segunda-feira, 27 de julho de 2020

Luiz Adriano marcou oitavo gol em nove partidas que disputou na Allianz Parque

Foto: Cesar Greco/Palmeiras
A vitória sobre o Água Santa, por 2 a 1, pela 12ª rodada do Campeonato Paulista de 2020, na tarde deste domingo (26), foi sacramentada após o gol de Luiz Adriano aos 41 minutos do segundo tempo – ele bateu pênalti defendido pelo goleiro e marcou no rebote (o primeiro tento fora assinalado pelo volante Ramires). Este foi o 8º gol do jogador em sua 9ª partida pelo clube palmeirense no Allianz Parque – portanto, possui média de gols na arena alviverde de 0,88 gol por partida!

“Foi um jogo de muita paciência. É difícil ficar só atacando, com 11 dentro do gol. A posse de bola foi só nossa. A equipe está de parabéns por ter se comportando assim, mantendo a paciência e a cabeça dentro do jogo para virar”, declarou Luiz Adriano após a partida.

O histórico de sucesso na casa palestrina, com muitos gols em poucos jogos, muito se deve ao fato de já ter protagonizado dois hat-tricks (ou seja, balançar as redes três vezes em um só jogo). Um contra o Fluminense-RJ, pelo Brasileiro de 2019 (vitória por 3 a 0), e outro contra o Guaraní do Paraguai, pela Libertadores de 2020 (triunfo por 3 a 1). O hat-trick contra o Tricolor Carioca, aliás, foi o 100º hat-trick da história do Estádio Palestra Italia (considerando todas as formas físicas anteriores, inclusive a atual, o Allianz Parque).

A carreira de Luiz Adriano, por si só, é uma mostra de que o jogador foi goleador por onde passou. No Shakhtar Donetsk, que defendeu entre 2007 e 2015, é o maior artilheiro da história do clube ucraniano, com 130 gols. No Internacional de Porto Alegre, onde foi revelado em 2006, sagrou-se campeão mundial neste mesmo ano (e lá permaneceu até 2007).

Além disso, Luiz Adriano também é o 7º maior goleador brasileiro da história da Champions League, com 21 tentos – neste ranking, apenas Neymar (32), Kaká (30), Rivaldo (27), Jardel (25), Élber (24) e Mazzola (24), revelado pelo Verdão, balançaram mais vezes a rede pela competição continental.

Em toda a história, só Luiz Adriano e Lionel Messi fizeram cinco gols em um mesmo jogo de Champions: foi atuando pelo Spartak Moscou, da Rússia (clube que defendeu entre 2017 e 2019), na goleada por 7 a 0 sobre o Bate Borisov, da Bielorrússia, Luiz Adriano balançou as redes cinco vezes nessa mesma partida, sendo quatro delas apenas no primeiro tempo – foi o segundo da história a protagonizar tal feito no Leste Europeu. O primeiro? Lionel Messi.

Luiz Adriano tem 33 anos de idade e possui vínculo vigente com o Verdão até 2023. Ao todo, somando as partidas de 2019 e de 2020 até aqui, são 29 jogos e 13 gols com a camisa do Maior Campeão do Brasil. Apenas na atual temporada, são 14 partidas disputadas e seis bolas na rede.

Sobre o próximo desafio, o duelo válido pelas quartas de final diante do Santo André (jogo único), o atacante avaliou com otimismo, sobretudo pelo fato de o clube poder decidir em casa, justamente graças ao time ter vencido neste domingo (26) e conseguido o primeiro lugar no grupo.

“Jogar em casa é importante. Se jogássemos fora, seria um pouco mais difícil. Agora, em casa, é dar o máximo, como se fosse fora. É um jogo só ainda, sem jogo de volta. Não tem como a outra equipe ficar esperando o tempo todo, vão ter que atacar. E o fator casa é muito importante para nós”, observou.

Site Oficial/Palmeiras

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.