Anunciado como dirigente de clube português, ex-Grêmio pode voltar a jogar: "O acordo é atuar de 20 a 30 minutos"

Divulgação/União Serpense

Ex-centroavante do Grêmio, Jardel atuará como dirigente em Portugal. Na quinta-feira (14), o ídolo tricolor foi anunciado como coordenador de formação do União Serpense, que disputa a primeira divisão do campeonato distrital de Beja (equivalente a um Estadual).

De acordo com notícia veiculada no português Jornal de Notícias, o clube fundado em 2019 é conhecido pelo apelido de "Meninos do Rio" por ter em seu elenco inúmeros jovens brasileiros. Por isso, o ex-jogador, idolatrado também pelas torcidas de Porto e Sporting, foi chamado para ajudar na captação de novos talentos do Brasil.

Além disso, o projeto pode devolver o centroavante de 47 anos aos gramados. Direto da capital cearense, onde vive com a família, Jardel atendeu a reportagem de GZH e contou detalhes sobre este convite para voltar ao futebol europeu.

Como será este projeto? Você vai voltar a jogar profissionalmente?

É um convite para abrir uma escolinha em meu nome, para fazer as crianças voltarem a praticar esportes, no interior de Portugal. É tipo uma franquia. Vou vender meu nome para a academia. Sobre voltar a jogar, ainda estamos negociando. Não está nada certo. Ainda estamos negociando os detalhes do contrato.

Se tiver que voltar a jogar, como você está fisicamente?

Eu tenho jogado nos veteranos. Mas perco peso rápido e, se tudo correr bem, não vou ter problema nenhum. O acordo é atuar de 20 a 30 minutos, independentemente de ganhar ou perder.

Quando seria este jogo que você participaria?

Seria agora no começo de fevereiro. 


Você está morando em Fortaleza agora, né? Faria o jogo e retornaria ao Brasil ou ficaria morando em Portugal?

Eu cheguei agora de manhã de Portugal (nesta sexta-feira). Estou bem cansado (risos). Provavelmente, vou voltar a morar lá (em Portugal).

Aproveitando o contato, como você tem visto o Grêmio? Está em mais uma final de Copa do Brasil.
É normal o Grêmio chegar nas fases finais da Copa do Brasil, né? Agora vai pegar um time bem estruturado que é o Palmeiras, que também está na final da Libertadores. Mas eu vejo o Grêmio como favorito.

E o que você pode dizer do Diego Souza, que agora está jogando como centroavante? Dá para comparar à fase que você viveu aqui no Grêmio?

São jogadores de características diferentes. Ele sai um pouco mais da área do que eu. Espero que ele faça os gols que levem o Grêmio a ganhar mais uma Copa do Brasil.

GaúchaZH

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.