Fluminense marca no fim e arranca empate com o Coritiba

Foto: Lucas Merçon/FFC

Um gol do atacante Caio Paulista, aos 45 minutos do segundo tempo, salvou o Fluminense de uma derrota no Couto Pereira e evitou o que seria a segunda vitória seguida do Coritiba pela Série A do Campeonato Brasileiro. O empate por 3 a 3 nesta quarta-feira (20), porém, não ajuda muito nem as pretensões do Coxa, nem as do Tricolor.

Os paranaenses foram a 26 pontos e assumiram a 18ª posição, que era do Goiás (que ainda joga pela 31ª rodada), por terem uma vitória a mais. O time de Curitiba segue na zona de rebaixamento. Os cariocas chegaram aos 47 pontos, em sétimo lugar, e continuam quatro pontos atrás do Grêmio, sexto colocado e último time na zona de classificação à Libertadores.

O Coritiba abre a 32ª rodada do Brasileirão no sábado (23), às 19h (horário de Brasília), diante do São Paulo. No domingo (24), o Fluminense tem o clássico contra o Botafogo em São Januário, no Rio de Janeiro, às 20h30.
Coxa abre vantagem

O Coritiba precisou de apenas dois minutos para abrir o placar. O meia Luiz Henrique dominou na intermediária, avançou sem marcação e soltou a bomba de fora da área, no canto direito do goleiro Marcos Felipe. Com mais posse de bola, o Fluminense tentou responder. Aos 14 minutos, o chute do atacante Lucca, da entrada da área, saiu à esquerda, rente ao gol alviverde. Cinco minutos depois, o lateral Calegari invadiu a área pela direita e chutou cruzado. O goleiro Wilson defendeu e a bola ainda foi no travessão.

Com as linhas avançadas atrás do empate, o Tricolor deu espaços e o Coxa aproveitou. Aos 32 minutos, o meia Hugo Moura lançou Natanael pela direita. O lateral disparou em velocidade, entrou na área e tocou na saída de Marcos Felipe, ampliando a vantagem do time da casa.
Promessa inicia reação

Após o intervalo, o técnico Marcão promoveu a estreia de John Kenedy. A jovem promessa tricolor não decepcionou. No 13º minuto em campo, o atacante de 18 anos aproveitou o rebote de Wilson em chute do meia Michel Araújo e mandou para as redes. Mesmo em meio a uma segunda etapa truncada, o Fluminense chegou ao segundo gol. Aos 26 minutos, o lateral Egídio levantou e o atacante Fred, de cabeça, deixou tudo igual.

O duelo seguiu com poucas chances, mas com os times aproveitando as oportunidades que apareciam. Aos 30 minutos, o atacante Robson finalizou de fora da área e recolocou o Coritiba à frente. Aos 45, dois atletas que saíram do banco salvaram o Fluminense: Caio Paulista (que entrou no lugar de Michel Araújo) recebeu do também atacante Wellington Silva (que substituiu Lucca) e chutou por baixo de Wilson, dando números finais ao jogo. Nos acréscimos, Caio e Robson foram expulsos.

Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.