A mais completa cobertura. Informação com credibilidade. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS: FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

No 1º semestre, presidente do Cruzeiro prevê queda da dívida para R$ 800 milhões

Foto: Bruno Haddad

O Cruzeiro espera apresentar uma diminuição de cerca de 20% da sua dívida no seu próximo demonstrativo. A previsão é do presidente Sérgio Santos Rodrigues em entrevista ao jornal O Globo, na edição desta segunda-feira. A última demonstração apresentou uma dívida superior a R$ 1 bilhão.

- Sobre a dívida, muitos acordos que fizemos foram no último trimestre. Então, na parcial que a gente soltou, eles não tinham saído ainda, e aí a dívida estava na casa do bilhão. Quando publicarmos os acordos todos, creio que vamos fechar com uns R$ 800 milhões de dívida.

Na próxima demonstração financeira, do último trimestre de 2020, será refletido o acordo com a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, por exemplo. Nela, o clube reduziu as dívidas fiscais.

- Em números absolutos, a dívida tributária caiu R$ 170 milhões. Teve acordo com Fred, (economia de) R$ 50 milhões. Dodô e Marquinhos Gabriel, somados, uns R$ 10 milhões (de economia). A gente estima que a nossa gestão, entre negociações e dívidas pagas, bateu R$ 250 milhões a menos. O Cruzeiro vai estar melhor em balanço do que muito time da Série A. Vamos reduzir custos e endividamento geral – garantiu o dirigente.

Ainda na entrevista, Sérgio Santos Rodrigues apontou que o Cruzeiro deverá receber mais duas ordens de pagamento, ainda no primeiro semestre, em processos envolvendo clubes estrangeiros. Muito provavelmente nas ações envolvendo as compras de Arrascaeta e Riascos.

- Tivemos basicamente R$ 40 milhões vencidos em 2020: R$ 34 milhões efetivamente pagos e o resto parcelamos, as do Tigres e Del Valle. Temos mais duas dívidas para vencer. Mas julgamento da Fifa você não sabe: na hora que acaba, eles mandam prazo para pagar em até 90 dias. Vindo, a gente tem que se preparar para elas. Acredito que no primeiro semestre ainda venham mais duas. É difícil dizer que estamos separando dinheiro para elas porque há diversas outras prioridades

“Não precisa ser campeão”

O presidente do Cruzeiro foi questionado sobre, caso o time consiga o acesso, para qual prateleira da elite nacional irá voltar. Ainda complementou dizendo que o Cruzeiro não buscará o título da Série B, mas, sim, o acesso.

- Evito ao máximo a futurologia. Se a gente pegar exemplos passados, cada um teve particularidade. O Atlético caiu em 2005 e foi ganhar título só em 2013. O Inter caiu num ano e no outro foi para a Libertadores. Quando o Cruzeiro vai ganhar um título? Pode ser este ano. Por que o Cruzeiro, no ano do centenário, não pode ganhar? Mas a gente trabalha com pé no chão. O objetivo é a Série A. Claro que eu quero ganhar. Mas não tenho obrigação. Na Copa do Brasil, vamos uma fase de cada vez. A meta na Série B é subir. Não precisa ser campeão.

Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.