Democrata-GV segue em ritmo de preparação; ex-companheiro de Neymar e Ganso reforça a Pantera

Foto: Arquivo pessoal/Geovane Loubo

Equipe de Governador Valadares segue se preparando para a disputa do Campeonato Mineiro do Módulo II


Um dos mais tradicionais times do interior mineiro, o Democrata, de Governador Valadares, se prepara para a disputa do Campeonato Estadual Temporada 2020 Módulo II. A Pantera vai em busca do acesso à Elite. A Pantera que segue a sua preparação, quando realizou alguns amistosos, sendo um deles, contra o Valadares Esporte Clube (VEC), quando goleou a equipe adversária pelo placar de 4 a 0, no estádio Mamudão. No Campeonato Mineiro do Módulo II, o time será comandado pelo experiente técnico, Paulo César Catanoce.

O treinador que inclusive esteve recentemente na CBF para encerramento do curso Licença PRO. O técnico buscando se aperfeiçoar ainda mais para dar continuidade aos trabalhos. Além da goleada sobre a equipe do Valadares Esporte Clube, o Democrata, anteriormente, havia realizado um amistoso e goleado a Seleção de São João do Oriente pelo placar de 5 a 0, no Mamudão. O próximo compromisso do Democrata será contra o Tombense, que disputará a primeira divisão do Estado. A bola rola neste sábado, às 15h, no estádio Almeidão, em Tombos.

O elenco da Pantera foi apresentado no último dia 6 de janeiro. Para essa temporada, a equipe conta com nomes bem experientes, como do camaronês Arnold (ex-Ipatinga e Jequié-BA), além de Geovane (ex-companheiro de Neymar, no Santos). Outros nomes de destaque do time são Robertinho, Alan Delon, PH e Marcos Alemão.

Ex-meia do Santos é uma das peças do time

O Democrata para temporada e visando chegar novamente a primeira divisão do futebol mineiro contará com o reforço de Geovane, que atuou inclusive, na Seleção Brasileira de base, e teve como companheiro no Santos: Neymar e Ganso. O atleta chegou a ser cotado para atuar no Arsenal da Inglaterra além de ter defendido outros clubes no exterior, como o Rosário, da Guatemala. Ele chega como um dos principais reforços da Pantera.

"Estou de volta ao meu estado, onde conheço a forma de jogo e sei da dificuldade que é levar um clube à divisão principal do estado. Além desse desafio, quero muito retomar minha carreira e voltar a ter uma sequência de jogos. Aos 28 anos, confio que ainda posso contribuir ao futebol com meu talento e é exatamente isso que busco. Agradeço ao Democrata por me dar essa oportunidade e não faltará esforço da minha parte, para que alcancemos essa promoção ao final da competição", destacou o jogador ao Globo Esporte.

No Brasil, o meia Geovane passou por clubes, como Santos, Cruzeiro, Mogi Mirim-SP, Foz do Iguaçu-PR e América de Teófilo Otoni-MG.

Postar um comentário

0 Comentários