sábado, 14 de setembro de 2013

FRANCÊS

Saint-Étienne bate Valenciennes fora e assume a liderança do Francês

Valenciennes (França) 
GAZETA ESPORTIVA.NET
O Saint-Étienne é o novo líder do Campeonato Francês. Neste sábado, a equipe venceu o Valenciennes por 3 a 1 fora de casa, em jogo válido pela quinta rodada da competição.
Com o resultado, os visitantes chegaram a 12 pontos e deixaram para trás rivais como Paris Saint-Germain e Olympique de Marselha. Agora, o Saint-Étienne torce contra o Monaco, que tem dez pontos e enfrenta o Lorient neste domingo. Já o Valenciennes segue com três pontos, uma posição acima da zona de rebaixamento.
Saint-Étienne saiu na frente logo aos 17 minutos, com gol do meio-campista Benjamon Corgnet. Na segunda etapa, a equipe ampliou sua vantagem com o meia Romain Hamouma, logo aos três minutos, e o próprio Corgnet, que anotou o segundo dele seis minutos depois.
Ainda deu tempo de o meia israelense Maor Melikson marcar o gol de honra para os anfitriões. Aos 35 minutos, ele bateu pênalti e balançou as redes pela única vez a favor da sua equipe. O atacante brasileiro Brandão, lesionado, não esteve em campo e teve que acompanhar de fora do campo a vitória do seu time.
No próximo final de semana, o Saint-Étienne dá continuidade à busca pelo seu 11º título do Campeonato Francês e enfrenta o Toulouse, que está na zona de rebaixamento, dentro de casa. Já o Valenciennes busca a recuperação e visita o Nice.
AFP
Jogadores comemora gol do Saint-Étienne, que assumiu a liderança do Francês (foto: François Lo Presti)
Confira abaixo os demais resultados deste sábado válidos pela quinta rodada:Ajaccio 2 x 3 Evian Thonon Gaillard
Guingamp 1 x 1 Bastia
Montpellier 0 x 0 Reims
Nantes 1 x 0 Sochaux

INGLÊS

Özil estreia pelo Arsenal com assistência e vitória sobre Sunderland


Sunderland (Inglaterra) 
GAZETA ESPORTIVA.NET


O meia Mesut Özil, contratado do Real Madrid, já parece ter caído como uma luva no time do Arsenal. Logo em sua estreia oficial, o alemão deu uma assistência e foi um dos destaques da vitória sobre o Sunderland, por 3 a 1, fora de casa, pela quinta rodada do Campeonato Inglês.
Antes da estreia na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa, os Gunners confirmaram a boa fase e alcançaram a liderança provisória da Premier League. No entanto, Liverpool e Chelsea ainda poderão ultrapassá-los nesta rodada, jogando contra Swansea City e Everton, respectivamente.
Com nove pontos no Nacional, os comandados de Arsène Wenger irão reestrear na Champions League nesta quarta-feira, visitando o Olympique de Marselha, pelo Grupo F. Borussia Dortmund, atual vice-campeão, e Napoli completam esta chave.
AFP
Giroud (à esquerda) reconhece e agradece assistência do debutante Özil (foto: Ian Macnicol)
O triunfo no Stadium of Light, no nordeste da Inglaterra, começou aos 11 minutos do primeiro tempo, quando o centroavante francês Olivier Girou aproveitou assistência de Özil para abrir o placar. No começo da etapa complementar, Craig Gardner empatou o duelo, de pênalti.Aos 22, Ramsey, destaque do time nos playoffs da Liga dos Campeões, recebeu cruzamento de Jenkinson e colou o Arsenal à frente do marcador novamente. Dez minutos depois, Ramsey foi assistido por Girou para balançar as redes novamente e definir o resultado.
O revés foi desastroso para o Sunderland, que é o último colocado do torneio nacional, com apenas um ponto conquistado. No sábado, a equipe do polêmico treinador Paolo di Canio voltará a campo para visitar o West Bromwich Albion, no The Hawthorns.

PORTUGUÊS

Porto derrota o Gil Vicente e aumenta a vantagem na liderança


Porto (Portugal) 
GAZETA ESPORTIVA.NET


Jogando em casa, o Porto definiu a vitória contra o Gil Vicente ainda no primeiro tempo. Com gols de Varela e Jackson Martínez, os Dragões mantiveram os 100 % de aproveitamento e chegaram aos 12 pontos somados, isolando-se ainda mais na liderança do Campeonato Português.
O primeiro gol foi marcado aos oito minutos. Quintero cruzou e Maicon desviou para Varela, que chutou para a defesa do goleiro Adriano. No rebote, o atacante mandou para o fundo das redes.
Aos 26, a equipe da casa ampliou. Danilo fez jogada pela direita e cruzou para Licá, que cabeceou para o gol. Adriano rebateu novamente, e Jackson Martínez, bem posicionado, só precisou completar para o gol.
Com o resultado, o Porto ampliou para cinco pontos a vantagem para as equipes que vêm logo atrás. Estoril e Sporting, que entram em campo neste domingo, tem sete pontos, e precisam vencer para não deixar o atual campeão disparar.
Na próxima rodada, o Porto visita o Estoril. Já o Gil Vicente terá compromisso em casa para tentar voltar a vencer, contra o Olhanense.
AFP

ESPANHOL

Bale marca na estreia, mas Real permite empate ao Villarreal

Villarreal (Espanha)
GAZETA ESPORTIVA.NET
Villarreal e Real Madrid não têm mais 100% de aproveitamento no Campeonato Espanhol. Neste sábado, as duas equipes fizeram um jogo parelho em El Madrigal e empataram por 2 a 2, com gols de Cani e Giovani pelo time da casa e de Gareth Bale (em sua estreia com a camisa merengue) e Cristiano Ronaldo a favor dos visitantes, que chegaram a estar na frente com uma virada.
Ao final da quarta rodada da competição, eles empatam também na pontuação - ambos somam dez pontos cada, com vantagem do Villarreal nos critérios de desempate. Atlético de Madri e Barcelona ficam na frente, tendo conquistado todos os pontos em disputa até aqui.
AFP
Principal contratação desta temporada, meia galês fez o primeiro gol do Real em El Madrigal
Neste sábado, o gol que abriu o placar foi marcado aos 20 minutos. Após passe de Bruno para dentro da área, Pereira não conseguiu dominar a bola, por conta da chegada de dois marcadores adversários, mas ela sobrou para Cani, da marca do pênalti, completar para a rede e colocar o Villarreal na frente.A reação do Real teve início 17 minutos depois, quando Carvajal recebeu passe de Modric pela direita, avançou à linha de fundo e cruzou rasteiro. Bem colocado na pequena área, o estreante Bale só teve o trabalho de empurrar a bola e marcar seu primeiro gol com a camisa merengue. O meia galês foi a principal contrataçao do Real para esta temporada - os valores do negócio com o Tottenham não foram divulgados, mas se especula que tenham sido de aproximadamente 91 milhões de euros.
A virada veio apenas no segundo tempo. Aos 18 minutos, Cristiano Ronaldo arrancou pela esquerda e abriu para Benzema do outro lado. O francês arriscou o chute, e Asenjo ofereceu rebote. A bola voltou para os pés do português, que concluiu a gol novamente e contou com desvio na zaga para deixar o Real em vantagem.
Os torcedores ainda comemoravam a virada no momento em que o Villarreal buscou a igualdade mais uma vez. Aos 24 minutos, Cani enfileirou a marcação e bateu da entrada da área. Diego López espalmou para a direita, onde estava Giovani dos Santos. O mexicano não perdoou, chutando de primeira para empatar.
Empatados na classificação, os dois times voltam a campo no próximo domingo. O Villarreal visitará o Celta, ao passo que o Real terá pela frente o Getafe, no Santiago Bernabéu.

BUNDESLIGA

Borussia Dortmund goleia Hamburgo e assume liderança do Alemão

Dortmund (Alemanha)
 
 
GAZETA ESPORTIVA.NET
Buscando a liderança do Campeonato Alemão, o Borussia Dortmund recebeu o Hamburgo neste sábado, as 13h30 (de Brasília), no Westfalenstadion. O time visitante jogava por um objetivo diferente: se afastar da zona de rebaixamento.
O primeiro tempo foi movimentado e terminou com o time anfitrião na frente. Aubameyang abriu o marcador para o Borussia aos 19 minutos. Mkhitayran balançou as redes aos 23, ampliando a vantagem do atual vice-campeão da Europa. Lam marcou o primeiro gol do Hamburgo aos 26.
Na volta dos vestiários, o time visitante voltou decidido a correr atrás do prejuízo. Aos 4 minutos, Van der Varrt levantou a bola na pequena área, Westermann cabeceou sozinho de cabeça e empatou a partida.
 
AFP
Aubameyang foi autor de dois gols na goleada do Borussia Dortmund sobre o Hamburgo
Apesar disso, o Dortmund não se abateu e a goleada teve início. Aos 21 minutos da etapa final, Aubameyang recebeu de Mkhitaryan na área e chutou cruzado, marcando o terceiro gol para os anfitriões.Aos 28 foi a vez de Lewandowski deixar sua marca com um golaço. Reus aproveitou a falha na marcação adversária para mandar a bola para o fundo das redes do Hamburgo aos 30 minutos.
Lewandowski selou a vitória e a goleada aos 36 minutos do segundo tempo. Sahin levantou a bola na área e o polonês cabeceou marcando o sexto gol do Borussia Dortmund. Com o resultado, o time vice-campeão europeu somou 15 pontos e assumiu a liderança do Campeonato Alemão. O Hamburgo ficou com quatro pontos e permaneceu na 15 posição.
Na próxima rodada, o Borussia visita o Nurember no dia 21 de setembro, no Nuremberg easyCredit-Stadion. Na mesma data, o Hamburgo recebe o Werner Bremen na HSH Arena.

ESPANHOL

Barcelona abre dois gols, cede empate e bate Sevilla no final

Barcelona (Espanha) 
GAZETA ESPORTIVA 
O Barcelona derrotou o Sevilla por 3 a 2, neste sábado, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Espanhol. Depois de abrir dois gols de vantagem e ceder o empate aos 45 minutos do segundo tempo, a equipe catalã confirmou seus 100% de aproveitamento já nos acréscimos.
O primeiro gol no Camp Nou foi anotado aos 35 minutos pelo brasileiro Daniel Alves, após cruzamento do compatriota Adriano. Messi aumentou a diferença aos 30 da etapa final, porém o time treinado por Gerardo Martino quase deixou o resultado escapar ao ser vazado aos 35 (Rakitic) e aos 45 (Coke). Quase, porque, passados três minutos do empate, Alexis Sánchez fez o terceiro tento azul-grená.
AFP
Messi e Neymar foram uns dos destaques da vitória sofrida do Barcelona neste sábado, no Camp Nou
Embora não tenha balançado a rede, Neymar também acabou sendo um dos destaques. Escalado como titular, ele exigiu bastante dos zagueiros e do goleiro Beto, que defendeu dois arremates seus em menos de dez minutos. Até a metade do primeiro tempo, ainda arriscou mais duas vezes de fora da área, mas sem o mesmo perigo.Aos 30 minutos, o camisa 11 voltou a encantar a torcida catalã no Camp Nou com um drible desconcertante no lateral direito Coke. Ao receber passe antes do meio-campo, o brasileiro esperou a chegada do marcador para dar um toque de letra rente à linha lateral e disparar em velocidade pela ponta esquerda.
Na sequência, recebeu faltas duras de Mbia e Jairo, os quais foram advertidos pela arbitragem com cartão amarelo. Logo depois, aos 35 minutos, o Barcelona abriu o placar. O também brasileiro Adriano cruzou do bico esquerdo da área, e compatriota Daniel Alves cabeceou para a rede.
O segundo gol saiu apenas aos 30 minutos do segundo tempo, dada a dificuldade encontrada pelo time da casa para superar as duas linhas defensivas do Sevilla. Só foi possível vencê-la novamente após ótima troca de passes de Fábregas, Neymar e Messi. O argentino recebeu no meio da área e vazou Beto.
A vantagem não trouxe ao Barcelona o conforto que se esperava, pois, quatro minutos mais tarde, a equipe treinada por Unai Emery diminiu. Vitolo construiu ótima jogada pelo lado esquerdo, passou por dois marcadores dentro da área e rolou para Rakitic bater firme, sem chance para o goleiro Víctor Valdés.
O empatou não veio em cabeceio de Cala rente ao travessão, mas em voleio aproveitado por Coke, aos 45 minutos, após desvio em cobrança de escanteio. O Barcelona, contudo, não esmoreceu. Três minutos depois, Messi chegou à linha de fundo e atrasou para Sánchez concluir a gol e garantir a quarta vitória em quatro rodadas.
O próximo compromisso de Neymar, Messi e companhia será daqui a uma semana, contra o Rayo Vallecano, fora de casa. O Sevilla, que segue com apenas dois pontos, volta a campo no dia seguinte, para visitar o Valencia.

ITALIANO

Inter e Juventus ficam no empate e perdem 100% de aproveitamento

Milão (Itália)
A Internazionale recebeu a Juventus neste sábado, às 13 horas (de Brasília), no estádio Giuseppe Meazza, pela terceira rodada do Campeonato Italiano. As duas equipes iniciaram a partida com a mesma pontuação e 100% de aproveitamento na competição, por isso a vitória era de extrema importância. Apesar disso, nenhuma das equipes alcançou o objetivo e a partida terminou empatada em 1 a 1.
O primeiro tempo teve o domínio do time visitante. Com a maior posse de bola, a Juve conseguiu chegar mais vezes ao ataque, mas não consegui abrir o marcador.
Com o resultado, as duas equipes chegaram aos 7 pontos e aguardam o fechamento da rodada para confirmar a liderança da competição.
Na próxima rodada, a equipe milanesa encara o Sassuolo, fora de casa, no dia 22 de setembro (domingo), no estádio Cittá del Tricolore. A Juve recebe o Hellas Verona na mesma data.

O jogo – Almejando a vitória e a liderança do Campeonato, o time visitante iniciou a partida pressionando os anfitriões. Logo no primeiro minuto, Tévez avançou em velocidade, invadiu a área e tentou o chute, mas foi travado por Campagnaro.
Em meio à pressão da Juventus a Internazionale reagiu e, aos 11 minutos da etapa inicial, fizeram o goleiro Gianluigi Buffon trabalhar. Após cobrança de escanteio de Guarin, Nagatomo executou um bom chute no canto direito, mas o arqueiro da Juve fez a defesa.
O time de Turim seguiu pressionando e manteve a maior posse de bola durante o primeiro tempo. Aos 30 minutos, Pirlo executou um lançamento para Pogba dentro da área. O meio-campo chutpu para o gol e Handanovic fez boa defesa.
AFP
O resultado do confronto foi reflexo do equilíbrio da partida
Nos minutos finais do primeiro tempo, a Inter teve a maior posse de bola, porém a Juve fazia uma marcação adiantada, impedindo as jogadas de perigo do time anfitrião. Aos 39 minutos, Palacio conseguiu ultrapassar a defesa dos visitantes pela esquerda e chutou para o gol, mas Buffon fez uma bela defesa.Na volta dos vestiários, a Internazionale reagiu a pressão da Juventus. Aos 7 minutos, Cambiasso executou bom lançamento para Palacio dentro da are. O jogador cabeceou para o gol, mas Buffon fez bela defesa.
A primeira boa chance da Juventus veio aos 12 minutos. Tévez dominou a bola na área e tocou para Vidal. O jogador chutou para o gol, mas a bola passou pelo lado esquerdo do goleiro.
A Inter estava melhor no segundo tempo e o gol não tardou. Aos 27 minutos, Icardi recebou a bola na área e chutou forte cruzado, sem chances de defesa para o goleiro Buffon.
A reação da Juventus foi quase instantânea. Um minuto depois de sofrer o gol, Vidal, em lance muito parecido com o de Icardi, recebeu a bola na área e chutou firme para o gol, deixando tudo igual no Giuseppe Meazza.

ITALIANO

Na reestreia de Kaká, Milan marca dois no fim e empata com o Torino

Turim (Itália)
Na reestreia oficial de Kaká pelo Milan, a equipe da capital italiana se safou da segunda derrota fora de casa nos acréscimos do jogo. Já no segundo tempo, o Torino abriu 2 a 0, mas o time rossonero, já sem Kaká em campo, marcou aos 42 e aos 50 (de pênalti).
Contratado no último dia da janela de transferências europeias, o brasileiro teve participação discreta, mas conseguiu levar perigo ao gol da equipe adversária no primeiro tempo, quando teve um chute da meia-lua prensado pela defesa do Torino. Muito cansado, o brasileiro pediu substituição aos 24 do segundo tempo, e deu lugar a Birsa.
Os gols que deram a vitória ao Torino foram marcados na segunda etapa. Logo no primeiro minuto, Cerci lançou, Zaccardo falhou, e D’Ambrosio, já dentro da área, livrou-se da marcação e chutou para o fundo do gol defendido por Abbiati.
Aos 25, o Torino aproveitou rápida saída de contra-ataque e fez o segundo. Immobile fez lançamento longo, Cerci ganhou de Zapata na corrida, invadiu a área e, com um leve toque na saída do goleiro rossonero, ampliou o marcador.
 
AFP
Kaká tentou algumas arrancadas, mas parou na forte marcação do Torino (foto: Marco Bertorello)
O gol do Milan saiu aos 42 minutos. O goleiro do Torino, Padelli, cortou cruzamento, e, no rebote, Muntari, caído, chutou de primeira. A bola fez uma curva que enganou a todos e morreu no fundo do gol. Ao tentar buscar a bola no fundo das redes, Balotelli levou um tapa na perna de Padelli, e houve princípio de confusão. Os jogadores do Torino foram para cima do bandeira, reclamando de irregularidade no lance, mas o árbitro confirmou o gol.Cinco minutos mais tarde, Pasquale derrubou Poli, e o juiz assinalou pênalti, o que gerou muitos protestos por parte da equipe anfitriã. Infalível na marca da cal, Balotelli foi tranquilo para a bola, deu uma paradinha e mandou no canto direito do goleiro.
No fim da partida, indignados com o resultado, alguns jogadores e membros da comissão técnica do Torino partiram para cima de um dos auxliares, mas foram contidos, e a confusão foi controlada.
Com o resultado, o Milan chegou aos quatro pontos e subiu para o sexto lugar. Já o Torino, que estava em 13º, também soma agora quatro pontos, e aparece na sétima posição.

Napoli vence e reassume a liderança

Com gols do ex-merengues Higuain e Callejon, o Napoli venceu a Atalanta em casa por 2 a 0 e reassumiu a liderança do Campeonato Italiano, desta vez de forma isolado. A equipe napolitana se beneficiou do empate entre Juventus e Inter, e chegou aos nove pontos, com 100% de aproveitamento.

GAZETA ESPORTIVA.NET

CRUZEIRO

Cruzeiro supera Furacão e dispara na liderança do Brasileiro


Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)



O Cruzeiro é mais líder do que nunca do Brasileiro. A torcida cruzeirense que marcou presença neste sábado, no Mineirão, viu a equipe celeste com dificuldades, mas no final comemorou mais uma vitória na competição nacional, que faz os mineiros dispararem na ponta com 46 pontos. O Atlético-PR foi a vítima da noite, perdendo o jogo por 1 a 0 e a invencibilidade de 13 partidas no Brasileirão.
O Furacão veio até Belo Horizonte com uma proposta de atuar de forma compacta e atacar em bloco, estratégia que funcionou durante parte do jogo, mas não foi suficiente para frear a Raposa. O gol do jogo foi anotado pelo volante Nilton, que apareceu na área como elemento surpresa após cobrança de escanteio. A vitória faz o Cruzeiro abrir sete pontos em relação ao vice-líder Botafogo, que ainda joga na rodada.
Na sequência do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro terá pela frente mais um confronto direto pelos primeiros lugares, a Raposa vai enfrentar o Botafogo, quarta-feira, no Mineirão. Já o Atlético-PR terá compromisso na quinta-feira, duelando contra o Flamengo, no Maracanã.
Arte GE.Net
O jogo – O duelo entre Cruzeiro e Atlético-PR começou com equilíbrio de ações, com o Furacão um pouco mais cauteloso por jogar fora de casa, mas sem se limitar a retranca. Os paranaenses chegaram, inclusive, a marcar a saída de bola da Raposa, que demorou um pouco para encontrar o posicionamento ideal das peças de meio-campo.O técnico Vagner Mancini orientou seus comandados para não descuidarem da marcação de Everton Ribeiro e Willian, atletas que tem se destacado nos últimos jogos da Raposa. Com isso, as disputas de bola de forma intensa marcaram o confronto no Mineirão. Bem compactado, o Furacão procurou dificultar ao máximo a vida dos celestes.
Sem espaços para trocar passes, o Cruzeiro resolveu arriscar arremate de fora da área com o lateral Mayke, que obrigou o goleiro Weverton a fazer boa defesa, mandando para escanteio. Aos 23, Everton Ribeiro conseguiu se livrar dos marcadores e finalizou cruzado, da entrada da área, mas errou o alvo, com a bola passando perto da trave direita dos visitantes.
Sem conseguir impor o ritmo de jogo, como habitualmente faz no Gigante da Pampulha, o Cruzeiro passou a apostar nas jogadas em velocidade, principalmente pelos lados do campo, mas o caminho cruzeirense também não estava fácil pelas laterais. Ofensivamente, os paranaenses finalizaram pouco na primeira etapa, mas os atacantes do Furacão deram algum trabalho para os zagueiros celestes, que foram mais eficientes.
Washington Alves/Vipcomm/Divulgação
Nilton comemora o gol do Cruzeiro; Raposa está com sete pontos a mais do que o segundo colocado
Aos 35, a zaga atleticana cometeu a primeira falha do jogo e foi fatal. Willian cobrou escanteio pela direita, o volante Nilton apareceu como elemento surpresa, por trás da zaga do Furacão, e livre mandou para as redes, enlouquecendo a torcida cruzeirense no Mineirão. Dois minutos depois, lance polêmico no jogo.Ricardo Goulart recebe lançamento em condição nitidamente legal, marca o gol por cobertura, a auxiliar capixaba Katiuscia Berger Mendonça marcou impedimento, depois voltou atrás, o arbitro Raphael Claus confirma o anulamento do gol. A jogada aguçou a ira da torcida da Raposa, que protestou muito contra a decisão da arbitragem.
O Cruzeiro voltou com tudo para o segundo tempo, e quase ampliou em cabeçada do zagueiro Bruno Rodrigo, que obrigou Weverton a se esticar todo para fazer grande defesa e evitar o gol. Após alguns minutos de pressão da Raposa, os visitantes começaram a sair do campo de defesa, mas faltou criatividade no meio-campo para mudar o panorama do jogo.
As principais chances da equipe de Vagner Mancini foram criadas em chutes de fora da área. Na tentativa de explorar as laterais, o treinador do time paranaense trocou Deivid por Felipe, com a orientação de usar mais o lado direito, mas a marcação celeste bloqueou essa parte do campo.
Mesmo com todas as variações táticas promovidas pelo Furacão, o placar no Mineirão não foi alterado. O jogo na parte final mostrou um cenário de muita marcação e disputa de bola, com os goleiros participando pouco da partida. Artilheiro do Brasileiro, o atacante Ederson foi figura nula no duelo e acabou substituído por Roger, que produziu pouco.

GAZETA ESPORTIVA.NET

SÉRIE-B

Verdão para embalo e empata com América-MG em jogo com cuspe e briga


Belo Horizonte (MG)



Gilson Kleina prometeu que o Palmeiras não ligaria o “piloto automático” apesar da campanha tranquila na Série B do Brasileiro, mas não foi o que se viu neste sábado, em Belo Horizonte. Sem mostrar nenhuma preocupação defensiva, o time cansou de errar e só empatou por 1 a 1 com o América-MG no estádio Independência. Empenho se viu mais nos jogadores após confusão envolvendo Alan Kardec, que recebeu até cusparada do meia-atacante Willians.
Todo o respeito assegurado na véspera pelo técnico foi ignorado por seus marcadores. Márcio Araújo e Henrique simplesmente largavam suas posições para atacar. Com dois meias, Mendieta, ao menos, compensava a discretíssima atuação de Valdivia. Assim, Luis Felipe foi acionado para cruzar com perfeição e Leandro abrir o placar aos 12 minutos, iniciando o que poderia se tornar a terceira vitória seguida do time.
A frouxa marcação alviverde, contudo, comprometeu de forma decisiva aos 21 minutos da etapa inicial, quando Leandro Silva venceu facilmente uma dividida com Henrique antes de empatar. Então, o que se viu, foram tentativas de Gilson Kleina em tornar a equipe ainda mais ofensiva enquanto Wendel, Vilson e Fernando Prass se desdobravam sozinhos na defesa.
Até que, aos 42 minutos do segundo tempo, o jogo ganhou uma confusão. Após pedido de pênalti de Márcio Araújo, Alan Kardec foi atingido por um carrinho no qual o goleiro Matheus deixou os dois pés altos e ainda empurrou e pisou no centroavante que já estava no chão. O atacante se irritou e, na confusão, ainda recebeu cusparada de Willians. Só Kardec e Matheus foram expulsos.
Apesar da confusão e da má atuação, o Verdão segue tranquilo na liderança, agora a três pontos da segunda colocada Chapecoense e volta a jogar às 21h50 (de Brasília) de terça-feira, contra o Avaí, em Santa Catarina. O América-MG, ainda fora do G-4, joga de novo em casa, diante do Icasa, às 19h30 de terça-feira.

Arte GE.Net

O jogo – Apesar de ter treinado só uma vez com dois meias nesta semana, Gilson Kleina escalou Mendieta e Valdivia como titulares. O argumento do técnico é que o chileno sempre recebe marcação individual e a presença do paraguaio manteria a possibilidade de um time criativo. Como aconteceu nos primeiros minutos.O América-MG entrou em campo disposto a pressionar a saída de bola palmeirense e só se preocupava na retaguarda com Valdivia. A opção gerou um espaço entre o meio-campo e a defesa muito bem aproveitado por Mendieta, posicionado para receber de Wesley e que logo percebeu a liberdade de Luis Felipe em passar nas costas de Danilo.
Com essa jogada, aos sete minutos, Luis Felipe perdeu chance na cara do goleiro. Na sua posição, porém, foi preciso. Aos 12 minutos, o lateral direito cruzou com perfeição na cabeça de Leandro, que ainda desviou encobrindo o goleiro para abrir o placar e sentenciar a superioridade palmeirense.
A supremacia do Verdão, contudo, parou a partir do momento que o gol saiu. O América-MG começou a cercar também Mendieta, deixando só Wesley como alternativa de passe, e o Palmeiras, tão preocupado em atacar, afrouxou a marcação. Meias, volantes e laterais do Coelho só encontravam incômodo quando se deparavam com os zagueiros de Gilson Kleina.
A liberdade oferecida se tornou um erro fatal aos 21 minutos, exatamente quando um defensor falhou. Leandro Silva interceptou passe para Leandro no meio-campo, venceu dividida com Henrique, que foi fraco na tentativa de ficar com a bola, e o lateral do América-MG bateu antes da aproximação de Vilson para acertar o canto direito de Fernando Prass, empatando o jogo.
Aos 25 minutos, Mendieta continuou suprindo a discretíssima atuação de Valdivia ao cruzar na cabeça de Alan Kardec, que viu o goleiro espalmar a bola no travessão para evitar o seu gol. O esquema com dois meias, sem a participação do chileno, continuava dando errado e gerando espaço para o América-MG assustar Fernando Prass.
Enquanto Márcio Araújo e Henrique insistiam em subir para ajudar o ataque, assim como Wesley, Vilson e Wendel se desdobravam para tentar segurar o avanço do Coelho. Assim, o gol da virada dos mineiros só não saiu por conta de Fernando Prass, que fez bela defesa em chute de Bady, finalização errada de Willians e do travessão, que evitou um golaço do volante Andrei.
Antes do intervalo, Wesley, em raro momento no qual resolveu se livrar logo da bola, inverteu para Luis Felipe ganhar mais uma da marcação na ponta direita e acertar a trave e o goleiro, já aos 43 minutos. Muito pouco para uma equipe que abdicou de marcar e, mesmo assim, não levou tanto perigo.
Sem trocar de jogadores, Kleina pareceu voltar do intervalo apostando em um Valdivia mais ativo, e o chileno realmente se mexeu mais. Tanto que, aos oito minutos, quase desempatou após tabelar com Leandro e bater rente à trave. Mas as falhas na marcação continuavam, tanto que Leandro voltava e até levou cartão por falta na entrada da área de Fernando Prass.
Mesmo com tantos erros defensivos, Kleina, que no primeiro tempo quase aproveitou dores de Alan Kardec para colocar o volante Charles, preferiu reforçar seu ataque. Independentemente do espaço em sua cabeça de área, permanentemente desguarnecida de Márcio Araújo, voltou ao 4-3-3 trocando Mendieta por Serginho, apesar de tanto Wesley quanto Valdivia não mostrarem condições de serem armadores neste sábado.
No ataque, mesmo com a troca de Leandro pelo rápido Ananias, o Verdão continuou sobrevivendo só de bola parada. Mesmo quando Valdivia acertou passe e Serginho recebeu falta, o próprio chileno cobrou mal. Enquanto isso, Henrique resolveu ficar na defesa para compensar as subidas de Márcio Araújo. Assim, ao menos, o Verdão somou ponto na rodada.
Antes, contudo, ainda houve a confusão aos 42 minutos na qual Alan Kardec recebeu um carrinho com os dois pés altos e um empurrão e uma pisada quando já estava no chão, todas ações do goleiro Matheus. O centroavante ainda foi alvo de cusparada de Willians, mas acabou expulso, assim como Matheus.

 GAZETA ESPORTIVA.NET

CRUZEIRO

Furacão admite primeiro tempo fraco e reconhece méritos do Cruzeiro


Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)



Depois de segurar uma invencibilidade de 13 jogos seguidos sem derrota no Campeonato Brasileiro 2013, o Atlético Paranaense perdeu para o líder Cruzeiro, em Belo Horizonte, por 1 a 0, mas segue no G-4 da competição. Para o meia Éverton, desta vez o Furacão não entrou em campo tão atento e demorou para se encontrar em campo, e, quando o fez, o resultado estava definido.
“Demoramos muito para entrar no jogo. No primeiro tempo, não jogamos e deixamos eles jogarem. No segundo, voltamos com outra postura, fomos para cima, mas não saiu o gol”, afirmou jogador, que reconheceu os méritos do adversário.
“Estamos em um momento bom, a gente buscou. Mas o Cruzeiro está de parabéns, é uma grande equipe. Agora é ter pés no chão, ver o que erramos, e não errar diante do Flamengo”, emendou.
Tentando defender a atuação do sistema ofensivo, um dos melhores da competição, mas que desta vez passou em branco, o artilheiro Ederson mostrou irritação, e lamentou o lance que gerou o gol da Raposa. “Jogamos bem, colocamos pressão no Cruzeiro aqui. O time todo foi bem. Só um jogo não funcionou, não podemos criticar o ataque. Só vacilamos na hora do gol”, concluiu.



GAZETA ESPORTIVA .NET

FUTBLOG DO SORRISO: AMADOR DE BELO ORIENTE: ÚLTIMOS INSCRITOS PRA SEXTA RODADA

FUTBLOG DO SORRISO: AMADOR DE BELO ORIENTE: ÚLTIMOS INSCRITOS PRA SEXTA RODADA

ESPANHOL

ESPANHA: Primeira Divisão

11:00TerminadoAtl. Madrid4 - 2Almeria

BUNDESLIGA

ALEMANHA: Liga Alemã 

10:30TerminadoAugsburg2 - 1Freiburg

 

10:30TerminadoBayern2 - 0Hannover

 

10:30Terminado Bremen0 - 3Frankfurt

 

10:30TerminadoLeverkusen3 - 1Wolfsburg 

 

10:30TerminadoMainz0 - 1Schalke

 

13:30
Dortmund Hamburger

Sem acordo, Neílton continua com contrato indefinido no Santos

Atacante teria pedido um salário mensal de R$ 100 mil

Por Gazeta Press 14/09/2013
Neilton não joga na equipe titular do Santos há seis partidas
Neilton não joga na equipe titular do Santos há seis partidas / Crédito: Divulgação / Santos FC
O atacante Neílton, uma das revelações do Santos na atual temporada, segue sem renovar o seu contrato com o clube praiano. Com vínculo até maio do ano que vem, o jogador não aceitou a proposta salarial do Peixe e o impasse pode levar a sua saída da Vila Belmiro. Isto porque, a partir do fim de novembro deste ano, Neílton já poderia assinar um pré-contrato com outra equipe.
O atleta havia pedido um salário de aproximadamente R$ 100 mil mensais. Porém, o Comitê de Gestão avaliou a pedida como exagerada. Os santistas ofereceram cerca de R$ 30 mil por mês, valor que não atendeu aos interesses de Neílton. Apesar disso, a direção alvinegra aguarda uma resposta do atacante até a próxima sexta-feira.
O Santos desembolsaria essa remuneração mensal, por um novo contrato de cinco anos. No plano dos dirigentes, Neílton ainda receberia um reajuste a ser combinado no próximo ano, caso o jogador se firmasse entre os titulares e atingisse outros objetivos previstos no acordo.
Fora do time titular, o atacante não é relacionado há seis partidas pelo técnico Claudinei Oliveira. O treinador, porém, destacou recentemente que o fato não tem relação com o imbróglio contratual de Neílton.

ITALIANO

Na Itália, Kaká reestreia no Milan e Inter e Juve fazem clássico

Allegri confirma que o brasileiro sempre terá espaço na equipe; 

Por Gazeta Press 14/09/2013
Kaká esteve em campo conta time da terceira divisão suíça
Kaká esteve em campo conta time da terceira divisão suíça / Crédito: Site oficial do Milan
A terceira rodada do Campeonato Italiano, que será disputada neste fim de semana, reserva grandes emoções para os torcedores dos principais times do país. Neste sábado, Internazionale e Juventus fazem um clássico que tem tudo para ser muito disputado no Estádio Giuseppe Meazza, em Milão. As duas equipes figuram entre os líderes, com seis pontos e 100% de aproveitamento.
"Não há dúvidas de que moral para a sequência da temporada estará muito mais em jogo neste sábado do que a conquista dos três pontos. Sabemos o que vai representar ganhar da Juventus, que vem sendo tratada, com justiça, como favorita ao título, já que manteve uma base forte e é a atual bicampeã", analisou Walter Mazzarri, técnico da Inter.
Já a Juventus trata a partida com a mesma seriedade: "Temos que ver que é um clássico, em que ninguém gosta de perder e entre dois times que são postulantes ao título, estão invictos e na liderança. Portanto, esses ingredientes tornam o confronto imprevisível e aumentam a nossa necessidade de triunfo", disse o goleiro Gianluigi Buffon.
Outra grande atração do fim de semana é a partida entre Milan e Torino, não só pelo jogo em si, mas porque os milaneses terão a reestreia oficial de Kaká. Apesar do meia estar longe de sua forma física ideal, o técnico Massimiliano Allegri confirmou sua escalação: "Kaká tem uma grande história no Milan e aqui sempre terá espaço. Mesmo sem estar bem fisicamente, com certeza vai ser titular e nos ajudar bastante".
Também neste sábado, o Napoli, que tem seis pontos após duas partidas, recebe a Atalanta, no Estádio San Paolo, em Nápoles. Os napolitanos tentam uma boa sequência para manter as expectativas de briga por título geradas graças aos reforços trazidos na janela de transferências: Higuaín, Reina, Albiol, entre outros.
No domingo, a principal atração fica por conta da Fiorentina, que também tem seis pontos e recebe o Cagliari, em Florença. Na segunda-feira é a vez da outra líder, a Roma, atuar como visitante diante do Parma, que tem um início ruim de temporada e, com um ponto, tenta a primeira vitória na competição.
Abaixo todos os confrontos programados para este fim de semana:
 
Sábado
13h Internazionale x Juventus
15h45 Napoli x Atalanta
15h45 Torino x Milan
 
Domingo
7h30 Fiorentina x Cagliari
10h Udinese x Bologna
10h Verona x Sassuolo
10h Lazio x Chievo
10h Livorno x Catania
15h45 Sampdoria x Genoa
Segunda-feira
15h45 Parma x Roma

ESPANHOL

Barcelona e Real Madrid jogam para manter o aproveitamento total

Catalães recebem o Sevilla em jogo de 'alto risco'; Na esperança de manter os 100%, Merengues estreiam Bale contra o Villareal 

Por Gazeta Press 14/09/2013
Barcelona recebe o Sevilla, neste sábado pelo Campeonato Espanhol
Barcelona recebe o Sevilla, neste sábado pelo Campeonato Espanhol / Crédito: Reuters
Principais favoritos ao título, Barcelona e Real Madrid terão jogos complicados pela frente neste sábado, quando entram em campo pela quarta rodada do Campeonato Espanhol. Ambos aparecem com nove pontos e 100% de aproveitamento, ao lado de Atlético de Madri e Villarreal. O Barça jogará em casa, no Camp Nou, contando com o apoio de seus torcedores. O rival da vez é o Sevilla, que, mesmo fazendo campanha irregular, com apenas dois pontos, costuma complicar a vida do Barcelona quando cruza o caminho do atual campeão.
"O Barcelona tem o compromisso de vencer todos os seus jogos em casa, pois sabemos do diferencial que isso representa em termos de tabela de classificação. Porém, entendemos ser este um jogo de alto risco, pois o Sevilla tem muita tradição e sempre costuma nos dar muito trabalho. Vamos ter problemas pela frente, mas estamos cientes de que podemos vencer", disse o meia Cesc Fabregas, um dos destaques do Barcelona.
O Real Madrid, por sua vez, vai atuar como visitante em um duelo direto pela liderança contra o Villarreal. Quem ganhar vai conseguir manter os 100% de aproveitamento, além da liderança.
'Nós encaramos esse jogo como sendo mais um das minifinais que uma competição como o Campeonato Espanhol nos proporciona. O campeão é aquele que consegue vencer o maior número de pequenos duelos contra seus concorrentes diretos e que não dá mole para rivais que não vão chegar. Pela campanha que vem fazendo, o Villarreal conta com o nosso respeito", disse o lateral direito Alvaro Arbeloa, do Real Madrid.
Gareth Bale está pronto para atuar. Principal contratação do Real Madrid para esta temporada, o meia-atacante galês treinou normalmente com o elenco merengue nesta sexta-feira. 
 
Abaixo, todos os confrontos programados para este fim de semana:
Sábado
11h Atlético de Madrid x Almería
13h Levante x Real Sociedad
15h Barcelona x Sevilla
17h Villarreal x Real Madrid
Domingo
7h Granada x Espanyol
12h Getafe x Osasuna
14h Málaga x Rayo Vallecano
16h Betis x Valencia
Segunda-feira
15h Elche x Valladolid
17h Athletic Bilbao x Celta

PORTUGUÊS

Porto recebe o Gil Vicente para continuar imbatível na liderança

Dragão quer fazer valer o mando de campo e promete atacar desde o início; Já o Benfica recebe o Paços de Ferreira, na Luz

Por Gazeta Press 14/09/2013
Porto quer manter os 100% diante do Gil Vicente
Porto quer manter os 100% diante do Gil Vicente / Crédito: Reuters
Único time com 100% de aproveitamento no Campeonato Português, o Porto entra em campo neste sábado, pela quarta rodada da competição, disposto a manter a liderança, atualmente conquistada com nove pontos. Para isso, vai precisar vencer, em casa, no Estádio do Dragão, o Gil Vicente, que vem fazendo uma boa campanha, com seis pontos. Os anfitriões admitem o favoritismo do confronto e prometem tomar a iniciativa desde os primeiros minutos.
"O Porto tem consciência de que é o favorito deste confronto e de que precisa vencer a partida para manter a liderança e os 100% de aproveitamento, que estão nos dando grande confiança. Vamos procurar fazer por merecer esse favortismo, pois apenas sermos favoritos não nos garante a conquista de uma vitória. Apesar de respeitarmos o Gil Vicente e seus profissionais, vamos atacar desde o início, já que precisamos mostrar quem manda jogando em nosso campo", disse Paulo Fonseca, técnico do Porto.
O treinador, porém, fez questão de valorizar o rival. "Sei da obrigação de vitória, mas o Gil Vicente, para mim, é a equipe surpresa da temporada, com duas vitórias em três jogos. A única derrota foi para o Benfica, e nos acréscimos", disse Fonseca.Também neste sábado o Benfica, que tem apenas quatro pontos e faz uma campanha de recuperação na temporada, recebe o Paços de Ferreira no Estádio da Luz, em Lisboa. Os benfiquistas terão pela frente um rival que vem decepcionando e que figura na zona de rebaixamento, sem sequer ter conseguido pontuar.
Na vice-liderança, com sete pontos, Sporting e Estoril entram em ação apenas no domingo, tentando tirar proveito de um possível tropeço do Porto. O Sporting visita o Olhanense, que soma quatro pontos, enquanto o Estoril tem uma pedreira como visitante, pois pega o Braga, que soma seis pontos e hoje é uma das principais forças do país.
 
Abaixo, todos os confrontos programados para este fim de semana:
Sábado
12h15 Rio Ave x Vitória de Guimarães
14h15 Benfica x Paços de Ferreira
16h15 Porto x Gil Vicente
 
Domingo
11h45 Académica x Belenenses
12h Vitória de Setúbal x Marítimo
12h Nacional x Arouca
13h45 Olhanense x Sporting
15h45 Braga x Estoril

FRANCÊS


Para se manter na ponta, Monaco recebe o modesto Lorient

Falcao quer que equipe faça 'a lição de casa'; Lyon enfrenta o Rennes e Olympique de Marselha visita o Toulouse 

Por Gazeta Press 14/09/2013


Monaco enfrenta o Lorient pela 5ª rodada da Ligue 1
Monaco enfrenta o Lorient pela 5ª rodada da Ligue 1 / Crédito: Eric Gaillard/REUTERS



Com dez pontos conquistados e lutando para permanecer na liderança do Campeonato Francês, o Monaco recebe o Lorient neste domingo e espera contar com o apoio de seus torcedores. O time do Principado é o dono da melhor campanha até o momento e vem embalado pelo triunfo de 2 x 1 sobre o Olympique de Marselha, concorrente direto pelo título, na última jornada. A tarefa desta vez deve ser mais tranquila, pois o Lorient, com seis pontos, aparece na parte intermediária da tabela de classificação e tem como principal objetivo para a temporada permanecer na elite do futebol nacional por mais um ano.
"O Monaco vem sendo tratado por muitos como um dos favoritos ao título e estamos conseguindo corresponder essa expectativa após quatro rodadas porque encaramos todas as partidas com a seriedade que elas mereciam. Mais uma vez teremos um compromisso muito complicado pela frente, embora o Lorient não figure entre os líderes. Vamos procurar fazer a nossa lição de casa", afirmou o atacante colombiano Falcao García, uma das principais esperanças de gols do time.
Também neste domingo, o Lyon, mais um postulante ao título e que soma seis pontos, tenta subir na tabela e atuará, como anfitrião, diante do Rennes, que tem sete pontos.
No sábado, a principal atração fica por conta do Olympique de Marselha, que tem nove pontos e deseja se manter entre os líderes. O time marselhês visita o Toulouse, lanterna do torneio com apenas dois pontos conquistados. Também neste sábado o Saint-Étienne, outro dos times da ponta, com nove pontos conquistados, jogará na condição de visitante contra o Valenciennes. Mesmo fora de casa, os Verdes não devem encontrar maiores dificuldades contra um adversário que faz campanha bem irregular e, com apenas três pontos, tenta se distanciar da zona de rebaixamento.
 
Abaixo todos os confrontos programados para este fim de semana:
Sábado
12h Toulouse x Olympique de Marselha
15h Ajaccio x Evian
15h Guingamp x Bastia
15h Montpellier x Reims
15h Nantes x Sochaux
15h Valenciennes x Saint-Étienne
 
Domingo
9h Monaco x Lorient
12h Lille x Nice
16h Lyon x Rennes