Membros de organizada invadem aniversário da esposa de Dedé para cobrar atletas do Cruzeiro

Reprodução
Hoje em Dia

A noite da última terça-feira (19) foi de comemoração para a esposa do zagueiro cruzeirense Dedé, que comemorava 29 anos de vida. No entanto, o que era para ser apenas festa acabou ganhando momentos de tensão. Isso porque alguns membros da Pavilhão Independente, segundo relato feito na página da própria torcida organizada, tiveram acesso ao salão de festas na região da Pampulha onde estavam os convidados.

"Ontem (terça) ficamos sabendo que alguns jogadores estavam comemorando um aniversário em uma casa de eventos na Pampulha, juntamos sete pessoas e fomos lá, chegamos por volta de 00:30 e entramos. Lá estavam Dedé, Sassá, David, Robinho, Ederson, Ezequiel e outros amigos, estavam todos bebendo e com suas esposas, Dedé pulava de cima do palco fazendo sarrada no ar mas diz que está operado. Quando eles perceberam a nossa presença vieram nervosos pra cima falando que estávamos estragando o momento deles, empurrando a gente e fazendo ameaças, a gente só questionava a situação do time lembrando que ninguém vai cair pra série B (sic)", diz parte da postagem no Instagram oficial da Pavilhão Independente.

O Hoje em Dia entrou em contato com a Polícia Militar para saber se houve registro de boletim de ocorrência, mas até a tarde desta quarta-feira (20) nenhum documento foi encontrado no sistema da PM.

Ainda de acordo com o relato publicado no perfil da torcida, houve discussão entre pessoas que de alguma forma tiveram acesso à festa e alguns jogadores do Cruzeiro.

"O Dedé estava muito exaltado e agressivo, agrediu 3 de nossos amigos com empurrões, além de não parar de gritar. Nessa hora, as esposas que choravam e xingavam começaram a falar: 'como que vocês querem que eles joguem se não estão nem recebendo?' A essa altura já estava todo mundo na rua, o som da festa já tinha parado, apareceram policiais civis armados e nos mandaram embora, logo após chegaram várias viaturas da polícia militar no local. Com todo respeito à alguns jogadores que sabemos que se doam em campo (sic)"

A reportagem também procurou o representante da Pavilhão Independente. Em nota, a torcida confirma que sete pessoas tiveram acesso ao local da festa, mas não quis comentar como os integrantes acessaram o salão onde a esposa do jogador Dedé comemorava o aniversário.

A Pavilhão Independente ressalta ainda que recebeu uma denúncia na página oficial da torcida no Facebook de que "jogadores do Cruzeiro estavam bebendo e fazendo festa na região da Pampulha", e que por isso foram ao local confirmar o que havia sido denunciado. A torcida também confirma que houve discussão, mas sem agressão e violência física, e que todos que entraram para cobrar os atletas foram expulsos da festa.

Ainda de acordo com a Pavilhão Independente, "a torcida do Cruzeiro não vai fazer papel de palhaço e se houver mais denúncias sobre festas dos jogadores haverá cobrança no local como aconteceu na festa da última terça-feira".

O Cruzeiro informou à reportagem que o evento era particular e que portanto não iria se pronunciar sobre o ocorrido.

Já a representante do salão de festas inicialmente disse que não daria informações sobre o que aconteceu no aniversário por se tratar de uma festa particular. O HD enviou e-mail à empresa solicitando informações sobre a segurança no evento e como as sete pessoas, até então sem o convite, conseguiram entrar no aniversário da esposa do jogador.

No fim da tarde a empresa respondeu da seguinte forma: "Ontem (dia 19 de novembro) realizamos uma festa particular, aniversário da Patrícia, esposa do jogador de futebol Dedé, um evento familiar que ao final do mesmo, alguns torcedores invadiram o espaço mas foram identificados e retirados imediatamente da festa sem maiores consequências, não havendo nenhum tipo de agressão por nenhuma das partes ou atos de vandalismo", dizia a mensagem por e-mail.

A reportagem também tentou contato com a esposa do zagueiro Dedé, que preferiu não se manifestar sobre o episódio.

David

Citado pela Pavilhão Independente como um dos convidados da festa, o atacante David negou que tenha ido ao aniversário da esposa de Dedé.

Eu vi pela rede social, acabei de ver na hora do almoço. Não estava (na festa), não sei o que aconteceu lá. Se eu tivesse lá eu falaria. Pelo que eu sei não foi casa de festas, não foi nada, foi comemoração do casamento da esposa do Dedé, onde só tinham familiares o que eu vi foi por rede social e não tenho mais explicações sobre isso", disse David, que citou de forma equivocada o motivo do evento.

"Como se trata de família, como você disse (repórter ao perguntar sobre vida de jogar fora dos gramados), na folga, no caso do Dedé que não está jogando, na minha opinião, não tem nada a ver. Era uma comemoração da esposa dele. Eles têm filho, na minha opinião não tem nada a ver", concluiu.

Postar um comentário

0 Comentários