A mais completa cobertura. Informação com credibilidade. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS: FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

sexta-feira, 23 de julho de 2021

Pastana diz que Airton pediu pra sair e que cláusula 'tirou' Barbosa do Cruzeiro

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O diretor de futebol do Cruzeiro Rodrigo Pastana deu detalhes das saídas do atacante Airton, que foi para o Ceará, e do meio-campo Matheus Barbosa, emprestado ao Atlético-GO. Segundo o dirigente, motivos foram pessoais e contratuais.

"O Airton já havia recebido duas sondagens de clubes da Série A, já tinha exposto a sua vontade de sair do clube por 'n' motivos, principalmente, pessoais. Infelizmente, ele não vinha desempenhando um resultado esportivo satisfatório, avaliamos que seria uma boa a proposta do Ceará e nós aceitamos e devemos fechar nos próximos dias", ressaltou.

A saída de Matheus Barbosa causou surpresa, por causa de um artigo no contrato. "O Matheus Barbosa foi uma questão contratual. Me pegou de surpresa porque jamais imaginaria que um clube como o Cruzeiro deixaria uma cláusula insegura como essa, de liberação para clubes de Série A. Ela existe. Mesmo que não seja onerosa, ela preferiu aceitar uma proposta do Atlético-GO e está indo por empréstimo até dezembro de 2022", ponderou.

Pastana também explicou a situação de Marcelo Moreno, que ficou de fora dos últimos jogos. O nome do atacante foi especulado pelo Colo-Colo, segundo a imprensa chilena. O jogador, porém, não enfrentou o Remo e não vai jogar contra o Vila Nova-Go, neste sábado (24), por motivos pessoais.

"Ele teve um problema familiar, solicitou no sábado de madrugada que não fosse treinar e não viajasse a Belém, nós entendemos. Ele voltou a treinar só na terça feira e por isso não está aqui", disse o diretor da Raposa.

>> O Tempo/SuperFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.