A mais completa cobertura. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS NO FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

sábado, 2 de outubro de 2021

Pedrinho BH critica gestão de futebol do Cruzeiro: "Se não mudar, não tem meu apoio"

Reprodução - Pedro Lourenço (detalhe)

(Thiago Reis e Lara Alves - Repórteres: Rádio Itatiaia)

Principal patrocinador do Cruzeiro e proprietário do Supermercados BH, o empresário Pedro Lourenço disparou contra a diretoria celeste em entrevista exclusiva à rádio Itatiaia na tarde de sábado (2) no intervalo da partida entre Villa Nova e Democrata, em Nova Lima, à região metropolitana de Belo Horizonte, pelo módulo II do Campeonato Mineiro.

Pedrinho classificou a atual gestão de Sergio Santos Rodrigues como incompetente e cravou que, se não houver mudanças, o Cruzeiro permanecerá na Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro indefinidamente.

“Incompetência total da gestão do Cruzeiro. Eles não ouvem a gente, não ouvem. Se não tomar providências, vai ficar o resto da vida na Segundona. Tem que começar na segunda-feira (a mudança), mudar, estruturar, limpar um monte de coisa que está errada no Cruzeiro”, disse. O patrocinador também criticou os salários atrasados. “Ali tem um monte de gente à toa que não produz nada e recebe. Você tem meses de salários atrasados. Cozinheira com salário atrasado, segurança com salário atrasado, isso não se faz com o ser humano. Tem que mudar”.

Sobre o pagamento adiantado da cota do patrocínio master de 2023 que garantiu a contratação de Vanderlei Luxemburgo, uma vez que foi condicionada à garantia de que os salários estariam em dia, o empresário explicou: “Quando foi falado com Vanderlei, ele exigiu salário em dia. Não só de jogador. Porque jogador não joga sozinho. E os caras que ganham mil? Dois mil? Três mil? Eu comprei um patrocínio de 2023. Cerca de R$ 8 milhões que era para acertar tudo. Foi feito o pagamento. Agora, quem pagou e quem não pagou eu não sei falar. Depois disso, o presidente não pagou nada”.

Críticas a Rodrigo Pastana e SSR

O diretor de futebol do Cruzeiro, Rodrigo Pastana, e o atual presidente Sérgio Santos Rodrigues foram alvos das críticas do patrocinador do clube celeste. Em relação ao diretor, Pedro Lourenço disparou: “não deveria nem ter passado na porta da Toca”. Ele continua: “Se não mudar muita coisa no Cruzeiro, não vai adiantar. Tem que mudar diretoria de futebol. Se não mudar, não tem meu apoio. Não vou ficar salgando carne podre”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.