Seus anúncios aqui

Grêmio é superior e vence o Libertad por 2 a 0 no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores

Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Grêmio 

A noite desta quinta-feira foi de Libertadores da América na Arena. O Grêmio enfrentou o Libertad, no jogo de ida das oitavas de final da competição. Impôs seu ritmo na partida e mesmo com um jogador a menos - Geromel, expulso por uma falta sobre Benítez - venceu o time paraguaio por 2 a 0, com gols de Diego Tardelli, assinalado aos 25' da etapa complementar e de David Braz, aos 38'.

O Tricolor começou pressionando os paraguaios nos minutos iniciais, impondo o seu ritmo na partida, tanto que aos 3', ameaçou com um cruzamento de Alisson que chegou a Everton - o atacante recebeu, fez uma jogada individual e finalizou, obrigando Martín Silva a cair para defender e jogar a escanteio. Aos 9 minutos, outra vez no ataque, Alisson cruzou na área, a zaga tirou parcialmente e a bola chegou a Maicon, que arriscou de longe, mas ele acabou mandando por sobre a meta.

A maior parte das ações da partida seguiram sendo dos gremistas. Com 16', Alisson desarmou o adversário e cruzou rasteiro para a área, mas Cardozo afastou o perigo. Em seu primeiro ataque, o Libertad tentou com Mejía, que conseguiu pegar um rebote e finalizar em direção a meta tricolor, mas a bola desviou na defesa e saiu pela linha de fundo. 23 minutos jogados e a segunda oportunidade dos visitantes, desta vez com Bareiro, que chutou a gol, mas Paulo Victor segurou firme.

Já o Grêmio seguiu bem no jogo e chegou novamente com um cruzamento na área aos 26'. Rebatida pela defensiva, a bola sobrou para Maicon, que mandou de perna direita - houve o desvio na zaga e Martín Silva voou para espalmar pela linha de fundo.

Outra boa chance saiu já na reta final da partida, quando Maicon tabelou com Jean Pyerre e acionou André. Entre dois defensores, o centroavante recebeu e tentou a finalização, mas houve o desvio na zaga e a arbitragem assinalou impedimento do capitão que ainda acreditou na jogada e tentou mandar a gol. Em contra-ataque, o Libertad arrancou com Benítez, que dividiu com Kannemann, mas conseguiu chutar em direção a meta. Paulo Victor defendeu.

A etapa complementar começou com o Grêmio no ataque e quase abrindo o placar. Aos 2', André finalizou com perigo, mas a bola passou por sobre a meta. Em um lance no campo de defesa tricolor, Geromel cometeu uma forte falta sobre Benítez, sendo expulso da partida. Aos 9 minutos, Alisson recebeu e finalizou, mas Martín Silva defendeu com rebote, Maicon chegou ainda tentou mandar a gol, mas acabou sendo flagrado em impedimento.

A primeira alteração feita pelo técnico Renato Portaluppi foi tirar André e colocar David Braz, aos 11', reforçando o setor defensivo. Já Tardelli ocupou o lugar de Jean Pyerre aos 17'. O Libertad tentou com Franco pela direita, que carregou até próximo a linha e fundo e cruzou na marca penal. Paulo Victor abandonou a meta e fez a defesa. Outra chance adversária surgiu com Martínez, que chutou da intermediária, mas por sorte a bola saiu a esquerda da meta gremista.

Foi com 25 minutos, em uma jogada ensaiada, de escanteio, que nasceu o gol gremista. Alisson cobrou, David Braz desviou e a bola chegou a Tardelli, que completou de voleio, abrindo o placar na Arena.

Os paraguaios tiveram uma oportunidade com Bareiro, que desviou de cabeça um cruzamento vindo da direita. Paulo Victor fez uma grande defesa, impedindo o gol de empate nos minutos seguinte. Em um lance de contra-ataque, Maicon arrancou em velocidade, invadiu a área e cruzou, mas a zaga afastou, aos 35'.

E em uma cobrança de falta o segundo gol. Alisson fez um cruzamento no primeiro poste, David Braz subiu e mandou de cabeça para o fundo das redes, aumentando o marcador, aos 38'. O comandante gremista fez sua última alteração e tirou Maicon para colocar Rômulo na reta final.

Com o resultado da partida, o Grêmio viaja com vantagem para Assunção, no Paraguai. O próximo jogo acontece no dia 1 de agosto, quinta-feira da próxima semana.

Postar um comentário

0 Comentários