CONFIRMADO

Marcelo Moreno é liberado pelo Shakhtar e chega ao Cruzeiro nesta quinta


Dionizio Oliveira
Do UOL, em Belo Horizonte
AFP PHOTO/JUAN MABROMATA
 
O imbróglio envolvendo a negociação de Marcelo Moreno para o Cruzeiro finalmente chegou ao fim. O Shakhtar Donetsk liberou a documentação e o atleta desembarca nesta quinta-feira, no Aeroporto de Confins. A negociação se arrastava desde o dia 21 de dezembro envolvendo o atleta, cedido pelo Grêmio.
Os mineiros e os gaúchos chegaram a um acordo de empréstimo por um ano desde o fim do ano passado. As diretorias não confirmam, mas o time tricolor pagará parte do salário do centroavante, estimado em R$ 500 mil mensais. O Grêmio é detentor de 70% dos direitos econômicos do atacante, enquanto o Shakhtar detém outros 30%. Por isso era necessária a liberação dos ucranianos.
O diretor de futebol Alexandre Mattos aposta na identificação de Marcelo Moreno com o Cruzeiro, pelo qual atuou entre 2007 e 2008. "Ele já foi artilheiro da Libertadores, tem identificação com a torcida e com a competição. Ele tem personalidade, qualidade. Não temos atletas de força física e vibração no elenco", afirmou.
Depois de ser o maior goleador do torneio sul-americano jogando pelo Cruzeiro, Marcelo Moreno foi vendido ao Shakhtar Donetsk por 9 milhões de euros. Desde então, o jogador não conseguiu se firmar atuando fora do Brasil e, dentre idas e vindas de empréstimos, ele foi negociado com o Grêmio.
Em seu primeiro ano no time gaúcho, foi o artilheiro da equipe com 21 gols. Porém, foi preterido pelo técnico Vanderlei Luxemburgo na temporada seguinte com a forte concorrência do setor, que contava com Welliton, Willian José, Vargas e Barcos. Em seguida, foi cedido por empréstimo ao Flamengo, quando começou como titular e perdeu a posição para Hernane.

Postar um comentário

0 Comentários