Seus anúncios aqui

Em Minas, idosos são quase metade das vítimas da dengue em 2019

Pixabay
Hoje em Dia

Os idosos em Minas Gerais foram os mais atingidos pela dengue em 2019. Das 125 mortes provocadas pelo vírus e confirmadas até agora, o grupo representa 49% do total, de acordo com boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) nesta segunda-feira (12). Ainda há outros 121 óbitos em investigação, pendentes de resultados de exames.

As mortes foram registradas em 39 municípios mineiros, sendo que Belo Horizonte (com 22 óbitos), Betim (18) e Uberlândia (18) foram as cidades que tiveram números mais impressionantes. De acordo com a secretaria, 58,4% das pessoas que morreram da doença eram do sexo feminino.

Até o momento, Minas Gerais registrou 466.796 casos prováveis (casos confirmados + suspeitos) de dengue. Somente em julho, um mês frio e de raras chuvas, foram notificadas 5.993 suspeitas da doença.

O boletim epidemiológico também informa que o Estado registrou 2.636 casos prováveis de febre chikungunya em 2019, com uma morte confirmada em Patos de Minas. Já em relação à zika, foram registrados 910 casos prováveis da doença em 2019.

Postar um comentário

0 Comentários