sábado, 14 de dezembro de 2019

Pode pintar troca entre Flamengo e Atlético. Guga interessa ao time carioca que oferece jogadores ao Galo.

Foto: Bruno Cantini/Atlético
Informações de bastidores, nos últimos dias, destacam que, o Flamengo tem interesse na contratação do lateral direito Guga, atualmente no Atlético. 

Alguns jogadores seriam envolvidos na negociação. 

Guga iria para o Rio de Janeiro e nomes como de Rômulo, Rodinei, Berrío e Piris da Motta seriam avaliados pela direção do Galo, se aceitaria ou não a proposta de troca.

Wagner Pires de Sá, presidente do Cruzeiro: “O Thiago Neves é um jogador profissional nosso, de suma importância"

Reprodução/Twitter
Após a saída de Zezé Perrella da gestão de futebol do Cruzeiro, o meia Thiago Neves, um dos pivôs do atual momento do Cruzeiro, pode voltar a jogar pelo clube. Com Perrella, a chance era zero, porém, com o presidente Wagner Pires de Sá, a situação do atleta fica diferente.

“O Thiago Neves é um jogador profissional nosso, de suma importância. Enquanto estivermos bons profissionais ao nosso lado, defendendo as nossas cores, todos que estiverem em condições de entrar em campo, e que o técnico achar que são capazes, vão jogar”, disse o presidente, em entrevista ao Superesportes.

Quem reforçou o discurso de Wagner foi o novo vice-presidente de futebol, Márcio Rodrigues. “Ele mesmo já disse que topa jogar a Série B e reduzir o salário. Agora, vamos ter que conversar com ele. No momento, o jogador está de férias. Falar com ele ou com o empresário dele. Todos os atletas nós vamos sentar e conversar. Cada caso é um caso”, disse o dirigente.

Treinador Rogério Ceni permanece no Fortaleza-CE para 2020

Reprodução/Facebook
Rogério Ceni recusou a proposta do Athletico Paranaense e decidiu renovar o contrato com ficará no Fortaleza. O técnico deu sua resposta ao clube neste sábado (14) e informou que permanecerá na Arena Castelão em 2020. Daniel de Paula, diretor do Fortaleza, confirmou o fato.

A ideia do Athletico era que o ex-goleiro são paulino assumisse a vaga deixada por Tiago Nunes, que se acertou com o Corinthians ainda em novembro passado. No entanto, ele comunicou a decisão de seguir no atual clube.

No decorrer da semana, houve negociação entre as partes. Rogério recebeu uma oferta do Athletico e fez uma contraproposta imediata. No entanto, não foi atendido em suas solicitações. Uma das divergências entre as partes era a questão da multa rescisória.

A escolha de Rogério Ceni se deu por dois motivos: gratidão ao Fortaleza e receio de que haja situação semelhante à vivida no Cruzeiro.

O técnico tem boa relação com Marcelo Paz, presidente do clube cearense, e se sente grato pelas oportunidades recebidas na equipe. Ainda há o temor de que não consiga lidar com alguns badalados nomes do Athletico Paranaense, como aconteceu em sua breve passagem pela Toca da Raposa II.

Rogério Ceni, desta forma, renova o contrato com o Fortaleza até dezembro de 2020. Ele terá a incumbência de montar o time visando a próxima temporada.

O técnico foi responsável por conduzir a equipe à próxima edição da Copa Sul-Americana. É a primeira vez que o time disputa esta competição internacional.

(Diário On Line / FOLHA PRESS)

Flamengo conhece seu adversário na semifinal do Mundial de Clubes

Reprodução/Facebook
Em todas as entrevistas antes do Mundial de Clubes, Jorge Jesus disse que o Flamengo não poderia pensar no Liverpool antes de passar pelo Al-Hilal. Era uma aposta porque o time da Arábia Saudita teria de enfrentar o Espérance, da Tunísia, pelas quartas de final.

Deu certo. Melhor tecnicamente, apesar de ter passado sufoco em alguns momentos, a equipe venceu por 1 a 0 neste sábado (14), em Doha e enfrenta os brasileiros na próxima terça (17), por uma vaga na decisão do torneio.

Jesus e alguns jogadores do elenco flamenguista estiveram no estádio Jassim bin Hamad para acompanhar o jogo menos de duas horas após terem desembarcado no Qatar. O treinador perguntou aos atletas quem queria ir, mas liberou os mais desgastados pelas 15 horas de viagem a ficar no hotel.

O treinador português chegou a irritar o romeno Razvan Lucescu, comandante do Al-Hilal, por insistir em dizer ter sido importante na formação do elenco atual da equipe.

"O time foi formado ao longo de cinco edições da Champions League, o que envolve muitos treinadores, não só Jorge Jesus", disse Lucescu, filho de Mircea Lucescu, atual técnico da seleção turca.

Jesus esteve no Al-Hilal no ano passado.

O único gol da partida foi marcado pelo atacante francês Batétimbi Gomis, que começou no banco de reservas, aos 27 do 2º tempo.

O Espérance pressionou apoiado na empolgação da sua torcida, maior parte dos 7.726 pagantes, mas desperdiçou duas boas chances para anotar quando o placar ainda era 0 a 0.

O público tunisiano deu trabalho para a segurança no estádio. Acendeu três sinalizadores, liberou tubos de fumaça em vermelho e amarelo (as cores do clube) e chegou a ouvir ameaça de expulsão da arena pelo sistema de alto falantes.

(Diário On Line / FOLHA PRESS)

Belo Oriente realiza cerimônia de premiação de professores e alunos destaques na OBMEP Nível A 2019


Ascom/PMBO
Na noite da última quinta-feira, 12, ocorreu a cerimônia de premiação dos professores e alunos destaques nas Olimpíadas Brasileira de Matemática das Escolas Públicas em Belo Oriente no ano de 2019.

Foram premiados na OBMEP Nível A 2019, 15 professores e 40 alunos destaques de cinco escolas da rede municipal. A premiação foi para os alunos que obtiveram 60% de aproveitamento na avaliação. Pelos resultados, os estudantes e docentes receberam um valor de R$ 200,00 cada.

A Escola José Lagares de Lima será premiada com um bem móvel ou imóvel de natureza permanente indicado pela direção da escola no valor de R$ 1.000,00, por ter o maior número de alunos premiados nas Olímpiadas. Foram 25 alunos da unidade escolar que alcançaram os resultados exigidos.

O evento contou com a participação de diversas autoridades, entre elas, o prefeito Hamilton Rômulo, a secretária municipal de Educação Elzimar Santos Oliveira, representantes do legislativo municipal, os vereadores Fá, Vaguim da Borracharia e Alfredo do Lori, o padre Luiz Carlos Macedo e outros representantes da sociedade civil.

Para a secretária municipal de Educação, a cerimônia é uma forma de coroar o trabalho realizado durante o ano. “Hoje é um dia para se comemorar, os resultados de nossos alunos no OBMEP foram excelentes e isso é fruto da dedicação dos professores, aluno, equipe pedagógica e direção. Nada mais justo realizar um evento a altura”, disse Elzimar.

O prefeito Hamilton destacou os investimentos feitos pela Administração Municipal na educação. “Hoje, a Prefeitura de Belo Oriente investe 28% do seu orçamento com a educação, pois acreditamos que a educação é um pilar para uma sociedade mais justa. E estes resultados demonstram que estamos no caminho certo”, afirma.

Definida a arbitragem para a grande final do Campeonato Ipatinguense Amador Unificado

Conca apita a grande decisão

A decisão do Campeonato Amador Ipatinguense Unificado acontece neste domingo (15), às 15h, no campo do Canaã. O Cruzeirinho (Naque) enfrenta o Bethânia (Ipatinga). Apita a decisão, Adnilson Araújo "Conca". Ele será auxiliado por José João e Ângelo Reinaldo. A final será em jogo único. Quem ganhar a partida é campeão. 

Vale ressaltar que, em caso de empate no tempo normal, a decisão da taça vai para as penalidades. O Cruzeirinho que após 18 anos retorna a uma decisão de Ipatinguense. Na semifinal eliminou o Pingo D'água, em um duelo eletrizante, no Estádio Barrosão, em Naque. 

Já o Bethânia chegou à grande final após eliminar o Vale Alto. Um jogo que foi de arrepiar. A vaga para a decisão foi alcançada após as dramáticas cobranças de pênaltis.

Em protesto, cruzeirenses pedem renúncia de Wagner, chamam conselho de ‘comprado’ e homenageiam Salomé em letreiro da sede

Reprodução/Twitter
Em ato agendado pelas redes sociais, dezenas de torcedores do Cruzeiro fizeram, na tarde desta sexta-feira, uma manifestação em frente à sede administrativa do clube, no Barro Preto, pedindo a renúncia de toda a diretoria. Em tom pacífico, a manifestação foi acompanhada pela Polícia Militar, e não registrou nenhum incidente ou briga.

No protesto, os cruzeirenses entoaram cânticos contra o presidente Wagner Pires de Sá, chamaram o Conselho Deliberativo de “comprado” e colocaram cartazes em cima dos letreiros com o nome de Zezé Perrella da fachada da sede com o nome “Dona Salomé”, torcedora símbolo do clube, que faleceu na madrugada da última terça-feira (10).

Além disso, os torcedores cobraram o direito de voto na eleição presidencial do clube. "Se o sócio não votar, o pau vai quebrar".

Por volta de 15h, o número de torcedores no local aumentou e a Polícia Militar fechou a rua Timbiras para a manifestação.

Inconformados com a situação atual do clube, que foi rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro e ainda se encontra em uma grave crise financeira e política, os torcedores querem a saída da atual diretoria, composta pelo presidente Wagner Pires de Sá e dos vices Hermínio Lemos e Ronaldo Granata.

Apesar da pressão pela renúncia de toda a direção, o Cruzeiro anunciou até agora somente a mudança no departamento de futebol com a saída de Zezé Perrella do cargo de gestor. Márcio Rodrigues, que já trabalhou nas categorias de base celeste na gestão de Gilvan de Pinho Tavares (2012-2017), assumiu o cargo.

(Rádio Itatiaia)

Cruzeiro demite diretor de base Amarildo Ribeiro, 'braço direito' de Itair Machado

Foto: Gustavo Aleixo
O Cruzeiro demitiu nesta sexta-feira o diretor de base Amarildo Ribeiro, um dos homens de confiança do ex-vice-presidente de futebol Itair Machado. Essa é a primeira decisão importante tomada por Ronaldo Granata, 2º vice-presidente estatutário da gestão de Wagner Pires de Sá e agora responsável pelas categorias de base. O Superesportes confirmou a informação divulgada pelo site Deus Me Dibre.

Amarildo Ribeiro foi contratado pelo Cruzeiro em junho de 2018, por indicação de Itair Machado, com quem havia trabalhado no Ipatinga e conquistado o Campeonato Mineiro de 2005.

O dirigente também acumulava experiências em clubes do interior de Minas Gerais, como Nacional de Muriaé, Social de Coronel Fabriciano, Nacional de Nova Serrana, Valeriodoce de Itabira e Democrata de Governador Valadares.

Sob a gestão de Amarildo, o Cruzeiro incorporou a base com vários atletas, que, posteriormente, integraram o elenco principal: o goleiro Vinícius, o lateral-direito Weverton, o lateral-esquerdo Rafael Santos, os volantes Adriano, Éderson e Jadsom, o meia Maurício e o atacante Welinton.

Em outubro, Zezé Perrella chegou a afirmar que Amarildo Ribeiro fazia um bom trabalho no Cruzeiro e, por isso, iria mantê-lo na função. “Eu nunca fui de perseguir ninguém: 'Vou mandar esse cara embora só porque ele é amigo daquele cara'. Não. Comigo não tem isso. Tanto é que eu optei por manter o Amarildo, porque ele está fazendo um excepcional trabalho”, disse.

“Nisso aí, eu tenho que dar os parabéns ao Itair, que contratou ele. Ele trabalhou 20 anos com o Itair, aí eu falei com ele: ‘Seja fiel ao Cruzeiro, como você foi com ele (Itair). Se você for, você vai continuar, porque eu quero o bem do Cruzeiro’. O dia que eu entender que não está trabalhando direito, eu mando embora. Mas eu vou dar a ele a oportunidade de fazer o trabalho bem feito, que ele já vem fazendo”, acrescentou Zezé.

No entanto, com a saída de Perrella da gestão de futebol, o Cruzeiro definiu que Amarildo Ribeiro não seguirá à frente das categorias de base. A princípio, permanecem na Toca da Raposa I o diretor administrativo Quintiliano Lemos e o gerente de futebol de base Wilmer Mendes.

(Superesportes)

Romeu Zema entrega 107 veículos ao sistema prisional de Minas Gerais

Marcos Evangelista/Imprensa MG
 
O governador Romeu Zema entregou nesta quinta-feira (12/12), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, 107 veículos para o sistema prisional do Estado. 

São 68 viaturas-cela, adquiridas com recursos do Fundo Penitenciário Nacional, e 39 ambulâncias adquiridas com recursos do Fundo de Saúde Estadual. 


Marcos Evangelista/Imprensa MG

Serão atendidas todas as 19 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps) do Estado, sendo 107 unidades prisionais e 103 cidades distintas. Confira a galeria de fotos.

(Agência Minas)

Número de empresas abertas em Minas cresce 14,3% neste ano

Arquivo/Agência Brasil
A economia mineira segue dando sinais de recuperação. Nos 11 primeiros meses do ano, a Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg) registrou a abertura de 50.009 empresas, o que significa 6.256 empreendimentos a mais do que no mesmo período de 2018, quando foram constituídos 43.753 novos negócios no estado. Isso representa uma variação positiva de 14,3% no acumulado do ano.

Apenas em novembro, 4.294 empresas foram abertas, um número 23,7% maior do que no mesmo mês do ano passado, que teve 3.471 negócios formalizados.

O tipo jurídico de empresa que mais abriu ao longo deste ano foi a Sociedade Limitada (Ltda), com 21.931 constituições. Em seguida vêm o Empresário Individual, com 17.226 novos empreendimentos, e a Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli), com 10.386 aberturas registradas.

No ano também houve a abertura de 244 Sociedades Anônimas e 71 cooperativas, além de 151 empreendimentos de outras naturezas, tais como sociedade em comandita simples. Os dados da Jucemg não contam os Microempreendedores Individuais (MEIs), que se registram direto no portal do governo federal.

Segundo a secretária-geral da Jucemg, Marinely Bomfim, grande parte dos resultados positivos apurados pode ser creditada aos esforços da instituição na implementação imediata das medidas facilitadoras previstas na Lei 13.874/2019, a Lei de Liberdade Econômica. “Este ano isentamos de custos a prática de vários atos empresariais, aumentamos o rol de atividades consideradas de baixo risco, cuja abertura foi facilitada, e implementamos a declaração de autenticidade firmada por contadores ou advogados”, exemplifica.

Desburocratização

Para o presidente da Jucemg, Bruno Selmi Dei Falci, o crescimento do número de abertura de empresas é reflexo de iniciativas adotadas para simplificação e desburocratização de processos, como o sistema de registro automático, desenvolvido pela autarquia e lançado em abril. A plataforma permite que empresários constituam empresas pela internet, 24 horas por dia, inclusive aos sábados, domingos e feriados, com emissão imediata do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ).

“Tínhamos a missão de desburocratizar, agilizar e baratear custos para o empresário. Estamos simplificando os processos internos, cortando gastos e aumentando a produtividade, sem perder a qualidade do serviço e mantendo a segurança jurídica. Um exemplo é o registro automático de empresas, que torna a Jucemg pioneira no país. Ao fazer com que o empresário poupe esforço na constituição do negócio, sobra mais tempo para ele exercer sua atividade fim, criando assim um ambiente de negócios melhor em Minas Gerais”, afirma Falci.

Bolsonaro acaba com a multa extra de 10% do FGTS em caso de demissão

Fernando Frazão/Agência Brasil
Depois de recuar e vetar a distribuição de 100% dos lucros do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aos trabalhadores, o presidente Jair Bolsonaro acabou com a multa adicional de 10% do fundo paga pelas empresas à União em casos de demissões sem justa causa.

A regra valerá a partir de 1º de janeiro de 2020. A alegação do governo é de que o fim dessa multa reduzirá o custo de um empregado para as empresas. Também dará uma ajuda ao Tesouro Nacional, pois esse dinheiro é contabilizado como despesa nas contas públicas ao ser repassado para o FGTS.

Os 10% de multa adicional foram criados por uma lei complementar de 2001, no governo de Fernando Henrique Cardoso, para ajudar na devolução de uma quantia bilionária aos trabalhadores. Mesmo depois de liquidada a fatura, o governo manteve a multa.

O fim dos 10% extras foi incluído pelo Congresso na Medida Provisória 889, que tratou da liberação dos saques do FGTS. A MP foi convertida na Lei nº 13.932, publicada na edição de quinta-feira (12/12) do Diário Oficial da União (DOU).

Mais empregos

Os especialistas explicam que, hoje, no total, as empresas pagam 50% de multa sobre o FGTS quando um trabalhador é demitido sem justa causa. Desse total, 40% vão para o empregado demitido e 10% seguem para o governo.

No ano passado, esses 10% de multa adicional arrecadaram R$ 5 bilhões. Mas, para o governo e para o Congresso, esse adicional já cumpriu sua missão. Agora, a prioridade é baratear as contratações para que o país possa criar mais empregos. O governo aposta que, até o meio do ano, a taxa de desemprego cairá para abaixo de 11%, devido à retomada a economia.

Há um forte otimismo entre os técnicos da equipe econômica e no mercado financeiro quanto a um ritmo mais forte da atividade em 2020. O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, já prevê avanço do Produto Interno Bruto (PIB) entre 2,5% e 3%.

(Estado de Minas)

Projeto de iniciativa popular sugere baixar salários de vereadores

Google Maps
Um abaixo-assinado de apoio a projeto de lei de iniciativa popular – organizado por um grupo de moradores da cidade de Reduto, na Zona da Mata – sugere que os vereadores recebam um salário mínimo como teto para o subsídio mensal. Atualmente, os nove vereadores têm salário de R$ 3.503,91 – ou 3,5 vezes maior que o salário mínimo vigente no país, de R$ 998 –, para apenas dois dias de trabalho por mês.

O abaixo-assinado, com 13 folhas e 318 assinaturas, foi protocolado na Câmara Municipal no último dia 3. A iniciativa partiu do técnico de informática Eduardo Costa, de 32 anos, e mais nove pessoas. Ele afirma que o motivo é o desgaste com os políticos locais, já que há falta de representatividade por parte dos vereadores e, recentemente, houve casos de processos por improbidade administrativa envolvendo antigos prefeitos.

Para Eduardo, o principal atrativo de ser um vereador na cidade é o salário alto. “Isso está fora dos padrões de um trabalhador normal. Já com um salário mínimo, as pessoas que forem concorrer ao cargo vão realmente pensar no povo, e não no próprio bolso”, alerta. Com a redução de salário, Eduardo ressalta que a economia pode chegar a mais de R$ 200 mil por ano.

De acordo com um dos organizadores da ação, o advogado Abraão Lopes Ferreira, de 30, o salário do vereador é incompatível com a realidade da cidade, de apenas 7.105 habitantes, já que são somente duas sessões mensais. “Nós não temos representatividade, há vereadores que estão lá há 15 anos e usam a máquina pública para se eleger”, ressalta.

O presidente da Câmara, Ailton Robadel de Souza (PV), concorda que é direito do cidadão questionar, mas aponta que é apenas um pequeno grupo que faz oposição. Segundo o parlamentar – que está em seu segundo mandato consecutivo e também trabalha como motorista na prefeitura –, a Câmara vem reduzindo gastos, já cortou o 13º salário e, no dia a dia, o vereador está perto do povo e isso tem custo. “Para mim, isso tudo é demagogia”, afirma Ailton Rodabel.

(Estado de Minas)

sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Flamengo esclarece “doping” de Bruno Henrique: “Caso encerrado”

Foto: Alexandre Vidal/CR Flamengo
Minutos depois de o jornalista Fábio Sormani, da Fox Sports, revelar que o atacante do Flamengo Bruno Henrique caiu em exame antidoping no empate por 4 x 4 contra o Vasco, em setembro, o clube rubro-negro negou a informação e esclareceu.

Por meio da assessoria de imprensa em contato com o canal, o Flamengo afirmou que o atacante “tem um problema de glaucoma e tem liberação para o uso do medicamento (brinzolamida)”.

A necessidade do uso da substância teria sido apresentada pelo Flamengo à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e “não houve demais problemas ou questionamentos”, conforme destaca a Fox Sports, em seu site.

O Flamengo informa ainda que o caso foi encerrado em 14 de novembro e não houve questionamento por parte da Agência Mundial Anti-Doping (Wada) ou pela Fifa.

(Metrópoles)

Ney Franco permanece no comando do Goiás para 2020

Facebook/Reprodução
O Goiás anunciou nesta sexta-feira (13) permanência do técnico Ney Franco para a próxima temporada. O novo contrato assinado é válido até dezembro de 2020.

Sob o comando de Ney Franco, que retornou ao clube em agosto deste ano, o Goiás fez uma campanha sólida no Campeonato Brasileiro e terminou a competição no décimo lugar da tabela, conquistando, assim, uma vaga para a Copa Sul-Americana de 2020.

O time esmeraldino chegou a engatar uma sequência de quatro vitórias no início do returno da Série A.

Em sua primeira passagem, em 2018, Ney Franco conquistou o acesso para a primeira divisão com uma rodada de antecedência, ficando com o quarto lugar na Série B.

Junto ao técnico, também permanecem no clube os auxiliares Rodney Gonçalves e Moacir Pereira. Além deles, chega o preparador físico Alexandre Lopes, que trabalhou na comissão de Ney Franco em 2018 e estava na Chapecoense.

(Folha Press)

Papai Noel é 'sequestrado' e dona oferece recompensa

Reprodução
Um Papai Noel gigante foi "sequestrado" de um outdoor, na madrugada da última terça-feira (10). O boneco inflável, de oito metros foi retirado do local sem a autorização da dona, uma empresária. Joyce Rocha está oferecendo uma recompensa de R$ 2 mil para quem o encontrar. O caso ocorreu na cidade de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O boneco, de 200 quilos, ficava sentado ao lado de uma mensagem de boas festas. A proprietária pagou o equivalente a R$ 5 mil pelo inflável, que foi colocado no local em novembro. No dia da inauguração do outdoor, a dona do boneco promoveu uma festa com a equipe que trabalha em uma loja.

O Papai Noel foi retirado com ajuda de alicates. O motor que o mantinha de pé também foi levado pelos criminosos. Ainda não há informações sobre o paradeiro do boneco.

(Diário On Line / Com informações do Meia Hora)

Jornalista da Globo se revolta ao noticiar bônus de R$ 10 milhões para políticos

Reprodução
O jornalista Rodrigo Bocardi, apresentador do "Bom Dia São Paulo", da Globo, ficou revoltado ao noticiar um bônus natalino de R$ 10 milhões para os políticos de São Paulo. O valor foi confirmado pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. De acordo com o órgão, cada servidor vai receber R$ 3.100 a mais neste mês.

"É três vezes o salário mínimo. Se sobrou dinheiro, devolve para o Estado, diminui o imposto do cidadão. Tanto lugar para dividir... professor, policial. As pessoas ficam indignadas", declarou o jornalista.

De acordo com o noticiário, o bônus foi dado excepcionalmente este mês no auxílio-alimentação de servidores, que geralmente é de R$ 634,14. Somando todos os 3.26 funcionários, incluindo políticos, o Estado terá que desembolsar R$ 10,12 milhões.

Após o desabafo no telejornal, diversos internautas mostraram apoio à reação de Rodrigo.

(Diário On Line / Com informações do Meia Hora)

Cantor de "Caneta Azul" aparece com loira e web especula: "vai perder tudo que ganhou"

Reprodução
Manoel Gomes, o dono do hit "Caneta Azul" voltou a aparecer nas redes sociais nesta quinta-feira (12). Ele aparece ao lado de uma mulher loira, supostamente affair do artista.

As especulações surgiram após um vídeo em que Manoela aparece elogiando a moça. "Estou aqui em São Paulo, só curtindo coisa boa aqui, nesse apartamento com essa loira bonita aqui", declara.

Na web, a imagem do cantor com a mulher começou a circular. Em tom de chacota, alguns "memes" da foto do suposto casal trazia a descrição: "já vai perder tudo que ganhou".

O site Imirante entrevistou o cantor sobre o caso e ele respondeu: "Ainda não deixei de ser besta", negando o boato.

Por enquanto, a gente fica na torcida para que Manoel tenha encontrado a "tampa" de sua caneta azul!



(Diário On Line e Imirante)

Saque complementar do FGTS será liberado no próximo dia 20

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil 
A Caixa Econômica Federal vai liberar o saque complementar do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a partir da próxima sexta-feira (20). Mais de 10 milhões de pessoas serão beneficiadas, segundo o vice-presidente do Agente Operador da Caixa, Paulo Henrique Angelo Souza. A declaração foi feita em uma transmissão ao vivo nas redes sociais para explicar sobre o novo limite de saque.

Só terá direito ao saque extra quem tiver alguma conta de FGTS, ativa ou inativa, cujo saldo era de até R$ 998 (atual valor do salário mínimo) em 24 de julho deste ano. Quem tiver saldo acima desse valor na conta do FGTS só poderá retirar os R$ 500 originalmente previstos. O limite vale para cada conta, separadamente.

O limite do saque imediato subiu com a sanção da lei de conversão de medida provisória nº 13.932/2019.

Dessa forma, um trabalhador que tinha R$ 998 numa conta do FGTS e R$ 1 mil em outra conta até 24 de julho só poderá sacar R$ 998 da primeira conta e R$ 500 da segunda. Nesse caso, se o trabalhador tiver retirado R$ 500 de cada conta na primeira etapa do saque imediato, poderá sacar os R$ 498 restantes da primeira conta e não poderá retirar mais nada da segunda.

Para saber se tem direito ao saque adicional, o trabalhador deve consultar o extrato do FGTS na página na Caixa na internet. A consulta também pode ser feita no aplicativo FGTS, disponível nos smartphones dos sistemas operacionais Android, iOS e em computadores com o sistema Windows.

Para a consulta, basta o trabalhador digitar o número do CPF e a senha para verificar o extrato. Caso não tenha senha ou tenha se esquecido, o trabalhador deve cadastrar uma nova senha, mas, para isso, deve ter em mãos o Número de Identificação Social (NIS), que pode ser encontrado na carteira de trabalho, no cartão do cidadão ou no extrato impresso do FGTS.

Ao acessar a conta, o trabalhador deve clicar no botão Extrato Completo, onde aparecem todas as contas do FGTS, ativas e inativas, em seu nome. O correntista deverá clicar nas informações de cada conta. Caso tenha saldo de até R$ 998 em 24 de julho, poderá sacar até esse limite.

Se o trabalhador não tiver feito o saque imediato nos últimos meses, poderá retirar até R$ 998 da conta com saldo de até um salário mínimo. No entanto, caso já tenha feito a retirada, poderá sacar a diferença entre R$ 500 e o saldo remanescente.

Depósito automático

Quem tem conta na Caixa vai receber o depósito complementar automaticamente. Para quem não tem conta, é preciso buscar atendimento nas agências da Caixa, em terminais de autoatendimento e em casas lotéricas. “Quem não tem conta na Caixa saca nos terminais de autoatendimento, nas mais de 13 mil casas lotéricas no Brasil”, disse Souza. Ele explicou que não importa se a conta do FGTS é ativa ou inativa para fazer o saque.

O vice-presidente lembrou que no próximo dia 18 tem início o pagamento do saque imediato para os trabalhadores nascidos em novembro e dezembro. Por isso, agências da Caixa terão o horário de atendimento ampliado em 2 horas.

O dinheiro do saque imediato ficará disponível até o dia 30 de março de 2020.

(Agência Brasil - Repórter: Kelly Oliveira)

Seguradora quer reverter decisão do governo de extinguir Dpvat

Arquivo/Agência Brasil
De cada 10 veículos na rua, menos de três têm seguro facultativo - mais de 70% transitam somente com o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (Dpvat). Esse é um dos argumentos da Seguradora Líder, responsável pela administração do Dpvat, para tentar reverter a decisão do governo de extinguir o seguro.

No dia 11 de novembro, o governo enviou ao Congresso Nacional a Medida Provisória nº 904 para extinguir o seguro a partir de 1º de janeiro de 2020.

De acordo com o governo, a medida tem por objetivo evitar fraudes e amenizar os custos de supervisão e de regulação do seguro por parte do setor público, atendendo a uma recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU).

Para a Seguradora Líder, o Dpvat “propicia uma importante reparação social, já que protege os mais de 210 milhões de brasileiros em casos de acidentes de trânsito, especialmente os de renda mais baixa”. “Dos 42% de beneficiários que informaram a renda em todos os pedidos de indenização já computados pelo Consórcio do Seguro Dpvat, cerca de 80% têm de nenhuma renda até um salário mínimo”.

A seguradora argumenta ainda que o Dpvat “representa importante fonte de recursos para a União em prol de toda a população”. “Além dos 50% do total arrecadado com o seguro, direcionados ao SUS [Sistema Único de Saúde] e Denatran [Departamento Nacional de Trânsito], mais de 38% da arrecadação são destinados ao pagamento das indenizações às vítimas de acidentes de trânsito e revertidos diretamente à sociedade”. A parcela destinada à margem de resultado e despesas gerais da seguradora soma cerca de 12%.

Em caso de acidente de trânsito, o Dpvat cobre até R$ 2.700,00 de despesas médicas, quando não realizadas pelo SUS. Em caso de invalidez permanente ou morte, a vítima ou sua família recebe até R$ 13.500,00. O Seguro Dpvat não cobre danos materiais e é administrado em forma de monopólio pela Seguradora Líder-Dpvat, constituída por 73 seguradoras que participam do Consórcio do Seguro Dpvat.

Estudo do governo
No último dia 10, a Secretaria de Política Econômica (SPE) e a Superintendência de Seguros Privados (Susep) divulgaram estudo que embasou a decisão do governo de extinguir o Dpvat.

Diferentemente de outros países, em que há seguro obrigatório de trânsito, o Dpvat não é direcionado aos que não deram causa ao acidente. Em nota, os órgãos dizem que o seguro destina a maior parte dos pagamentos de indenizações ao próprio motorista (58%), mesmo que ele seja inadimplente e culpado pelo acidente, onerando todos os demais proprietários de veículo automotores, independentemente da faixa de renda.

Para o governo, o “fim do seguro obrigatório tende a aumentar o mercado de seguros facultativos e a cultura de proteção por parte de motoristas e proprietários.”

Saúde
A SPE considera que a extinção do Dpvat terá pouco impacto sobre o orçamento do SUS. Segundo o estudo, a parcela do seguro obrigatório repassada à saúde pública neste ano correspondeu a R$ 965 milhões, o equivalente a 0,79% do orçamento total de R$ 122,6 bilhões para a área neste ano.

O Ministério da Economia lembrou que a medida provisória obriga o Dpvat repassar R$ 1,25 bilhão por ano ao Tesouro Nacional até 2022, resultante das obrigações remanescentes dos acidentes ocorridos até o fim deste ano. De 2023 a 2025, o Tesouro receberá mais R$ 1 bilhão. Segundo a SPE, os repasses totais equivalem a quase cinco vezes a transferência de recursos para o SUS em valores deste ano.

(Agência Brasil - Repórter: Kelly Oliveira)

De Açucena! Família de pedreiro atropelado em Portugal tenta arrecadar mais de R$ 50 mil para traslado do corpo para o Brasil

Reprodução/Redes Sociais
Um homem de 35 anos morreu depois de ser atropelado nessa terça-feira (10) em Alcobaça, cidade de Portugal. Familiares promoveram uma campanha nas redes sociais para arrecadar os valores do traslado. Segundo o cunhado de Werlen Ramos, ele era natural de Açucena (MG) e estava há sete meses no país europeu, onde trabalhava como pedreiro.

De acordo com Edi Carlos, cunhado da vítima, para trazer o corpo para o Brasil será preciso pagar 12 mil euros (cerca de R$ 55 mil), valor fora da realidade financeira da família. Várias publicações foram feitas no Facebook e já foram compartilhadas por mais de 100 pessoas.

"É um momento de tristeza e de muita dificuldade. Nessa vida não somos nada, mas quando há mais pessoas, somos mais fortes. Porque unidos, podemos fazer mais coisas" , conta.

Edi contou ao G1 que Werlen foi atropelado enquanto ele e outros três amigos guiavam o carro em uma rodovia, porque a gasolina havia acabado. Ele voltava do trabalhado no início da noite.

“Ele estava acompanhado por outros três amigos. Ele ficou do lado de fora guiando o carro com a mão no volante, e os outros três estavam atrás empurrando o carro. Em um certo momento, um carro veio, no mesmo sentido em que Werlen estava, e acabou atingindo-o", relatou o cunhado. O familiar disse ainda que o motorista prestou os socorros, mas Werlen não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Conforme Edi, até o momento, o motorista não havia sido preso.

Werlen Ramos nasceu em Açucena e morava com a família, entre eles dois filhos, de 12 e 17 anos, os pais, irmãos e primos.

"A gente é a chave da porta da nossa casa. Quando você sai de manhã, você tranca a porta da sua casa. Quando você volta à tarde, você vai abri-la. É um momento de muita dor, por conta de ele estar lá (Portugal) e não sabermos como ele vai chegar (no Brasil) e, até então, essa porta está fechada. É muito difícil para nós que somos familiares e amigos, porque ele era um cara muito querido que tinha sonhos", lamentou Edi.

Segundo o cunhado, Werlen aprovava a vida que levava em Portugal e que depositava pensões mensais para os filhos. Informou ainda que ele tinha o objetivo de voltar para o Brasil, onde pretendia construir uma casa e montar um serviço próprio.

Esse é o segundo caso que o G1 mostra nos últimos dois meses de uma família que precisa se mobilizar para trazer um corpo de Portugal ao Brasil. Em outubro, Camila da Silva Mendes, de 30 anos, foi morta pelo namorado, com um golpe de arma branca, e teve o corpo colocado em uma mala e abandonado na mata, em Arruda dos Vinhos, distrito de Lisboa.

A família iniciou uma campanha para arrecadar cerca de R$ 30 mil, valor necessário para fazer o traslado do corpo para Ipatinga (MG). Na época, os familiares tinham a opção de fazer o sepultamento do corpo em Portugal, o que custaria, aproximadamente, R$ 16 mil.

Um empresário de Limeira (SP) ficou sensibilizado e doou R$ 15 mil para a família que conseguiu arrecadar o dinheiro necessário e trazer o corpo para o Brasil. A mineira foi sepultada duas semanas após o crime.

(G1 dos Vales)

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Caixa começa a pagar PIS de trabalhadores nascidos em dezembro

Marcelo Carmargo/Agência Brasil
O abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) do calendário 2019/2020 começa a ser pago nesta quinta (12) para os beneficiários nascidos em dezembro.

A Caixa Econômica Federal é responsável pelo pagamento do abono salarial do PIS. Os titulares de conta individual na Caixa, com cadastro atualizado e movimentação na conta, já receberam o crédito automático antecipado no último dia 10.

Os pagamentos são escalonados conforme o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho, com os nascidos naquele mês. O prazo final para o saque do abono salarial do calendário de pagamentos 2019/2020 é 30 de junho de 2020.

Os valores variam de R$ 84 a R$ 998, de acordo com a quantidade de dias trabalhados durante o ano-base 2018.

Segundo a Caixa, são mais de 1,8 milhão de trabalhadores nascidos em dezembro, totalizando R$ 1,3 bilhão em recursos injetados na economia. O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site da Caixa ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207.

A Caixa vai liberar cerca de R$ 16,5 bilhões para mais de 21,6 milhões de beneficiários até o final do calendário.

Quem tem direito ao saque

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2018, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano base 2018.

Quem tem o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de autoatendimento do banco. Caso não tenha o Cartão do Cidadão e não tenha recebido automaticamente em conta da Caixa, o valor pode ser retirado em qualquer agência do banco, apresentando o documento de identificação oficial com foto.
Pasep

O trabalhador com vínculo a empresa pública tem inscrição no Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) e recebe o pagamento pelo Banco do Brasil.

Neste mês, não há nova fase de pagamento do Pasep. Em novembro, o Banco do Brasil liberou o pagamento para os servidores públicos com final de inscrição 4. Os próximos a receber são os servidores com final de inscrição 5 e 6, no dia 16 de janeiro. Aqueles que têm conta no Banco do Brasil também recebem o crédito automaticamente em conta, dois dias antes da liberação de pagamentos.

O banco oferece ainda transferência eletrônica disponível (TED) sem custos para aqueles que têm conta em outras instituições financeiras.

(Agência Brasil)

Senado aprova pacote anticrime

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O Senado aprovou nesta quarta (11) o Projeto de Lei 6.341/2019, conhecido como pacote anticrime. O pacote reúne parte da proposta apresentada no início deste ano pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, e trechos do texto elaborado pela comissão de juristas coordenada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Agora, o texto vai à sanção do presidente Jair Bolsonaro.

A matéria traz mudanças na legislação penal, como aumento de penas e novas regras para progressão de regime pelos condenados. O texto foi aprovado na Câmara na semana passada, sem pontos considerados mais polêmicos. Dentre esses pontos, estão temas como prisão após condenação em segunda instância, que está em discussão por instrumentos diferentes na Câmara e no Senado; e o plea bargain, dispositivo que prevê a redução de penas de acusados que confessarem ter cometido um determinado crime.

Outro ponto considerado polêmico que também ficou de fora do texto aprovado foi o excludente de ilicitude. Esse dispositivo protegeria de punição agentes de segurança que, por “violenta emoção, escusável medo ou surpresa”, cometessem excessos no exercício da função.

Após a aprovação do texto na Câmara (http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2019-12/camara-aprova-pacote-anticrime-texto-vai-ao-senado), Moro chegou a dizer que “o Congresso poderia ter ido além”, lamentando a retirada desses pontos. “Em relação ao que não foi aprovado [na Câmara], vamos trabalhar para reestabelecer no Senado, ou, eventualmente, por projeto à parte. Isso faz parte do jogo democrático”, disse o ministro no dia seguinte à aprovação do projeto pelos deputados. O texto aprovado no Senado não sofreu alterações em relação ao que saiu da Câmara.

Durante a discussão do projeto, o senador Humberto Costa (PT-PE) destacou a importância da retirada dos pontos polêmicos. E apesar de criticar a ausência de um processo de combate ao maior encarceramento em massa, indicou seu voto favorável. “Certamente é bem melhor que a proposta inicial que foi mandada a esta Casa. Votaremos favoravelmente a esse projeto, sabendo das suas imperfeições. Mas se não aprovarmos agora, com as condições que ele tem, estaremos sujeitos a retrocessos ainda maiores”.

O relator da matéria no senado foi Marcos do Val (Podemos-ES). Ele negou que a proposta tenha perdido musculatura durante sua tramitação no Congresso. “Esse pacote anticrime é um desejo de toda a sociedade. A pauta de segurança pública era principal. Chegaram a falar que virou um 'pacotinho'. Isso não é verdade. Mais ou menos 80% da proposta do ministro Moro permaneceu, conseguimos avançar bastante”.
Principais itens do projeto encaminhado ao Senado

Penas maiores: Aumentam as penas para diversos crimes, como homicídio com armas de fogo de uso restrito ou proibido, injúria em redes sociais, comércio ilegal de armas e tráfico internacional de armas. O tempo máximo de prisão no Brasil também passa de 30 para 40 anos.

Prisão após condenação do Tribunal do Júri: Atualmente, um réu pode recorrer em liberdade mesmo depois de condenado pelo Tribunal do Júri. O pacote prevê que o condenadoseja preso logo após a condenação nos casos em que a pena estipulada seja de pelo menos 15 anos. A proposta inicial de Moro não previa esse tempo mínimo.

Condicional: Tornam-se mais rígidas as condições para que um preso condenado seja posto em liberdade condicional. Somente os que tiverem comportamento considerado bom, e não satisfatório, como era antes, e sem falta grave nos 12 meses anteriores poderão obter o benefício.

Preso x advogado: Cai a necessidade da autorização do juiz para a gravação da conversa entre o advogado e seu cliente dentro de presídios de segurança máxima.

Progressão de pena: Hoje é necessário cumprimento de, no mínimo, um sexto da pena em regime fechado para requerer progressão para os regimes de prisão domiciliar ou semiaberta. A permanência mínima exigida passa a ser entre 16% e 70%, a depender da gravidade do crime e dos antecedentes do preso. É preciso cumprir no mínimo de 40% da pena, se réu primário, e de 60%, se reincidente. Condenados de organizações criminosas ou milícias deixam de ter direito à progressão de regime e à liberdade condicional, desde que o vínculo seja comprovado.

Crimes hediondos: Os detentos condenados por crimes hediondos – quando há violência e grande potencial ofensivo – terão regras mais rigorosas para o cumprimento da pena, como restrição a saídas temporárias e à progressão de regime. O projeto também aumenta o número de crimes considerados hediondos, como roubo que resulta em lesão grave, furto com explosivo, homicídio cometido com arma de fogo de uso restrito.

Infiltrados: O texto apresenta as situações em que provas podem ser obtidas por policiais disfarçados e a validação de flagrantes em operações especiais com agentes infiltrados. Poderão ser condenados, por exemplo, aqueles que venderem arma ou munição a um agente policial disfarçado, desde que haja indicativos de conduta criminal preexistente.

Presídios federais: O tempo máximo de permanência de líderes de facções criminosas em presídios federais passa de 360 dias para três anos, com possibilidade de renovação.

Assistência ao policial: Policiais investigados por matar alguém sem confronto ou legítima defesa no exercício de suas funções que não indicarem um advogado pessoal, e se não houver defensor público responsável, terão direito a um advogado pago pela corporação. A regra também vale para militares em ações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO).

(Agência Brasil)

Atlético não vai renovar com Léo Silva e técnico Vagner Mancini; outros três vão deixar o clube

Foto: Bruno Cantini/Atlético
O Atlético anunciou, na noite dessa quarta-feira (11), que não vai renovar os contratos do zagueiro Leonardo Silva e do técnico Vagner Mancini, que estão se encerrando no final deste ano. O Alvinegro também comunicou oficialmente que o goleiro Wilson e o atacante Geuvânio, que têm contrato ate 31 de dezembro, e o volante Elias, com vínculo até janeiro, também vão deixar o clube.

No caso de Léo Silva, o Alvinegro informou que ofereceu um cargo nas categorias de base do clube e ainda aguarda a resposta do jogador.

Contratado no início de 2011, o defensor, que deve anunciar a aposentadoria, disputou 390 partidas com a camisa do Galo e marcou 36 gols, o que o torna o zagueiro com mais gols pelo Atlético.

Nessas nove temporadas na Cidade do Galo, Léo conquistou quatro títulos do Campeonato Mineiros (2012, 2013, 2015 e 2017), a Copa Libertadores de 2013, a Recopa Sul-Americana em 2014, e a Copa do Brasil, também em 2014.

Mancini

Contratado em outubro para substituir Rodrigo Santana, o técnico Vagner Mancini dirigiu o Atlético em 13 jogos, obtendo quatro vitórias, cinco empates e quatro derrotas.

Tal desempenho fez com que o Galo terminasse o Campeonato Brasileiro na 13ª colocação, conquistando uma vaga na Copa Sul-Americana.

(Lucas Borges - Hoje em Dia)

Novo áudio vazado de Itair Machado coloca ainda mais fogo no bagunçado Cruzeiro

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro
O futuro do Cruzeiro é uma incógnita. Certo mesmo é que o clube vai disputar a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, mas dizer neste momento que a Raposa tem a paz necessária para planejar o ano que vem não é possível. Os bastidores políticos estão incendiados e a cada dia um novo áudio com declarações polêmicas envolvendo dirigentes vêm à tona. Mais uma vez Itair Machado aparece como protagonista disso tudo.

Em um áudio com duração de mais de cinco minutos vazado no WhatsApp, Itair Machado atacou o atual gestor de futebol Zezé Perrella e a oposição do Cruzeiro, repetindo discursos ainda da época em que tinha o "poder da caneta" no clube.

"O Zezé tem mentido aí, ou é falta de conhecimento dele. A folha do Cruzeiro hoje é de R$ 9 milhões, sem imposto. O Cruzeiro paga R$ 1 milhão para jogadores que estão emprestados. O Mano não quis, e a gente teve que emprestar. Porém, quando eu assumi, eram R$ 2,5 milhões ao mês que o Cruzeiro pagava de salários para jogadores emprestados. Aos poucos fomos arrumando a casa. Mas reconheço que a parte administrativa lá na sede estava errada sim", disse.

Itair também se eximiu de culpa e atacou os adversários políticos. E chegou a, mesmo sem citar nome, indicar que um ex-dirigente do clube usa "milícia virtual" para atacá-lo.

"A força para desmentir uma denúncia negativa ela é muito pequena. A torcida do Cruzeiro nas redes sociais se deixa levar pelas fake news, e tem um ex-dirigente do Cruzeiro, que por questão de processo não vou citar o nome, ele tem uma milícia muito forte na rede social, ele tem muito dinheiro e banca muita gente mensalmente só para bater", comentou.

Fora do Brasil, Itair Machado, segundo apurou o Hoje em Dia, passou pelos Estados Unidos nos últimos dias, inclusive na companhia da esposa e do sogro. No entanto, ele diz que está em Portugal no momento em que gravou o áudio.

"Estou em viagem, estou em Portugal. Espalharam que eu estava nos Estados Unidos, mas essa viagem minha estava marcada desde julho, foi marcada para quando o campeonato encerrasse. Infelizmente encerrou da maneira que foi sem a minha presença, que eu já sai já tem mais de dois meses", falou mais uma vez se isentando de culpa pelo atual momento do Cruzeiro.

Uma das situações mais criticadas por Itair Machado envolveu a parte administrativa do Cruzeiro.

"O que eu fiz pelo Cruzeiro foi ganhar título. Graças a Deus eu tenho uma estabilidade hoje que não precisava de salário do Cruzeiro. Mas o salário do Cruzeiro para você ter ideia, o meu estava atrás de cinco dirigentes do mercado. E modéstia a parte pegar um clube quebrado como peguei, eu procurava arrumar o dinheiro para o futebol. Tentaram me envolver em erros administrativos que não foi eu, não sabia que tinha diretor ganhando R$ 125 mil por mês e falei isso com o presidente, que foi um grande erro vários salários alto. No futebol não tem salário fora do mercado não. O Cruzeiro é gigante, tem que ter time para peitar todo mundo. Até no momento da Libertadores ali que terminamos em primeiro a mídia só se falava em Cruzeiro, depois é que vinha o Palmeiras e o Flamengo. Aí veio essa matéria do Fantástico. A matéria, se você tem algum amigo advogado, pega ela na internet e manda ele olhar se tem alguma ilegalidade ali. Aquilo ali, o repórter quis crescer às custas do Cruzeiro. Quem entregou tudo para ele foi o ex-candidato, que também não vou falar o nome, porque dá processo. Ele também tinha acesso a documentos do Cruzeiro, nada ali foi ilegal", criticou.

No áudio o ex-dirigente ainda disse que a oposição do Cruzeiro sempre quis denegrir sua imagem.

"Provou-se, desde o primeiro momento, que o que eles (oposição) queriam, o acordo que foi foi feito com os dois repórteres com o ex-candidato, foi denegrir a minha imagem. Eles queriam me tirar do Cruzeiro. Só que eles esqueceram que ia sangrar o Cruzeiro. E sangrou. Quando saí, avisei ao Zezé que o Cruzeiro estava para cair. Pedi a eles sete jogos de paz. E não me deram. Tenho como provar isso aí, será mostrado, tenho áudio. Pedi a eles sete jogos de paz, que ia tirar o Cruzeiro do rebaixamento. Eles não deram. Então, me reuni com o presidente, e nós entendemos que era melhor ele me tirar".

Esse é o segundo áudio de Itair Machado publicado nesta semana. O Hoje em Dia publicou na última segunda-feira um diálogo de Wagner Pires de Sá com o ex vice-presidente de futebol. E na mensagem, Machado indicava que o atual presidente renunciasse ao cargo e viajasse, porque em Belo Horizonte o momento estava "muito perigoso".

(Guilherme Piu - Hoje em Dia)