A mais completa cobertura. Informação com credibilidade. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS: FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

terça-feira, 31 de maio de 2022

Em pronunciamento, Gusttavo Lima diz: "Não vou deixar de cobrar meu valor por ser prefeitura"

Reprodução

Em meio aos cachês astronômicos que entraram na mira das diligências do Ministério Público, o cantor Gusttavo Lima fez uma transmissão ao vivo no Instagram no fim da noite dessa segunda-feira (31/5). Em um pronunciamento que durou pouco mais de 20 minutos, o astro do sertanejo disse que nunca se beneficiou com dinheiro público. No final, ele chorou e qualificou os episódios recentes como uma “perseguição”.

Nessa segunda-feira, o Estado de Minas mostrou que o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) abriu uma investigação para apurar se houve irregularidades na contratação do cantor pela Prefeitura de Magé. Gusttavo Lima receberá R$ 1 milhão para realizar um show em 8 de junho.

Conforme levantamento da reportagem, a cifra milionária destinada ao artista é quase 10 vezes maior do que o Executivo pretende gastar em atividades artísticas e culturais no decorrer deste ano – exatos R$ 104.485,50. Ainda segundo a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2022, as obras para construção, reforma e ampliação de creches municipais têm somente R$ 72 mil reservados.

No entanto, no entendimento do “Embaixador” – como também é popularmente conhecido –, não há nada demais nos valores celebrados nos contratos para suas apresentações. “Não é porque é uma prefeitura que vou deixar de cobrar o meu valor, pois tenho contas e funcionários para pagar. Quando o boleto chega no fim do mês, não tem choro e não tem vela”, enfatizou o sertanejo. 

Posteriormente, Gusttavo Lima também tratou com naturalidade o recebimento de altos cachês pagos pelo Poder Executivo. “Todos os artistas já fizeram ou fazem shows de prefeitura. É sobre valorizar a nossa arte! A única coisa que a gente tem pra vender é a nossa música. A gente paga as nossas contas com isso. A gente coloca comida na nossa mesa através do nosso talento”, declarou o cantor, enfatizando que mais de 500 funcionários dependem dele e sobrevivem das respectivas rendas para sustentar suas famílias. 

ESTADO DE MINAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.