Dois jogadores (vítimas na queda do avião do Palmas-TO) tiveram passagem pelo Ipatinga FC

Fotos: Divulgação/São Bernardo e Tupi - Guilherme Noé e Marcus Vinícius Molinari

POR JOSÉ DIAS SORRISO

O volante Guilherme Noé e o atacante Marcus Vinícius Molinari (filho do ex-atacante do Atlético, Marinho), que foram duas das vítimas do acidente com uma aeronave do Palmas, do Tocantins, neste domingo, passaram pelo Ipatinga FC.

Guilherme Noé, além do Ipatinga, passou por: Osasco Audax, Internacional-RS, Audax Rio, Nacional de Muriaé, Tupi, Tombense, Mirassol, Batatais, Caldense, Rio Preto, São Bernardo, Nacional e Democrata de Governador Valadares.

Já Marcus Vinícius Molinari, filho do ex-atacante do Atlético, Marinho, além de passagem pelo Tigre do Vale do Aço, também jogou no time Sub-23 do Santos, Tupi de Juiz de Fora e Villa Nova-MG. 

TODAS AS VÍTIMAS: 

Ranule: goleiro, 27 anos

Lucas Praxedes: lateral-esquerdo, 23 anos

Guilherme Noé: zagueiro, 28 anos

Marcus Molinari: meia, 23 anos

Lucas Meira: presidente do Palmas, empresário de 32 anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.