A mais completa cobertura. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS NO FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

terça-feira, 1 de março de 2022

Rússia diz que vai atacar Kiev e pede que moradores deixem a capital

O porta-voz do ministério da Defesa russo, Igor Konashenkov anunciou, na manhã desta terça-feira (1/3), que o exército russo vai atacar as infraestruturas dos serviços de segurança ucranianos em Kiev, capital da Ucrânia, e pediu a retirada dos civis que vivem perto destas unidades.

"Para deter os ataques virtuais contra a Rússia serão realizados ataques com armas de alta precisão contra as infraestruturas tecnológicas do SBU (serviço de segurança) e o centro principal da Unidade de Operações Psicológicas em Kiev. Pedimos aos habitantes de Kiev que moram perto dos centros de retransmissão que abandonem suas residências", afirmou Konashenkov.

Essas observações ocorrem no momento em que as forças russas, que invadiram a Ucrânia na quinta-feira (24/02), intensificam os esforços para tomar a capital.

Kiev é a capital da Ucrânia e também a cidade mais populoso e importante do país. Ela é conhecida pela arquitetura religiosa, pelos monumentos seculares e museus de história. Além disso, é onde fica a sede do governo ucraniano.

O presidente Volodymyr Zelensky, falou nesta terça-feira (01/03) que a defesa de Kiev é prioridade para o exército ucraniano, mas não deu detalhes sobre as estratégias do governo para defender a capital.

“Todos os militares e civis estão responsáveis pela defesa. Vamos defender a capital e defender o coração do nosso país“, disse o líder ucraniano.

Segundo o secretário de Estado americano, Antony Blinken, se o presidente russo, Vladimir Putin, conseguir derrubar o governo de Kiev, a crise humanitária e dos direitos humanos na Ucrânia "vai apenas piorar".

"Se o presidente Putin atingir seu objetivo declarado de derrubar o governo democraticamente eleito da Ucrânia, a crise humanitária e dos direitos humanos vai apenas piorar", declarou Blinken, em uma mensagem de vídeo no Conselho de Direitos Humanos da ONU, nesta segunda-feira (01/03).

Comboio de 60km

Imagens de satélite divulgadas nesta seguinda-feira (28/02) pela empresa Maxar Technologies mostraram que as forças terrestres russas continuam se aproximando da capital da Ucrânia.

O exercito russo viaja em um comboio militar que se espalha por mais de 60 km e está a menos de 30 km da maior cidade ucraniana. As imagens mostram de tanques blindados se movendo em direção a Kiev.

(Correio Braziliense)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.