A mais completa cobertura. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS NO FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Preparador físico demitido em janeiro aciona Cruzeiro na Justiça e cobra R$ 314 mil

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Demitido do Cruzeiro em 6 de janeiro, o preparador físico Emerson Polimeno ajuizou ação contra o clube na Justiça. O processo foi distribuído na 7ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, no último sábado.

O profissional cobra R$ 314.523,96 referentes a aviso prévio, saldo de salário, verbas rescisórias, “bichos” por participações em competições e multas. O Superesportes confirmou a informação da Rádio Itatiaia.

Polimeno foi contratado pelo Cruzeiro em 2 de janeiro de 2018, logo no início da gestão do ex-presidente Wagner Pires de Sá, com uma remuneração mensal de R$ 20 mil.

O acordo previa bônus em caso de títulos e/ou metas alcançadas em competições. Ao todo, o preparador pleiteia o recebimento de R$ 68 mil por participações em Campeonato Mineiro, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores.

Por essa razão, o advogado de Emerson, Régis Obregon Virgili, pede à Justiça que tais gratificações sejam consideradas de natureza salarial, elevando os vencimentos para R$ 25.666,67.

“Uma vez evidenciada a indiscutível natureza remuneratória/salarial dos bônus devidos ao Reclamante em 2019, o cômputo de tais parcelas deverá integrar a base de cálculo de todas as verbas rescisórias e indenizatórias a que faz jus em razão da rescisão do seu contrato laboral”.

No fim da petição, a defesa do reclamante solicita que o Cruzeiro quite, na audiência de conciliação e instrução, o valor de R$101.021,32 do termo de rescisão do contrato de trabalho. Haverá encontro entre as partes no dia 23 de setembro.

Outros ex-integrantes do staff do Cruzeiro também buscaram direitos trabalhistas na Justiça, como o técnico Mano Menezes, os auxiliares Sidnei Lobo e James Freitas, o preparador físico Eduardo Silva, o analista de desempenho Rafael Vieira e o preparador de goleiros Robertinho

Pedidos de Emerson Polimeno na Justiça

Termo de rescisão de contrato - R$ 101.021,32

Fixação da remuneração mensal - R$ 25.666,67

Salário novembro 2019 - R$ 18.402,67

Salário dezembro 2019 - R$ 25.666,67

Saldo de salário janeiro 2020 - R$ 6.333,33

Copa do Brasil de 2018 - R$ 17.000,00 (título)

Copa Libertadores 2019 - R$ 10.000,00 (classificação)

Mineiro 2019 - R$ 20.000,00 (título)

Brasileiro 2019 - R$ 1.000,00 (participação)

Aviso prévio indenizado - R$ 28.233,33

Média aviso prévio indenizado - R$ 2.533,33

13º salário 2019 - R$ 25.666,67

Salário proporcional - R$ 4.352,30

Férias vencidas acrescidas de 1/3 - R$ 34.222,22

Diferença FGTS - R$ 19.666,67

Multa 40% FGTS - R$ 22.864,72

Multa art. 467 CLT - R$ 22.864,72

Multa art. 477 CLT - R$ 25.666,67

https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/cruzeiro/2020/08/24/noticia_cruzeiro,3859860/preparador-fisico-demitido-em-janeiro-cobra-r-314-mil-do-cruzeiro.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.