terça-feira, 30 de abril de 2019

Crise política na Venezuela pode influenciar jogo do Atlético pela Libertadores

Bruno Cantini / Atlético / Divulgação
A situação complicada que vive a Venezuela nesse momento começa a afetar o futebol e pode influenciar a vida do Atlético. Em decorrência da crise no país, a Conmebol divulgou na tarde dessa terça-feira (30) o adiamento do jogo entre Estudiantes de Mérida e Argentino Juniors, que aconteceria nesta quinta-feira (2) em solo venezuelano.

O próximo e último compromisso do Atlético pela Copa Libertadores está marcado para a quinta-feira da próxima semana diante do Zamora fora de casa. A equipe do país vizinho manda seus jogos na cidade de Barinas, que fica a aproximadamente 500km de distancia da capital Caracas, onde estão ocorrendo os principais eventos políticos no país.

Em entrevista ao Hoje em Dia, o camisa 10 do Zamora explicou a situação de momento em Barinas.

“Faltam muitos dias para o jogo contra o Atlético Mineiro. Aqui em Barinas não está acontecendo nada. Está normal. Há apenas uma manifestação pacífica”, disse Gustavo Rojas

Já o técnico da equipe se mostrou mais pessimista quanto a realização da partida, pela cenário que vive seu país.

"Aqui está bastante delicado. Não sei se haverá condições de ter a partida contra o Atlético", disse José Cañas.

Mesmo com a grande distância entre Caracas e Barinas, existe uma dúvida quanto à realização da partida entre Atlético e Zamora, já que não se sabe precisamente os desdobramentos da atual crise e das condições do país para receber o jogo.

https://www.hojeemdia.com.br/esportes/atl%C3%A9tico/crise-pol%C3%ADtica-na-venezuela-pode-influenciar-jogo-do-atl%C3%A9tico-pela-libertadores-1.710899

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

SIGA O FUTBLOG DO SORRISO NO FACEBOOK