A mais completa cobertura. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS NO FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

quarta-feira, 30 de março de 2022

Ronaldo sobre Cruzeiro: "Se não aprovar venda, ficará insustentável"

Reprodução

Ronaldo Fenômeno voltou a falar sobre a intenção de compra de 90% das ações da Sociedade Anônima do Futebol do Cruzeiro. Seu grupo de trabalho terá reunião com o Conselho Deliberativo nesta quinta-feira (31), às 18h30, no clube do Barro Preto, em Belo Horizonte, para explicar os detalhes do negócio que pretende incluir as Tocas da Raposa I e II.
 

“Quinta-feira há uma reunião muito importante para fazer. A primeira que fizemos para mostrar nosso projeto foi há três semanas. Mostramos aos principais conselheiros do clube e agora vamos mostrar a um outro grupo de conselheiros o mesmo projeto que foi apresentado antes”, disse o craque, em live em seu canal no Twitch.

A equipe que assessora Ronaldo cuidará da apresentação aos integrantes do quadro social da Raposa. Por se tratar de um assunto técnico, o ex-camisa 9 da Seleção Brasileira não participará diretamente do encontro.

“É uma reunião técnica e detalhada, da qual não vou participar, mesmo que esteja em BH. Mas, logicamente, estarei por ali perto para cumprimentar os conselheiros. De certa forma é uma política que estamos enfrentando. Estamos fazendo essa política para conseguir a aprovação do projeto”

A expectativa é que os conselheiros se sintam seguros a aprovar a venda da SAF em pleito na próxima segunda-feira, 4 de abril. Na opinião de Ronaldo, caso a operação não seja autorizada, o Cruzeiro ficará em situação insustentável no restante de 2022.

“É o melhor para o Cruzeiro, já apresentamos isso, e eu espero que aprove na segunda-feira, dia 4, para o bem do Cruzeiro. Se não aprovar, a situação ficará insustentável. Não tem tempo hábil para outra gestão entrar e nem para montar um futuro do clube”.

Ronaldo viajará a Belo Horizonte na quinta-feira para assistir à final do Campeonato Mineiro, entre Cruzeiro e Atlético, às 16h30 de sábado, no Mineirão. O regulamento da competição prevê disputa por pênaltis em caso de empate no tempo normal, além de torcidas divididas meio a meio.

Acordo entre Cruzeiro e Ronaldo

Intermediado pelo head de investimentos do banco XP, Pedro Mesquita, o acordo entre Ronaldo e Cruzeiro prevê aporte de R$ 400 milhões - R$ 50 milhões na assinatura do contrato e R$ 350 milhões de “receitas incrementais” - isto é, geradas pela própria gestão do futebol com vendas de jogadores, cotas de TV, patrocínios e outros.

Segundo nota assinada pela Mesa Diretora do Conselho Deliberativo, “tais receitas ‘incrementais’ foram definidas como sendo aquelas que suplantassem, a cada ano, a receita média anual apurada com base na média ponderada das receitas auferidas pelo Cruzeiro no período compreendido entre 2017 e 2021”.

A média de faturamento do Cruzeiro de 2017 a 2021 deve ficar na casa de R$ 220 milhões. Ou seja, Ronaldo apenas faria um “complemento” caso a SAF não atingisse esse valor. E o contrato lhe daria a opção de devolver percentuais da SAF à associação, em vez de aplicar o dinheiro, conforme o jornalista Rodrigo Capelo, do ge.globo.

Tanto a XP quanto o presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, garantiram que várias cláusulas serão modificadas. Já o vice-presidente Lidson Potsch Magalhães destacou a necessidade de estabelecer contrapartidas que permitam à SAF amortizar as parcelas da dívida com a União, além de dividir em partes iguais o lucro de eventuais vendas dos CTs.

Para que os planos de Ronaldo sigam adiante, 90% dos conselheiros (beneméritos, natos e eleitos) precisam aprovar a alienação das Tocas I e II, tal como dispõe o artigo 20, VI, do Estatuto do clube.

“Autorizar a alienação de bem imóvel do Cruzeiro Esporte Clube, excluídas as unidades que compõem o Parque Esportivo do Barro Preto, o Centro Administrativo, as Sedes Campestres, a Toca da Raposa I e a II, imóveis somente alienáveis em situação altamente vantajosa para o Cruzeiro Esporte Clube, mediante proposta aprovada por 9/10 (nove décimos) dos Conselheiros”.

Embora Ronaldo não tenha assumido nenhuma dívida, a lei determina que a SAF reserve 20% de suas receitas mensais para a redução do passivo da associação civil, hoje na casa de R$ 1 bilhão. Ou seja, se o Cruzeiro arrecadar R$ 300 milhões em um ano, R$ 60 milhões precisam ser destinados à amortização dos débitos.

Mesmo sem assinar a compra da SAF, Ronaldo quitou R$ 23 milhões na Fifa, encerrou o transfer ban no fim de janeiro e possibilitou o registro dos reforços contratados pelo Cruzeiro para 2022. O gestor também assegurou o pagamento de salários em dia.

Em campo, o time encheu a torcida de esperanças por um ano de sucesso. No Mineiro, ficou em 3º em 11 rodadas, com 22 pontos, e eliminou o Athletic nas semifinais com vitórias por 2 a 0 e 2 a 1, no Mineirão. Na Copa do Brasil, alcançou a terceira fase com triunfos sobre Sergipe (5 a 0) e Tuntum (3 a 0).

Na Série B, a perspectiva é de briga pelo acesso, sobretudo pelo entrosamento sob o comando do técnico Paulo Pezzolano e a adaptação a um estilo de jogo de intensidade, posse de bola e busca pelo ataque. A estreia será contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, provavelmente no sábado, 9 de abril.

(Superesportes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.