Ipatinga Futebol Clube anuncia ex-lateral como superintendente de futebol

Reprodução/Ipatinga FC

O ex-lateral direito Ceará, com passagem por vários clubes do futebol nacional, foi anunciado como novo superintendente de futebol do Ipatinga Futebol Clube. Ele fez sua apresentação ao clube do Vale do Aço na tarde desta terça-feira. 

Marcos Venâncio de Albuquerque, mais conhecido como Ceará, nasceu no dia 16 de junho de 1980, em Crato, no Ceará. Ele encerrou sua carreira profissional em 2017, quando deixou o América-MG. Após pendurar as chuteiras, Ceará se tornou agente de futebol. 

 Em 21 de setembro de 2019, Ceará viveu um dos dias mais tristes de sua vida. Foi quando a pastora e cantora Fernanda Daibert, sua esposa, morreu. Fernanda foi vítima de embolia pulmonar. 

Iniciou carreira em 1999, no Gama. Depois do clube brasiliense, passou por diversas equipes: Santos em 1999, Portuguesa Santista e São José em 2000, Santa Cruz em 2001, Botafogo em 2002, Coritiba de 2002 a 2003 e no São Caetano de 2004 a 2005.

Até aqui, Ceará possuía três títulos, o de campeão brasiliense em 1999, o de campeão paranaense em 2003 e o histórico título de campeão paulista, com o técnico Muricy Ramalho em 2004.

Com a ida de Muricy para o Internacional, Ceará acabou o acompanhando e, em 2005 acertou sua transferência para a equipe gaúcha.

Ficou conhecido mundialmente ao marcar Ronaldinho Gaúcho, na época, o melhor jogador do mundo, no Campeonato Mundial de Clubes de 2006, quando ambos se enfrentaram na final, Internacional contra Barcelona. Ele parou o então ídolo do time espanhol sem nenhuma violência e com muita eficiência.

Para chegar ao Mundial, no final do ano, conquistou a Taça Libertadores da América e no ano seguinte, em 2007, ganhou a Recopa Sul-Americana.

Suas boas atuações o levaram para o futebol francês, precisamente para o Paris Saint-Germain, onde venceu a Copa da Liga Francesa de 2007/08, a Copa da França de 2009/10 e a Supercopa da França em 2010, durante sua passagem de 2007 até 2012.

E no dia 4 de julho de 2012, Ceará foi contratado pelo Cruzeiro. Depois disso passou pelo Coritiba, no mesmo ano, voltou ao Inter no ano seguinte, e em 2017 jogou no América Mineiro, clube pelo qual encerrou sua vitoriosa carreira.

Com informações do Terceiro Tempo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.