sábado, 21 de setembro de 2013

Placar do Futebol
RESULTADOS DO DIA (BRASIL):
Série A:
(8º)Fluminense-RJ 1x1 Coritiba-PR(7º).
(6º)Vitória-BA 0x0 Grêmio-RS(3º).

Série B:
(10º)Boa-MG 1x2 Ceará-CE(8º).
(20º)ABC-RN 2x0 Chapecoense-SC(2º).
(12º)Figueirense-SC 1x0 Paraná-PR(3º).
(1º)Palmeiras-SP 2x1 Sport-PE(6º).
(13º)Guaratinguetá-SP 2x0 América-RN(15º).
(17º)Paysandu-PA 0x0 Atlético-GO(16º).

Série C:
Grupo B:
(7º)Madureira-RJ 1x1 Caxias-RS(3º).
(8º)CRAC-GO 0x1 Mogi Mirim-SP(1º).
(2º)Macaé-RJ 4x0 Grêmio Barueri-SP(10º).
(9º)Duque de Caxias-RJ 2x1 Guarani-SP(4º).

camp. Amapaense
(1º)Macapá 3x0 Ypiranga(2º).
(5º)Trem 1x0 Santos(6º).
 
RESULTADOS DO DIA (AMÉRICAS):
Camp. Chileno:
Universidad Concepcion 2x1 Rangers Talca.
Union La Calera 1x3 Santiago Wanderers.
Cobreloa 2x0 Cobresal.
Colo Colo 0x1 Palestino.
Universidad Católica 1x2 O'Higgins.

Camp. Uruguaio:
Fenix 2x2 Montevideo Wanderers.
Liverpool 0x0 El Tanque Sisley.
Peñarol 1x2 Danúbio.

Camp. Argentino:
Olimpo 1x1 Belgrano.
Rosario Central 1x1 Arsenal.

Camp. Colombiano:
Alianza Petrolera 0x0 Patriotas.
Santa Fe 0x0 Millonarios.
Deportivo Pasto 0x0 Envigado.
Atlético Nacional 2x0 Tolima.


Camp.peruano
Liguilla A:
Cesar Vallejo 0x0 Sport Huancayo.
 
Camp. Mexicano: 
América 3x1 Chiapas.
Atlante 1x0 Pumas.
Pachuca 1x1 Santos Laguna.
Tigres 0x0 Puebla.
León 2x1 Chivas
Atlas 1x1 Veracruz 

Camp. Paraguaio:
Olimpia 3x1 Cerro Porteño PF.
 
RESULTADOS DO DIA (EUROPA):
Camp. Russo:
(7º)Dynamo Moscow 1x3 Lokomotiv Moscow(2º).
(11º)Krylia Sovetov 1x1 Ural(13º).
(15º)Terek 0x1 Krasnodar(5º).

Camp. Ucraniano:
(13º)Hoverla 2x0 Arsenal(14º).
(16º)Tavriya 0x3 Metalist(1º).
(2º)Shakhtar 3x0 Vorskla(5º).

Premier League:
(17º)Norwich 0x1 Aston Villa(12º).
(2º)Liverpool 0x1 Southampton(6º).
(11º)Newcastle 2x3 Hull City(10º).
(13º)West Bromwich 3x0 Sunderland(20º).
(14º)West Ham 2x3 Everton(5º).
(1º)Chelsea 2x0 Fulham(18º).

Bundesliga:
(16º)Hamburgo 0x2 Werder Bremen(9º).
(4º)Hannover 2x1 Augsburg(8º).
(7º)Mainz 1x4 Bayer Leverkusen(3º).
(15º)Nuremberg 1x1 Borussia Dortmund(1º).
(6º)Wolfsburg 2x1 Hoffenheim(10º).
(12º)Schalke 0x4 Bayern Munique(2º).

La Liga:
(7º)Real Sociedad 0x0 Málaga(9º).
(17º)Almeria 2x2 Levante(8º).
(16º)Rayo Vallecano 0x4 Barcelona(1º).
(11º)Valladolid 0x2 Atlético Madrid(2º).

Ligue 1:
(8º)Bastia 0x0 Olympique Marseille(4º).
(7º)Reims 1x1 Guingamp(16º).
(5º)Rennes 2x0 Ajaccio(19º).
(20º)Sochaux 0x2 Lille(6º).
(9º)Evian 2x2 Montpellier(13º).

Primeira Liga:
(7º)Gil Vicente 1x1 Olhanense(11º).
(15º)Belenenses 1x0 Marítimo(9º).
(3º)Sporting 1x1 Rio Ave(4º).

Camp. Turco:
(11º)Konyaspor 1x0 Genclerbirligi(14º).
(9º)Sivasspor 1x2 Kasimpasa(5º).
(7º)Eskisehirspor 2x1 Antalyaspor(17º).
(2º)Fenerbahçe 4x0 Elazigspor(8º).

Serie A:
(9º)Cagliari 2x2 Sampdoria(17º).
(14º)Chievo 2x1 Udinese(11º).
(13º)Genoa 0x0 Livorno(6º).

Eredivisie:
(14º)Heracles Almelo 0x3 Twente(2º).
(17º)ADO Den Haag 1x1 NEC(18º).
(6º)Groningen 4x1 RKC(16º).
(11º)Roda 3x3 Heerenveen(4º).
 
 

CAMPEONATO MINEIRO SEGUNDA DIVISÃO

Resultados da rodada.


NESTE SÁBADO




Unitri 0X1 CAP Uberlândia
Parque do Sabiá – 15h30m - Uberlândia
A: Adriano Alves de Oliveira (FMF)
A1: Marcus Vinícius Gomes (CBF/FMF)
A2:Frederico Soares Vilarinho (CBF/FMF)
4A: Nélson Rodrigues Braga Neto (Liga local)
Gol: 9-Daniel Moraes, aos 8’2T (CAP).

Público: 719 pagantesRenda: R$6.250,00



21.09.2013unitrixcap1

 Foto: Renato Rodrigues / Canal UEC



Trio 1X3 Coimbra
Israel Pinheiro – 16h – Itabira
A: Wagner Ferreira de Souza (FMF)
A1: Marco Antônio da Silva (FMF)
A2: Júnior Antônio da Silva (FMF)
4A:Célio Martins Ferreira (Liga local)
Gols: 10-Willian, aos 8’1T e 9-José Laurentino, aos 31’1T e 11- Ramon, aos 38’2T (Coimbra); 16-Alessandro Ely, aos 28’2T (Trio).Público: 12Renda: R$100,00



 Montes Claros 1X0 Funorte

José Maria Melo – 16h – Montes Claros
A: Átila Carneiro Magalhães (Especial FMF)
A1: Marconi Helbert Vieira (CBF/FMF)
A2: Pablo Almeida Costa (CBF/FMF)
4A: Hélio Pereira da Silva (Liga local)

Gol: 11-Rômulo, aos 19’2T (Montes Claros) 


 DOMINGO – 22.09.2013



 Novo Ipatinga X Arsenal

Israel Pinheiro – 10h – Itabira
A: Antônio Márcio Teixeira da Silva (FMF)
A1: Luiz Antônio Barbosa (CBF/FMF)
A2: Augusto Magno Ramos (FMF)
4A: Elizabeth Moreno (Liga local)

  

Santarritense X Nacional
Erasmo Cabral – 10h – Santa Rita do Sapucaí
A: Denisson Eufrásio Domingues (FMF)
A1: Flamarion Sócrates da Silva (Especial FMF)
A2: Breno Rodrigues (FMF)
4A: José Vanderlei R., Baldoni (Liga Pouso Alegres)



 TERÇA-FEIRA – 24.09.2013



 Funorte X Valeriodoce

José Maria Melo – 20h – Montes Claros
A: Emérson de Almeida Ferreira (CBF/FMF)
A1: Wesley Moreira de Carvalho (CBF/FMF)
A2: Felipe Souza Leal (fmf)
4A: Jéssica Caroline Santos Oliva (Liga local)


SITE DA FMF

Atlético e Vasco se enfrentam em circunstâncias diferentes em relação a 2012

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Vinícius Costa/ Preview.com
    Atacante Jô fez o gol da vitória do Atlético-MG sobre o Vasco em 2012 Atacante Jô fez o gol da vitória do Atlético-MG sobre o Vasco em 2012

O encontro entre Atlético-MG e Vasco, neste domingo, às 18h30, no Independência, acontece em situação bem menos atraente do que no duelo válido pela edição 2012 do Brasileirão, quando os dois clubes viviam situações bem mais cômodas.
Em 2012, os dois rivais se enfrentaram no primeiro turno do Brasileirão no Independência e brigavam pelas primeiras colocações. O Atlético venceu o time carioca, por 1 a 0, com gol de Jô e passe de Ronaldinho Gaúcho, assumindo naquela ocasião a aliderança.

"Foi jogão, aquele, gol do Jô de cabeça, os dois times na parte de cima da tabela, este jogo agora vai ser outro jogão, a gente tem de ter respeito com o Vasco, muita aplicação, não vamos ter facilidade", lembrou Cuca.

 Neste domingo, o duelo tem caráter decisivo, mas do outro oposto da tabela. O Vasco briga contra o rebaixamento e vive crise interna, com atraso de salários e sequencia de três jogos sem vitórias no Brasileirão. O Atlético, que vem de derrota para o São Paulo, tenta se distanciar das equipes da parte inferior da tabela para se aproximar do G4.

"É uma situação totalmente diferente do ano passado, quando a gente se enfrentou no primeiro jogo. A gente brigava para saber quem seria o primeiro, agora mudou tudo, o Vasco em uma situação complicada, mas não deixa de ser grande clube e a gente procurando uma arrancada", disse Leonardo Silva.
"É um momento diferente, jogo diferente, mas com o mesmo brilho, clássico importante, a gente espera que o Atlético vença em casa para subir na tabela", acrescentou destacou Leonardo Silva.

Com defesa em evolução, Cruzeiro só levou mais gols que o Corinthians no Brasileiro

Dionizio Oliveira
Do UOL, em Belo Horizonte 

Entrosamento entre os zagueiros Dedé e Bruno Rodrigo ajuda a explicar bom rendimento da defesa celeste

Entrosamento entre os zagueiros Dedé e Bruno Rodrigo ajuda a explicar bom rendimento da defesa celeste

Desde o início do Campeonato Brasileiro o Cruzeiro tem se destacado pelo ímpeto ofensivo e, dessa forma, chegou à liderança, com 49 pontos, e ao posto de melhor ataque da competição com 48 gols, média superior a dois por jogo. Nas últimas partidas, no entanto, a zaga celeste cresceu de produção com a evolução de Dedé e também tem feito a diferença.

Nos últimos cinco jogos, o Cruzeiro sofreu apenas dois gols. Em casa o desempenho é ainda melhor, já que a defesa conseguiu passar em branco nos últimos três jogos, o que foi fundamental para vencer Flamengo e Atlético-PR, pelo placar de 1 a 0. A defesa celeste é a segunda melhor do certame, com 19 gols sofridos, pior apenas que a do Corinthians, seu adversário deste domingo, às 16h, no Pacaembu, que levou 13.
O técnico Marcelo Oliveira reconhece que o time está mais bem protegido nas últimas partidas e atribui essa evolução principalmente ao entrosamento da dupla de zaga formada por Bruno Rodrigo e Dedé, que atuou em 21 das 22 partidas do Cruzeiro na competição.

"É verdade que estamos mais seguros e consistentes defensivamente, acho que isso se deve à participação dos meias, volantes e atacantes na saída de bola do adversário, mas se deve muito a dupla de zaga que está muito firme, muito consistente, entrosada a cada jogo e melhorando esse entrosamento", analisou.
Um dos fatores que colaborou para essa melhora foi o desempenho de Dedé. Contratado a peso de ouro, o zagueiro teve um início oscilante e uma falha terrível contra o Flamengo, que contribui para a eliminação do Cruzeiro na Copa do Brasil. Após o erro, o jogador cresceu de produção e está correspondendo às expectativas dos torcedores.

O próprio defensor admitiu que sentiu a evolução depois da falha e disse que o lance serviu como aprendizado. "Serviu de lição o erro contra o Flamengo, o erro grave que tive, que ainda não tinha acontecido na minha carreira, graças a Deus transformou em coisas boas. Acho que qualquer trabalhador tem que tirar de críticas negativas para levar para o lado positivo", observou.

Mogi Mirim vence, aproveita tropeço do Caxias e se torna líder na Série C

 Do UOL, em São Paulo

 O Mogi Mirim é o novo líder do grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro. Além de fazer sua parte ao vencer o CRAC por 1 a 0, fora de casa, o time paulista contou com o empate do então primeiro colocado Caxias, que não foi além de um empate diante Madureira por 1 a 1.

Com o resultado, o Mogi chegou aos 26 pontos. Além de deixar a ponta, o Caxias teve um prejuízo maior. Subiu para 25 pontos, mesma pontuação do Macaé, que aplicou fáceis 4 a 0 no Barueri e virou vice-líder porque tem um melhor saldo de gols do que os gaúchos.
O Guarani, por outro lado, fecha o G-4. A equipe campineira perdeu do penúltimo colocado Duque de Caxias por 2 a 1 e aparece na quarta colocação, com 23 pontos.

Flu reage, empata com Coritiba e completa 6 jogos sem perder no BR

Rodrigo Paradella
Do UOL, no Rio de Janeiro
 
Após sair atrás no placar no Maracanã, o Fluminense reagiu e conseguiu empatar por 1 a 1 o confronto com o Coritiba, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, na noite deste sábado. Com o resultado, o Tricolor completou a sexta partida consecutiva sem derrotas na competição. Gum marcou o gol carioca na partida, enquanto Lincoln balançou a rede para os paranaenses.

O resultado, no entanto, não foi dos melhores para o Fluminense. O Tricolor tinha a chance de terminar a rodada até mesmo na sexta posição caso vencesse o Coritiba. Sem o triunfo, o time carioca se mantém no meio da tabela, ainda próximo da zona de rebaixamento e distante dos primeiros colocados.
 
21.set.2013 - Diguinho, do Fluminense, domina a bola observado de perto por Vitor Júnior, do Coritiba, em jogo no Maracanã  Ricardo Ayres/Photocamera
 
O Fluminense começou o duelo com razoável superioridade no Maracanã. Apoiado por sua torcida, o Tricolor dominava a posse de bola e as ações ofensivas do confronto, enquanto o Coritiba apostava numa postura mais defensiva. O time paranaense, por muitas vezes, se posicionava com 11 homens atrás do círculo central.

O Coritiba, no entanto, não abdicava de buscar seu gol. O goleiro Diego Cavalieri viu Vitor Júnior acertar seu travessão em cobrança de falta aos 15min. A reposição de bola no tiro de meta foi, inclusive, a primeira vez que o arqueiro tricolor pegou na bola durante o confronto.
Mesmo com a maior presença no campo de ataque, faltava objetividade ao Tricolor. A falta de eficiência ofensiva teria sérios efeitos colaterais: aos 31min, em contragolpe, Escudero cruzou na medida da esquerda para Lincoln cabecear sem defesa para Diego Cavalieri.
A desvantagem no placar mudou substancialmente a situação do Fluminense na partida. 

Antes apoiado pela torcida que comparecia em bom número ao Maracanã, o time passou a sofrer com vaias e pressão das arquibancadas. O clima tenso fez com que a equipe passasse a errar mais passes e tivesse ainda mais dificuldade de armar jogadas.
Do outro lado, o Coritiba passou a ter mais a posse da bola, aproveitando a dificuldade do Fluminense de mantê-la em seus pés. Após uma tabela pela direita, Robinho chegou à entrada da área tricolor e bateu cruzado com força para Cavalieri espalmar na base do reflexo aos 42min. O lance foi o último de maior emoção antes do intervalo.

Sem ter dado um chute sequer a gol na primeira etapa, o Fluminense teve duas substituições operadas por Vanderlei Luxemburgo para o segundo tempo. Ronan entrou no lugar de Carlinhos, enquanto o apoiador Biro-Biro ocupou a vaga do volante Diguinho. A última opção foi claramente uma tentativa de deixar a equipe mais ofensiva em busca da virada.
A alteração daria resultado rapidamente. Logo na primeira finalização do Fluminense em toda a partida, o zagueiro Gum recebeu um cruzamento na pequena área de Biro-Biro e chutou sem marcação para empatar o placar no Maracanã aos 5min.

A igualdade no marcador mudou a partida. Oito minutos após o gol de Gum, foi a vez de Wagner experimentar de longa distância da esquerda e acertar o travessão do goleiro Vanderlei, levantando a torcida presente ao Maracanã. Pouco depois, Bruno acertou uma pancada da direita e balançou a rede pelo lado de fora em chute muito perigoso.

A pressão, no entanto, não criaria muitos frutos. O Fluminense até chegava com mais força que no primeiro tempo, mas falhava nas conclusões. O Coritiba, por sua vez, se limitava a defender a própria meta e tentar contragolpes em velocidade. Em um deles, os visitantes quase desempataram o marcador e forçaram a expulsão de Rafinha. Mas não foi o suficiente para evitar a igualdade no placar no apito final.
 

Sampdoria empata no final e deixa zona de rebaixamento

Equipe italiana chegou à igualdade contra o Cagliari no último 

 

AE - Agência Estado
 
ROMA - Envolvendo apenas equipes da parte intermediária e de baixo da tabela de classificação, a quarta rodada do Campeonato Italiano foi aberta neste sábado com a realização de três jogos e o grande destaque foi o empate heroico da Sampdoria contra o Cagliari, atuando fora de casa. Com um gol de Lorenzo De Silvestri aos 48 minutos do segundo tempo, o time de Gênova arrancou uma igualdade por 2 a 2 que a ajudou muito na competição.

Gol do empate saiu no minuto final de jogo - Andrea Lasorte/EFE
Andrea Lasorte/EFE
 
Gol do empate saiu no minuto final de jogo
 
Com o empate conquistado em Cagliari, a Sampdoria chegou ao seu segundo ponto na temporada e provisoriamente deixa a zona de rebaixamento - está em 17.º lugar. Já a equipe da casa, que até os últimos minutos estava conseguindo atingir as primeiras colocações, ficou na nona posição, com 5 pontos.
Quem também perdeu a chance de chegar nos primeiros lugares da tabela de classificação foi o Livorno. A equipe da região Toscana, recém promovida da segunda divisão, empatou sem gols com o Genoa, em Gênova, e ficou na sexta colocação, com sete pontos. O adversário, com quatro, está em 13.º lugar.
A única vitória do dia aconteceu em Verona, onde o Chievo ganhou de virada da Udinese por 2 a 1. O meia brasileiro Maicosuel, logo a 1 minuto de jogo, abriu o placar para a equipe de Údine, mas Pellissier e Rigoni, ainda no primeiro tempo, marcaram para os mandantes, agora na 14.ª colocação, com quatro pontos. A Udinese é a 12.ª, com a mesma pontuação.

ABC bate Chapecoense, mas segue lanterna na Série B

Time catarinense está nove pontos atrás do Palmeiras

 

AE - Agência Estado
 
NATAL - Os torcedores do ABC ainda sonham em deixar a zona de rebaixamento e escapar da queda para a Série C, em 2014. Um dos fatores que tem animado a torcida é o desempenho do time atuando no Estádio Frasqueirão, em Natal (RN). Na tarde deste sábado, pela 24.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, mais uma vez o fator casa prevaleceu e o time venceu a Chapecoense, vice-líder, por 2 a 0, com gols de Gilmar e Rodrigo Silva, um em cada tempo.

Com isso, o time potiguar chegou aos oito jogos sem derrota em casa, somando seis vitórias e dois empates. Mesmo com o bom desempenho segue na lanterna, com 20 pontos, enquanto, a Chapecoense, que tem um jogo a menos, permanece com 46 pontos, em segundo, na vice-liderança, mas nove pontos distante do Palmeiras, que neste sábado venceu o Sport, por 2 a 1, e abriu ainda mais na ponta.
O ABC começou o jogo melhor, pressionando e tentando o gol. De tanto tentar, aos 24 minutos, abriu o placar. Após cruzamento na área, Rodrigo Silva tentou o domínio, mas a bola escapou e sobrou para Gilmar, que fuzilou para o fundo das redes. A Chapecoense tomou conta do jogo no final, deixando o contra-ataque aberto para o ABC, que não aproveitou as chances criadas. O segundo tempo voltou com os dois times apertando muito a marcação, sem grandes jogadas ofensivas. Melhor para o ABC, que já tinha a vantagem no placar.
Para garantir o resultado, aos 32 minutos, os potiguares fizeram o segundo. Após cobrança de escanteio, o atacante Rodrigo Silva apareceu livre, no meio da área, e testou com força para o fundo das redes. No final, o time da casa só administrou a vantagem e comemorou mais três pontos na Série B.
O ABC voltará aos gramados nos próximo sábado, quando enfrenta o Boa, em Natal, às 21 horas. Por sua vez, a Chapecoense joga na terça-feira, em Belém (PA), contra o Paysandu, às 19h30.

FICHA TÉCNICA:

ABC 2 X 0 CHAPECOENSE
ABC - Wilson Junior; Thiaguinho, Flávio Boaventura, Lino e Wesley Bigu (Rodolfo Testoni); Daniel Paulista, Somália (Michel Schomoller) e Giovanni Augusto; Alvinho, Gilmar (Leandro Santos) e Rodrigo Silva. Técnico - Roberto Fernandes.
CHAPECOENSE - Rodolpho (Juliano); Fabiano, Rafael Lima, André Paulino e Fabinho Gaúcho; Wanderson, Paulinho Dias, Athos (Fabinho Alves e Soares) e Nenén; Tiago Luis e Bruno Rangel. Técnico - Gilmar Dal Pozzo.
GOLS - Gilmar, aos 24 minutos do primeiro tempo. Rodrigo Silva, aos 32 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO - Grazianni Maciel Rocha (RJ).
CARTÕES AMARELOS - Flávio Boaventura, Thiaguinho, Giovanni Augusto, Alvinho e Michel (ABC). Fabiano, Tiago Luis (Chapecoense).
RENDA - R$ 21.480,00.
PÚBLICO - 1.939 pagantes (4.003 total).
LOCAL - Estádio Frasqueirão, em Natal (RN).

 

Figueirense supera o Paraná e quebra sequência ruim

Time paranaense continua no 3.º lugar, mas perde a chance de se distanciar do Joinville

 

AE - Agência Estado
 
FLORIANÓPOLIS - A torcida do Figueirense voltou a comemorar uma vitória depois de três derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro da Série B. Na tarde deste sábado, o time alvinegro sofreu, mas conseguiu bater o Paraná por 1 a 0, no Estádio Orlando Scarpelli, pela 24.ª rodada. Pablo, no segundo tempo, foi o autor do único gol da partida.

Figueirense continua no meio da tabela - Divulgação
Divulgação
 
Figueirense continua no meio da tabela
 
Depois dos tropeços para Sport, América-MG e América-RN, o Figueirense se distanciou do G-4, grupo de acesso, e ficou mais perto da zona de rebaixamento. Com um jogo a menos que os demais - contra a Chapecoense, pela 23.ª rodada -, o time tem 32 pontos e está na 12.ª colocação. Por outro lado, o Paraná desperdiçou a chance de abrir vantagem sobre os concorrentes, mas continua na terceira colocação, com 42 pontos.

O JOGO

O primeiro tempo foi fraco tecnicamente e com poucas chances de gol. Os donos da casa tinham mais posse de bola, mas quem esteve próximo de abrir o placar foi o adversário. Primeiro com Alex Alves, que cabeceou para grande defesa de Tiago Volpi. O goleiro voltaria a trabalhar em chute de Kayke. Aos 44 minutos, Zé Roberto fez grande jogada individual e chutou com perigo.

O Figueirense voltou com a mesma postura para o segundo tempo e abriu o placar aos 21 minutos. Willian Cordeiro cruzou e Pablo cabeceou sem chances para o goleiro Luis Carlos. Atrás do marcador, o Paraná esboçou uma pressão em busca do empate, mas não conseguia furar o sistema defensivo adversário, dando muitos espaços para os contra-ataques dos donos da casa. No último minuto, Rodrigo chutou colocado e Luis Carlos defendeu. Tiago Volpi também teve trabalho após cobrança de falta do meia Rubinho.
O Figueirense volta a campo na próxima terça-feira, contra o Ceará, às 19h30, novamente no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 25.ª rodada. No sábado, o Paraná enfrenta o ASA, às 21 horas, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca (AL).


FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE 1 X 0 PARANÁ
FIGUEIRENSE - Thiago Volpi; Willian Cordeiro, Nirley, Douglas Marques e Wellington Saci; Nem, Luan, Rodrigo e Zé Roberto (Maylson); Marcelo Toscano (Tinga) e Jonathan (Pablo). Técnico: Vinícius Eutrópio.
PARANÁ - Luis Carlos; Rodrigo, Alex Alves, Brinner e Thiago Silva (Paulinho); Edson Sitta, Ricardo Conceição, Fernando Gabriel (Rubinho) e Wellington; Kayke (Néverton) e Reinaldo. Técnico: Dado Cavalcanti.
GOLS - Pablo, aos 21 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO - Rodrigo Nunes de Sá (RJ).
CARTÕES AMARELOS - Nem (Figueirense); Thiago Silva e Alex Alves (Paraná).
RENDA - R$ 35.380,00.
PÚBLICO - 2.342 pagantes (2.579 total).
LOCAL - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

 

Atlético de Madrid vence e mantém 100% no Espanhol

Equipe divide a liderança da competição com o Barcelona

 

AE - Agência Estado
 
VALLADOLID - O Atlético de Madrid segue na cola do Barcelona no Campeonato Espanhol e neste sábado manteve os 100% de aproveitamento na competição. Mesmo atuando fora de casa, a equipe da capital derrotou o Valladolid por 2 a 0, chegou à quinta vitória e manteve-se com a mesma pontuação do rival catalão. O brasileiro Diego Costa deixou sua marca e fez o segundo, depois Raúl Garcia abriu o placar.

Diego Costa marcou um dos gols - R. García/EFE
R. García/EFE
 
Diego Costa marcou um dos gols
 
Atlético de Madrid e Barcelona têm 15 pontos, mas os catalães levam vantagem no saldo de gols e, por isso, lideram. Na próxima rodada, o time madrilenho terá pela frente o Osasuna, em casa, na terça-feira. Já o Valladolid, 14.º colocado, com quatro pontos, pega o Levante, fora de casa, também na terça.
Depois de um primeiro tempo em branco, o Atlético de Madrid abriu o placar aos dez minutos da etapa final em toque de cabeça de Raúl Garcia, de costas, que encobriu o goleiro adversário. Aos 26, Diego Costa foi lançado em velocidade, arrancou e tocou na saída do goleiro para selar a vitória.

 

Com Neymar e Messi de 'garçons', Barcelona bate Rayo


Pedro marca três vezes na goleada por 4 a 0

 

AE - Agência Estado
A dupla formada por Messi e Neymar está ficando cada vez mais afinada no Barcelona. Neste sábado, pela quinta rodada do Campeonato Espanhol, os craques argentino e brasileiro não balançaram as redes, atuaram como "garçons" e mais uma vitória por goleada do clube catalão. Com uma assistência de cada, quem se deu bem foi o atacante Pedro, autor de três gols no triunfo por 4 a 0 sobre o Rayo Vallecano, em Madri. Fàbregas fechou o placar.

 
 
Fàbregas marcou o quarto gol do Barcelona - Javier Barbancho/Reuters
Javier Barbancho/Reuters
Fàbregas marcou o quarto gol do Barcelona
Com 15 pontos, o Barcelona segue com 100% na competição e com um ataque que já marcou 18 gols. Com os três deste sábado, Pedro chegou a 5 no total e encostou em Messi, que tem 6 e é o artilheiro isolado. Neymar ainda não balançou as redes no Campeonato Espanhol, mas teve grande atuação e deu uma assistência primorosa para o terceiro gol de Pedro. E ainda deu show ao dar um toque de letra em uma tabela com Messi, deixando o argentino na cara do goleiro - no entanto, o chute foi espalmado para escanteio.

Além de Messi passar em branco em um jogo, o duelo deste sábado teve um outro fato nada comum no Barcelona. Talvez em uma mudança de estilo do clube catalão, ou até mesmo o grande esforço do Rayo Vallecano - que chegou a desperdiçar uma cobrança de pênalti com Trashorras, no primeiro tempo (defendida por Valdés), quando ainda perdia por 1 a 0 -, o time do técnico argentino Gerardo Martino teve menos posse de bola. Isso não acontecia há 316 partidas - desde maio de 2008, em um clássico contra o Real Madrid.

Além da goleada do Barcelona, a rodada deste sábado teve mais dois jogos - e foram dois empates. No País Basco, Real Sociedad e Málaga ficaram na igualdade sem gols. Já Almería e Levante empataram por 2 a 2.

 

 Brasil volta a vencer no Mundial de Futebol de Areia
 
 
AE - Agência Estado
 
A seleção brasileira está bem próxima da classificação para as quartas de final do Mundial de Futebol de Areia, que está sendo realizado no Taiti. Neste sábado, com mais uma atuação decisiva de Bruno Xavier, a equipe conquistou a sua segunda vitória na competição ao derrotar a Ucrânia por 4 a 2, em Papeete, pelo Grupo C. 

Com o triunfo, o Brasil se isolou na liderança da chave com seis pontos somados em duas rodadas. Irã e Senegal estão ambos com três pontos após os asiáticos superarem os africanos por 5 a 3 neste sábado. Já a Ucrânia ainda não pontuou. Na próxima segunda-feira, o Irã vai encarar os ucranianos, enquanto o Brasil vai duelar com Senegal, em partida marcada para as 3h30 (horário de Brasília). 

Autor de três gols na estreia brasileira no Mundial de Futebol de Areia, Bruno Xavier voltou a brilhar neste sábado. Foi dele o primeiro gol da partida, aos 4 minutos do primeiro período. O Brasil ainda ampliou na etapa inicial, com um gol de Bruno aos sete minutos, mas acabou sofrendo o empate, com os gols marcados pelos ucranianos Zborovskyi, aos nove minutos do segundo tempo, e Hladechenko, aos dois minutos do terceiro período. 

Mas Bruno Xavier voltou a colocar o Brasil em vantagem aos oito minutos do terceiro período. Dois minutos depois, Daniel ampliou e definiu a vitória da seleção brasileira por 4 a 2.
Em outro dois jogos disputados neste sábado, ambos válidos pelo Grupo D, a Rússia venceu a Costa do Marfim por 5 a 2 e a seleção japonesa derrotou o Paraguai por 3 a 1.

AMADOR DE BELO ORIENTE :JULGAMENTO DE ATLETAS NA LDBO

 COMUNICADO :

SEGUNDO INFORMAÇÕES DA LIGA DE DESPORTOS ,POR MEIO DE SEU 
PRESIDENTE,EDSON MARTINS DE ALMEIDA (DINHO) ,OS ATLETAS JULGADOS 
NA DATA DE SEXTA-FEIRA,DIA 20 DE SETEMBRO , SOFRERAM APENAS A
 PENA MÍNIMA (AUTOMÁTICA).

FORAM JULGADOS OS ATLETAS ,CLEITON FOGUETE (FUNDÃO) ,LÉO (AJÀX) E TEILLON (ALUVAIEIRA).

MESSIAS (MILAN) ,NÃO FOI JULGADO ,DEVIDO AO PRAZO DA INTIMAÇÃO E POR ISSO FOI RECUSADO PELO TRIBUNAL ,JÁ QUE A MESMA FOI FEITA  EM TEMPO 
INOPORTUNO ( ENCIMA DA HORA )

Maicosuel marca com 50 segundos de jogo, mas Udinese perde para o Chievo

Meia fez gol "relâmpago", mas sua equipe levou a virada da equipe de Verona

Gazeta  |

Felice Calabro/AP
Andrea Lazzari e Alessio Sestu duelam no jogo entre Udinese e Chievo
Ex-jogador de Palmeiras, Cruzeiro e Botafogo, o meia Maicosuel voltou a marcar um gol com a camisa da Udinese, mas não evitou a derrota alvinegra neste sábado. Atuando contra o modesto Chievo Verona, a equipe de Udine não jogou bem e perdeu por 2 a 1, de virada, estacionando no meio da tabela do Campeonato Italiano. A partida foi válida pela quarta rodada do Campeonato Italiano.

O gol do brasileiro saiu logo aos 50 segundo de jogo, sendo, assim, o mais rápido da atual edição do campeonato nacional. O zagueiro Luis Muriel tentou recuar a bola, mas Maicosuel antecipou-se à jogada, dominou com categoria, driblou o goleiro e só tocou para o gol vazio. Foi o primeiro tento do Mago pela Udinese desde o dia 21 de outubro de 2012, quando marcara contra o Pescara. Além disto, foi a terceira vez em que ele balançou as redes com a camisa do time italiano e a primeira nesta temporada.

Porém, o gol não veio acompanhado de vitória. O Chievo cresceu na partida, começou a dominar as ações no meio de campo e virou a partida ainda antes do intervalo. Pelissier, aos 14, e Rigoni, aos 40 minutos, anotaram os tentos dos Gialloblu e confirmaram a primeira vitória da equipe de Verona no Campeonato Italiano. No segundo tempo, o experiente Antonio Di Natali ainda entrou em campo, mas não conseguiu liderar a reação alvinegra.
Com o resultado, o Chievo alcançou os quatro pontos e ‘pegou o elevador' na tabela do Calcio . Subiu da 17ª para a 10ª posição e ultrapassou a Udinese, que somou seu segundo jogo sem vitórias e caiu para o 13º posto. Na próxima rodada, a equipe de Verona encara a atual bicampeã Juventus dentro de casa, enquanto o time do brasileiro Maicosuel recebe o Genoa no estádio Friuli.

ALEMÃO: Bayern goleia Schalke e se iguala ao Borussia Dortmund

Finalistas da última edição da Liga dos Campeões da Europa, ambas as equipes estão com 16 pontos

Publicado na sábado, 21 de setembro de 2013
 
Campinas, SP, 21 (AFI) - O Bayern de Munique não teve qualquer dificuldade para triunfar na sexta rodada do Campeonato Alemão. Neste sábado, em Gelsenkirchen, o atual campeão nacional e europeu goleou o Schalke 04 por 4 a 0 e se igualou ao líder Borussia Dortmund, que apenas empatou com o Nuremberg por 1 a 1.
 
Finalistas da última edição da Liga dos Campeões da Europa, Dortmund e Bayern estão ambos com 16 pontos e saldo positivo de 11 gols no Campeonato Alemão. Mas o torneio é liderado pelo Dortmund, que marcou três gols a mais - 16 a 13. Já o Schalke está apenas na 12ª colocação, com sete pontos.

Neste sábado, o Bayern encaminhou a sua vitória ao marcar dois gols em dois minutos, aos 21 e aos 22 da etapa inicial. O primeiro deles foi de Schweinsteiger, de cabeça, após cobrança de escanteio de Robben. Depois, Mandzukic também marcou de cabeça, dessa vez após cruzamento de Alaba.

Na etapa final, o Bayern marcou mais duas vezes. Aos 30 minutos, Ribery recebeu passe de Alaba na pequena área e apenas tocou para as redes. A vitória do time visitante foi sacramentada aos 39 minutos, quando Pizarro recebeu passe de Müller na entrada da grande área e finalizou, fazendo 4 a 0 para o Bayern.


Agência Estado

Flamengo tenta o retorno de Abel Braga

Campeão em 2009, Andrade se colocou à disposição do Mengão

Publicado na sábado, 21 de setembro de 2013
 
Rio de Janeiro, RJ, 21 (AFI) – Brigando contra o rebaixamento, o Flamengo corre contra o tempo para anunciar o novo treinador para a temporada 2013. Desde a saída de Mano Menezes vários nomes foram especulados para assumir o comando do clube. O último foi o do ex-técnico do rival Fluminense, Abel Braga, que em sua última passagem pelo Rubro-Negro conquistou o Campeonato Carioca e o vice da Copa do Brasil, na ocasião perdeu para a surpresa Santo André.
 
Único nome unânime entre os dirigentes do Flamengo, Abel Braga recebeu um contato telefônico do clube carioca, que demonstrou o seu interesse em contar com o treinador para a sequência de temporada. Porém, Abelão não pretende voltar ao futebol em 2013. O comandante está de férias e estuda assumir um novo clube apenas em 2014. O Mengão acredita que pode convencê-lo a voltar ainda esse ano.
Além de Abel Braga, o Flamengo estuda outras opções para assumir o time. Uma delas seria Andrade, que comandou o clube carioca na campanha do título do Brasileiro de 2009, desbancando o Palmeiras, que na época fazia campanha impecável, até cair de produção. O ex-treinador do Mengão está recuperado de uma atroscopia no joelho esquerdo e se colocou à disposição, caso a diretoria do clube tenha o interesse.
Andrade chegou a afirmar que está 100% disponível para o Flamengo e que está preparado para livrar o time da zona de rebaixamento. O ex-treinado do clube deixou claro que respeita o trabalho do interino Jayme, mas que não veria mal algum em voltar a trabalhar ao lado do amigo.
Enquanto a diretoria do clube não confirma o novo nome para assumir o Flamengo, cabe a Jayme a missão de preparar o time, que enfrenta o lanterna Náutico neste domingo, às 16h, na Arena Pernambuco. Essa será a primeira partida do Mengão, após a demissão de Mano Menezes, que se despediu perdendo para o Atlético-PR, de virada, por 4 a 2.
 
Agência Futebol Interior
 Southampton interrompe começo invicto do Liverpool

  LONDRES, 21 Set 

(Reuters) - O começo brilhante de temporada do Liverpool sofreu um baque com a vitória do Southampton por 1 x 0, em Anfield, neste sábado, na primeira derrota do líder do Campeonato Inglês na temporada.
O zagueiro Dejan Lovren marcou de cabeça, no segundo tempo, para silenciar as previsões prematuras de que o time de Merseyside poderia levar o título.
O Everton comemorou uma vitória por 3 x 2 contra o West Ham, com dois gols de falta de Leighton Baines e um de Romelu Lukaku, o da vitória, já no fim do jogo.
O Hull City também ficou duas vezes atrás no placar, mas venceu o Newcastle, por 3 x 2. Stephane Sessegnon marcou contra o ex-clube na vitória do West Bromwich sobre o Sunderland, por 3 x 0.
Mais cedo, Liber Kozak, do Aston Villa, saiu do banco de reservas para fazer seu primeiro gol no novo clube, na vitória por 1 x 0 sobre o Norwich City.
O Liverpool continua no topo da tabela, com dez pontos em cinco jogos, mas pode ser ultrapassado pelo Chelsea, que enfrenta o Fulham ainda neste sábado.
O atual campeão Manchester United visita os rivais do Manchester City no próximo domingo, mesmo dia de Arsenal x Stoke City e Tottenham x Cardiff City.

(Por Toby Davis)

Tite saca Pato e esboça Corinthians com Sheik e Romarinho no ataque


  • Leandro Moraes/UOL
    Romarinho (esq.) e Sheik terão dois meias para municiar o ataque Romarinho (esq.) e Sheik terão dois meias para municiar o ataque

O técnico do Corinthians, Tite, deve sacar o atacante Alexandre Pato do time que neste domingo enfrenta o Cruzeiro, no Pacaembu, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi o que sinalizou o treinador neste sábado.
No última atividade antes da partida, o comandante corintiano comandou um treino tático que esboçou o ataque com Sheik e Romarinho. No último jogo, na derrota para a Ponte Preta, o ataque havia sido Pato, Romarinho e Guerreiro.

O peruano está suspenso para o jogo de domingo, mas Tite decidiu desfazer o esquema com três atacantes e promoveu a entrada de Danilo, no meio, fazendo companhia a Douglas na armação das jogadas.

Na setor de marcação do meio, o técnico manteve Maldonado ao lado de Ralf na proteção da zaga. O time que Tite deve mandar a campo domingo tem Cássio; Edenílson, Paulo André, Gil e Igor; Ralf, Maldonado, Douglas e Danilo; Romarinho e Sheik.

Marcelo considera Corinthians forte "em qualquer circunstância"

Dionízio Oliveira
Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Vipcomm
    Técnico Marcelo Oliveira alerta para riscos do Corinthians, independente da situação do time Técnico Marcelo Oliveira alerta para riscos do Corinthians, independente da situação do time

O momento de pressão vivido pelo Corinthians, que chega para o duelo contra o Cruzeiro vivendo sua maior crise depois do título Mundial de 2012 não serve de alento para o técnico Marcelo Oliveira. O treinador acredita que o time paulista tentará fazer do jogo deste domingo, no Pacaembu, a chance de dar arrancada e melhorar no Campeonato Brasileiro.
"Penso que o Corinthians é forte em qualquer circunstância, ainda mais se lembrar que esse grupo do Corinthians recentemente foi campeão mundial e vinha muito bem. Então, é questão momentânea e ao mesmo tempo saber que eles pressionados vão buscar a reabilitação", disse Marcelo Oliveira.
 O treinador celeste destaca que o Cruzeiro precisa manter a mesma forma de jogar futebol de outros jogos para conseguir superar o time paulista. "Vamos se possível utilizar isso, mas acima de tudo tentar impor o jogo do Cruzeiro é marcar bem o Corinthians que é um time perigoso, chega muito bem ao ataque, recompõe também e tem um técnico excepcional", afirmou.
O Corinthians vive seu momento de maior pressão desde o título do Mundial de Clubes em dezembro do ano passado. A derrota para a Ponte Preta, na quarta-feira, que fez o clube completar cinco partidas em sequência sem vitória, deixou o técnico Tite em situação difícil e pressionado no cargo.
"Não dá para saber se é melhor ou pior porque o Corinthians é forte sempre. Então, certamente vai sabe lidar com essa situação e vai vim para cima do Cruzeiro com tudo e a gente tem que estar firme também. Se houver oportunidade de aproveitar disso ótimo, mas sempre fazendo o melhor jogo do próprio Cruzeiro", analisou Marcelo Oliveira.

Vitória sobre freguês e gol de Oscar dão fôlego para Mourinho

Oscar foi decisivo na vitória do Chelsea sobre o Fulham (AP Photo/Sang Tan) 
Oscar foi decisivo na vitória do Chelsea sobre o Fulham (AP Photo/Sang Tan)

Por Leonardo de Escudeiro 21/09/2013 16:03
 
Quando a fase não é boa, não há nada melhor que enfrentar um freguês. O Chelsea não vencia há três jogos, dois pela Premier League e um pela Liga dos Campeões, em que estreou com a derrota mais surpreendente da primeira rodada. No entanto, contra o Fulham, que não batia os Blues há 15 partidas, a história foi outra. O time voltou a vencer e manteve a sequência positiva.
Assunto durante a semana, o fato de José Mourinho deixar Juan Mata em segundo polano neste início de temporada ganhou mais um capítulo. O português havia afirmado que seu camisa 10 no momento era Oscar, e o brasileiro ajudou a dar consistência ao discurso do treinador, marcando um dos gols da vitória que fará os Blues dormirem líderes nesta noite. Além do gol, o meia mostrou versatilidade e movimentação, alternando posições com André Schürrle e Eden Hazard. Inicialmente escalado de forma mais centralizada, o “melhor jogador do Chelsea na temporada”, como definiu Mourinho, atuou boa parte do jogo na ponta direita.
Mesmo com a boa apresentação de Oscar, a ausência de Mata, que sequer foi relacionado para partida, mostrou-se prejudicial. Isso porque o Fulham ofereceu poucos espaços para os Blues, com duas linhas de quatro jogadores bem postadas, e o espanhol já provou nos últimos anos que tem a capacidade de furar bloqueios como esse. Com tal postura, os Cottagers apostaram no primeiro tempo em contra-ataques iniciados em lançamentos para Darren Bent, que, no final da primeira etapa, perdeu oportunidade de ouro na frente de Cech.
O setor de meio de campo do Chelsea não foi muito criativo no primeiro tempo e passou a ter mais chances apenas após o primeiro gol, já que o Fulham teve que sair mais para o jogo. A dificuldade apresentada pelo time de Mourinho na etapa inicial pode ajudar Mata a voltar ao time, mas o “Special One” não tem parecido muito inclinado a dar essa chance ao espanhol. De positivo, fica o fato de que os Blues voltaram a vencer, Oscar foi decisivo e o resultado, somado à derrota do Liverpool, fará o clube londrino dormir na liderança. E esses são motivos suficientes para acreditarmos que o português não mudará o time tão cedo.

Trivela