quarta-feira, 10 de julho de 2019

Agente penitenciário confunde carro e atira contra família inocente

📷 Divulgação - Marcas dos disparos 
EXTRA 

Um carro com três pessoas da mesma família foi alvo de tiros em Realengo, na zona oeste do Rio de Janeiro, após um agente penitenciário confundi-lo com seu próprio veículo na noite do último domingo (07). Ao ver um carro parecido com o seu, que havia sido roubado, Cristóvão da Silva Nunes sacou a arma e fez ao menos oito disparos.

Só o motorista foi atingido, de raspão, e passa bem. Nunes foi preso em flagrante. Durante a audiência de custódia, a Justiça permitiu que ele responda ao processo em liberdade. O agente penitenciário vai ser acusado de tentativa de homicídio.

Luiz Sérgio Gomes de Oliveira Júnior dirigia seu carro pela Rua Piraquara quando os tiros começaram. No banco de trás, uma mulher só não foi atingida porque havia se abaixado – um tiro furou o estofado exatamente onde ela estava, segundos antes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

SIGA O FUTBLOG DO SORRISO NO FACEBOOK