Grêmio perde para o Independiente del Valle; decisão de vaga será em Porto Alegre

Site oficial/Grêmio

O Grêmio entrou em campo na noite desta sexta-feira, no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai, para enfrentar o Independiente del Vale, pelo jogo de ida da terceira fase da Conmebol Libertadores. Com alguns atletas e o técnico Renato Portaluppi positivado para o Covid-19, a equipe foi comandada por Alexandre Mendes. Mas o resultado não foi o esperado e o Tricolor saiu superado pelo placar de 2 a 1. 

Em campo, a equipe foi escalada com Brenno, Felipe, Rodrigues, Ruan, Diogo Barbosa, Lucas Silva, Matheus Henrique, Pinares, Alisson, Ferreira e Diego Souza. 

Os primeiros minutos de jogo foram equilibrados e de muita disputa no meio-campo, mas apesar disso, na primeira chegada ao ataque, o Tricolor foi efetivo. Com 8’, em cobrança de falta, Alisson colocou na marca penal para Diego Souza subir e desviar de cabeça, preciso, mandando para o fundo das redes, abrindo o marcador. 

Aos 15’, o Independiente tentou chegar ao empate com Hurtado, mas Brenno saiu bem, protegendo a meta e acompanhando a bola até ela se perder pela linha de fundo. No lance seguinte, Ortiz arriscou de longe, chutando forte. A bola quase explodiu na trave, mas saiu à esquerda. 

Os gremistas não recuaram e partiram novamente para o ataque. Desta vez, Pinares deu um belo passe para Ferreira, que recebeu em condições, invadiu a área, mas acabou dividindo com os defensores. No lance, Moisés saiu para defender e cortar o perigo. 

Passados 20 minutos, Diego Souza acionou Alisson, que cortou a marcação e finalizou, mas mandou pra fora. Quatro minutos depois, foi a vez dos mandantes darem a resposta: Faravelli finalizou forte, a bola desviou em Pellerano e saiu. Ainda no ataque, o time equatoriano chegou muito bem com uma jogada bem trabalhada - Ortiz recebeu na pequena área e cara a cara com Brenno, chutou, mas o goleiro gremista fez uma defesa sensacional, com 27’ jogados. 

Aos 35’, após uma cobrança de falta, o Independiente Del Valle levou perigo com Vite, que arrematou da entrada da área - Brenno fez mais uma grande defesa, com a ponta dos dedos e a bola explodiu na trave antes de sair por sobre a meta. 

Já o Grêmio se lançou em contra-ataque com Ferreira e Pinares, mas o meia acabou parado por Ramírez ao chutar. Na sequência, Alisson sofreu uma falta. Na cobrança, Diego Souza mandou direto, mas a bola passou à direita da meta, com 39’. 

Na reta final, Alisson recebeu um lançamento, rolou para Diego Souza, que deu de letra para Ferreira. O atacante mandou de cavadinha para o fundo das redes, mas a arbitragem assinalou impedimento neste que seria o segundo gol tricolor, que por sinal, seria um golaço. 

O Grêmio voltou a campo com uma mudança na equipe: Darlan ocupou o lugar do Pinares. 

A primeira chance de ataque foi adversária, aos 2 minutos. Ortiz cobrou, mandando direto na trave e Ruan completou afastando o perigo. Mas os adversários seguiram no ataque e conseguiram empatar aos 7 minutos com Faravelli. Montenegro deu um passe para o volante, que invadiu a área chutou, conseguindo deslocar Brenno, deixando tudo igual no Defensores del Chaco. 

O Grêmio buscou responder e quase marcou com Diego Souza. Matheus Henrique deixou o centroavante pifado para invadir a área. Assim fez, mas ao cortar o goleiro, acabou pegando muito embaixo da bola e mandando por sobre a meta, com 12 minutos jogados. 

O Independiente chegou bem e com efetividade no minuto seguinte. Dentro da área, Ruan acabou cometendo falta sobre Montenegro, recebendo seu segundo cartão amarelo e sendo expulso da partida. Na cobrança do pênalti, Faravelli chutou e assinalou o segundo gol, aos 15’. 

O técnico Alexandre Mendes mudou: Saiu Diego Souza e Lucas Silva para as entradas de David Braz e Fernando Henrique, com 17’. 

Após uma sequência de escanteios, o Independiente chegou com Ortiz, que chutou de fora da área, obrigando Brenno a voar para fazer mais uma grande defesa, com 22’. 

Mais uma alteração foi providenciada no Grêmio: Alisson saiu para Léo Chú ocupar sua posição. 

Aos 27 minutos, o Tricolor chegou com Léo Chú invadindo a área, mas o atacante acabou desarmado. 

Dois minutos depois, a última substituição: Bruno Cortez passou a assumir o lugar de Felipe, atuando mais na defensiva, junto a zaga. 

O Del Vale seguiu pressionando os gremistas, mas a equipe acabou conseguindo segurar os ataques adversários. 

Na reta final, o Tricolor ainda teve uma falta a seu favor. Diogo Barbosa colocou na área, mas a zaga fez o corte. Nos acréscimos, após uma cobrança de escanteio, Rodrigues cruzou na área, David Braz tentou a finalização, mas Moisés defendeu.

Com o resultado, o Grêmio precisa vencer o jogo de volta, que ocorre na Arena na próxima quarta-feira, 14. O vencedor integrará o Grupo A, junto a Palmeiras, Defensa y Justicia (ARG) e Universitario (PER). 

>> Via: Site oficial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.