Publicidade

Publicidade

Publicidade

sábado, 20 de junho de 2020

De volta ao Cruzeiro, Marco Antônio Lage será o CEO do Instituto Palestra Itália

Foto: Igor Sales/Cruzeiro - Sergio Santos Rodrigues e Marco Antônio Lage 
Uma das datas mais importantes da história do Cruzeiro, o centenário segue sendo planejado com maestria pela gestão de Sérgio Santos Rodrigues. Nessa quinta-feira, o dirigente confirmou o retorno de Marco Antônio Lage à Raposa para ser o CEO do Instituto Palestra Italia, sendo o responsável direto por cuidar de projetos à altura das comemorações dos 100 anos do clube cinco estrelas.


Marco Antônio Lage volta ao Cruzeiro depois de quase dois anos longe do time azul e branco. Profissional respeitado no mercado, o executivo ocupou por mais de 25 anos cargos estratégicos na Fiat Automóveis. É diretor de Relações Institucionais, Comunicação e Sustentabilidade da Cemig, posto que deixa no fim deste mês para se dedicar ao instituto, mas seguirá como consultor em projetos que comandava, inclusive na própria empresa energética.

Cedido por Sérgio Santos Rodrigues ao Cruzeiro, o Instituto Palestra Italia será estruturado para ser um importante braço cultural e social do Clube e contribuirá na formação educacional e humana de atletas dos esportes especializados e de base.

“Queremos moldar o instituto para que ele realmente evolua para contribuir com o Cruzeiro. Vamos desenvolver e instalar o Museu do Cruzeiro em duas etapas, iniciando com o memorial, evoluindo posteriormente para um museu maior. A história do Clube será resgatada e as raízes italianas valorizadas. Vamos dar esse presente para a torcida e mostrar ao Brasil e ao mundo a nossa rica história, valorizando assim ainda mais a imagem do Cruzeiro.

“O instituto vai ser autossustentável e, além do âmbito cultural, vamos trabalhar também com o lado esportivo e social. Podemos ajudar o Cruzeiro no desenvolvimento e formação daqueles que atuam na base do futebol, vôlei e atletismo por meio de captação de recursos de lei de incentivo. E não podemos esquecer do braço social, que é a essência do instituto, implantando ações de inclusão e formação humana através de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade”, complementou.

De acordo com Marco Antônio Lage, uma potência como o Cruzeiro se recomporá com ainda mais força tendo uma boa administração, a exemplo de grandes países como Alemanha e Japão, que foram arrasados por guerras e se tornaram mais robustos após se reestruturarem. Ele ainda fala sobre o resgate do sonho de poder ajudar o Clube Estrelado, interrompido precocemente em 2018.

“Como cruzeirense que sou, sempre tive a intenção de contribuir com a minha experiência e auxiliar de alguma forma. Não consegui da primeira vez em razão do pouco tempo em que pude executar o meu trabalho e por não concordar com o modelo de gestão temerária e pouco transparente que foi implantado na época. Agora tenho a certeza de que posso dar essa colaboração que o Cruzeiro e a torcida tanto merecem”, finalizou.

RITA DE CÁSSIA PEREIRA

Além de Marco Antônio Lage, o presidente Sérgio Santos Rodrigues confirmou o retorno de Rita de Cássia Pereira também para reforçar a equipe que cuidará das iniciativas ligadas ao Instituto Palestra Italia. Desligada em 2019, Rita conhece como poucos a história do Cruzeiro por ter atuado por quase 30 anos na área institucional do Clube.

Site Oficial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.