A mais completa cobertura. Informação com credibilidade. O blog campeão absoluto de visualizações. SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS: FACEBOOK, YOUTUBE, INSTAGRAM E TWITTER. ACESSE NOSSO SITE: www.futblogdosorriso.com.br

sexta-feira, 9 de outubro de 2020

Goleiro Fábio chega a 900 jogos com a camisa do Cruzeiro

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Um dos maiores ídolos do Cruzeiro Esporte Clube de todos os tempos, o goleiro Fábio disputou, no confronto com o Sampaio Corrêa, nesta quinta-feira, no Mineirão, a 900ª partida com a camisa cinco estrelas.

Atleta que mais vezes jogou pela Raposa, Fábio começou sua vitoriosa trajetória no Clube em 2000, aos 19 anos. Reserva de André, jogou apenas uma partida, um amistoso contra o Universal-RJ, da segunda divisão do Campeonato Carioca, vencido pelo Cruzeiro por 2 x 0 no dia 4 de março, sob o comando do técnico Paulo Autuori. Nesse mesmo ano, o ídolo integrou o elenco estrelado que conquistou a Copa do Brasil.

Após mais de quatro anos no Vasco, Fábio voltou ao Cruzeiro em uma troca envolvendo o atacante Alex Dias e foi apresentado em 7 de janeiro de 2005, juntamente com o volante Marabá e o lateral-esquerdo Athirson. O goleiro reestreou na equipe que era treinada por Levir Culpi na vitória de 2 x 0 sobre o Democrata-SL, no Mineirão, pelo Campeonato Mineiro, em 29 de janeiro de 2005.

A partir daí, o arqueiro construiu uma das mais vitoriosas carreiras no futebol, com inúmeras defesas milagrosas, dentre elas 30 pênaltis, diversos títulos importantes e se consolidou de vez como um dos maiores goleiros do mundo.

Em 17 temporadas pelo Cruzeiro, Fábio conquistou dois títulos do Campeonato Brasileiro (2013 e 2014), três da Copa do Brasil (2000, 2017 e 2018) e sete do Campeonato Mineiro (2006, 2008, 2009, 2011, 2014, 2018 e 2019), além do Torneio de Verão, no Uruguai (2009).

Nas 900 partidas pelo clube de futebol mais vitorioso e popular de Minas Gerais, Fábio venceu 464 delas, empatou 201 e perdeu 235.

Aos 40 anos de idade, o incansável Paredão Azul segue atingindo marcas expressivas na história do futebol brasileiro e atualmente ocupa a quinta colocação entre jogadores que mais vezes entraram em campo por um mesmo time, atrás apenas de Rogério Ceni (1.237 jogos), Pelé (1.116), Roberto Dinamite (955) e Ademir da Guia (903).

“Agradecer a Deus. Não foi sorte, foi Deus, muito trabalho, dedicação, entrega e Deus me deu a possibilidade de vestir essa camisa 900 vezes, completando hoje 900 jogos com essa camisa maravilhosa e fazer parte da história”, disse o ídolo cinco estrelas.

FÁBIO PELO CRUZEIRO

Jogos – 900
Vitórias – 464
Empates – 201
Derrotas – 235

Títulos

Campeonato Brasileiro (2013 e 2014)
Copa do Brasil (2000, 2017 e 2018)
Campeonato Mineiro (2006, 2008, 2009, 2011, 2014, 2018 e 2019)
Torneio de Verão – Uruguai (2009)

As 900 partidas

Por competições
Campeonato Brasileiro - 506 jogos
Campeonato Mineiro - 197 jogos
Copa Libertadores da América - 81 jogos
Copa do Brasil - 73 jogos
Amistosos - 19 jogos
Campeonato Brasileiro - Série B - 14 jogos
Copa Sul-Americana - 6 jogos
Copa da Primeira Liga - 2 jogos
Torneio de Verão (Uruguai) - 2 jogos

Por temporadas
2000 - 1 jogo
2005 - 69 jogos
2006 - 59 jogos
2007 - 49 jogos
2008 - 62 jogos
2009 - 64 jogos
2010 - 61 jogos
2011 - 56 jogos
2012 - 54 jogos
2013 - 59 jogos
2014 - 71 jogos
2015 - 61 jogos
2016 - 39 jogos
2017 - 40 jogos
2018 - 62 jogos
2019 - 64 jogos
2020 - 29 jogos


Atletas que mais jogaram pelo Cruzeiro
1. Fábio – 900 jogos
2. Zé Carlos – 633 jogos
3. Dirceu Lopes – 608 jogos
4. Piazza – 566 jogos
5. Raul – 557 jogos
6. Eduardo Amorim – 556 jogos
7. Vanderlei – 538 jogos
8. Henrique – 524 jogos
9. Joãozinho – 485 jogos
10. Palhinha – 457 jogos
11. Ademir – 442 jogos
11. Ricardinho – 442 jogos
13. Adelino – 430 jogos
14. Vavá – 428 jogos
15. Darci Menezes – 427 jogos
16. Nelinho – 411 jogos
17. Pedro Paulo – 405 jogos
18. Léo – 401 jogos
19. Nonato – 394 jogos
20. Douglas – 391 jogos
21. Geraldo II – 388 jogos
22. Tostão – 383 jogos
23. Marcelo Ramos – 365 jogos
24. Raimundinho – 360 jogos
25. Hilton Oliveira – 346 jogos
26. Alcides – 324 jogos
27. Eduardo – 315 jogos
28. Dida – 306 jogos
28. Sabu – 306 jogos
30. Zezinho Figueroa – 305 jogos
31. Guerino – 304 jogos
32. Balu – 302 jogos
32. Carlinhos Sabiá – 302 jogos
32. Evaldo – 302 jogos
35. Roberto Batata – 290 jogos
36. Cleison – 288 – jogos
37. Morais – 283 jogos
38. Bengala – 282 jogos
39. Édson – 281 jogos
40. Niginho – 280 jogos
41. Luiz Fernando Flores – 276 jogos
42. Paulo César Borges – 264 jogos
43. Natal – 261 jogos
44. Cris – 260 jogos
45. Luís Cosme – 258 jogos
46. Geraldo – 257 jogos
47. Bené – 253 jogos
48. Neco – 252 jogos
49. Célio Lúcio – 250 jogos
50. Massinha – 243 jogos

Jogadores com mais partidas por um mesmo clube no futebol brasileiro
Rogério Ceni (São Paulo) – 1.237 jogos
Pelé (Santos) – 1.116 jogos
Roberto Dinamite (Vasco) – 955
Ademir da Guia (Palmeiras) – 903 jogos
Fábio (Cruzeiro) – 900 jogos

Site oficial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.