A mais completa cobertura. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS NO FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2022

FMF assume erros contra Cruzeiro e afasta árbitros do clássico com América

Reprodução

A Federação Mineira de Futebol (FMF) reconheceu que integrantes do trio de arbitragem erraram em marcações na vitória do América por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, nessa quarta-feira, no Mineirão. O auxiliar Marcyano da Silva Vicente e o juiz Ricardo Marques Ribeiro serão submetidos a processo de reciclagem.

Em entrevista ao Superesportes, o coordenador da comissão de arbitragem da FMF, Juliano Lopes Lobato, revelou que a entidade concluiu que o gol do atacante Edu, do Cruzeiro, marcado aos 15' do primeiro tempo, foi mal anulado.

Além disso, o ex-árbitro avaliou que Wellington Paulista, do América, precisaria ter sido expulso em dividida com Willian Oliveira, aos 43' da etapa inicial. No lance, o atacante acertou um chute na cara do volante celeste.

"Acabamos de fazer uma avaliação lance a lance. No caso, o lance do assistente dois, o Marcyano, é um lance de fácil interpretação. O jogador (Edu) estava em condição legal e era lance fácil de ser interpretado. Ele (Marcyano) estava bem posicionado, mas se equivocou", disse.

"Eu estava no campo ontem (quarta-feira). A impressão, inicialmente, é de que seria um cartão amarelo para o jogador do América (Wellington Paulista). Vendo o lance pela TV, a comissão chegou a um denominador comum que era lance para cartão vermelho", complementou.

Reciclagem

De acordo com Juliano, Ricardo Marques e Marcyano da Silva ficarão um período sem trabalhar nos jogos do Campeonato Mineiro para realizarem um trabalho de reciclagem. O chefe da arbitragem da FMF explicou como funcionará esse trabalho.

“Em relação ao processo que será feito, teremos uma reunião amanhã com todos os árbitros. Os lances serão mostrados para toda arbitragem de Minas Gerais. Com os dois, vamos fazer trabalhos específicos, embora não dê para passar um prazo exato”, disse.

“O Marcyano fica mais tempo parado, uma vez que a gente entende que o erro foi maior. Já o Ricardo fica por tempo menor. Serão aplicadas provas e outros testes, portanto não dá para falar qual o tempo eles ficarão parados”, ressaltou Juliano.

(Superesportes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.