Cruzeirinho está de volta a uma final de Ipatinguense após 18 anos

Divulgação
O Cruzeirinho sonha com o inédito título do Campeonato Ipatinguense de Futebol Amador Unificado 2019. 

O clube da cidade de Naque foi vice-campeão na temporada 2001, quando, naquela decisão, foi derrotado pelo Oriente, de Belo Oriente, em uma partida que ficou na história. Na época, a competição era disputada em formato diferente.

Passa-se 18 anos, o Cruzeirinho está de volta para disputar a taça. No domingo eliminou o Pingo D'água, vencendo o jogo único da semifinal, por 3 a 2. Will Brinner, Gegê e Jorge - aquele mesmo - atacante de vasta experiência - foram os autores dos gols do Cruzeirinho; Kaká - também muito rodado - fez os dois gols do time de Pingo D'água. 

Na final, Cruzeirinho e Bethânia - clube que também reavivou neste ano - mostrando um belo futebol. O Bethânia eliminou o Vale Alto, nas penalidades: 6 a 5. O tempo normal ficou empatado por 1 a 1. 

Postar um comentário

0 Comentários