A mais completa cobertura. Informação com credibilidade. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS: FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Galo se garante na defesa e espera ataque inoperante do Bahia para avançar

Divulgação

Em busca de confirmar a classificação às quartas de final da Copa do Brasil, o Atlético terá pela frente um Bahia que vive seu pior momento na temporada. Já abatido depois de perder o primeiro jogo por 2 a 0, no Mineirão, o Tricolor agora recebe o Galo no Joia da Princesa, em Feira de Santana, nesta quarta-feira (4), às 21h30, precisando fazer o que não faz há mais de dois meses: vencer por três gols de diferença. Do outro lado, o Galo, com a defesa consolidada, só quer confirmar a classificação e embolsar R$3,4 milhões de premiação.

Após uma sequência de dois jogos com domínio total atleticano (3 a 0 pelo Brasileirão e 2 a 0 pelo primeiro jogo da Copa do Brasil), as duas equipes voltam a se enfrentar em uma partida decisiva. Apesar da importância do jogo, o Bahia não deve complicar o desejo atleticano de avançar. O Tricolor precisa de, pelo menos, uma vitória por dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis e pensar na classificação.

Além da boa fase do Galo, que vive uma sequência de 10 jogos sem perder e com apenas três gols sofridos, o clube alvinegro tem a seu favor a má fase do time baiano, que não vence há cinco partidas - mesmo número de jogos que não balança as redes.

Comandado por Dado Cavalcanti, o Bahia chega para esse confronto precisando vencer o Atlético por três gols de diferença para se classificar sem as penalidades, o que não acontece desde o fim de maio, quando o Tricolor bateu o Santos por 3 a 0, pelo Brasileirão.

Para esta partida, o Galo não poderá contar o zagueiro Nathan Silva, que já disputou a competição pelo Atlético-GO, nem com o lesionado Matias Zaracho, que vinha sendo titular na equipe de Cuca, com um esquema de quatro atletas jogando no meio de campo. Com isso, o treinador pode optar por escalar um atacante a mais, voltando, então, ao sistema 4-3-3.

Uma das opções para compor o trio ofensivo com Hulk e Savarino é o atacante Eduardo Vargas, que fez boa partida no domingo (1º), pelo Brasileirão. “A gente tem uma vantagem boa, ganhamos de 2 a 0 aqui, mas não está nada definido ainda. O Bahia lá é forte e a gente vai ter que se preparar para ganhar. Eu me sinto bem nas três (posições no ataque). Na ponta esquerda ou direita, como centroavante. A verdade é que não tenho muitas complicações em relação a isso”, disse o atacante Vargas.

Bahia x Atlético

Motivo: jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil

Data: quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Local: estádio, Feira de Santana

Horário: 21h30

Provável Atlético: Everson; Mariano, Réver, Junior Alonso e Dodô; Allan, Tchê Tchê e Nacho 
Fernández; Hulk, Vargas e Savarino

Provável Bahia: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Conti, Ligger e Juninho Capixaba; Edson, Patrick de Lucca e Thonny Anderson; Rossi, Rodriguinho e Gilberto.​ Técnico: Dado Cavalcanti.

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (CBF, SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA, SP) e Daniel Paulo Ziolli (CBF, SP)

VAR: José Cláudio Rocha Filho (CBF, SP)

>> O Tempo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.