Cidades do Leste e Nordeste de MG arrecadam mais de R$ 400 milhões com impostos em 2019

Cidades do Leste e Nordeste de Minas Gerais
CNM/Divulgação

Valor aumentou em 6,5% se comparado com 2018. Cidade que mais arrecadou foi Governador Valadares.


As principais cidades das regiões Leste e Nordeste de Minas arrecadaram, juntas, mais de R$ 430 milhões de impostos em 2019, segundo o “Impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Os municípios que estão incluídos no valor são: Ipatinga, Coronel Fabriciano, Timóteo, Caratinga, Governador Valadares e Teófilo Otoni. Em relação a 2018, a arrecadação aumentou 6,5% no ano passado. Informações do G1 dos Vales

Segundo a associação, a cidade que mais arrecadou foi Valadares (R$ 173.805.469,63), mas a que teve maior porcentagem de aumento foi Caratinga, com 19% se comparado com 2018.

De acordo com o economista da ACSP, Marcel Solimeo, o crescimento dos valores mostram uma carga tributária elevada. “Acredito que a carga tributária, nos próximos anos, deve permanecer alta. Possivelmente, o único fator que pode colaborar com a diminuição dos tributos é o controle nos gastos”, afirma em nota.

O Impostômetro

O impostômetro foi criado em 2005 e busca estimar o valor total de impostos, taxas, contribuições e multas que a população brasileira paga para a União, os estados e os municípios.

O total de impostos pagos pelos brasileiros também pode ser acompanhado pela internet, na página do Impostômetro (www.impostometro.com.br). Na ferramenta é possível acompanhar quanto o país, os estados e os municípios estão arrecadando com tributos e também saber o que dá para os governos fazerem com todo o dinheiro arrecadado.

Postar um comentário

0 Comentários