Artilheiro em 2008, Marquinhos Gabriel dá dica para a base do Cruzeiro na estreia pelo Brasileiro Sub-20

Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro 
Neste domingo, o Cruzeiro visita o São Paulo, às 11h, em Cotia-SP, pela rodada de estreia do Campeonato Brasileiro Sub-20, torneio capaz de alavancar a carreira de jovens talentos da base para o futebol profissional. Quem sabe muito bem disto é o meia Marquinhos Gabriel, que já foi destaque e artilheiro da competição. Informações do Site oficial do Cruzeiro

Em 2008, atuando pelo Internacional, o armador cruzeirense anotou o maior número de gols numa só edição da competição até então, oito gols, marca esta que só veio a ser superada nove anos depois pelo atacante Mosquito, Coritiba, que fez nove gols.

Ao relembrar da sua participação na edição daquele ano, Marquinhos Gabriel conta como sua trajetória na competição atingiu uma ascensão meteórica. Tomando sua história como exemplo, o jogador aproveitou para passar uma dica para os atletas celestes, que buscam garantir a quinta taça da Raposa na competição.

“Quando estamos na base, de maneira geral e não só neste torneio, mas em todos eles, o que prevalece é a persistência. Lembro que naquele ano, acabei iniciando o campeonato no banco de reservas e, após alguns acontecimentos, tive a oportunidade de jogar como atacante e as coisas começaram a acontecer muito rápido durante a competição”, recordou.

“Teve jogos que marquei um gol, em outro dois e acabei como artilheiro da competição. Então, esta é minha dica para os meninos: nunca desistir de nada, não só neste campeonato. É uma dica para a vida. É preciso ter muita persistência no mundo do futebol. A gente sofre muito, fica longe da família, mas a recompensa vem em seguida e esta é minha dica para eles. Que eles tenham muito sucesso na competição”, concluiu.

Confira todos os artilheiros do Brasileiro Sub-20

2006: Wendell Lira (Goiás) e Alexandre Pato – 7 gols
2007: Jefferson (Paraná) – 7 gols:
2008: Marquinhos Gabriel (Internacional) – 8 gols
2009: Allan Patrick (Santos) e Dori (Fluminense) – 5 gols
2010: Thiaguinho (Cruzeiro) – 7 gols
2011: Marcos Júnior (Fluminense) – 7 gols
2012: Vinícius Araújo (Cruzeiro) e Renato (Náutico) – 4 gols
2013: Murilo (Internacional) – 5 gols
2014: Crysan (Atlético-PR) – 5 gols
2015: Matheus Pato (Fluminense) – 6 gols
2016: Pedro (São Paulo) – 8 gols
2017: Mosquito (Coritiba) – 9 gols
2018: Papagaio (Palmeiras) – 12 gols

Postar um comentário

0 Comentários