Mãe que jogou criança pela janela completa um mês internada em SP

Reprodução / TV Record 
Portal R7 e Agência Record - A mãe que jogou a filha de quatro anos pela janela de um prédio na Vila Lageado, na zona oeste de São Paulo completa, nesta segunda-feira (24), um mês internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital das Clínicas de São Paulo, em estado estável.

Segundo a investigação da Polícia, a universitária Fernanda Fernandes Garcia, de 29 anos, atirou a criança do quinto andar do prédio na madrugada desta sexta-feira (24). Após arremessar a filha, a mulher tentou incendiar o apartamento e também se jogou na sequência. De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), o inquérito foi finalizado e encaminhado à Justiça.

A Justiça recebeu a denúncia oferecida pelo promotor de Justiça Rogério Leão Zagallo, do V Tribunal do Júri da capital, contra Fernanda. Com o recebimento da denúncia, Fernanda se tornou ré na ação.

Segundo o promotor, Fernanda possuia o "nítido propósito" de matar sua filha, arremessou-a pela janela do apartamento. "Assim agindo, a denunciada deu início à execução de um crime de homicídio, o qual somente não se consumou por circunstâncias alheias à sua vontade, a saber, o fato de ter sido amortecida a queda da vítima, uma vez que ela caiu sobre o vidro frontal de um veículo", escreveu Zagallo.

No entendimento do promotor, o crime foi praticado com utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima, uma vez que "ela jamais teria imaginado que pudesse ser alvo de algum tipo de violência por parte de sua própria mãe e estava repousando quando foi abordada e arremessada pela janela do apartamento."

O caso

Fernanda foi indiciada por tentativa de homicídio e incêndio. O morador do prédio, Carlos Roberto Agili Júnior, de 44 anos, relatou que entrava na garagem do prédio quando algo caiu sobre o para-brisa de seu carro. Ao desembarcar, ele percebeu que era uma criança.

Na ocasião, mãe e filha foram levadas ao Hospital Clínicas, onde foram internadas. Uma equipe do Corpo de Bombeiros conteve as chamas e foi realizada perícia no local dos fatos. A ocorrência foi registrada no 91 Distrito Policial. As informações são do Portal R7 e Agência Record 

Postar um comentário

0 Comentários