Seus anúncios aqui

Imigrante colombiano come marmita doada com pedaços de vidro e é hospitalizado

BHAZ
A Polícia Civil de Rondônia investiga o caso de um imigrante colombiano que precisou ser hospitalizado, no último sábado (6), depois de comer uma marmita com pedaços de vidro.


Espinosa Renteria, de 28 anos, estava no semáforo da avenida Major Amarantes, na cidade de Vilhena, quando tentava conseguir dinheiro para comprar almoço. Foi então que ganhou o marmitex de um motorista que passava pelo local. Ele começou a refeição e, minutos depois, percebeu a presença de cacos de vidro misturados ao alimento.

Segundo a Polícia Militar (PM), o colombiano foi o responsável por acionar a corporação. Ele contou como tudo ocorreu e recebeu os primeiros socorros do Corpo de Bombeiros. Depois, foi encaminhado para o Hospital Regional da cidade, onde passou por uma lavagem estomacal. O BHAZ tentou contato com a diretoria da unidade de saúde na última segunda-feira (8), mas não conseguiu a atualização do boletim médico do paciente até a publicação desta matéria.

A Polícia Civil informa que o responsável por doar a marmita foi até a delegacia de Vilhena depois de ver a repercussão do caso nas redes sociais. Ele foi ouvido e liberado depois de negar ter cometido qualquer crime. O homem disse que comprou três marmitas em um restaurante da cidade e que decidiu doar uma delas a Espinosa quando o viu no semáforo.

Agora, as autoridades aguardam o resultado de uma perícia na marmita. O resultado deve ser divulgado em até 10 dias. Somente depois disso é que será possível apurar se houve crime e se o mesmo será configurado como culposo ou doloso.

Postar um comentário

0 Comentários