A mais completa cobertura. Informação com credibilidade. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS: FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Cruzeiro encaminha empréstimo de Ariel Cabral para o Goiás

Foto: Cruzeiro/Divulgação

O Cruzeiro encaminhou nesta quarta-feira o empréstimo de Ariel Cabral para o Goiás. Entretanto, alguns detalhes entre o clube celeste e o empresário do atleta argentino, Rodolfo Baqué, precisam ser resolvidos. Assim que esta etapa for superada, o volante será liberado para fazer exames médicos e assinar contrato com o time de Goiânia até o fim do Campeonato Brasileiro, em fevereiro de 2021. A Raposa deve pagar uma pequena parte dos salários de Cabral.

Em contato com o Superesportes, a assessoria de imprensa do Goiás informou que, "oficialmente, o clube só se pronunciará sobre contratações com o documento assinado para não atrapalhar em nada".

O Cruzeiro ainda não se posicionou até a publicação desta nota.

Ariel Cabral, de 33 anos, tornou-se o estrangeiro com mais partidas pela Raposa ao entrar no segundo tempo da derrota por 1 a 0 para o Cuiabá, na Arena Pantanal, no dia 3 de outubro, pela 13ª rodada da Série B. O argentino atingiu 188 jogos e se igualou ao uruguaio Arrascaeta.

No clube celeste desde agosto de 2015, o meio-campista marcou quatro gols e conquistou quatro títulos: duas Copas do Brasil, em 2017 e 2018, e dois Campeonatos Mineiros, em 2018 e 2019.

Vinculado ao Cruzeiro até dezembro de 2021, Ariel repactuou os salários em 2020 dentro do teto de R$ 150 mil. Há um acordo para que a diferença seja paga em 20 parcelas a partir de abril de 2021.

Elogios de Enderson Moreira

O interesse do Goiás em Ariel Cabral se deu por indicação de Enderson Moreira, que o comandou no Cruzeiro entre maio e setembro. Em entrevista no dia 11 de agosto, após a vitória por 3 a 2 sobre o Guarani (terceira rodada da Série B), o treinador rasgou elogios ao estilo de jogo do camisa 5.

“É um jogador de extrema qualidade, que erra muito pouco e dá uma sequência de passes absurda. Se vocês estivessem in loco para observar o tanto que esse jogador dá estabilidade à equipe e o quão consegue criar um desequilíbrio com passe e roubada de bola (...)”.

No entendimento de Enderson Moreira, Ariel é um volante organizador e de grande facilidade para cumprir determinações táticas. “Talvez não apareça tanto nas roubadas de bola porque tem uma capacidade enorme de interceptar um passe, de encurtar, de não ter que usar a força física para poder ganhar uma bola. Faz isso com inteligência, capacidade tática e entendimento”.

Enderson foi demitido do Cruzeiro em 8 de setembro, um dia depois do empate por 1 a 1 com o CRB, no Mineirão, pela oitava rodada da Série B. Seu retrospecto na competição foi de três vitórias, dois empates e três derrotas. O time iniciou o campeonato com seis pontos negativos devido a uma punição na Fifa.

Por Superesportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.