A mais completa cobertura. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS NO FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

quarta-feira, 29 de setembro de 2021

Em Campinas, Cruzeiro empata novamente na Série B. Tudo igual no duelo com o Bugre.

Foto:  Thomaz Marostegan/Guarani FC

(José Dias Sorriso - Repórter - Futblog do Sorriso) 

Em mais um compromisso pelo Campeonato Brasileiro da Série B, o time do Cruzeiro foi até Campinas para enfrentar a equipe do Guarani na noite desta quarta-feira.  

O time Celeste comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo largou em vantagem com gol marcado pelo zagueiro Ramon ainda no primeiro tempo. Ele que acertou o cabeceio e deixou a equipe mineira em vantagem. 

No segundo tempo, o Guarani voltou mais focado e de tanto buscar conseguiu chegar ao empate. O gol foi marcado por Matheus Ludke. Assim terminou: 1 a 1. O Cruzeiro chega ao 14º empate em 27 jogos na  Série B. É o 15º colocado com 32 pontos ganhos. Já o Bugre, vai a 42 pontos, segue na sexta posição e na briga pelo acesso. 

FICHA TÉCNICA 

GUARANI 1 x 1 CRUZEIRO
Competição: Série B do Campeonato Brasileiro
Rodada: 27ª
Data: 29/09/2021 (quarta-feira)
Local: Estádio Brinco de Ouro
Cidade: Campinas (SP)

GUARANI - Rafael Martins; Mateus Ludke, Thales (Carlão), Ronaldo Alves (Índio) e Bidú; Bruno Silva e Rodrigo Andrade; Bruno Sávio, Régis (Maxwell) e Júlio César (Andrigo); Júnior Todinho (Lucão do Break). Técnico: Daniel Paulista.

CRUZEIRO - Fábio; Rômulo, Ramon, Eduardo Brock e Felipe Augusto; Lucas Ventura (Raul Cáceres), Flávio e Giovanni (Ariel Cabral); Claudinho (Bruno José), Vitor Leque (Keké) e Marcelo Moreno. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Gols: Ramon, aos 13′ do primeiro tempo; Mateus Ludke, aos 5′ do segundo tempo.
Renda e público: Portões fechados.
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR)
Árbitro de Vídeo: Adriano Milczvski (PR)
Assistente VAR: Luciano Roggenbaum (PR)
Cartões amarelos: Thales, Ronaldo Alves, Júnior Todinho e Bidú (GUA); Ramon (CRU)
Cartão vermelho: Bidú.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.