivas podem ser tomadas, caso haja necessidade.

A Prefeitura de Coronel Fabriciano confirmou na tarde desta sexta-feira (17) mais dois casos positivos para Covid-19. Agora, são seis casos confirmados da doença na cidade.

Segundo o município, trata-se de dois jovens de 17 e 21 anos. Os dois passam bem e estão em isolamento domiciliar. Em nota, a prefeitura informou que os pacientes foram orientados quanto à quarentena e que os familiares estão sendo monitorados.

Um terceiro caso foi confirmado no início da tarde desta sexta-feira. Um homem de 37 anos que está com os sintomas leves da doença e que também está em isolamento domiciliar.

A prefeitura disse também que caso haja necessidade, tomará medidas restritivas para o comércio e circulação de pessoas.

“A Administração Municipal orienta todos os cidadãos a manter o isolamento social, reforçando as medidas de higienização e evitar qualquer tipo de aglomeração. Aos idosos e portadores de doenças imunossupressoras, a RECOMENDAÇÃO EXPRESSA é de ficar em casa”, finalizou a nota.

G1 dos Vales

Sobre coronavírus: confira os números atualizados nesta sexta-feira em Belo Oriente


Nesta sexta-feira, 17 de abril, saiu mais um Boletim Epidemiológico de Belo Oriente sobre os casos de coronavírus. Confira os números conforme destacados pela Secretaria Municipal de Saúde de Belo Oriente e Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais.

Em Belo Oriente: ossada encontrada pode ser de homem que desapareceu no ano passado

Foto: Reprodução
Nas proximidades de uma fazenda, que fica na zona rural de Belo Oriente, foi localizada uma ossada humana. Um morador teria se deparado com a ossada, ao procurar em uma grota, raízes para fazer chá.

A Polícia Civil foi informada e a perícia acionada. O morador que encontrou a ossada, procurou a polícia e relatou o fato. No local, foram recolhidos uma camisa, uma bermuda, uma cueca, um par de chinelos, além de um molho de chaves.

Há suspeita que os restos mortais possam ser de Sérgio da Cruz Hermógenes, popularmente conhecido na cidade de Belo Oriente, como Serginho. O rapaz de 34 anos desapareceu no último ano, e desde então, seus familiares buscam informações sobre seu paradeiro. Os restos mortais serão submetidos a exames.

Alemanha diz que pandemia está sob controle

Total de contágios caiu, afirma ministro da Saúde

O ministro da Saúde da Alemanha, Jens Spahn, afirmou hoje (17) que a pandemia da covid-19 está atualmente "sob controle" no país e que o número de contágios diminuiu significativamente.

"Podemos dizer que conseguimos passar do crescimento dinâmico [do número de contágios] para o linear, já que a taxa de infecção caiu", explicou. Ele adiantou que a Alemanha já testou 1,7 milhão de pessoas até o momento.

A nível global, a doença provocou mais de 145 mil mortes e infectou mais de 2,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 465 mil doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado em dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater o coronavírus, os governos decretaram o isolamento, fecharam o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores da economia mundial.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, alguns países começaram a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos, como Dinamarca, Áustria e Espanha, a reduzir algumas dessas medidas.

Agência Brasil

Caixa paga hoje auxílio emergencial para 3,3 milhões de pessoas

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil 
Auxílio começará a ser sacado em dinheiro no próximo dia 27

A Caixa Econômica Federal paga hoje (17) a 1.359.786 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do Número de Identificação Social - NIS - é igual a 2.

Também nesta sexta-feira, ela deposita o auxílio emergencial de R$ 600 para 1.958.268 de pessoas nascidas em setembro, outubro, novembro e dezembro (inscritas no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família).

O crédito será feito na conta poupança digital da Caixa aberta pelo banco para cada beneficiário.

Saque em dinheiro

O auxílio emergencial começará a ser sacado em dinheiro no próximo dia 27. Os saques ocorrerão conforme o mês de nascimento do beneficiário. A medida visando reduzir os efeitos do coronavírus na economia brasileira.

As retiradas ocorrerão no dia 27 para os nascidos em janeiro e fevereiro, no dia 28 para os nascidos em março e abril, dia 29 para os nascidos em maio e junho e no dia 30 para os nascidos em julho e agosto. Em maio, será a vez de os nascidos em setembro e outubro sacar o benefício no dia 4; e os nascidos em novembro e dezembro, no dia 5.

O dinheiro poderá ser retirado sem a necessidade de cartão em casas lotéricas, caso elas estejam abertas, e em caixas eletrônicos.

A Caixa informou que não é necessário retirar o dinheiro porque o valor depositado na poupança digital pode ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, para pagamento de boletos e contas domésticas e para transferências ilimitadas para contas da Caixa, permitindo até transferências mensais gratuitas para outros bancos nos próximos 90 dias.

Bolsa família

Os beneficiários do Bolsa Família começam a receber o auxílio emergencial hoje, nos casos em que o valor é mais vantajoso que o recebido pelo programa de transferência de renda.

O pagamento será feito para os beneficiários com Número de Identificação Social – NIS 1. Amanhã, será a vez de 1.359.786 famílias com NIS 2. Os valores serão creditados de acordo com o NIS até o dia 30 deste mês, quando será pago para aqueles com NIS 0.

Agência Brasil

Uefa terá reunião na próxima quinta para debater torneios, e Champions pode terminar em 29 de agosto

Foto: UEFA/Divulgação
Comitê Executivo terá encontro por videoconferência para analisar situação dos campeonatos. Jornal inglês diz que Uefa planeja decisão da Liga dos Campeões em 29 de agosto

A Uefa confirmou nesta quinta-feira que se reunirá mais uma vez na próxima semana para analisar a situação dos campeonatos paralisados em todo o continente por conta da pandemia do coronavírus. A nova videoconferência do Comitê Executivo da entidade ocorrerá na próxima quinta-feira, 23 de abril. Após o encontro, um comunicado deve ser emitido para tornar públicas as deliberações.

Na terça, haverá uma "sessão de esclarecimento" para os representantes das 55 federações que fazem parte da Uefa. A organização vem tentando apontar para os países-membros que a prioridade do calendário europeu será a realização das ligas nacionais para, depois, serem organizados os jogos restantes das competições continentais.

Segundo o jornal inglês "Telegraph", a finalíssima da Liga dos Campeões, que acontecerá em Istambul, na Turquia, pode ser adiada para 29 de agosto como resultado da crise. A decisão da Liga Europa, em Gdansk, na Polônia, foi provisoriamente marcada para 26 de agosto.

Como os países europeus vivem situações distintas com relação à pandemia da Covid-19, ainda não há um prazo definido para que os torneios sejam retomados. Entretanto, a Uefa pretende evitar que as ligas sejam encerradas sem a conclusão de todas as rodadas, como ocorreu no Campeonato Belga, que apontou o Brugge como campeão. A princípio, a federação local deve voltar atrás na decisão e ter uma nova assembleia.

A primeira medida da Uefa para abrir espaço no calendário para a realização dos jogos adiados foi passar a Eurocopa para 2021, deixando os meses de junho e julho livres para a utilização pelos clubes. A princípio, o desejo da confederação é concluir o calendário 2019/20 até agosto, visando minimizar o impacto na temporada 2020/21.

Mas como ainda não foram concluídas as oitavas de final da Champions e também da Liga Europa, e a preferência de muitos clubes é primeiro encerrar as competições nacionais, é provável que a indefinição se estenda até agosto. As quartas de final aconteceriam no fim de julho.

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, no entanto, já descartou a possibilidade de os jogos invadirem o mês de setembro.

Globo Esporte

quinta-feira, 16 de abril de 2020

Áustria é cotada para abrir temporada da F1, que pode ter três corridas em Silverstone

Foto: Getty Imagens 
Dando sequência a uma série de videoconferências, os chefes das equipes, a F1 e a FIA se encontraram mais uma vez nesta quinta-feira numa reunião considerada "construtiva"

Dando sequência a uma série de videoconferências os chefes das equipes, da F1 e da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) se encontraram novamente nesta quinta-feira numa reunião de quatro horas a qual taxaram de construtiva ao final do encontro.

Um dos principais tópicos diz respeito ao calendário da categoria em 2020, que já teve nove etapas canceladas ou adiadas até o momento por causa da pandemia de coronavírus. Neste último encontro, o GP da Áustria ganhou força para abrir a temporada, já que a França restringiu ainda mais a realização de eventos públicos, enquanto o país vizinho, sede do RBring, começou a afrouxar a quarentena.

Outro aspecto que foi discutido no tópico calendário foi a realização de três corridas em Silverstone no período de quatro fins de semana. Isso serviria para reduzir a necessidade de viagens (por causa das restrições de diversos países e pelos custos envolvidos), já que sete dos dez times tem sedes na Inglaterra.

As corridas no circuito inglês seriam realizadas com dois traçados distintos. Contudo, a sugestão de usar a pista com o traçado reverso não foi vista com bons olhos em função do alto custo para readequar barreiras de proteção e áreas de escape para atender padrões de segurança.

Limite orçamentário

Em pauta também estava o limite orçamentário previsto para o ano que vem, que originalmente era de US$ 175 milhões (R$ 920 milhões) e já foi reduzido para US$ 150 milhões (R$ 785 milhões). Alguns times, como a McLaren, queria ver o valor cair ainda mais até chegar em US$ 100 milhões (R$ 525 milhões). Mas os três times de ponta seguem reticentes à mudança em função dos cortes de pessoal necessários a não antecipados para se adequar ao valor.

Então o cenário mais provável, ainda que não definido, é de um limite de US$ 145 milhões (R$ 760 milhões) para 2021 - US$ 30 milhões (R$ 155 milhões) a menos que o plano original - e uma redução para US$ 130 milhões (R$ 680 milhões) em 2022. Uma mudança gradual permitiria que os times pudessem se adequar de forma mais suave, além de garantir verba extra no ano que vem para o desenvolvimento dos novos carros.

É importante ressaltar que a quantia de US$ 130 milhões foi a primeira sugerida pela F1 para ser o limite orçamentário, ainda em 2018, no GP do Barein, quando o novo regulamento foi apresentado às equipes pela primeira vez.

- Há dois anos começamos com US$ 130 milhões, que é uma quantia substancial de dinheiro. E acho que esse é o nosso objetivo agora. Lutamos muito para segurar o limite em US$ 175 milhões. É mais alto do que gostaríamos, mas foi o equilíbrio que conseguimos com os times. Não vou dizer que é ideal, que é o que gostaríamos, mas era o que era. Essa crise criou uma nova oportunidade para que refletirmos sobre um limite orçamentário realista - afirmou Ross Brawn em entrevista à "Sky Sports" na semana passad.

Limite de desenvolvimento para os times ricos

Outro assunto proposto foi um jeito de reduzir a vantagem dos times mais ricos limitando o desenvolvimento aerodinâmico que pode ser feito no carro usando como base a posição dos times na tabela de construtores. De acordo com a proposta, os times de ponta teriam menos tempo disponível no túnel de vento e nos programas de desenvolvimento aerodinâmicos do que os rivais menores.

Calendário prejudicado

O calendário da Fórmula 1 em 2020 sofreu impactos severos devido à pandemia de Covid-19. Os GPs da Austrália e Mônaco foram cancelados, enquanto as corridas de Barein, Vietnã, China, Holanda, Espanha, Azerbaijão e Canadá estão adiadas.

Na semana passada, a direção da Fórmula 1 informou que a temporada deve começar na Europa, em julho, e com portões fechados nos autódromos. Tudo para que o objetivo de promover o maior número possível de corridas em 2020 seja alcançado.

Globo Esporte

Confira os números do Boletim Epidemiológico de Belo Oriente nesta quinta-feira

Divulgação/PMBO

Bolsonaro demite ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Exoneração ocorre em meio a divergência sobre o modelo de isolamento a ser adotado no combate à pandemia de coronavírus

Luiz Henrique Mandetta já não é mais o ministro da Saúde. A saída dele, em meio à pandemia do novo coronavírus, foi confirmada na tarde desta quinta-feira (16).

A informação foi confirmada pelo próprio Mandetta, no Twitter.

"Acabo de ouvir do presidente Jair Bolsonaro o aviso da minha demissão do Ministério da Saúde. Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar", escreveu.

O agora ex-ministro se reuniu durante a tarde com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto. Os dois já vinham explicitando publicamente nas última semanas divergências na condução da pandemia.

Deixam também seus cargos Wanderson de Oliveira, secretário de Vigilância em Saúde, e João Gabbardo, secretário-executivo do Ministério da Saúde.

A última aparição pública da cúpula do Ministério da Saúde foi na quarta-feira (15), durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto. O secretário-executivo, João Gabbardo, e o secretário nacional de Vigilância em Saúde, também deixarão os cargos.

Na entrevista coletiva, Mandetta disse estar "cansado", embora negue ter forçado a demissão.

No domingo, Mandetta concedeu uma entrevista em que afirmou que os brasileiros não sabiam se ouviam o ministro ou o presidente, o que criou um desconforto até mesmo entre os militares no governo, que defendiam a permanência dele.

O presidente Bolsonaro, que tem feito aparições públicas circulando entre cidadãos, defende que seja adotado um "isolamento vertical", somente para idosos e pessoas que sejam consideradas pertencentes ao chamado grupo de risco.

A postura do presidente é contrária à adotada pelo até então ministro da Saúde, que recomendava a adoção das normas da OMS (Organização Mundial da Saúde) para a contenção do coronavírus.

As medidas incluem o fechamento de escolas e universidades, o distanciamento social no ambiente de trabalho e proibição de eventos com aglomeração.

Histórico

Luiz Henrique Mandetta estava à frente do Ministério da Saúde desde o início do governo Jair Bolsonaro. Deputado por dois mandatos, ele desistiu de concorrer à reeleição em 2018.

Formado em medicina, Mandetta é especializado em ortopedia pediátrica e gestão de serviços e sistema de saúde. Iniciou sua carreira como médico no Hospital Geral do Exército e, em 1993, passou a compor o quadro de médicos da Santa Casa de Campo Grande (MS).

Em 1996, foi admitido como médico adjunto do Hospital Universitário e atuou também como professor do curso de pós-graduação da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Em 2004, iniciou gestão de quatro anos como conselheiro eleito do Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul.

De 2005 a 2010, entrou na política ao assumir a Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande (MS).

Após esse período, exerceu dois mandatos como deputado federal pelo Mato Grosso do Sul (2011 e 2018), quando empenhou esforços nas áreas sociais, especialmente saúde, medicina, assistência social e educação, compondo comissões e subcomissões temáticas, além representante do grupo de parlamentares brasileiros no Parlamento do Mercosul.

R7 Record

Técnico do Barcelona abre as portas para Coutinho e Neymar

Foto: Divulgação/CBF
Quique Setién revela que já conta com o meio-campista da seleção

Embora pareça difícil, Neymar e Philippe Coutinho podem voltar a jogar juntos. Não é pela Seleção Brasileira, mas no Barcelona. Em entrevista à rádio catalã RAC1, Quique Setién, técnico da equipe catalã, revelou que conta com Coutinho após o fim da temporada e que gosta de Neymar.

O Barcelona emprestou Philippe Coutinho ao Bayern de Munique após uma passagem ruim do brasileiro na Espanha. Na Alemanha, o meio-campista oscilou bastante e ainda não conquistou definitivamente torcedores e dirigentes bávaros. A opção de compra do Bayern, depois do fim do contrato no valor de 120 milhões de euros não deve ser efetuada, e o destino de Coutinho passou a ser uma incógnita.

Durante o programa ‘Tu Dirás’, da rádio RAC1, o próprio Quique Setién elogiou Philippe Coutinho e deixou a porta do Barcelona aberta ao brasileiro.

“Eu acho que o Coutinho é um ótimo jogador, eu realmente gosto dele. Ele, em princípio, é um jogador do Barcelona e para sair precisa pagar a cláusula ou uma quantidade ao Barcelona que possa compensar, mas isso é uma incógnita. Não sei se haverá uma oferta e ele vai querer sair ou voltar. Eu conto que ele possa estar aqui no começo da próxima temporada. Tenho que conversar com ele e perguntar (se quer ficar no Barcelona). Se for necessário, falarei com ele”.

A declaração de Setién vem no momento em que jornais espanhóis como “AS” e “Mundo Deportivo” revelam que o Barcelona poderia envolver Philippe Coutinho em uma troca com Kanté. Coutinho estaria interessado em atuar novamente na Inglaterra e o clube catalão poderia contar com o francês do Chelsea.

E Neymar, volta ao Barcelona? Em entrevista à RAC1, Setién fez mistério

“Eu gosto de todos grandes jogadores, já disse muitas vezes. Neymar e um grande jogador, como gosto de uma dezenas de jogadores na Europa que são extraordinários. Também gosto muito dos que tenho”

O possível retorno de Neymar é mais difícil porque não depende apenas da vontade do Barcelona. O clube catalão teria que encontrar uma forma de tirar o atacante do Paris Saint-Germain (PSG).

Agência Brasil

Caixa divulga orientações para renovação de contratos do Novo Fies

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Procedimento vale para acordos feitos a partir do 1º semestre de 2018

A Caixa Econômica Federal divulgou hoje (16) os procedimentos de renovação e manutenção dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), na modalidade Novo Fies, firmados a partir do 1º semestre de 2018, pela Caixa Econômica Federal. A Circular nº 895/2020 foi publicada no Diário Oficial da União.

Os aditamentos devem ser feitos pelo sistema Sifes. No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o aluno precisa levar a documentação comprobatória à agência da Caixa para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação no sistema.

Uma das condições para realizar o aditamento é estar em dia com os pagamentos do boleto único. O estudante que estiver inadimplente deve acessar o Sifes para emissão do boleto ou procurar uma agência da Caixa para regularizar sua situação.

Os pedidos de suspensão do contrato, transferência de curso ou instituição de ensino, aumento do prazo de utilização ou encerramento antecipado também podem ser feitos pelo Sifes.

Para os contratos do Fies firmados até dezembro de 2017, a renovação é feita por meio do sistema SisFies, operado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Ontem (15), em razão das restrições decorrentes da pandemia de covid-19, a autarquia prorrogou o prazo para os aditamentos para 30 de junho.

O Fies é o programa de financiamento estudantil em instituições privadas de ensino superior. Hoje, ele está dividido em duas modalidades: o Fies a juro zero para quem tem renda familiar de até três salários mínimos por pessoa e o P-Fies para aqueles com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos, com juros que variam de acordo com o banco e a instituição de ensino. Essa última modalidade funciona com recursos dos fundos constitucionais e dos bancos privados participantes.

Agência Brasil

Câmara dá 1 mês para Bolsonaro apresentar resultados de exames para covid-19

Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados 
A Constituição prevê que a recusa de envio de informações, o não atendimento no prazo estabelecido ou a prestação de informações falsas acarretam crime de responsabilidade

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados aceitou um requerimento de informação (íntegra) para que o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, preste informações sobre os resultados dos exames para covid-19 realizados pelo presidente Jair Bolsonaro.

O 1º vice-presidente da Mesa, deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP), acatou o requerimento e foi seguido pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A solicitação foi enviada para a Secretaria-Geral, que terá o prazo de 30 dias para responder.

A Constituição prevê que a recusa de envio de informações, o não atendimento no prazo estabelecido ou a prestação de informações falsas acarretam crime de responsabilidade.

De autoria do deputado Rogério Correia (PT-MG), o requerimento foi apresentado no dia 31 de março. “Por se tratar do Presidente e este ser o mandatário maior da república, torna-se fundamental que esta informação seja de domínio público”, escreveu o deputado no pedido.

No começo do mês passado, o presidente viajou para os Estados Unidos com sua comitiva. No grupo, ao menos 25 pessoas foram infectadas pelo coronavírus. Bolsonaro alega ter feito dois exames, nega que tenha sido infectado, mas se recusa a mostrar os resultados, a exemplo do que fizeram outras autoridades.

Congresso em Foco

Pelo Campeonato da Bielorrússia, Gorodeja derrota o Energetik-BGU e assume a segunda colocação

Reprodução/Mycujjo
Pelo Campeonato da Bielorrússia, o Gorodeja surpreendeu o Energetik-BGU, em partida que abriu a quinta rodada, jogando no estádio RCOP-BGU, em Minsk, nesta quinta-feira. O time visitante bateu o até então vice-líder por 1 a 0.

O único gol foi anotado por Sokorin, aos 35 minutos da etapa inicial. O Gorodeja chegou aos 9 pontos ganhos, ultrapassando inclusive o adversário, na tabela de classificação. Ambos tem a mesma pontuação, porém, no critério desempate, o Gorodeja leva vantagem.

O Campeonato da Bielorrússia é o único da Europa em andamento no atual cenário de pandemia do coronavírus.

Pensar em futebol agora 'é piada', diz técnico do Barcelona

Foto: FC Barcelona/Divulgação
FOLHAPRESS - Quique Setién não quer pensar no retorno do futebol. Mais do que isso, na opinião do técnico do Barcelona, discutir o esporte neste momento de pandemia do coronavírus "é uma piada". A declaração foi feita em entrevista à TV3, da Espanha.

"Quero ser campeão jogando, isso é óbvio. Mas a situação é aquela que conhecemos. Não sei se vale a pena terminar a Liga (Campeonato Espanhol) nestas condições. Não me sinto campeão por ter dois pontos a mais (que o Real Madrid na classificação)", disse.

O Barcelona tinha 58 pontos contra 56 do Real Madrid quando o Espanhol foi paralisado, após a conclusão da 27ª rodada. Em terceiro, o Sevilla somava 47.

"Tudo isso sobre futebol é uma piada. O que devemos nos preocupar é sobre como resolver esta situação horrível que vivemos. Que seja possível abraçar os mais velhos. O resto é supérfluo, não dou a mínima importância", afirmou Setién.

"O que eu digo para os jogadores é que gostaria de voltar rapidamente, que não temos tempo a perder, que gostaria de vencer a Liga dos Campeões e a Liga, mas não é a realidade", acrescentou.

O Campeonato Espanhol não tem data definida para retomada, porém, há um plano de recomeço entre o fim de maio e início de junho.

Diário On Line

Gusttavo Lima reclama que foi censurado e que não fará mais lives

Foto: Reprodução/YouTube
FOLHAPRESS - O cantor Gusttavo Lima, de 30 anos , afirmou via Twitter na madrugada desta quinta-feira (16) que não fará mais lives para evitar ser censurado. O cantor fez um show por transmissão ao vivo, no qual foi criticado ao aparecer consumindo bebidas alcoólicas.

Acho que o grande segredo da live é tirar o lençol do fantasma. Acho que uma Live engessada e politicamente correta não tem graça. o bom são as brincadeiras, a vontade, levar alegria alto astral para as pessoas que estão agoniadas nesse momento. Não farei Live pra ser censurado. Juntos, ajudamos muitas pessoas. Foram toneladas de alimentos e arredações... Fizemos nosso papel, Deus abençoe a todos !!!

O cantor virou alvo do Conar, órgão de regulamentação publicitária, que abriu uma representação ética contra o sertanejo e a Ambev, por possíveis irregularidades em relação ao consumo de bebida alcoólica nessas lives.

Anteriormente, Lima já havia usado o Twitter para tratar do assunto: "Àqueles que só criticam e não ajudam em nada, vai um conselho: não precisam ajudar, mas não atrapalhem quem está procurando ajudar nossos irmãos necessitados", escreveu ele na quarta-feira (15).

Em seus tuítes, Lima disse que os artistas estão procurando uma forma de interagir com o público durante a quarentena provocada pela pandemia do novo coronavírus. "Estamos prestando um grande serviço social por meio dessas lives", escreveu.

"Além de shows ao vivo, estamos arrecadando e fazendo doações para entidades e pessoas carentes que neste momento passam por extrema necessidade... Estamos dividindo as nossas intimidades, mostrando ao público como é nossa vida fora dos palcos, compartilhando momentos únicos!", completou.

A representação no Conar foi aberta após dezenas de denúncias de internautas, envolvendo desde a falta de mecanismo para o acesso de menores de idade até o consumo excessivo de bebida alcoólica pelo músico, o que poderia ser considerado um estímulo ao consumo irresponsável do produto.

Em nota, o Conar afirmou que, apesar do formato inovador das apresentações online, elas devem seguir "princípios fundamentais da comunicação comercial do segmento, com a divulgação responsável de bebidas alcoólicas e com os cuidados para que não seja difundida a crianças e adolescentes".

Procurado, Gusttavo Lima afirmou, por meio de sua assessoria, que "os esclarecimentos necessários serão prestados conforme determinado na referida citação". "O departamento jurídico está acompanhando o caso, tratando-se, portanto, de uma citação de processo administrativo e não se trata de processo judicial."

Já a Ambev afirmou que tem patrocinado algumas lives nesse momento de quarentena "sempre com o cuidado de assegurar as medidas de higiene e distanciamento social e com a devida orientação prévia aos artistas sobre as regras do Conar de publicidade de bebidas". Mas destaca que "em algumas lives, de forma totalmente espontânea, algumas orientações não foram seguidas".

"Estamos reforçando as regras dado esse novo contexto de entretenimento virtual e estamos mais do que nunca comprometidos com o consumo responsável de nossos produtos", afirmou a Ambev em nota. "Vale lembrar que a live é de propriedade do artista, muitas vezes realizada em sua casa, o que representa um desafio."

A mais recente live de Gusttavo Lima aconteceu no sábado (11) e teve palavrões, declarações de amor e ele bebendo de cerveja a tequila, mostrando estar alterado em algumas ocasiões. "Que ressaca, meu Deus. O que colocaram na minha bebida, gente?", chegou a afirmar ele no dia seguinte nas redes sociais.

A live, que teve uma mensagem "a todos os cachaceiros desse mundo" em sua abertura, durou sete horas e meia e teve 5,5 milhões de acessos simultâneos. Uma semana antes, o cantor já tinha feito uma outra apresentação online que durou cinco horas e teve mais de 750 mil acessos simultâneos.

Esse formato de show ganhou força nas últimas semanas devido à quarentena do novo coronavírus, que cancelou apresentações em todo o país. Antes mais intimista, as lives passaram a ter produções elaboradas, câmeras em drones e patrocínio de marcas famosas, principalmente com os sertanejos.

As grandes lives também têm arrecadado fundos e equipamentos para hospitais e instituições de caridade, além de conscientizar sobre a necessidade de ficar em casa. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, chegou a fazer aparições pré-gravadas nas lives de Marília Mendonça e Jorge e Mateus.

O cantor e a Ambev terão agora 20 dias para apresentar defesa, se assim quiserem. Caso o Conar entenda que houve irregularidade, as penas podem ser a alteração da peça publicitária, neste caso alteração da live, e advertência aos responsáveis.

Diário On Line

Após revés com Bolsonaro, Mandetta deixará o ministério da Saúde

Reprodução
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fez um desabafo sobre os desgastes vividos com o presidente Jair Bolsonaro durante o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. As informações são do UOL.

Em entrevista ao site da revista Veja, Mandetta admitiu que deixará o ministério da Saúde. A justificativa, segundo ele, é que está cansado após dois meses de trabalho na tentativa de conter a covid-19.

"60 dias tendo de medir palavras. Você conversa hoje, a pessoa entende, diz que concorda, depois muda de ideia e fala tudo diferente. Você vai, conversa, parece que está tudo acertado e, em seguida, o camarada muda o discurso de novo. Já chega, né? Já ajudamos bastante", afirmou ele, em entrevista ao site da revista Veja.

Questionado sobre a permanência no cargo, o ministro disse que ficará "até encontrarem uma pessoa para assumir meu lugar".

Mandetta ainda afirmou que não há chance de ficar no governo e negou que esteja indo trabalhar com o governador Ronaldo Caiado em Goiás.

DEMISSÃO

O Ministério da Saúde informou, ontem (15), que o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, pediu demissão.

A saída acontece em meio à pandemia da covid-19 e notícias sobre a possibilidade da saída do próprio ministro da Saúde, Henrique Mandetta.

Diário On Line

Timóteo dá início à segunda etapa de vacinação contra a gripe nesta quinta-feira

Divulgação/PMT
Com exceção dos presos e funcionários do sistema prisional que serão vacinados no próprio local; os demais receberão a dose da vacina nas UBS

A Prefeitura de Timóteo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou nesta quinta-feira (16) a segunda fase da campanha de vacinação contra a gripe influenza que deve se estender até 8 de maio.

Nesta etapa serão vacinados os seguintes grupos: profissionais das forças de segurança e salvamento; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medida socioeducativas; população privada de liberdade; caminhoneiros; motoristas de transporte coletivo.

Com exceção dos presos e funcionários do sistema prisional que serão vacinados no próprio local, os demais receberão a dose da vacina nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). As unidades se organizaram para evitar aglomeração com a distribuição de senhas e horários previamente agendados como prevenção à transmissão do coronavírus.

Idosos

Em relação aos idosos que ainda não receberam a dose, as equipes da Saúde continuam indo aos bairros para aplicar a dose nesse público alvo. Em muitos casos, os idosos não são localizados em suas casas. Por isso as equipes de Saúde tem deixado um comunicado informando que esteve na residência e solicitando retorno por telefone.O telefone de contato em caso de dúvidas é o 3847-7629.


PMT

Corpo de homem de 45 anos é encontrado boiando no Rio Santo Antônio, em Naque

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima não tinha marcas de violência. O corpo foi encaminhado ao IML de Ipatinga.

O corpo de um homem de 45 anos foi encontrado no Rio Santo Antônio, em Naque, na tarde desta quarta-feira (15). Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima não tinha marcas de violência.

Ainda de acordo com os bombeiros, que fizeram a retirada, o corpo de Sélio Ribeiro Rodrigues estava boiando e preso próximo a uma bomba de sucção de areia.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ipatinga.

G1 dos Vales

Romeu Zema se reúne com deputados e anuncia retomada das obras do Hospital Regional de Governador Valadares

Foto: Pedro Gontijo/Imprensa MG

Acordo feito com a Fundação Renova irá viabilizar aporte de aproximadamente R$ 78 milhões para a conclusão da instituição de saúde

O governador Romeu Zema anunciou, nesta quarta-feira (15/4), em videoconferência com dez deputados federais e estaduais, a retomada das obras do Hospital Regional de Governador Valadares, na região Leste do estado, que foram paralisadas em 2015.
A conclusão da instituição de saúde será possível graças a um acordo feito pelo Executivo estadual com a Fundação Renova, responsável pela reparação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, em 2015. O termo viabilizará aporte de R$ 78 milhões e a fundação ficará responsável por entregar o hospital pronto e equipado.

Durante a reunião com os parlamentares, Romeu Zema, acompanhado pelo secretário de Governo, Igor Eto, destacou que a retomada das obras era uma das prioridades de sua gestão e é fruto do esforço do Executivo para acelerar medidas compensatórias que, de fato, beneficiem a população.

“Desde que assumi, solicitei, juntamente com o governador Renato Casagrande, do Espírito Santo, que nós tentássemos interceder junto à Fundação Renova para que houvesse agilização das ações que a mesma conduz no sentido de reparar os dois estados. Já conseguimos alguns avanços e a conclusão do Hospital Regional de Governador Valadares está entre os mais importantes para os mineiros, porque é uma região que realmente precisa ser melhor atendida”, afirmou.

A expectativa é de que as obras sejam concluídas no primeiro trimestre de 2022. Com cerca de 220 leitos, o hospital deve se tornar referência na região Leste, com atendimento que será prestado a todos os municípios da localidade.

O secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, ressaltou que parte da estrutura pode ser usada antes mesmo da construção completa.“Vamos começar a estudar qual será a vocação do hospital, tanto de uma forma geral para o futuro da região, quanto para o próximo inverno, quando ainda podemos ter casos de Covid-19. Esperamos que, daqui a um ano, ele já tenha condições de receber alguns leitos. Vamos realizar os estudos de gerenciamento, financiamento, características de leito e objetivos dentro da rede”, explicou.

O secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Otto Levy, reiterou que a articulação junto à Fundação Renova é fruto do comitê Pró-Mariana, criado pela atual gestão para tentar acelerar o ressarcimento dos danos provocados pelo desastre da Samarco, em 2015.

“Quando chegamos aqui, muito pouco havia sido feito em termos de benefício efetivo para as pessoas e regiões afetadas. Na semana passada, fizemos uma reunião com a Renova e ficaram acertados os seguintes termos: deve ser ratificada nesta quinta-feira (16/4), pelo Conselho Superior da Renova, a liberação imediata dos recursos necessários para a conclusão das obras do Hospital Regional de Governador Valadares, de tal forma que a Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade já poderá adotar os procedimentos necessários para a retomada imediata das obras”, disse.

O secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Marco Aurélio Barcelos, também destacou a importância econômica da execução, especialmente no momento de crise provocada pela pandemia do coronavírus.

“Além da importância do hospital para a Saúde da região, é uma oportunidade de geração de emprego e renda. Acredito que as nossas obras vão auxiliar na retomada da economia. Temos aqui um primeiro foco de tantos outros que nós queremos trabalhar para o resgate econômico do Estado”, concluiu.

Participaram do encontro virtual a deputada estadual Celise Laviola; os deputados estaduais João Magalhães; Coronel Sandro; Sargento Rodrigues; e Braulio Braz; e os deputados federais Hercílio Coelho; Euclydes Pettersen; Leonardo Monteiro; Paulo Abi Ackel; e Vilson da Fetaemg.

Agência Minas

quarta-feira, 15 de abril de 2020

Apaixonados pelo futebol sul-americano: clube da Botswana tem Flamengo e Santos no nome e camisa da Argentina

Foto: Divulgação
Você sabia que na Botswana, país que fica no Sul do continente africano, há um clube por nome de União Flamengo Santos FC? O clube fundado em 2003 tem uns contrastes bem interessantes, como a unificação levando nome de clubes brasileiros, e seu uniforme com base na camisa da Seleção da Argentina.

O time é conhecido em território nacional como: "Os Santos Ma-Quatorze". Manda seus jogos no estádio UB, em Gaborone, que tem capacidade para 10 mil torcedores. Depois de ter sido campeão da Segunda Divisão do país (First Division South), o time jogou a temporada seguinte (2006/07) na elite do país, conhecida como Mascom League, mas não obteve grande sucesso, ficando na 10ª colocação.

Na temporada 2009, enfim, puderam soltar o grito de campeão no país, levantando a taça da Copa da Botswana. Em 2018 fez sua última apresentação na primeira divisão do futebol nacional. Declarados como fãs do futebol sul-americano, a escolha de nome e camisa não foram por acaso.

Ipatinga descarta primeiro óbito por covid-19, mas tem outro caso suspeito


A Prefeitura de Ipatinga, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informou nesta última terça-feira (14) que foi descartado, no exame de material encaminhado aos laboratórios especializados, o primeiro óbito registrado na cidade com suspeita de contaminação pela covid-19. Tratava-se de um morador em situação de rua, de 74 anos.

Contudo, um homem de 69 anos morreu na manhã desta terça-feira (14), após ser atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com sintomas da doença. O idoso, que sofria de males crônicos preexistentes, deu entrada no local com muita tosse e falta de ar. As causas determinantes para o óbito estão sendo investigadas pelas autoridades sanitárias.

O paciente deu entrada na UPA na noite de segunda-feira (13), já em estado grave. Ele foi imediatamente internado, identificando-se a necessidade de entubação. Segundo relato de familiares, o homem tossia e apresentava dificuldade de respiração há pelo menos três dias.

Seguindo os protocolos recomendados, as autoridades municipais de saúde procederam à coleta de material para realização de exames e investigação acerca da covid-19.

Novos casos

O número oficial de casos confirmados de coronavírus, no município, subiu de quatro para seis nesta terça-feira (14). Os novos casos referem-se a duas mulheres que tiveram contato com pessoas infectadas. Entretanto, elas já cumpriram seu período de quarentena.

PMI

PMI recebe suporte da Usiminas para higienização e desinfestação em áreas públicas de aglomeração

Divulgação/PMI
Em parceria com a Usiminas, a Prefeitura de Ipatinga dará início nesta quarta-feira (15) ao processo de desinfestação e higienização de lugares públicos que recebem grande fluxo de pessoas. A ação tem como objetivo reforçar o combate ao Coronavírus (Covid-19), minimizando riscos de contaminação. Toda a ação será acompanhada por servidores das Secretarias de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) e Segurança e Convivência Cidadã (Sescon).

Em um primeiro momento, o trabalho vai acontecer prioritariamente nos pontos de parada de ônibus, cobrindo toda a extensão da avenida João Valentim Pascoal, no Centro da cidade. Nos próximos dias, a ação se estenderá para os demais bairros, com foco também nas praças públicas.

Horários

A desinfestação e higienização terão início imediato e serão realizadas em dois horários específicos, pela manhã e à tarde, o primeiro na madrugada, às 5h, e o segundo às 15h. Cada pulverização deve durar aproximadamente 20 minutos.

A escolha destes horários é justamente pensando na aglomeração de pessoas em momentos de pico do transporte. Ao limpar mais cedo, quando as pessoas precisarem acessar os pontos de ônibus os locais já estarão desinfestados.

O composto químico a ser utilizado na limpeza é o hipoclorito de sódio, conhecido como água sanitária. Porém, para o caso específico de desinfestação no combate ao Coronavírus, a concentração do produto é superior àquela comumente comercializada no mercado.

PMI

terça-feira, 14 de abril de 2020

Conheça um pouco da história do Club Atletico Minero, do Peru

Divulgação
No Brasil tem o Clube Atlético Mineiro, de Belo Horizonte, com seu uniforme alvinegro e sua torcida apaixonada. Já no Peru, tem o Club Atletico Minero. Exatamente isso. Club (sem a letra E) e Minero (sem a letra I). A equipe foi fundada no ano de 1997, na cidade de Casapalca, com o nome de União Minas de Casapalca.

Porém, não demorou muito, e já no ano seguinte, o clube acabou fundido com o Club Boca Junior e renomeado para Atletico Minero. Mudou tudo, inclusive o escudo do time. O time manda seus jogos no estádio de Matucana, que tem capacidade para 5 mil pessoas. O time chegou a mudar de sede, em 2006, quando arrumou as malas para Huancayo, porém, logo tudo voltou como era antes, já na temporada seguinte.

Uma de suas maiores façanhas foi o acesso para à elite, depois de um vice na Copa Peru (competição que corresponde ao terceiro escalão do futebol do país) e que dá direito ao campeão e vice de uma vaga na elite. Não durou muito tempo na primeirona. Subiu em 2007 e caiu em 2008 para a Segunda Divisão nacional.

Um milhão já teve contrato suspenso ou salário e jornada cortados, diz governo

Foto: Agência Brasil
O governo já registrou mais de um milhão de acordos entre empresas e empregados para reduzir jornada e salário ou suspender contratos durante a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. Esses trabalhadores receberão um benefício emergencial equivalente a uma parte do seguro-desemprego a que teriam direito caso fossem demitidos, um auxílio do governo para amortecer a perda na renda da família.

Segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, o número inclui acordos individuais, negociados diretamente entre empresa e trabalhador, e coletivos, com intermediação de sindicatos de categorias. "São mais de um milhão de empregos preservados", disse o secretário.

O governo ainda não abriu o número exato porque a Dataprev, responsável pelo processamento dos dados, ainda está fazendo a contagem dos arquivos. Algumas empresas fecham mais de um acordo e prestam essa informação de uma vez só. Por isso, é preciso analisar caso a caso para chegar ao número exato. Mesmo assim, a quantidade de empresas que informaram já permite dizer que a marca foi ultrapassada, segundo o governo.

A partir desta quarta-feira, Bianco espera colocar à disposição para consultas públicas um "empregômetro", espécie de contador do número de acordos fechados entre empresas e salários. "Colocaremos todos os dias quantos empregos estão sendo preservados", disse.

As negociações individuais valem para os trabalhadores com carteira assinada e que recebem até R$ 3.135 ou que tenham ensino superior e ganham acima de R$ 12.202,12. Quem tem salário intermediário também pode negociar individualmente para reduzir 25% da jornada e do salário, mas depende de acordos coletivos, negociados pelos sindicatos das categorias, para alterações mais radicais no contrato.

A expectativa do governo é que o número cresça ainda mais com a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, que assegurou a validade imediata dos acordos individuais. "A decisão do STF foi excelente", disse Bianco. Segundo ele, o pronunciamento de Lewandowski dá segurança jurídica a empresários e empregados.

No total do programa, a equipe econômica prevê que até 24,5 milhões de trabalhadores receberão o benefício emergencial - ou seja, serão afetados pelas reduções de jornada e salário ou suspensão de contratos. O número equivale a 73% dos vínculos com carteira assinada no País. A medida permite redução de jornada em 25%, 50% ou 70% (ler mais detalhes nos quadros ao lado).

Decisão

A decisão do ministro do STF foi considerada positiva pelo governo ao dar ampla segurança jurídica ao programa emergencial de emprego. Lewandowski se pronunciou no âmbito de uma ação que questionou no STF a constitucionalidade da realização de acordos individuais para alterar jornada e salário.

O ministro decidiu que a medida do governo é válida e que o acordo gera efeitos jurídicos com a sua celebração. Ele destacou contudo, que os sindicatos precisam ser comunicados dos acordos e poderão deflagrar negociação coletiva. Nesse caso, o empregado poderá aderir a esse acordo coletivo posteriormente. Se o sindicato consultado não se manifestar em até dez dias, a negociação individual seguirá valendo.

A decisão do ministro Lewandowski é liminar (provisória) e ainda precisará ser analisada de forma definitiva pelos demais ministros do STF em julgamento marcado para a próxima quinta-feira.

Algumas regras

- Redução de jornada e salário: A medida tem validade máxima de três meses; nos acordos individuais, porcentuais serão fixos em 25%, 50% ou 70%, com compensação do governo em igual porcentual sobre seguro-desemprego a que trabalhador teria direito; nos coletivos, porcentual de redução é flexível, mas compensação é fixa, de acordo faixas.

- Suspensão de contrato: A medida vale no máximo dois meses; por acordo coletivo, pode ser estendida a todos os funcionários; contrato é interrompido temporariamente, e trabalhador não pode trabalhar.

- Estabilidade temporária: Empregados que firmarem os acordos para redução de jornada e salário ou suspensão de contrato terão estabilidade temporária, ou seja, não podem ser demitidos pelo mesmo período de duração da medida extraordinária.

- Outras: Trabalhador não pode acumular compensação emergencial paga pelo governo com aposentadoria ou BPC, mas pode acumular com pensão e auxílio-acidente; compensações pagas pela empresa como incentivo à adesão aos acordos não terão natureza salarial e serão isentas de IRPF e contribuição previdenciária. Também serão descontadas da base de cálculo de tributos pagos por empresas e do FGTS.

Agência Estado

Governador do RJ, Witzel testa positivo para coronavírus e pede isolamento social aos cidadãos

Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil
O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, testou positivo para o novo coronavírus. O anúncio foi feito por ele na tarde desta terça-feira. "Desde sexta-feira (10) não venho me sentindo bem e pedi para que fosse feito o teste do covid, e hoje veio o resultado positivo", disse.

Witzel sentiu febre, dor de garganta e perda de olfato. No comunicado, afirmou que continuará trabalhando no Palácio Guanabara, sede e residência oficial do governador, "mantendo as restrições e as recomendações médicas".

Witzel aproveitou o anúncio para pedir para os cidadãos não desrespeitarem a doença e cumprirem as recomendações de isolamento social.

Agência Estado

Jogadores do Real Madrid aceitam redução salarial para ajudar clube

Getty Images
Os jogadores do Real Madrid, nas modalidades futebol e basquete, aceitaram a redução de seus salários para ajudar o clube na pandemia. Todos os clubes de futebol do mundo vem buscando meios de contornar a crise que se instalou por causa do coronavírus.

O acordo é aceito em até 20% de seus pagamentos.

"Essa decisão, adotada por jogadores, treinadores e funcionários, evita medidas traumáticas que afetam o restante dos trabalhadores, além de contribuir para os objetivos econômicos da entidade, em vista da diminuição da renda que está sofrendo nesses meses", diz a nota do clube espanhol.

Belo Oriente: Prefeitura prorroga prazos de pagamento de tributos

Foto: José Dias Sorriso
BELO ORIENTE - Sensível às dificuldades trazidas pela pandemia do vírus Covid-19, que tem provocado a adoção de medidas de isolamento social e tem causado impacto negativo na atividade econômica, o Executivo Municipal decretou a prorrogação do prazo de pagamento de tributos para Microempreendedores Individuais (MEI), Microempresas e as Empresas de Pequeno Porte.

De acordo com o Decreto Nº32/2020, será prorrogado o prazo para pagamentos do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN FIXO ANUAL), da Taxa de Licença de Localização e Funcionamento – TLLF e da Taxa de Fiscalização Sanitária em parcela única até o dia 15 de julho.

De acordo com o Executivo Municipal, a medida irá beneficiar os profissionais liberais, autônomos e donos de empresas de pequeno porte de Belo Oriente.

Por meio de uma nota, a Associação Comercial e Empresarial de Belo Oriente (ACE), destacou que, protocolou no último dia 8, um ofício junto a Administração Municipal, solicitando medidas para com as cobranças dos tributos municipais.

Na manhã desta terça-feira (14), a Prefeitura Municipal de Belo Oriente, divulgou a prorrogação dos prazos de pagamento.


Divulgação/ACE - Ofício da Associação Comercial 

Justiça libera dinheiro de desastre de Mariana para combate à covid-19

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Acordo foi feito com mineradoras Samarco, Vale e BHP


A Justiça Federal de Minas Gerais liberou R$ 120 milhões do acordo feito com as mineradoras envolvidas no desastre de Mariana (MG) – Samarco, Vale e BHP – para serem utilizados pelos estados do Espírito Santo e de Minas Gerais no combate à pandemia do novo coronavírus.

A liberação do dinheiro foi pedida pelos estados e recebeu a anuência judicial após concordância das empresas. “Embora excepcionalíssima, trata-se de pretensão juridicamente idônea, plenamente justificada pelas circunstâncias atuais de situação de pandemia do covid-19”, escreveu o juiz Mário de Paula Franco Júnior, da 12ª Vara Federal de Belo Horizonte, na decisão assinada ontem (13).

O magistrado determinou que o dinheiro seja usado exclusivamente no reforço do Sistema Única de Saúde (SUS) de ES e MG, mediante a compra de bens duráveis, como respiradores e ambulâncias. Ele não permitiu que o dinheiro seja usado para a compra de itens de consumo não-duráveis, como máscaras, medicamentos ou álcool-gel.

“Ao assim proceder, tenho que o "Caso Samarco" (Desastre de Mariana), ao mesmo tempo em que dá concretamente a sua contribuição para as necessidades emergenciais decorrentes da pandemia do coronavírus, também proporciona um legado permanente para a saúde pública dos mineiros e capixabas.”

Minas Gerais terá à disposição R$ 84 milhões, enquanto o Espírito Santo terá acesso a R$ 36 milhões. O dinheiro sairá dos R$ 2,2 bilhões depositados em juízo pelas mineradoras como garantia para a reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento da barragem de minério em Mariana.

Ocorrido em 5 de novembro de 2015, o rompimento de uma barragem da Samarco, controlada pela Vale e BHP, no município mineiro de Mariana, despejou mais de 39 milhões de metros cúbicos de rejeitos de minério no meio ambiente, deixando 19 mortos e causando danos ambientais que se estenderam por até 700km na bacia do Rio Doce.

Agência Brasil

Saque em dinheiro do auxílio emergencial começa dia 27

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil 

Caixa adiou para quinta início do pagamento a inscritos no CadÚnico


Benefício de R$ 600, pagos a trabalhadores de baixa renda afetados pela pandemia de coronavírus, o auxílio emergencial começará a ser sacado em dinheiro no próximo dia 27. A Caixa Econômica Federal, responsável pelos pagamentos, anunciou o novo calendário na noite dessa segunda-feira (13).

Os saques ocorrerão conforme o mês de nascimento do beneficiário. As retiradas ocorrerão no dia 27 para os nascidos em janeiro e fevereiro, no dia 28 para os nascidos em março e abril, 29 para os nascidos em maio e junho, 30 para os nascidos em julho e agosto. Em maio, será a vez de os nascidos em setembro e outubro sacarem o benefício no dia 4; e os nascidos em novembro e dezembro, no dia 5.

O dinheiro poderá ser retirado sem a necessidade de cartão em casas lotéricas, caso elas estejam abertas, e em caixas eletrônicos. A Caixa ressalta que não é necessário retirar o dinheiro porque o dinheiro depositado na poupança digital pode ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, para pagamento de boletos e contas domésticas e para transferências ilimitadas para contas da Caixa, permitindo até transferências mensais gratuitas para outros bancos nos próximos 90 dias.

Adiamento

A Caixa adiou o início do pagamento aos trabalhadores que usaram o aplicativo Caixa Auxílio Emergencial, ou o site auxilio.caixa.gov.br, para atualizarem as informações no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) do governo federal. Esse grupo só começará a receber o auxílio emergencial na quinta-feira (16), na mesma data em que começa o pagamento dos beneficiários do Bolsa Família.

Na semana passada, a Caixa havia anunciado que o pagamento para quem não estava inscrito no CadÚnico, mas precisou atualizar os dados, começaria nesta segunda-feira para mães solteiras e nesta terça (14) para os demais trabalhadores. Esse contingente é composto principalmente por trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI) e contribuintes individuais ou facultativos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Segundo o banco, o adiamento Ocorreu porque a Dataprev só enviará nesta terça-feira pela manhã o lote inicial de informações dos cerca de 34 milhões de brasileiros que se cadastraram ao longo dos últimos dias. A Caixa enviou os dados à Dataprev para verificar se os beneficiários cumpriam os critérios de elegibilidade para receberem os benefícios.

Cadastro Único

Segundo a Caixa, cerca de 2,5 milhões de pessoas receberam o auxílio emergencial na quinta-feira (9) e ontem (13), num total de R$ 1,5 bilhão. Esse grupo reúne trabalhadores informais e mães solteiras que estavam com as informações em dia no CadÚnico em 20 de março e que não fazem parte do Bolsa Família, mas nem todo mundo nessa categoria teve acesso ao dinheiro. O banco divulgou um novo calendário de pagamento da primeira parcela a esse grupo:

• Terça-feira (14): crédito para 831.013 pessoas, das quais 273.178 com conta no Banco do Brasil e 557.835 trabalhadores nascidos em janeiro que serão pagos com poupança digital da Caixa a partir do meio-dia;

• Quarta-feira (15): crédito pela poupança digital para 1.635.291 pessoas nascidas em fevereiro, março e abril;

• Quinta-feira (16): crédito pela poupança digital para 2.282.321 pessoas nascidas em maio, junho, julho e agosto;

• Sexta-feira (17): crédito pela 1.958.268 poupança digital para pessoas nascidas em setembro, outubro, novembro e dezembro

• A segunda parcela será paga entre 27 e 30 de abril, dependendo do mês de nascimento do beneficiário.

Agência Brasil

Butantan recebe 726 mil testes de coronavírus vindos da Coreia do Sul

Divulgação/MS

Carga chegou pelo Aeroporto de Viracopos, em Campinas


Chegaram hoje (14) no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), 726 mil testes para identificação do novo coronavírus. A carga foi encomendada pelo Instituto Butantan. O material veio da Coreia do Sul.

Segundo a concessionária responsável pela administração do aeroporto, para os próximos dias, é esperada mais uma carga com 550 mil testes também vindos do país asiático.

A concessionária enfatizou que o desembarque do material feito hoje ocorreu de forma “rápida e segura” e que o aeroporto está trabalhando para garantir o suprimento dos equipamentos necessários para combater a pandemia de covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus.

Roubo em Guarulhos

No último sábado (11), a Polícia Civil prendeu 14 suspeitos de furtarem 15 mil kits de testes do Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo. O grupo, formado por pessoas com idade entre 22 e 59 anos, também levou 2 milhões de itens de equipamento de proteção individual (EPI), como óculos, luvas, álcool em gel e máscaras.

A carga foi localizada em um galpão no bairro Ipiranga, zona sul da capital paulista, onde os suspeitos foram detidos em flagrante. A polícia descobriu o endereço após apurar que uma pessoa estaria vendendo os produtos clandestinamente.

Agência Brasil