A mais completa cobertura. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS NO FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

domingo, 11 de julho de 2021

Ex-Cruzeiro, Dedé se diz pronto para voltar a jogar e mira o Brasileirão

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Há um ano e nove meses sem disputar uma partida oficial por causa de uma lesão no joelho direito, o zagueiro Dedé se diz pronto para retornar aos gramados. Ele está livre no mercado desde 1º de julho, quando foi homologada na Justiça do Trabalho a rescisão de seu contrato com o Cruzeiro. Segundo o Globoesporte, o clube pagará R$16,6 milhões ao atleta em 60 meses (cinco anos) contados a partir de janeiro de 2022.
“Pretendo jogar esse Campeonato Brasileiro. Estou pronto para pegar o ritmo e a intensidade de um clube profissional e trabalhar com uma equipe”, afirmou Dedé, em entrevista ao programa Esporte Espetacular, da TV Globo.

O defensor de 33 anos falou sobre a experiência de ter participado de um jogo-treino junto a atletas profissionais em sua cidade natal, Volta Redonda, no sul do estado do Rio de Janeiro. “Me senti vivo no futebol, capaz de exercer o que eu mais procurei durante esse período difícil, tenso e doloroso”.

Animado com a recuperação, Dedé está aberto a ouvir propostas. “Clubes vão falar comigo sobre produtividade. Estou disposto a trabalhar dessa forma. Vou buscar jogar em alto nível, buscar os objetivos e trabalhar para voltar a vestir a amarelinha”.

Ao Esporte Espetacular, o jogador classificou o rebaixamento à Série B pelo Cruzeiro como o “momento mais triste da carreira”e reforçou o sentimento de carinho e gratidão pelo clube. “É uma coisa muito grande, inexplicado, que vai ficar marcado pro resto da minha vida, dentro do meu coração. É o clube que eu vou amar, amar mesmo como eu amo, eternamente”.

Dedé saiu de cena no Cruzeiro em 19 de outubro de 2019, na vitória de virada sobre o Corinthians, por 2 a 1, na Neo Química Arena, em São Paulo, pela 27ª rodada do Brasileirão. Na ocasião, o camisa 26 sofreu lesão no joelho direito e desde então não voltou a jogar. Fora de campo, viu o time perder forças na reta final do campeonato e cair para a Série B em 17º lugar, com 36 pontos.

Apesar das várias lesões nos joelhos, Dedé viveu momentos felizes nos oito anos pelo Cruzeiro. Em 2013 e 2014, sagrou-se bicampeão brasileiro. Em 2018, foi um dos destaques na campanha do hexa da Copa do Brasil. Quando esteve em campo, o zagueiro se destacou pela velocidade, impulsão e força física, sendo convocado algumas vezes para defender a Seleção Brasileira.

Em seu auge na Raposa, Dedé recebeu consultas do Lyon, da França, de um clube da China e de outro dos Emirados Árabes Unidos. Contudo, por gratidão ao Cruzeiro, optou pela permanência em Belo Horizonte. Ao todo, o zagueiro participou de 188 jogos e marcou 15 gols, conquistando ainda os estaduais de 2014, 2018 e 2019 e a Copa do Brasil de 2017.

>> Superesportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.