A mais completa cobertura. Informação com credibilidade. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS: FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

sábado, 31 de julho de 2021

Empate em Betim, pelo Módulo II, marca retorno de público aos estádios em Minas Gerais

Torcida na Arena Vera Cruz, para Betim 1x1 Democrata-GV — Foto: Ana Pimenta

Depois de longa espera, o torcedor mineiro voltou a assistir uma partida de futebol no estádio. Em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, cerca de 354 pessoas foram até a Arena Vera Cruz, ver o time homônimo da cidade empatar com o Democrata-GV (1x1) pela sexta rodada do Módulo II.
É o jogo que marca o retorno do público ao futebol, desde a pandemia da Covid-19 que chegou a interromper os campeonatos e afastou o torcedor das praças esportivas em março de 2020. A liberação aconteceu após anuência do Governo de Minas Gerais e o poder municipal de Betim, com protocolo de retorno elaborado pela Federação Mineira de Futebol.

O estádio em Betim precisou seguir regras de distanciamento, demarcação de lugares e limitação de capacidade (no máximo 600 ingressos). Houve fiscalização antes e durante o confronto. Não foi permitida a presença de menores de 18 anos e de gestantes. Também não há comercialização de bebidas alcoólicas.
O Betim tem nomes conhecidos do futebol mineiro, com os meias Gerson Magrão (ex-Cruzeiro), que foi titular do jogo e autor do gol do time da casa, e Leandro Donizete (ex-Atlético), que não participou da partida.

A primeira fase do Módulo II é disputado nos moldes do Módulo I, com os 12 times se enfrentando entre si e a classificação de quatro equipes. Diferentemente da elite, onde há semifinais, o Módulo II conta com um quadrangular final (com ida e volta). Os dois primeiros sobem.

Em BH

A Prefeitura de Belo Horizonte liberou que os estádios de futebol da cidade recebam público correspondente a até 30% da capacidade total. A CBF, no entanto, ainda não autorizou torcida em partidas de torneios organizados pela entidade.

Inicialmente, o retorno será no dia 18 de agosto, na partida entre Atlético-MG e River Plate, pelas quartas de final da Libertadores, torneio da Conmebol.

No entanto, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva atendeu ao pedido do Cruzeiro e concedeu liminar para que o clube possa pagar, a partir desta sexta-feira, diante do Londrina, a punição de cinco jogos com portões fechados.

Com a decisão do STJD, a punição do Cruzeiro será cumprida nas partidas contra Londrina, Vitória, Confiança, Sampaio Corrêa e Ponte Preta. Sendo assim, o torcedor celeste estará autorizado a voltar ao Mineirão contra o Operário, pela 24ª rodada da Série B. Atlético-MG e América-MG podem buscar o mesmo caminho para terem torcida em jogos do Brasileirão.

Regras para volta do público em BH

Capacidade máxima de 30%, apenas com torcedores do clube mandante;

Uso obrigatório de máscara e distanciamento de 1 assento vertical e 1 horizontal (mesma regra dos cinemas);

Teste negativo (rápido ou RT-PCR) para a Covid-19 com antecedência máxima de 72 horas;

Pessoas vacinadas também devem apresentar teste negativo para entrar no estádio;

Testes de farmácia serão aceitos, desde que levados em papel timbrado;

Venda de ingressos exclusiva pela internet, com obrigação de apresentação de nome e telefone (para caso de necessidade de rastreio);

Não haverá transporte público para os estádios;

>> Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.