Gol olímpico, de bicicleta e de pênalti. Assim foi o jogo com vitória do Águia do Oriente sobre o Aluvaeira em BJB.

Capitães Geovane (Aluvaeira/E) e Mazinho (Águia/D). Árbitro (C) Adalton Santos "Tim".

Um duelo pra lá de especial aconteceu no último domingo em Bom Jesus do Bagre, em amistoso pelos veteranos. Frente a frente duas equipes belo-orientinas. O Águia do Oriente levou a melhor e venceu o Aluvaeira pelo placar de 4 a 2.

No primeiro tempo, o Águia começou tocando a bola e marcando em cima o adversário. Não demorou muito para abrir o placar depois de algumas tentativas. O primeiro gol saiu de um escateio cobrado por Lelego.

Wanderson "Só" fez a sua estreia em grande estilo com a camisa do Águia 


A bola passou por todo mundo, inclusive pelo goleiro Clenilson e morreu no fundo das redes. Gol olímpico: 1 a 0 Águia. Mas, o Aluvaeira não se abateu e depois de uma lançamento, Neguinho recebeu a bola, tirou a zaga do Águia no lance, cortou para a perna esquerda e, encobriu o goleiro Ricardo Gato. Golaço. Tudo igual: 1 a 1. Com o gol, o Aluvaeira partiu para o ataque e depois de um bola alçada na área, a mesma resvalou no braço de Rodrigo e o árbitro marcou pênalti para o Aluvaeira. Márcio do Rebate bateu e converteu.


O Águia buscava o gol de empate, mas a pontaria precisava de ser calibrada. No segundo tempo, o Águia voltou determinado a mudar o resultado do jogo e para isso contou com a entrada de Wanderson "Só" - um dos jogadores canhotos mais talentosos que o futebol belo-orientino já viu - estreante com a camisa do time. Quem também entrou e teve boa participação no time foi Wendel. Foi muito elogiado pelos seus companheiros que o consideraram um leão em campo.

O Águia foi à luta e conseguiu chegar a igualdade através do habilidoso atacante Neném Bailarino: 2 a 2. Bola na rede e o jogo pegou fogo. A qualidade e ritmo do espetáculo melhorou e muito. Ambos os times buscando a vitória. Depois de tanto insistir, o Águia conseguiu seu terceiro gol. Wanderson "Só" marcou um golaço. No bico da grande área, após a bola sobrar, o jogador não pensou duas vezes e mandou de bicicleta. A bola foi morrer no fundo das redes de Clenilson. Uma pintura. Golaço de craque. Bola no canto esquerdo do goleiro e o Águia ampliava: 3 a 2.

Com isso não restou outra alternativa ao Aluvaeira a não ser se lançar ao campo de ataque e quase que o gol saiu. Márcio do Rebate mandou a bola na trave. Se o Aluvaeira não fez, o Águia não perdoou. Novamente com o atacante Só. Ele roubou a bola de Geovane que tentou sair jogando, dribou o goleiro e tocou para Renato Grilo definir o placar em 4 a 2 em favor do Águia. Uma bela partida em Bom Jesus do Bagre. O próximo compromisso do Águia será no domingo contra o Independente de Mesquita.

O Águia jogou e bateu o Aluvaeira com: Ricardo Gato; Djemba Djemba "Mazinho", D Júnior, Dudu, Lukas; Rodrigo, Renato Grilo, Luciano, Renato Telles; Neném Bailarino e Lelego. Suplentes: Renato Soares, Wendel, Devas, Wanderson "Só", Adriano, Márcio, Valdir, Gege Cigano "Genisio" e Luizinho. O time do técnico Neném Fubá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.