A mais completa cobertura. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS NO FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

domingo, 20 de fevereiro de 2022

Cruzeiro sai atrás, mas busca empate contra Villa Nova no Independência

Foto: Alessandra Torres/AGIF

Na liderança do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro ficou duas vezes atrás do marcador, mas mostrou poder de reação ao buscar um empate por 2 a 2 diante do Villa Nova, no início da tarde deste domingo, na Arena Independência, pela oitava rodada. Destaque para o goleiro Glaycon, que fez boas defesas nos minutos finais do duelo.

Com o resultado, o Cruzeiro continuou em primeiro, agora, com 19 pontos, três na frente do rival Atlético, que tem um jogo a menos. Já o Villa Nova ficou em sétimo, com nove.

Com um desafio da Copa do Brasil no meio da semana, contra o Sergipe, o Cruzeiro entrou no duelo com inúmeras novidades, parte do teste que vem fazendo o técnico Paulo Pezzolano, diferente do Villa Nova que entrou em campo com força máxima, com a clara intenção de engrenar no estadual.

O jogo começou movimentado, com ambos os clubes buscando o gol. Diferente do que se esperava, o Villa Nova não esperou o adversário, arriscou e acabou abrindo o marcador aos 16 minutos. Gustavo Crecci foi acionado em velocidade pela direita e cruzou rasteiro. Geovane tentou cortar, mas acabou colocando a bola contra o próprio gol.

Mas a resposta do time celeste foi imediata. Aos 18 minutos, Rafael Santos tabelou com Daniel e cruzou para Canesin. Ele arriscou e contou com um desvio de Hipólito para obrigar Glaycon fazer grande defesa. No rebote, Vitor Roque mandou para o fundo das redes. No entanto, o panorama do jogo não mudou.

O Villa Nova continuou atacando e chegou a colocar uma bola na trave com Thiago Mosquito. O gol, porém, saiu aos 33 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Wesley, que apareceu sozinho dentro da área do Cruzeiro para fazer o segundo, segurando assim a empolgação do rival.

No segundo tempo, o Cruzeiro foi para cima, montou uma blitz no campo defensivo do Villa e, de tanto pressionar, chegou ao gol de empate aos 14 minutos. Canesin recebeu pela direita e mandou para Edu. O atacante ganhou do zagueiro e encheu o pé para recolocar o time celeste no jogo.

Apesar do gol de empate, o técnico Pezzolano se mostrou muito exaltado e acabou sendo expulso pela arbitragem. No entanto, o Cruzeiro continuou em cima e viu o goleiro Glaycon virar herói. O arqueiro fez ao menos três defesas difíceis para segurar o empate no Independência.

Ainda neste domingo, o Patrocinense deixou a zona de rebaixamento ao bater o Tombense por 2 a 1, no Pedro Alves do Nascimento. O time de Patrocínio é o nono, com sete pontos, mesma pontuação do rival, em oitavo.

(Estadão Conteúdo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.