A mais completa cobertura. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS NO FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

quinta-feira, 10 de março de 2022

Galo busca acordo com Krasnodar para ter Alonso até o final de 2022

Krasnodar/Divulgação

O Atlético trabalha forte para ter de volta o zagueiro e capitão Junior Alonso até o final do ano. E para isso, tenta convencer o Krasnodar, clube que adquiriu os direitos do defensor em janeiro, a liberá-lo até dezembro ao Galo.

No início do ano, o Atlético negociou Junior Alonso com o Krasnodar por R$ 47 milhões e assinou com o clube russo até o meio de 2025. O defensor foi um dos pilares do time nas conquistas do Brasileiro e da Copa do Brasil, ano passado.

Por conta da guerra entre Rússia e Ucrânia, os jogadores estrangeiros do Krasnodar foram liberados a retornarem aos seus países e tiveram seus contratos suspensos, o que abriu a possibilidade de todos eles serem emprestados até o meio do ano.

Entre Atlético e Junior Alonso está tudo acertado para o retorno, conforme publicou a rádio Itatiaia. O Super.FC obteve informações de fonte ligada ao Galo de que o clube tem a intenção de contar com Junior Alonso até o final de 2022, ou seja, conseguir uma prorrogação de empréstimo de mais seis meses.

Tão logo surgiu a possibilidade de retorno do ex-capitão alvinegro, o diretor de futebol Rodrigo Caetano iniciou os contatos com o jogador e com a direção do clube russo.

A prorrogação de empréstimo não é fácil, uma vez que a guerra não tem período para terminar, o que faria com que o Krasnodar solicitasse imediatamente o retorno de seus jogadores estrangeiros.

A Fifa permitiu que todos os jogadores estrangeiros que atuam na Rússia e na Ucrânia pudessem ser contratados em uma janela especial, que vai até o próximo dia 7 de abril. O contrato mínimo é de três meses.

A intenção é que esses atletas não sejam prejudicados e fiquem inativos durante o período do conflito, o que refletiria em redução do valor de mercado, por conta da falta de visibilidade, além da questão esportiva como rendimento e competitividade.

Além do Atlético, um clube da MLS (liga norte-americana) e dois clubes brasileiros manifestaram o desejo de contar com o futebol de Junior Alonso.

(O Tempo/SuperFC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.