Cruzeiro encara Ceará para tentar evitar volta ao mundo sem vencer fora de BH no Brasileirão

Foto: Marcello Zambrana/Cruzeiro/LightPress
Hoje em Dia

Estádio Castelão, em Fortaleza. O Cruzeiro vence o Ceará por 1 a 0, gol de Sassá, pela nona rodada do Brasileiro do ano passado. Desde aquele jogo, em 3 de junho de 2018, a Raposa já jogou 22 vezes fora de Belo Horizonte, pela Série A, sem vencer.

Nesta quarta-feira (25), volta ao mesmo estádio, encara o mesmo adversário, a partir das 19h30, pela 21ª rodada do Brasileirão, e os três pontos, mais que significarem a quebra do longo jejum, representarão a saída, pelo menos momentânea, da zona de rebaixamento, pois Fluminense e CSA, os dois únicos times que podem ser superados pelo Cruzeiro na 21ª rodada, só entram em campo nesta quinta-feira (26).

O desempenho pífio quando sai de BH para jogar pelo Brasileiro faz com que o Cruzeiro seja o único time que ainda não venceu como visitante nesta Série A.

Volta ao mundo

Além disso, se não superar o Vozão, a Raposa corre o risco de completar na próxima segunda-feira, quando encara o Goiás, às 20h, no Serra Dourada, praticamente uma volta ao mundo sem vencer fora da capital mineira pelo Brasileiro.

Para a disputa dos 22 jogos do jejum foram percorridos, em distâncias aéreas, 34.756 quilômetros. Se não vencer em Fortaleza e Goiânia, este número chega a 39.880 quilômetros. A circunferência da Terra é de 40.075 quilômetros.

Nesta sequência, até Rogério Ceni já foi carrasco cruzeirense, com o Fortaleza fazendo 2 a 1 no último 12 de junho. Agora, o treinador volta ao Castelão onde fez história com o tricolor cearense tentando buscar diante do ex-rival Ceará uma vitória fundamental para a Raposa.

Postar um comentário

0 Comentários